"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

Esta é uma crónica que pretende ter alguns traços de humor. Os artigos e ou opiniões, não expressam e ou vinculam a Secção de Xadrez da Casa do Povo do Bombarral, nem qualquer um dos seus jogadores ( Sai ás 4ªs Feiras)

 

Zé Bomba – Episódio 15 

“Amizades que fazem História”

 

 

Ricardo Pais x Paulo Constantino

Nestas fotos podemos ver dois dos meus pupilos, Paulo Constantino e Ricardo Pais.
Foram colegas de equipa no Crocodilo´s Bar em Caldas da Rainha, na Casa do Benfica de Caldas da Rainha, na Academia de Xadrez da Benedita e agora na Casa do Povo do Bombarral.
Como se pode verificar nas fotos, nesta época do Crocodilo´s Bar, e em pleno Open organizado pelo clube local, Ricardo Pais ainda usava cabelo, algo inadmissível nos tempos que correm. A crise exige medidas de austeridade, e nada como começar pela poupança de Champô. Já Paulo Constantino decidiu poupar no vidro dos óculos, se bem que o modelo antigo permitia ás suas orelhas visualizarem o mundo de forma diferente.

  

 

Carlos Dias x Ramiro Lopes

Aqui está outra amizade histórica, os Árbitros Internacionais Carlos Dias e Ramiro Lopes.
Vejamos o quanto se adoram:

Open de Odemira 1984, arbitrado por ambos.
Uma jogadora sub 8 pergunta se são as Brancas que começam a jogar. Ao que Carlos Dias responde afirmativamente. Já Ramiro Lopes vem contestar alegando que caso o jogo tenha sido interrompido após lance das brancas, no recomeço da partida serão as pretas a jogar, pelo que Carlos Dias não foi Preciso.

Open Internacional de Lisboa 1997, arbitrado por ambos.
Carlos Dias afirma que a checa Sugha Polka é a mulher mais bonita do torneio. Ramiro Lopes, diz que não, a ruiva Titania Kraicova tem outro encanto. Carlos Dias dirige-se á casa de tintas mais próxima e compra tinta ruiva, despeja-a por cima de Sugha Polka e diz. E agora? A minha ruiva é melhor do que a tua ou não?

Magistral de Dortmund – Alemanha 2004, arbitrado por ambos
Kasparov chama o árbitro, Ramiro Lopes diz para Carlos Dias, “vai lá tu”... Carlos Dias, responde, “o Tipo é chato vai lá tu”,... e a conversa vai prosseguindo ... “nã nã, tu és o melhor árbitro nacional, vai lá tu”, ...“Já fui já, mas agora apareces-te tu e tomaste-me o lugar, por isso vai lá tu...”, ...“Tu usas óculos vês melhor”, “Tu se não usas é porque vês bem”, ...“ Mas tu és mais alto, visualizas melhor o tabuleiro”, “Sim mas tu vês melhor os pormenores”...

Magistral dos Açores – 2010, arbitrado por ambos
Para se distinguirem, Ramiro Lopes arbitra o torneio de camisola amarela e calções roxos, já Carlos Dias prefere uma bonita camisola rocha com calções amarelos. Carlos Dias apita com uma vuvuzela vermelha com listas azuis, já Ramiro Lopes apita o torneio com uma vuvuzela Azul com listas vermelhas.

O amor é lindo!...Partido do principio que os opostos se atraiem e de que quem desdenha quer comprar, não é de excluir casamento em breve. Ora Zé Bomba estará disponível para padrinho!

 

  

 

Academia de Xadrez de Peniche X Academia de Xadrez do Bombarral

Ora aqui está uma amizade mais recente, mas que parece estar para durar.
 
Ambos tem como objectivo comum e estatisticamente pouco provável, de um dia conseguirem vencer a Casa do Povo do Bombarral.

Ambos os seccionistas detestam Zé Bomba, mas são sempre os primeiros leitores das suas crónicas.

As gentes de Peniche afirmam que existe gente séria e competente no Bombarral, destacando os seus amigos da Academia de Xadrez do Bombarral.
Já a equipa que é composta pelo casal Baptista, acrescido dos seus filhos, dos primos, restante família, e dos dependentes directos, ao qual se habituaram a chamar o nome de Academia de Xadrez do Bombarral retribui com garrafas de vinho numa tentativa de que enquanto os Penichenses não estiverem sóbrios continuarão a dizer disparates.

Ambos são fundadores da “Academia do São Convívio”, que exclui arruaceiros, más-línguas, gente mentalmente inferior e ordinária... no fundo a ala Sul do Bombarral.

Por este motivo é aguardado com enorme expectativa o já chamado “Derby do Amor”



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

www.000webhost.com