"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

HISTORIAL da SECÇÃO de XADREZ da
CASA do POVO do BOMBARRAL

 

Casa do Povo do Bombarral

Secção de Xadrez … Um pouco de Historia 

logo_cpbombarral cpbombarral  simbolo

Nasceu após o 25 de Abril com o nome de NID – Núcleo de Iniciação Desportiva, iniciado pelo Sr. Mário Almendro.

João Duarte dos Santos entra em 1976 regressado da Alemanha

Em 1978 a equipa Federa-se pela 1ª vez, já com o carismático António Severino, na altura um miúdo e que continua a ser uma das peças chave do 4 Bombarralense.

Em 1979 António Mamede Diogo, ingressa no Bombarral, após pedido do próprio que se tinha sagrado campeão distrital individual no ano transacto, e queria defender o título, algo impossível no seu ex clube de Peniche que acabara de fechar as portas

Por volta de 1980, passa a denominar-se Casa do Povo do Bombarral

Em 1994, O Clube atinge pela 1ª vez a meia-final da Taça de Portugal. Apesar de eliminada pelo S.L. Benfica liderada pelo GM António Antunes, as divergências internas e a falta de apoios fazem com que se extinga a secção de Xadrez do Benfica, sendo o Bombarral a equipa eliminada a passar ás Meias – Finais.

cartaz taça x benfica 94

O Clube “forneceu” vários campeões distritais individuais ao distrito Leiriense

Foi campeão Nacional por equipas do Inatel em 1984/85, 1987/1988, 1993/1994, 1994/1995, 1995/1996, 1996/1997, 1998/1999, 2003/2004, 2004/2005 e 2007/2008

 

cpb campea 2004 inatel

 

  

João Duarte dos Santos – Seccionista

DSC00045 DSC00048

Vice-presidente da Casa do Povo do Bombarral e Seccionista de xadrez é a verdadeira alma do clube

João Duarte dos Santos nasceu a 17.09.1935, tendo-se iniciado no xadrez por volta de 1960, tendo como companheiro e “professor” o seu vizinho Manuel de Sousa. Iniciou a pratica de modalidade motivado pelos confrontos no tabuleiro com o seu amigo, e com as publicações do Jornal “ o Século” elaboradas por Joaquim Durão, onde se ensinavam as regras do xadrez.
Federou-se pela primeira vez em 1978. Disputou com os seus colegas Alfredo Patuleia e Américo Conceição o 1º Campeonato de Xadrez por Correspondência, já que na altura era impraticável o xadrez ao vivo na zona.
É actualmente vice-presidente da Casa do Povo do Bombarral e o mítico seccionista do xadrez, … a verdadeira alma do clube.

DSC00047 DSC00046

 Foi homenageado pela Câmara Municipal do Bombarral, pela Associação de Xadrez de Leiria, pela Casa do Benfica – Secção de Xadrez de Caldas da Rainha,

Por entre vários jogadores que passaram pela Casa do Povo do Bombarral, inclusive o carismático Júlio Flores que entretanto não joga xadrez ao vivo e que fez a maior parte da sua carreira pela Academia de Xadrez da Benedita, localidade onde reside.

 

António Severino – O Mestre

SEVERINO PENIX Antonio Severino 1913018

Destaca-se António Severino Lourenço dos Santos, nascido a 18-01-1965 é jogador do clube desde a sua fundação. Jogador típico de gambitos, cedo apresentou enorme potencial. Independentemente da sua cotação, o seu valor em termos de rating supera claramente os 2000.
Nos dias de hoje e já sem a mesma paciência e disponibilidade, tanto pode estar num dia em que ganhe a um jogador de 2200 como pode perder com um de 1500.
Acarinhado por todos no clube, continua a ser peça chave e presente na época xadrezista da equipa Bombarralense.

