"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

Esta é uma crónica que pretende ter alguns traços de humor. Os artigos e ou opiniões, não expressam e ou vinculam a Secção de Xadrez da Casa do Povo do Bombarral, nem qualquer um dos seus jogadores ( Sai ás 4ªs Feiras)

 

Episódio 3 – Formação no Bombarral!

 

Ora Viva!
Então cá estou eu, conforme prometido.
Há tempos atrás … a secção de xadrez da Casa do Povo do Bombarral, foi alvo da seguinte critica, e passo a citar: “ … Nós, por cá, lamentamos que em vez de proclamarem a inveja, não consigam ganhar no tabuleiro e não promovam a formação de jovens jogadores como fazemos nesta nossa nobre casa… “

 

Zé Bomba vem por este meio desmascarar tamanha injuria, e vai oferecer-vos a título gratuito 3 aulas resumo, do nosso esquema inovador de formação! Abertura, Meio Jogo e Finais.
Zé Bomba mantém por motivos óbvios, e apenas á consideração da vossa imaginação, a 4ª parte do jogo. Tão omitida nos livros, mas quiçá a mais importante, o “Pós Jogo”. Esta fase secreta continuará desconhecida do grande publico, apenas os alunos da nossa escola “ Academia Zé Bomba” terão direito a iniciar a árdua aprendizagem do que é a 4ª fase do jogo, para quem um dia sonhe em tornar-se jogador da nossa equipa.

 

GM Paulo Constantino
Aula nº 1 - Abertura

Na nossa primeira aula, o Nosso Grande Mestre Paulo Constantino, inova na Abertura, mostrando uma teoria revolucionária a aplicar nesta fase do jogo. A influência de um Burrié Nasal pode ter nesta fase uma importância decisiva. Consta que um adversário do nosso prestigiado GM não conseguiu dar um cheque de Dama, ganhando peça, devido á infiltração do temido Burrié colocado na base da peça adversária, o que fez com que a mesma não se conseguisse deslocar.
Ps: Também o poderão aplicar a uma peça do vosso exercito se desejaram que a peça continue em jogo, impedindo-a assim de ser “comida”.

 

GM Ricardo Pais
Aula nº 2 – Meio Jogo 

Na nossa segunda aula, o Nosso Grande Mestre Ricardo Pais explica a fase criativa do Meio Jogo.
Caso o seu oponente tenha resistido á fase da Abertura (pouco provável) … nada como demonstrar categoricamente como se come uma peça nesta fase da partida. Esta técnica nada tem de intimidatório, apenas intimida o adversário. Psicologicamente o adversário sentirá o que sofrerá cada peça sua, até ao massacre final do seu Rei.
Mas se o seu nível de jogo for muito fraco, e ainda não ganhou o jogo … a Teoria de Finais vai ajudar!

 

GM Rui Batalha
Aula nº 3 – Finais

Na nossa terceira aula, o Nosso Grande Mestre Rui Batalha ensina a finalizar um jogo.
Caso o adversário tenha passado a fase da Abertura e o Meio Jogo (improvável!) e teime em não abandonar a partida … esta técnica apurada de finalização costuma funcionar em 99% das situações! Conforme foto demonstrativa, neste tipo de situação o adversário pondera entre ganhar e ou empatar a partida, ganhando automaticamente um Galo de Barcelos e uma viagem hospitalar gratuita, ou … dar-se como derrotado (Parece ser a melhor decisão!).

 

Espero que tenham aprendido com o Zé Bomba, que faz demonstrações gratuitas ás 4ªs feiras.
Este método inovador está patenteado, qualquer clube, ou a própria F. P. X. não o pode utilizar sem a expressa autorização do Zé Bomba.

 

No Próximo episódio (4ª feira como sempre), Zé Bomba vai voltar com um tema sério, e que aflige a comunidade xadrezista nacional … falo obviamente do racismo patente nos tabuleiros, onde apenas são admitidas peças pretas e brancas, ou após mistura em alguns casos, castanhas.



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

www.000webhost.com