"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

As equipas estão apresentadas por ordem de Elo médio e não por ordem de favoritismo, como se sabe a CPB por exemplo está inflacionada por Ricardo Evangelista ou Pedro Rodrigues que pouco ou nada jogarão na presente edição da prova.

 

Casa do Povo do Bombarral

 

A mais antiga equipa da Associação de Xadrez de Leiria vai partir para esta prova com o estatuto de uma das quatro candidatas à subida de divisão, o que quer que isso queira dizer, já o ano passado também assim partia e com uma tarefa bem mais fácil do que a deste ano e não conseguiu, não indo além de um 4º lugar. Novo ano, ambições redobradas, que comece a festa!

 

Amadora Xadrez “B”

 

A equipa do nosso amigo Solha Santos é para nós a mais forte candidata à subida de divisão, com um plantel equilibradíssimo e sedento de mostrar que alguns destes jogadores poderão em breve ascender à equipa “A” e disputar a 1ª divisão nacional, vê-se reforçada em relação à época anterior onde alcançou o pódio com o 3º lugar.

 

Casa do Xadrez

 

A equipa de Alpiarça depois de uma inesperada subida à 1ª divisão nacional (algo de má memória para a CPB), tem acumulado desaires. Tal facto tem originado uma desmotivação de que não há memória, indo ao ponto do site do clube de publicação diária ter parado desde 06-06-2017 (esperemos que voltem em breve a dar continuidade a um trabalho impar no xadrez nacional). A equipa perdeu em 2015/2016 o ultimo jogo do campeonato facilitando a vida ao seu vizinho CC Torres Novas para alcançar a manutenção, seguindo-se 0-0-9 na 1ª Divisão e 0-1-6 na 2ª divisão da época passada, ou seja, são 17 jogos sem vencer, com 16 derrotas incluídas, o que é bem provável que constitua um novo recorde nacional. Mas desenganem-se aqueles que acham que a equipa poderá ainda não ter batido no fundo … a propósito não nos lembramos de uma vitória da CPB frente a este clube, devendo ser o “borrego” mais gordo que a CPB tem para “matar”. São em nossa opinião fruto da experiencia, qualidade de jogo e vontade de virar a página, um sério candidato à subida de divisão, e éramos capazes de apostar de que nunca terminarão fora do pódio. Este ano mudaram de táctica, colocando os mais novos e menos cotados nos tabuleiros superiores.

 

Academia de Xadrez de Portugal “B”

Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal 

A equipa “B” da AXP conquistou um 3º lugar na época passada na Série E com 2-4-1. Para esta época os reforços chegados para a equipa “A” que subiu à primeira divisão nacional, acabou por trazer reforços para a equipa “B”, numa equipa com um 1º tabuleiro forte e com os restantes a poderem baterem-se de igual para igual com qualquer tabuleiro secundário dão a esta equipa o estatuto de candidata à subida de divisão. Não será difícil de verificar que a CPB não deverá conseguir sequer atingir uma média real de jogadores disponíveis deste quilate, portanto se nós somos candidatos, imaginem a AXP “B”!

 

Ginásio Clube de Odivelas

 

A clássica equipa de Odivelas por onde já passaram grandes nomes do xadrez nacional, vai resistindo por obra de Carlos Sirgado. Apesar do 6º lugar alcançado na época anterior, a verdade é que esteve muito mais perto e dependente de si própria para subir de divisão do que a CPB, foi a grande animadora da prova e só o descalabro nas rondas finais onde se incluíram toques por telemóvel fizeram a equipa cair na tabela classificativa. Este ano sem Ana Baptista e com Carlos Laia que raramente joga parece-nos difícil poder almejar a mais altos voos do que a manutenção, no entanto Hugo Alves que fez 4-0-0 poderá fazer sonhar a equipa.

 

Académico de Torres Vedras

 

Os nossos amigos de Torres Vedras mantiveram a táctica que lhes deu bons frutos na época transacta, “Queimando” o primeiro tabuleiro e colocando a restante equipa perante jogos equilibrados, uma táctica arriscada mas que nos parece poder vir a revelar-se correta com vista à manutenção. 3-2-2 e um 5º lugar na época passada aliado à composição da equipa do GCO e ao facto de terem surgido no grupo duas equipas claramente candidatas à descida, leva-nos a crer que terão novamente uma época tranquila quiçá com a mesma posição da época anterior, Boa Sorte!

 

Associação Tabuleiro de Cores

 

Finalmente teremos esta equipa Caldense na nossa série, será a estreia de mais um derby. A equipa de Samuel Rebelo ficou o ano passado em 5º lugar com 2-3-2 na 3ª Divisão Nacional – Série C e quase que se arriscou a subir tais eram as impossibilidades legais das outras equipas poderem subir. Apesar deste ano reforçada com Jurgen Wempe (2156), verificará a diferença de força entre a Série C e a Série D … quanto a nós e perdoem-nos o pessimismo, a manutenção com o alcançar do 6º lugar já nos surpreenderia, Boa Sorte!

 

Clube de Xadrez de Sintra “B”

  

Uma equipa na 2ª Divisão Nacional e outra na 3ª mostram bem o trabalho ao nível de formação que se esta a realizar em Sintra. Partem como claros candidatos à descida de divisão, mas isso não será o mais importante certamente para este clube, onde o rodar jovens talentos, o adquirir de experiência para mais tarde aproveitar jogadores para a equipa “A” parece ser o mais importante … e as surpresas acontecem!

 

 

Série mais forte em 2017/2018

Entra Casa do Xadrez sai CX Sintra
A Série fica mais forte, a equipa de Alpiarça é superior

Entra Tabuleiro de Cores sai APC Arneirense
A Série fica mais fraca, a equipa do Arneirense é superior

Entra AX Portugal “B” sai Academia Musical
A Série fica muito mais forte, a equipa da AXP é muito superior

Entra Sintra “B” sai GX São Marcos
A Série fica igual, as equipas são equivalentes, será difícil fazer pior do que (0-1-6)

Assim concluímos facilmente de que a série deste ano é mais forte, será mais difícil para quem quiser subir de divisão com um maior número de candidatos, será equivalente para quem se quiser manter já que existem dois claros candidatos aos dois últimos lugares.

 

http://www.fpx.pt/web/files/distrital/Taca-de-Leiria-1718.pdf

 

 

 

 

Resultado de imagem para xadrez coimbra academicanot-taca-portugal-17-18      

A. Académica de Coimbra                4,0 – 0,0                     Casa do Povo do Bombarral

Ricardo Pais (1847)… Rui Batalha (1732) Marco Custódio (1681) 

Paulo Constantino (1572) 


MF Vasco Diogo (2232)

Perez Negro (2104)

Miguel Fernandes (2007)

André Dionizio (1995)

-1,35

-1,50

-1,95

-1,20

“ O Filme do Jogo”

14.45 Horas

A CPB chega a Coimbra, cidade de muito boas recordações para muito dos elementos da equipa, com o jogo a disputar-se desta vez não na sede do clube mas no Hotel D. Luís com uma bela vista sob a cidade.