Mamede Diogo – O Professor

image006 diogo J CALDAS

António Manuel Mamede Diogo ingressou na equipa Bombarralense em 1979 e saiu na época 2006/2007 para formar de raiz um clube de xadrez, abraçando assim um projecto que o motivava a continuar, a formação. “Saiu” é realmente um termo muito forte, porque na verdade Mamede Diogo nunca saiu verdadeiramente do clube, apesar de federado pelo seu novo clube, representava sempre a equipa Bombarralense nos Campeonatos nacionais do Inatel. Foi durante muitos anos o capitão de equipa, cargo que desempenhava com mestria. Quer durante quer depois, sempre foi acarinhando no clube e acarinhava todos os jogadores da nossa secção, outro jogador com valor acima dos 2000. Entretanto faleceu a 06-09-2009 aos 52 anos, uma grande perda, para o Bombarral, para o Clube que representava, para o Distrito, ... para o Xadrez Nacional.

 

Ricardo Evangelista – O Prodígio

image005 Ricardo_Evangelista (3)

Ricardo Samuel Nunes Evangelista (21-02-1977) cedo se tornou uma grande esperança do clube e do distrito. Bebendo do sumo que o “Mestre” e o “Professor” lhe davam, aliado ao seu talento e ao estudo e á importância que dava ao xadrez, a sua evolução foi meteórica. Alcançou por diversas vezes o titulo de Campeão Distrital, venceu diversos torneios, representou a Académica de Coimbra na 1ª divisão, disputou a 1ª divisão da liga galega e encontra-se á data da elaboração deste historial na equipa de Valado de Frades – Nazaré na sua 1ª época, fruto de amizades laborais. É actualmente com 2126 o jogador Bombarralense a atingir a maior cotação, sendo o nº 2 distrital a escassíssimos pontos do 1º e está entre os 50 melhores jogadores nacionais. Saiu da equipa Bombarralense para a Académica fruto de estar a estudar em Coimbra, abrindo-lhe novos horizontes e coincidindo com uma menor actividade na secção de xadrez no Bombarral.
Mantém contactos e amizades no clube Bombarralense, o seu habitat natural, quiçá um dia regresse.

Continuamos a fazer História

DSC00496 DSC00490 grupo 1º derby
Capitão Rui Batalha Troféus Equipa vencedora do 1º Derby
DSC00494 DSC00491 DSC00492
Troféus Sala de Jogo Troféus

Em 2010 estalou uma polémica em torno de um jogo para o campeonato nacional da 3ª divisão, frente a uma equipa de Peniche, em que tem como término, a Federação Portuguesa de Xadrez mandar repetir o jogo num dos tabuleiros, com resultado favorável aos Bombarralenses. Esse resultado e reposição de justiça catapultou os seus jogadores para um final de época que não há memória, salvando-se da descida de divisão, quando todos já tinham condenado a equipa á descida de divisão. Neste mesmo ano o site da secção de xadrez mostra-se pleno de actividade, visitantes, e a sua rubrica “Zé Bomba” vai divertindo a comunidade xadrezista com um novo olhar sobre a modalidade. Adivinha-se a realização do 1º Torneio organizado pela Secção de Xadrez … continuamos a escrever a história deste mítico clube.

Elaborado em 04.08.2010 – ...Poderá estar sujeito a alterações a acréscimos.

 

O Mestre partiu…

http://cpbombarral.comuv.com/historial/HistoriaSeccaoXadrez.htm

 

António Severino (1965-2016)

 

A História da CPB e a história de António Severino confundem-se, a CPB não seria o que é sem António Severino e António Severino não teria sido o que foi sem a CPB.

 

Partiu assim esta 5ª feira um pedaço da história da CPB, um elemento insubstituível, pelas suas qualidades humanas, pelo gosto que tinha pelo xadrez, por ser o jogador que representou durante mais anos consecutivos a CPB, por ser no momento o único jogador ativo da CPB a residir no Bombarral, por ser a alma imprevisível da equipa, a esperança nos maus momentos, com ele sabíamos que poderíamos sair sempre vencedores.

 

 

Vamos deixar-vos aqui um conselho, não que o Mestre tenha pedido, mas retirado das muitas conversas que tivemos … e para que a sua morte não tenha sido em vão aqui fica:

Fumar Mata! … Mesmo!!!

  

… Nunca te esqueceremos, obrigado!

 

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

 

000webhost logo