"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

Esta é uma crónica que pretende ter alguns traços de humor. Os artigos e ou opiniões, não expressam e ou vinculam a Secção de Xadrez da Casa do Povo do Bombarral, nem qualquer um dos seus jogadores ( Sai ás 4ªs Feiras)

 

 

Zé Bomba – Episódio 7 

 

O porquê de não existir Campeão em 1910!
O 1º Campeonato Nacional de Xadrez (1910) parte 3 de 3

No dia de descanso, Zé Bomba, vai para a farra com os amigos e com alguns locais, enquanto Manuel Sardinha tem consigo o seu exigente preparador físico e psicólogo, que exige a Sardinha que faça um teste, após o qual, e caso obtenha sucesso no mesmo, dificilmente deixará fugir a vitória, tornando-se psicologicamente imbatível, e sagrar-se-á assim o 1º campeão nacional de xadrez!
Para tal, Manuel Sardinha terá de saltar 100 muros com 2 metros de altura.
Iniciado o exercício, salta 10, 20, 30, 40 …. E continua imparável!
Quando acaba de passar o 97º muro, cansado, exausto e no limite das suas forças, diz:
“ … Já não aguento mais … Isto é demais para mim … Vou desistir … Vou voltar para trás! … “

 

Jogo 4 – Manuel Sardinha x Zé Bombão 20.09.1910

Após 1. e4-c5 2. Cf3-Cc6, Sardinha sente-se “Molhado”, a sua esponjosa cadeira tinha sido alagada, para quem estava de fora a observar, dava a nítida sensação de que estava a fazer as suas necessidades básicas (parecia envergonhado!).
Em pleno palco “Zé Bombão” pede a intervenção dos bombeiros, antes que alguém se afogue!
O árbitro atribui a vitória a Zé Bombão baseado na impossibilidade de continuar o jogo, facto imputável a Manuel Sardinha.
Zé Bombão passa para a liderança, era o 2,5-1,5.

Jogo 5 – Zé Bombão x Manuel Sardinha 21.09.1910

Antes de o quinto jogo se iniciar, a F.P.X. emite o seguinte comunicado:
Para conhecimento dos nossos dois mais prestigiados jogadores nacionais, passamos a informar:

  1. Já se disputou o sorteio para o campeonato do mundo.
  2. O Campeão Nacional irá defrontar nos oitavos de final, o actual campeão do mundo, o temível, o invencível, o massacrante jogador Russo Xaropov.
  3. Em virtude das possibilidades lusas serem diminutas, decidiu a F.P.X. em tempos de crise, não financiar a deslocação do nosso campeão á Rússia, pelo que terá de ir a expensas próprias.
  4. A Falta de comparência de qualquer que seja o vencedor, e portanto representante nacional, terá como consequência uma coima no valor de 20 Reis, expulsão da prática da modalidade, e prisão de 1 semana.
  5. A F.P.X. aplaude o esforço e a contribuição que ambos os jogadores estão a prestar ao país e á modalidade.

Após h4, Sardinha Abandona!
Zé Bombão protesta, alegando que apesar de já ter jogado, ainda não carregou no relógio, pelo que está ainda no seu tempo de reflexão, não podendo por isso o seu oponente jogar ou manifestar-se.
O Árbitro dá razão ao Bombarralense, que diz de imediato abandono!
Com esta vitória para Sardinha, o resultado do Match para atribuição do 1º título nacional de xadrez encontra-se empatado a 2,5-2,5, sendo decidido no último jogo!

 

 

Jogo 6 – Manuel Sardinha x Zé Bombão 22.09.1910

Último jogo, dos 1500 bilhetes disponíveis, pela 6ª vez consecutiva, foram todos vendidos nos primeiros 15 minutos do início da venda. Uma autentica multidão, encontra-se sem bilhete, e aguarda noticias nos locais próximos ao recinto onde é disputado o match, sendo o rádio um instrumento indispensável para estes adeptos.
Lêem-se cartazes de apoio “ … Família Leiriense e Academia do São Convívio, apoia Sardinha! … “, “ … Quem ganha um bilhete para o inferno? Assina Xaropov … “, “ … O Orgulho do Oeste somos nós! Força Bomba! …”
O Árbitro estava prestes a iniciar a partida, faltavam 2 minutos, quando o delegado ao jogo de Zé Bombão lê um comunicado onde este se queixa de uma dor nas unhas, motivo pelo qual não estará presente!
De seguida, o delegado ao jogo de Manuel Sardinha também tem um comunicado do seu jogador para ler, onde refere que o seu representado está com câimbras no cabelo, facto que impossibilita a sua comparência!

O Match é dado como empatado, após falta de comparência de ambos!

Eis as últimas fotos tiradas na cidade de Coimbra … e assim nasceu uma grande amizade!

Xaropov inquirido a comentar o jogo 6, admitiu após 3 horas de análises elaboradas que o mesmo se encontrava empatado.

Assim fica explicado o porquê do 1º Campeão Nacional de Xadrez só ter sido declarado em 1911 (Dr. António Maria Pires), apesar do 1º Campeonato ter sido em 1910.

 

Na próxima 4ª feira, vou ensinar-vos a organizar um Torneio … Para quê Prémios Monetários? Para quê Taças?...

 

Fica o aviso aos Pais e outros – O Próximo Número é para maiores de 18 anos, … estão avisados!

Não teria qualquer tipo de problema em mostrar o próximo número ao Zé Bombinha, mas cada um sabe de si, existem flores de estufa mais sensíveis, e o que é ofensivo / de Mau Gosto / ordinário etc. para uns não é para outros.



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

www.000webhost.com