Conforme prevíamos a CPB não deverá poder almejar a mais do que tentar evitar a “Chapa 4”, os “Estudantes” são favoritos em todas as mesas, são praticamente menos 400 pontos de cotação em todas as mesas!!!

Estreia de Marco Custódio com as cores da CPB, num jogo que servirá sobretudo para aprender e ganhar ritmo competitivo com vista ao campeonato nacional da 3ª Divisão, onde a equipa a apresentar não fugirá muito daquela que esta hoje aqui presente.

16.00 Horas

Ricardo Pais (Lance 7) – Rui Batalha (Lance 8) – Marco Custódio (Lance 13) e Paulo Constantino (Lance 11) assim vão as partidas, parecem ainda muito equilibradas, com Marco Custódio já a sair claramente da abertura para entrar no meio jogo.

17.00 Horas

Ricardo Pais recusa a oferta de peça, parece que o adversário ficaria com ataque muito prometedor e cede peão para entrar noutra variante, Rui Batalha entra agora no meio jogo e conseguiu igualar a abertura, Marco Custódio joga posição idêntica com Dama, Torre e Bispos da mesma cor, está aberto e pode cair para qualquer um dos lados, Paulo Constantino segue em jogo onde parece ter mais espaço.

18.00 Horas

Ricardo Pais mantêm-se com peão a menos e ainda com muitas peças em jogo, Rui Batalha parece estar sem ideias e a deteriorar ligeiramente a sua posição, na mesa de Marco Custódio tudo parece poder acontecer, Paulo Constantino está a fazer em excelente jogo e parece começar a ganhar vantagem.
Resiste a CPB!

18.30 Horas

210 Minutos, ou sejam 3,5 horas e a CPB mantém o 0-0.
RP para alem do peão a menos parece estar claramente a perder a posição num final de 2 torres para cada lado, RB vê o adversário passar um peão, MC em apuros não quer trocar Damas (parece-nos que trocar Damas daria um final mais fácil de calcular), PC entra nos tradicionais apuros de tempo… degrada-se a muralha CPB!

18.35 Horas (AAC 1-0 CPB)

Marco Custódio cede, acabando por trocar Damas mas numa troca nada benéfica na posição, com muitas variantes em aberto jogou-se uma perdedora, esteve perto pelo menos o empate e mais tarde verificou-se estar aqui a melhor chance da CPB em livrar a “Chapa 4”.

18.40 Horas (AAC 2-0 CPB)

Ouve-se o apito do relógio, quem mais poderia ser … Paulo Constantino já em posição deteriorada perde por tempo, realizou um excelente jogo, faltou a resistência final.

18.45 Horas (AAC 3-0 CPB)

Ricardo Pais agravou a posição, com 2 peões a menos ainda tentou inventar mas isso custou-lhe ainda mais caro, decide que é suficiente e abandona.

19.05 Horas (AAC 4-0 CPB)

“El Capitan” teve de dar peça para evitar a promoção do peão, e com 2 Bispos contra 1 Cavalo, entende com bom critério que é hora de ir para casa, não deixou de efectuar um jogo decente onde a força de ratings decidiu no meio jogo.

Inicia a época a CPB com uma esperada mas não menos indigesta “Chapa 4” e segue para outro tabuleiro onde costuma jogar francamente melhor, segue-se jantarada … Leitão!

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Calendário

- A CPB iniciará o campeonato com uma tarefa de Hércules
- CPB defronta 2 dos 3 candidatos no Concentrado Final
- Derby do Oeste em casa à 4ª Ronda
- Derby Distrital na 6ª Ronda do Concentrado

 

Na 2ª Divisão – Zona Centro

A equipa dos Corvos do Lis iniciará o campeonato com uma difícil deslocação ao Clube Galitos.

Na 3ª Divisão – Série C

Numa série de 8 onde 5 são do distrito de Leiria
-APC / Arneirense começa em casa frente à difícil equipa do Clube Galitos “B”
- O SOM inicia o campeonato a receber a grande candidata AA Coimbra “B”
- A Oficia Criativa de Pombal recebe em ano de estreia, outro estreante e também do distrito, o ACR Rio Seco.
- A equipa “B” dos Corvos do Lis desloca-se ao Centro Norton de Matos.

1ª Divisão

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

AX Portugal lidera, CPB vence jogo entre candidatos!

A sempre aguardada Ronda de estreia, com os candidatos AXP “B” e Amadora Xadrez “B” a triunfarem conforme esperado, em Odivelas o ATV empatou, todos os resultados eram esperados à excepção da vitória da CPB que era apenas possível e não esperada.

 

 

Casa do Xadrez de Alpiarça                  1,0 – 3,0                Casa do Povo do Bombarral

Pedro Rodrigues (2016) Rui Batalha (1733) Marco Custódio (1674) Ricardo Pais (1855)
 1  0  1   1 

Luís António (1832)

Pedro Diogo (1891)

António Vinagre (1945)

Carlos Nascimento (1861)

+5,20

-5,80

+33,20

+10,20

 

Finalmente a CPB matou este “velho borrego”!!!

“ O Filme do Jogo”

14.20 Horas
A CPB chega a Alpiarça, enfrentam-se dois clubes conhecidos, “acusados” de terem quiçá os dois dos melhores sites de clubes em Portugal, um longo historial por detrás deste clássico, quase sempre favorável aos homens de Alpiarça.

A Casa do Xadrez vai tentar por fim à série negra de 17 jogos sem ganhar (0-1-16) e para isso nada melhor do que defrontar a sua cliente habitual …

A CPB face ao histórico contenta-se certamente com um empate e não quererá ser ela a dar por terminada esta série negra para a Casa do Xadrez que começou exactamente após uma vitória sobre a CPB em jogo que decidiu quem subiria à primeira divisão nacional.

 

15.00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas.

Na mesa 1 CX(30-30-40)CPB
A CPB parece ser favorita, mas as cores e a falta de ritmo de Pedro (a época passada não fez qualquer jogo) deverão equilibrar a contenda. A CPB deposita especial “fé” neste jogo.

Na mesa 2 CPB(20-30-50)CX
São mais de 150 pontos de diferença, poderá o momento de forma de El Capitan surpreender-nos a todos?

Na mesa 3 CX(50-30-20)CPB
Apesar do valor ou potencial de cada um, não deixam de ser cerca de 300 pontos de diferença, mas nós acreditamos que possa cair aqui qualquer coisita para somar…

Na mesa 4 CPB(30-30-40)
As mesmas cores, os mesmos jogadores, há 4 anos atrás RP levou uma miniatura… também temos fé de que aqui se possa pescar algo.

Sem André Pinto e Guilherme Gaboleiro reduzimos assim os 40-30-30 favoráveis à Casa do Xadrez com um resultado expectável de 2,5-1,5 contra a CPB, para 50-30-20 com 3-1 favorável à Casa do Xadrez… mau começo e ainda nem começou!

17.00 Horas
Por ordem de mesas assim vamos quanto ao número de lances:
15-16-16-11

17.30 Horas (Casa do Xadrez 1-0 CPB)
Rui Batalha abandona, começa a CPB a perder por 1-0 numa mesa onde já era expectável o “sofrimento”. Força Capitão!

17.45 Horas
Pedro Rodrigues tem peão a mais.
Marco Custódio deverá ter que entregar Dama e Cavalo por duas torres
Ricardo Pais parece ter mais espaço em partida equilibrada.
Não deixou de ser um balde de água fria para a CPB, sobretudo na Mesa de MC

18.00 Horas
Adversário de Marco Custódio deixou passar o lance, ufffffffff respira-se melhor por aqui!
Estrelinha de Campeão a manifestar-se desde já para a CPB?

18.10 Horas (Casa do Xadrez 1-1 CPB)
Ricardo Pais aceita o abandono do adversário, a CPB iguala e tem todas as esperanças de não sair derrotada. Pedro Rodrigues vai cimentando a sua vantagem e Marco Custódio luta de igual para igual.

18.30 Horas (Casa do Xadrez 1-2 CPB)
Marco Custódio vence, a CPB já não perde (olé olé) e tem todas as hipóteses de sair vencedora, falta apenas Pedro Rodrigues que no fim de contas se vai sentindo à vontade desde as 17.45 (pós jogo, verificou-se que poderia não ter corrido assim tão bem …), mas a esta altura só uma gaffe tirará a vitória a Pedro e à CPB.

18.45 Horas (Casa do Xadrez 1-3 CPB)
Pedro Rodrigues finaliza, novo recorde pessoal em termos de cotação, a CPB entra a vencer e mata um velho “borrego”, finalmente!!!

Na falta de ensopado de borrego, seguiu-se Sopa da Pedra entre outros e regresso a Caldas … Peniche … e Lisboa!

 

Dia de Xadrez nas Caldas com os clubes locais a realizarem ambos jogos em casa (Arneirense jogava para a Série C). Conforme esperado os locais foram goleados, livrando-se da “Chapa 4” mas não deixaram de entregar a liderança do campeonato à equipa Lisboeta da AX Portugal “B”.

Uma falta de comparência de tabuleiro (algo sempre de lamentar) impediu a equipa da Amadora de assumir desde já a liderança e permitiu aos locais evitar a “Chapa 4”.

Perante um GCO com uma formação de respeito o ATV teve no seu 4º tabuleiro o ponto que necessitou para empatar o encontro, num resultado positivo para ambos no que concerne à manutenção, no entanto não deixou de “esfriar” as intenções da equipa de Odivelas que por certo acalenta vir a ser novamente a Out Sidder da prova. 

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Academia Xadrez de Portugal "B"

1

0

0

3,5

0,5

1

3

Amadora Xadrez “B”

1

0

0

3,0

1,0

1

3

Casa do Povo do Bombarral

1

0

0

3,0

1,0

1

3

Ginásio Clube de Odivelas

0

1

0

2,0

2,0

1

2

Académico de Torres Vedras

0

1

0

2,0

2,0

1

2

Casa do Xadrez de Alpiarça

0

0

1

1,0

3,0

1

1

Clube de Xadrez de Sintra "B"

0

0

1

1,0

3,0

1

1

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

0

1

0,5

3,5

1

1

 

2ª Divisão – Série B

3ª Divisão – Série C

Daremos eco do Campeonato Distrital na próxima 4ª Feira com um “Especial Zé Bomba”

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Previsão Ronda 2 (24-02-2018)

 

Académico de Torres Vedras – Associação Tabuleiro de Cores

O Derby do Oeste é já decisivo apesar de se realizar numa fase tão prematura da prova.
Os locais são favoritos e a vitória deverá desde já afastar o espectro da descida para a equipa de Torres Vedras que vem de um bom empate frente à equipa de Odivelas.
Para os Caldenses a derrota confirmará que são fortes candidatos à descida de divisão, jogo chave para poderem ambicionar à permanência.

Amadora Xadrez “B” – Ginásio Clube de Odivelas

Favoritismo para um dos líderes da prova que deverá aproveitar para cimentarem o primeiro lugar da tabela. Para a equipa de Odivelas uma surpresa nesta ronda poderia recolocar a equipa em maiores ambições na prova e longe dos lugares de descida, oportunidade única de informarem o campeonato ao que vêem.

Casa do Povo do Bombarral – Clube de Xadrez de Sintra “B”

Moralizados pela estreia os Bombarralense deverão ter uma tarde tranquila frente aos mais fortes candidatos ao ultimo posto da tabela classificativa.
A jovem equipa “B” de Sintra tentará surpreender em alguns parciais e continuar a fazer evoluir os seus mais novos elementos nos nacionais.

Academia de Xadrez de Portugal “B” – Casa do Xadrez

Aqui esta o jogo da jornada, os locais são os líderes da prova e tem aqui um confronto frente a um dos candidatos. A vitória aumentaria de sobremaneira as hipóteses de subida e o empate manteria a equipa focada na luta pela subida.
Para a equipa de Alpiarça uma derrota afastaria de vez as hipóteses de subida, o empate face ao resultado da estreia não parece poder vir a ser um boa opção … mais uma ronda onde tentaram finalmente vencer 18 jogos depois … (0-1-17).
Será uma questão de tempo até acontecer, será agora?

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

 CPB e Amadora Xadrez já são líderes isolados!

Vitória esperada para o ATV no derby do Oeste, ainda a oeste os Bombarralenses venceram conforme esperado, Amadora passou à tangente no teste, e a saga da Casa do Xadrez continua apesar de terem impedido a AX Portugal de alcançar o topo da tabela.

 

          Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Casa do Povo do Bombarral                   4,0 – 0,0           Clube de Xadrez de Sintra “B”

André Pinto (2016) Marco Custódio (1674) Ricardo Pais (1855) Artur Bernardes (0000)
1 1 1 1

João Carvalho (1313)

Fábio Dong (1246)

Rafael Dong (1133)

Mário Reis (0000)

+1,60 +3,20 +1,60 +0,00

 

“Chapa 4” na estreia em casa!

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
A CPB irá fazer o seu terceiro jogo da época (Taça de Portugal Incluído) naquele que será a sua estreia em casa.

André Pinto fará a sua estreia na corrente época
Marco Custódio jogará pela primeira vez com a camisola da CPB em casa
Ricardo Pais tal como MC passa a ser um dos 2 totalistas desta época
Artur Bernardes também fará a sua estreia na presente época.

Assistem ao jogo João Santos e Rui Batalha, a CPB será favorita pelos menos nas 3 mesas iniciais, sem cotação oficial torna-se difícil fazer comparações na mesa 4.

A CPB espera uma tarde muito tranquila frente à maior candidata ao último lugar.

Os Sintrenses aproveitam para ganhar experiencia para épocas futuras e para levar os nossos cumprimentos ao nosso amigo Pedro Marques que já participou no Torneio João Duarte dos Santos. O objectivo será o de livrar a “Chapa 4”

Na época passada o confronto entre ambos terminou num 2-2, mas foi frente à equipa “A”

15.00 Horas

Começa a 2ª Ronda do Nacional da 3ª Divisão – Série D

15.45 Horas

André Pinto estará ganho
Marco Custódio segue igual
Ricardo Pais está melhor
Artur Bernardes segue com peça a mais

Começam cedo as notícias, 45 minutos de jogo e a CPB já demonstra boas chances de poder vencer o encontro.

16.25 Horas

André Pinto e Ricardo Pais deverão estar a pouco lances de anunciar vitória.
MC segue na luta…
Artur Bernardes complicou tudo …

16.32 Horas (CPB 2-0 CX Sintra “b”)

Em Simultâneo, Ricardo Pais anuncia mate ao lance 19 e o adversário de André Pinto abandona … fica a faltar meio ponto para a vitória.

16.35 Horas

Artur Bernardes descomplica e segue tranquilo com peça a mais rumo à vitória.

16.55 Horas (CPB 3-0 CX Sintra “b”)

Artur Bernardes oferece a vitória à CPB que assim terminará a ronda no grupo dos líderes, veremos quem mais se junta ao topo da tabela.

17.05 Horas

Marco Custódio acaba de ganhar peça … goleada a caminho!

17.30 Horas (CPB 4-0 CX Sintra “b”)

Marco Custódio assina a “Chapa 4”

Depois do empate em Odivelas, vitória contra os Caldenses e ainda lhes falta receber a equipa “B” de Sintra, salvo alguma hecatombe o Académico de Torres Vedras acabou de assegurar a permanência na 3ª Divisão, lutará agora pela melhor classificação possível e tem equipa para surpreender aqui e ali, quiçá venham a ser a grande animadora da prova, embora sem a consistência necessária para assumirem uma candidatura à subida de divisão.

Para os Caldenses foi o confirmar de que a série “C” é uma coisa, a série “D” é outra totalmente diferente, resta-lhes vencer o confronto frente a Sintra “B” e tentar “pescar” algo obrigatoriamente em 1 ou 2 jogos, caso contrário confirmar-se-á o nosso prognostico de descida. Com 1 ponto obtido nos parciais conseguiram fugir ao último posto da tabela.

Vitória da equipa “B” da Amadora que passa assim mais um duro teste rumo à subida de divisão. Apesar do favoritismo as surpresas estão sempre à espreita onde menos se espera e este era um jogo típico para que pudessem acontecer. Quanto a nós a equipa da Amadora é a principal candidata à subida e vai demonstrando isso mesmo.

O GCO vestiu o seu fato de gala para defrontar a Amadora e testar-se a si próprio para ver até poderiam ir as ambições da equipa. Valeu o esforço mas não chegou, ainda sem vitórias não deverá lutar por mais do que a permanência, a menos que surja uma ponta final de época épica. Também não nos parecem candidatos à descida, mas caso a equipa apanhe uma série negra o jogo frente ao Tabuleiro de Cores decidirá, sendo claros favoritos.

Empate que não deslustra para os locais que continuam assim com todas as chances de lutarem pelo topo da tabela, apesar de já terem visto os Bombarralenses ultrapassarem este mesmo adversário e de terem sido afastados da liderança.

Para a Casa do Xadrez depois de terem perdido frente a um concorrente direto, mais um empate não augura nada de bom … para além disso ainda não conseguiram quebrar a malapata e vão em 0-2-17, ou seja, dezanove jogos sem vencer!

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Casa do Povo do Bombarral

2

0

0

7,0

1,0

2

6

Amadora Xadrez "B"

2

0

0

5,5

2,5

2

6

Academia Xadrez de Portugal "B"

1

1

0

5,5

2,5

2

5

Académico de Torres Vedras

1

1

0

5,0

3,0

2

5

Ginásio Clube de Odivelas

0

1

1

3,5

4,5

2

3

Casa do Xadrez de Alpiarça

0

1

1

3,0

5,0

2

3

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

0

2

1,5

6,5

2

2

Clube de Xadrez de Sintra "B"

0

0

2

1,0

7,0

2

2

 

No Distrito e na 2ª Divisão a equipa dos Corvos do Lis venceu por 3-1 o Clube de Xadrez de Sintra, na 3ª Divisão – Série C o sonho parece começar a ruir bem cedo para os prometedores homens de Pombal … derrota em Leiria frente aos Corvos do Lis “b” onde se apresentaram apenas com 3 tabuleiros … O Arneirense foi a Rio Seco vencer por 2,5-1,5 e o SOM foi empatar a Aveiro frente ao Galitos “b” numa série em que a Académica tem agora a passadeira estendida rumo à 2ª Divisão…. Embora ainda em igualdade com Corvos e Arneirense.

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

CPB isola-se na Liderança!

Casa do Xadrez vence …20 jogos depois

Das duas deslocações que os líderes da prova tiveram que efectuar, a equipa da Amadora tropeçou em Torres Vedras e a CPB passou em Odivelas isolando-se assim no topo da tabela classificativa.

AX Portugal terá passado em Sintra conforme se esperava? (á data da publicação ainda não sabíamos o resultado), e uma das grandes noticias da tarde é sem duvida uma vitória da equipa da Casa do Xadrez de Alpiarça … após 19 jogos nos campeonatos nacionais onde obteve um score de 0-2-17 eis que surge finalmente uma vitória … com o patrocínio da Associação tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha!

 

     

Ginásio Clube de Odivelas               1,0 – 3,0                  Casa do Povo do Bombarral

Rui Batalha (1733) Marco Custódio (1674) Ricardo Pais (1855) Guilherme Gaboleiro (1853)
0,5 1 0,5 1

Álvaro Fernandes (0000)

Alberto Mendes (1655)

Roberto Ochoa (1649)

Carlos Sirgado (1539)

0,00

+18,80

-5,20

+2,80

 

CPB alcança terceira vitória consecutiva!

“ O Filme do Jogo”

15.00 Horas

Chega a CPB a Odivelas onde aguarda por si um forte teste à sua liderança.

Depois de Ricardo Pais, Pedro Rodrigues e André Pinto, ao quarto jogo da época a CPB apresenta novo 1º tabuleiro, desta feita será Rui Batalha a liderar a equipa.

A CPB apresenta esta época elevada rotatividade e apresenta-se em Odivelas sem os seus principais 1ºs tabuleiros entregando Rui Batalha “á morte”, um gambito por necessidade.

Marco Custódio e Ricardo Pais continuarão a ser os totalistas da CPB

Guilherme Gaboleiro fará a sua estreia na corrente época!

Sétimo jogo da época para o GCO com clara vantagem de ritmo para os locais, a somar a esta situação a goleada sofrida pela CPB na época passada (0,5-3,5) e o facto da melhor equipa da série ter vencido apenas tangencialmente o GCO por 2,5-1,5 na ronda anterior, são factores que preocupam a CPB e que tornam previsível a perda da liderança nesta ronda.

Para a equipa de Odivelas depois de um empate frente ao ATV na ronda inaugural (bom para a manutenção, mau para mais altos voos) vestiu o seu fato de gala e com a sua melhor composição foi defrontar a forte equipa da Amadora de onde saiu derrotada por 1,5-2,5, demonstrando a qualidade da equipa mas dizendo praticamente adeus a uma qualquer hipótese de subida.

15.01 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas, Hugo Alves e Carlos Laia estarão ausentes na constituição do GCO... boas novidades para a CPB!

Álvaro Fernandes (0000) x Rui Batalha (1733) - (60x30x10)

Ainda sem cotação oficial, temos a informação de que Álvaro Fernandes é um bom jogador e conta neste momento com vitória frente a 1652 e derrota frente a 1898 …Prevemos um jogo muito difícil para o nosso capitão.

Alberto Mendes (1655) x Marco Custódio (1674) – (30x30x40)

O jogador da CPB é ligeiramente favorito, joga de brancas e a sua cotação está subvalorizada em nosso entender.

Roberto Ochoa (1649) x Ricardo Pais (1855) – (20x30x50)

Favoritismo para o jogador da CPB, são 200 pontos de diferença atenuados pelas cores.

Carlos Sirgado (1539) x Guilherme Gaboleiro (1853) – (10x30x60)

Vantagem de 300 pontos, mas GG já não joga há quase 1 ano …

Face à constituição surpresa dos locais, bastante desfalcados alteramos a nossa previsão de 30x40x30 para 25x30x45 favorável à CPB com um 2,5-1,5 em perspectiva.

16.45 Horas
Por ordem de mesas assim vamos quanto ao número de lances:
24-12-23-15
Ricardo Pais já passa por dificuldades, são más as primeiras noticias aqui do Pavilhão Municipal.

17.15 Horas
Rui Batalha aguenta-se
Marco Custódio idem idem aspas aspas
Ricardo Pais deverá estar perdido
Guilherme Gaboleiro já apresenta boa vantagem

Melhoraram as chances da CPB

17.30 Horas (GCO 0,5-0,5 CPB)
Rui Batalha e Álvaro Fernandes acordam empate, que excelente noticia!
Ricardo Pais opera um milagre e estará em vantagem!
Guilherme Gaboleiro perto de anunciar vitória

A CPB está a caminho da vitória, a estrelinha teima em não largar os Bombarralenses!

17.40 Horas (GCO 0,5-1,5 CPB)
Carlos Sirgado abandona, boa estreia de Guilherme Gaboleiro, a CPB está a meio ponto do empate e a um ponto da vitória.

17.50 Horas (GCO 1-2 CPB)
Ricardo Pais não consegue concretizar a vantagem da sua peça contra 2 peões e não vai além do empate … a CPB perde uma enorme chance de garantir a vitória mas o parcial nem foi mau face ao filme a que assistimos no tabuleiro durante boa parte da partida.

Aguarda-se meio ponto de Marco Custódio para a CPB celebrar a vitória numa altura em que parece estar melhor.

18.40 Horas (GCO 1-3 CPB)
Já em dificuldades Alberto Mendes deixa escapar o empate com lance que não viu e Marco Custódio triunfa, a CPB termina a terceira ronda com a sua terceira vitória!

Face a este resultado a CPB confirma-se como uma das candidatas ao trono e o GC de Odivelas deverá ir disputar frente ao Tabuleiro de Cores o 6º lugar que dará a manutenção, onde são claros favoritos.

E ao vigésimo jogo eis que a Casa do Xadrez vence, e quem disse que eram precisos 2,5 pontos para ganhar?

Inadmissível é o mínimo que se pode dizer para qualificar as faltas de comparência, neste caso dadas pelas duas equipas no 1º tabuleiro. Inadmissível sobretudo para os locais que ainda há pouco tempo se gabavam de serem o clube nacional com mais jogadores federados … bastaria a comparência de um qualquer jogador e os locais teriam empatado o jogo a dois.

Afundam-se os Caldenses cada vez mais próximos de uma hipotética descida, para os homens de Alpiarça foi o atingir dos 50% com 1-1-1 e o colocar de um ponto final a um recorde de 19 jogos sem vencer … uma marca que perdurará na sua história.

Escorregou um dos líderes, os Amadorenses apresentaram-se com apenas 3 jogadores, naquela que já é a sua segunda falta de comparência de um dos seus tabuleiros em três jogos.

Carlos Marques foi o “Herói” do dia que mantém invencível a ATV bem longe de qualquer percalço e em luta pelos lugares cimeiros da tabela, para a equipa da Amadora foi um percalço que lhe valeu a perda da liderança, mas que não a afasta de maneira nenhuma da luta pela subida.

 

No Distrito:

Na 2ª Divisão Os Corvos do Lis aplicaram “Chapa 4” ao CR Estarreja e seguem com 2-0-1

Na 3ª Divisão A Oficina Criativa levou “Chapa 4 “ da AA Coimbra “B”

O ACR Rio Seco recebeu os Corvos do Lis “B” (Resultado não publicado)

A APC/ Arneirense goleou o SO Marinhense por 3,5-0,5 e segue com 3-0-0

Na 3ª Divisão (Série C) Lideram AA Coimbra “b” – Arneirense e quiça Corvos “b” ambos com 3-0-0 defrontando-se as equipas do distrito que estão na liderança (?) na próxima ronda

 

http://www.chess-results.com/tnr311141.aspx?lan=10&art=1&rd=7&wi=821

 

 

 

Actualização

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Agora sim já com todos os resultados, após a publicação da goleada imposta pela AX Portugal que assim ascende ao 2º lugar da tabela.

Vitória esperada da equipa Lisboeta frente ao último classificado impondo uma “Chapa 4” e mantendo-se firme na luta pela promoção.

Para os locais foi mais uma sessão que passaram sem saírem do último posto da tabela com a segunda “Chapa 4” consecutiva, e cada vez mais próximos da despromoção.

Na Série C o ACR Rio Seco foi goleado em casa por 0,5-3,5 frente aos Corvos do Lis “b” que integram assim o trio de líderes que totalizam os jogos por vitórias na série.

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Casa do Povo do Bombarral

3

0

0

10,0

2,0

3

9

Academia Xadrez de Portugal "B"

2

1

0

9,5

2,5

3

8

Amadora Xadrez "B"

2

1

0

7,5

4,5

3

8

Académico de Torres Vedras

1

2

0

7,0

5,0

3

7

Casa do Xadrez de Alpiarça

1

1

1

5,0

6,0

3

6

Ginásio Clube de Odivelas

0

1

2

4,5

7,5

3

4

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

0

3

2,5

8,5

3

3

Clube de Xadrez de Sintra "B"

0

0

3

1,0

11,0

3

3

 

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

CPB não cede, Amadora Xadrez “escorrega”

Objectivos clarificaram-se para todas as equipas

  • A Quarta ronda e ultima antes do concentrado final decidiu em definitivo os objectivos alcançáveis para cada uma das equipas para o concentrado final.
  • Na luta pela subida CPB, AX Portugal, Amadora Xadrez e Casa do Xadrez.
  • Na luta pela manutenção GC Odivelas, AT Cores e CX Sintra.
  • O ATV sem chances de subida nem de descida lutará pelo brilharete de ficar na 1ª metade da tabela classificativa ultrapassado o objectivo da manutenção desde muito cedo.

  

    Casa do Povo do Bombarral               3,5 – 0,5            Académico de Torres Vedras

André Pinto (1967) Pedro Rodrigues (2016) Marco Custódio (1674) Guilherme Gaboleiro (1853)
1 1 0,5 1

Jorge Lopes (1652)

Carlos Marques (1813)

João Nabais (1598)

Hugo Marques (1650)

+2,80

+4,80

-4,00

+4,80

CPB vence derby do Oeste e segue com 4-0-0!

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
Ainda vamos em Abril e já a CPB se vai despedir dos jogos em casa na corrente época.

Os Bombarralense são líderes isolados da tabela com 3-0-0 e tem aqui uma grande oportunidade de entrarem no concentrado final como líderes isolados, o que poderá vir a fazer toda a diferença.

O Académico de Torres Vedras também está invencível e mais uma vez desembaraçou-se cedo de qualquer percalço, ocupa o 4º lugar da tabela com 1-2-0 e joga hoje o tudo ou nada para recolocar a equipa com hipóteses de subida de divisão.

Na época passada terminaram ambas as equipas com 3-2-2 com o desempate a sorrir aos Bombarralenses que ocuparam o 4º posto final contra o 5º dos Torreenses pelo facto de lhes terem ganho por 3,5-0,5 num descontraído jogo da última ronda do campeonato nacional.

15.00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas, na CPB Ricardo Pais único totalista da equipa na presente época abdica de tentar pelo segundo ano consecutivo ser o jogador mais pontuado da 3ª divisão (6-1-0 em 2016/2017), ele que seguia isolado em 3º lugar com 2-1-0.

Também “El Capitan” Rui Batalha com 4 jogos em 5 possíveis ficará de fora.

Assistem: João Santos, Paulo Constantino, Rui Batalha e Ricardo Pais (Árbitro), capitaneia a equipa Guilherme Gaboleiro.

André Pinto (1967) x Jorge Lopes (1652) - (70x20x10)

Segundo jogo efectivamente jogado para ambos os jogadores, André Pinto 1-0-0 José Lopes 0-0-1, são mais de 300 pontos de diferença, favoritismo total para o jogador da CPB.

Carlos Marques (1813) x Pedro Rodrigues (2016) – (15x30x55)

São 200 pontos atenuados pelas cores, Pedro Rodrigues leva 1-0-0 e Carlos Marques está invencível e com mais ritmo 1-2-0, no entanto insuficiente em nosso entender para retirar o favoritismo ao jogador da CPB.

Marco Custódio (1674) x João Nabais (1598) – (50x30x20)

Concorrentes directos pelo melhor 3º tabuleiro da série, o jogador da CPB leva 3-0-0 e o Torreense 2-0-1, são 76 pontos de diferença e a CPB é favorita em mais uma mesa.

Hugo Marques (1650) x Guilherme Gaboleiro (1853) – (20x30x50)

Hugo vai com 2-0-1 e GG com 1-0-0, vantagem de ritmo e de cores para o jogador do ATV, mas não deixam de ser 200 pontos de diferença de cotação, a CPB é favorita em todas as mesas, algo raro.

Face ás constituições das equipas (A CPB a apresentar o melhor “Quatro” da época até à data), alteramos a previsão de 40-30-30 para 60-30-10 com um 3-1 ou mesmo um 3,5-0,5 em perspectiva.
Poderá parecer assim tão fácil? Isto da estatística é apenas isso … veremos.

15.45 Horas
Assim vamos quanto ao número de lances:
15-8-14-18

Marco Custódio sacrifica junto ao Rei adversário, o sacrifício não poderá ser aceite pelo jogador do ATV sob pena de ser obrigado a desistir passados dois lances, sem a aceitação do mesmo o jogador da CPB ficará melhor.

Sacrifício aceite, miniatura à vista, já se festeja o 1-0!

16.05 Horas
Marco Custódio não executa o lance vitorioso, a “claque” CPB desespera

André Pinto sem vantagem material parece melhor
Pedro Rodrigues sem vantagem material parece melhor
Marco Custódio fica com peão a mais que poderá “cair” entretanto
Guilherme Gaboleiro está sob ataque adversário

Não são nadas boas as últimas notícias para a CPB

16.15 Horas
Hugo Marques sacrifica em frente ao Rei de Guilherme Gaboleiro que ao se defender bem vai ficar com material a mais.
Pedro Rodrigues ganha qualidade

A CPB volta a animar, foram excelentes notícias no espaço de 10 minutos.

17.00 Horas
André Pinto (lance 42) joga Torre e Bispo contra Torre e Cavalo com peão a mais
Pedro Rodrigues (lance 35) tem qualidade a mais (Dama+2 Torres + 4 peões) contra (Dama + Torre + Cavalo + 4 peões).
Marco Custódio (lance 19) jogam ambos com duas torres e Marco tem 2 Cavalos contra 2 Bispos adversários)
Guilherme Gaboleiro (lance 38) Bispo e 6 peões contra 5 peões … é uma questão de tempo, GG está a caminho da vitória.

17.05 Horas (CPB 1-0 ATV)
Hugo Marques abandona, é o 1-0 por Guilherme Gaboleiro!
Em todas as competições que participou GG leva 3-0-0

Entretanto Pedro Rodrigues parece ter deixado fugir a sua vantagem e joga um final de Torre com peão a mais … Pós jogo verificou-se que dificilmente não venceria este final, mas o erro era possível.

Apesar do 1-0 a CPB permanece inquieta, num mau cenário com AP e PR a empatarem e MC a perder a CPB empataria o jogo, mas seria preciso correr mal a todos.

17.20 Horas
André Pinto continua tudo muito igual ao último comentário mantendo o peão a mais, não está fácil.
Pedro Rodrigues parece ter um ligeiro ascendente
Marco Custódio ainda a iniciar o meio jogo

17.45 Horas (CPB 2-0 ATV)
Pedro Rodrigues finaliza e diz à equipa que estaria ganho depois da devolução da qualidade … e assim foi! Novo recorde pessoal de cotação!

A CPB está a meio ponto de anunciar vitória!

18.20 Horas (CPB 3-0 ATV)
André Pinto finaliza e oferece a quarta vitória consecutiva para o campeonato à CPB!

18.35 Horas (CPB 3,5-0m5 ATV)
O Académico de Torres Vedras aceita o pedido de empate de Marco Custódio e evita a “Chapa 4”, a CPB permanece líder isolada repetindo o resultado da época transacta.

Marco Custódio fica incrédulo ao visualizar a miniatura perdida … para a próxima correrá melhor, 3-1-0 não deixa se ser excelente, o suficiente para liderar individualmente a competição.

 

Incrível é o que se pode dizer … depois de vencerem por 3,5-0,5 com 1-0,5-1-1 eis que é detectada uma troca de tabuleiros nos dois primeiros jogadores … sendo assim averbada a respectiva derrota regulamentar nos mesmos tabuleiros.

Os adversários no jogo e na corrida pela subida de divisão agradecem certamente a gentileza.

Armando Roque (1898) e Vadim Maslov (1823) seguem com 3-0-0 e são os grandes destaques da equipa que supomos ainda ambicione à subida apesar deste desaire até porque segue invencível com 2-2-0.

Para os Caldenses foi a sua primeira não derrota, no caso com um bilhete premiado com a terminação, veremos se este ponto extra conquistado não fará toda a diferença na classificação final. José Lopes (1729) com 0-2-0 e Samuel Rebelo (1666) com 1-1-1 são os únicos que já pontuaram.

Os “Coloridos” entrarão no concentrado final com 0-1-3 e terão de enfrentar os seus concorrentes directos GC Odivelas e CX Sintra, … difícil mas, tudo em aberto!

https://www.facebook.com/white.blackburn?hc_ref=ARSUTdzjoKc8ORAStNfJOsPslVL2AeK-IPJh1i7GEGZH_EcDy6yYNeHDyJPhp3Udx20

White Blackburn partilhou a sua publicação.

7 h · 
Acabámos de receber via e-mail uma correção do implacável AI Altino Costa que passamos a citar na íntegra:
Em domingo, 8 abr, 2018 às 4:46, FPX Altino Costa
<altino.costa@fpx.pt> escreveu:
Boa noite,
Por terem trocado os dois primeiros tabuleiros o resultado do encontro
da Amadora Xadrez contra o Tabuleiro de Cores ficou 2-2, com resultados
por falta de comparência nos dois primeiros tabuleiros.
Cumprimentos
Altino Costa
Secretariado
Federação Portuguesa de Xadrez
_________________________________
O erro tem sido deste vosso delegado, o qual assumo, corrigindo então o resultado final para 2:2, com os parciais

António Horta -+ Samuel Tonelo Rebelo
David Cadeirinhas -+ José Lopes
Luís QuintinoQuintino 1:0 Miguel Corte Real
Vadim Maslow 1:0 Rodrigo Corte Real

A Academia de Xadrez de Portugal passou mais um teste cujos seus concorrentes directos (Amadora Xadrez e CPB) também já tinham ultrapassado, com 2 vitórias e 2 empates de tabuleiro parece ter sido clara e indiscutível a vitória.

Seguem conforme prevíamos inicialmente na luta pela promoção isolados no 2º posto da classificação e apenas a meio ponto do líder que ainda terão de defrontar.

A titulo individual Manuel Rocha (1816) foi o único que perdeu um jogo, mas é também o mais pontuado da equipa com 3-0-1 e o único totalista, estando toda a equipa a realizar uma boa performance sem grandes destaques.

Para o GC Odivelas apesar de ter tido uma derrota algo expectável, não conseguiu os seus objectivos de ir para o concentrado final livre de perigo de despromoção. Já defrontaram 3 dos 4 candidatos e obtiveram um igual número de derrotas.

Para o concentrado final terão de defrontar os seus concorrentes directos na luta pela permanência onde são claramente favoritos frente ao CX Sintra e á AT Cores. O destaque da equipa é Carlos Laia (1919) com 1-2-0 a subir 9 pontos.

 

Vitória mais do que esperada para os locais, apenas os números da vitória não impressionam não conseguindo a Casa do Xadrez atingir a goleada. António Vinagre encontra-se num péssimo momento de forma com 3 jogos e 3 derrotas a perder uns impressionantes 52 pontos. Carlos Nascimento (1861) com 3-0-1 a subir 2 pontos é o destaque da equipa.

A equipa de Alpiarça entrará no concentrado final como a menos pontuada de entre as 4 candidatas à subida. Recorde-se que apesar de ir com 2-1-1 nos confrontos que já disputou frente a candidatos à subida vai com 0-1-1 o que lhes dará certamente um mau desempate, mas tudo ainda é possível. Recorde-se que poderão existir impedimentos de subida por parte de outros clubes pelos mais diversos motivos.

A equipa de Sintra acabou de conquistar o seu primeiro ponto de tabuleiro efectivamente jogado, o anterior tinha sido por falta de comparência de um adversário, o que não deixa de ser uma moralizadora conquista.

Para a equipa de Sintra, a maior candidata ao último posto da tabela entrará no concentrado final com 0-0-4 mas ainda com todas as chances em aberto já que terá de defrontar os seus concorrentes directos.

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Casa do Povo do Bombarral

4

0

0

13,5

2,5

4

12

Academia Xadrez de Portugal "B"

3

1

0

12,5

3,5

4

11

Amadora Xadrez "B"

2

2

0

9,5

6,5

4

10

Casa do Xadrez de Alpiarça

2

1

1

8,0

7,0

4

9

Académico de Torres Vedras

1

2

1

7,5

8,5

4

8

Ginásio Clube de Odivelas

0

1

3

5,5

10,5

4

5

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

1

3

4,5

10,5

4

5

Clube de Xadrez de Sintra "B"

0

0

4

2,0

14,0

4

4

 

No Distrito:

Na 2ª Divisão Os Corvos do Lis seguem tranquilos com 2-0-2 no 5º lugar da tabela classificativa.

Na mesma série defrontaram-se os mais fortes candidatos à subida, e a fortíssima Associação Académica de Coimbra não deixou dúvidas sobre quem subirá de divisão.

 

Na 3ª Divisão Série C

Corvos do Lis “b” e APC/ Arneirense defrontavam-se no jogo da jornada num derby distrital e confronto entre dois dos três líderes, a equipa da Leiria venceu de forma clara a equipa de Caldas da Rainha. O Arneirense ficou com menos chances no que concerne à subida, de qualquer modo teria sempre de vencer a AA Coimbra “b” o que ainda o pode fazer. As esperanças dos seus adversários não poderem subir diminuíram substancialmente este fim-de-semana com a AA Coimbra a mostrar-se embalada rumo à primeira divisão.

Para a equipa Leiriense a vitória na série será apenas uma questão de prestigio e de poder jogar pelo titulo de campeão nacional da 3ª divisão, já que a subida se revela praticamente impossível porque a sua equipa “A” só por milagre subirá à primeira divisão na corrente época.

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

AXP alcança CPB no topo da Classificação!

 

Amadora Xadrez diz praticamente adeus à Subida, Tabuleiro de Cores confirma descida

No jogo da Jornada a equipa da Amadora era obrigada a vencer para depender apenas de si própria no que concerne à subida de divisão mas não foi além de um empate frente aos líderes da tabela que cederam o seu primeiro ponto.

Agora os Amadorenses terão de vencer a AXP e a Casa do Xadrez, esperando que a AXP vença à CPB … uma conjugação muito difícil mas não impossível.

E se a conjugação para os Amadorenses é difícil … para a Casa do Xadrez então teria de ser uma conjugação do “arco-da-velha”.

A AXP venceu a equipa de Torres Vedras por números inferiores aos da CPB mas alcança os Bombarralenses no topo da tabela. A Casa do Xadrez alcançou o pódio ao vencer conforme esperado e a equipa da Associação Tabuleiro de Cores que irá pelo menos durante o dia de hoje dar duas faltas de comparência anunciadas, será o fim da linha para este clube? Os Sintrenses e o GC Odivelas agradecem!

  

          Amadora Xadrez “b”               2,0 – 2,0               Casa do Povo do Bombarral                  

André Pinto (1967) Rui Batalha (1733) Ricardo Pais (1855) Guilherme Gaboleiro (1853)
1 1 0 0

Armando Roque (1898)

Luís Quintino (1905)

Paulo Poeira (1874)

Carlos Moysan (1844)

+8,00

+14,60

-9,40

-10,20

 

CPB empata e depende apenas de si própria para subir!!!

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas

A CPB vai iniciar um jogo importantíssimo mas provavelmente não decisivo frente a outro candidato à vitória na série.

A vitória afastará em definitivo os seus concorrentes da subida de divisão e manterá a equipa em primeiro lugar isolada.

O empate poderá colocar a equipa em 2º lugar da tabela e só depois da ronda 6 se saberá se ficará com melhor ou pior desempate para a decisiva ronda final. E afastará praticamente os Amadorenses da subida.

A derrota coloca desde já a equipa da CPB atrás da equipa da Amadora por critérios de desempate, embora em igualdade pontual, mas o calendário dos Amadorenses é muito difícil defrontando 3 potenciais candidatos nas 3 últimas rondas. No entanto a CPB ficaria a depender de terceiros.

Infelizmente a CPB não poderá contar no dia de hoje com o seu jogador mais cotado dos que já disputaram esta época o campeonato, neste caso Pedro Rodrigues (2016). Marco Custódio (1674) também estará ausente deixando a CPB de ter totalistas neste campeonato.

Face à equipa apresentada a CPB assinaria desde já por baixo um empate …

 

15.00 Horas

A equipa da Amadora Xadrez apresenta-se bastante desfalcada face ás previsões iniciais!

Mesa 1: Armando Roque x André Pinto
Quase 100 pontos de diferença atenuados pelas cores (20x30x50) favorável à CPB

Mesa 2: Luís Quintino x Rui Batalha
Cerca de 170 pontos favoráveis à Amadora (60x30x10)

Mesa 3:Paulo Poeira x Ricardo Pais
Ligeiro ascendente para a Amadora, 19 pontos de cotação e cores dão ligeiro favoritismo ao Amadorense (40x30x30)

Mesa 4: Carlos Moysan x Guilherme Gaboleiro
Nove pontos e cores dão ligeiro favoritismo à CPB (30x30x40)

Face ás constituições mantemos os (30x40x30) previstos inicialmente com um 2-2 em prespectiva, tudo se deverá decidir nas mesas 3 e 4.

 

16.10 Horas (Amadora 0-1 CPB)

André Pinto finaliza cedo … a CPB acreditava no ponto completo nesta mesa.

 

16.20 Horas (Amadora 1-1 CPB)

Praticamente de seguida Guilherme Gaboleiro em posição muito superior troca os lances e abandona … que balde de água fria para as hostes Bombarralenses!
Fica agora tudo muito mais difícil para a CPB, a precisar de 1 ponto completo para não perder.

 

17.00 Horas

Rui Batalha propõe empate, o adversário recusa
Ricardo Pais de Pretas parece ter ganho a abertura

 

17.30 Horas (Amadora 1-2 CPB)

É a surpresa do dia, Rui Batalha obriga o adversário a abandonar, um ponto inesperado e a CPB já não perderá este jogo!!!

Rejubila a claque CPB, Artur Bernardes e Paulo Constantino assistem!!!

Ricardo Pais parece melhor, precisará de um empate e a CPB vencerá de novo

 

18.30 Horas (Amadora 2-2 CPB)

Balde de Água fria, Ricardo Pais não consegue materializar o ataque e acaba por perder o jogo.

Termina assim o jogo a CPB perde o primeiro ponto do campeonato continuando no entanto invencível, a equipa da Amadora com este resultado diz praticamente adeus a uma hipotética subida, veremos no final da próxima ronda quem terá melhor desempate entre os líderes, o que poderá vir a revelar-se decisivo.

Desta vez a CPB não teve a estrelinha do jogo, nunca estando em causa a sua derrota, acabou por não ir além de um empate … veremos mais tarde se este foi um bom ou um mau resultado.

Jogo entre os dois últimos e o que dizer? A equipa de Caldas da Rainha anunciou duas faltas de comparência para hoje. Lamentável e a consequência mais do que justa do regresso aos distritais.

A equipa de Odivelas não conseguiu surpreender, vitória esperada da equipa de Alpiarça com uma inquestionável goleada, Carlos Sirgado evitou a “Chapa 4”.

Vitória esperada para a equipa Lisboeta que face ao resultado da CPB necessitavam de golear … com este resultado inferior ao que a CPB alcançou frente à ATV a equipa da AX Portugal não consegue retirar os Bombarralenses do topo da tabela, Obrigado ATV!!!

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Casa do Povo do Bombarral

4

1

0

15,5

4,5

5

14

Academia Xadrez de Portugal "B"

4

1

0

15,5

4,5

5

14

Casa do Xadrez de Alpiarça

3

1

1

11,5

7,5

5

12

Amadora Xadrez "B"

2

3

0

11,5

8,5

5

12

Académico de Torres Vedras

1

2

2

8,0

12,0

5

9

Clube de Xadrez de Sintra "B"

1

0

4

6,0

14,0

5

7

Ginásio Clube de Odivelas

0

1

4

6,0

14,0

5

6

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

1

4

4,5

14,5

5

5

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Casa do Povo do Bombarral isola-se no comando 

 

CPB, AX Portugal ou Amadora um deles festejará no final da 7ª Ronda

ATV surpreende a Casa do Xadrez e retira qualquer hipótese de subida à equipa de Alpiarça, GCO assegura a manutenção … e no jogo da jornada uma surpreendente vitória dos Amadorenses recoloca-os na luta pelo título.

 

  

Associação Tabuleiro de Cores         0,0 – 4,0               Casa do Povo do Bombarral

André Pinto (1967) Rui Batalha (1733) Ricardo Pais (1855) Guilherme Gaboleiro (1853)
1 1 1 1
...

...

...

...

+0,00

+0,00

+0,00

+0,00

 

CPB precisará de um empate na última ronda

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas

Conforme anteriormente anunciado a Associação Tabuleiro de Cores deu nova falta de comparência … que sorte para a CPB a má gestão no clube Caldense, é que ainda não tinha começado o campeonato e já a CPB ao saber do calendário tinha solicitado aos Caldenses a antecipação do jogo … o email enviado nunca chegou a obter resposta!

15.00 Horas

A CPB terá melhor desempate em relação à Academia de Xadrez de Portugal em qualquer dos casos que a equipa Lisboeta não vença por 4-0 … e com o 4-0 não conseguimos precisar o segundo critério de desempate … veremos se os Amadorenses não levam uma “Chapa 4”.

E não é que os Amadorenses acreditam? Surpreendentemente a equipa da AXP sofreu a primeira derrota e não depende agora apenas de si própria, já que vencer a CPB na última ronda poderá vir a revelar-se insuficiente.
Tudo em aberto para a ronda final!
..

Aqui fica uma das surpresas da ronda com mais um bom resultado do ATV, insuficiente para alcançar a primeira metade da tabela, mas não deixou de ser uma extraordinária época para os Torreenses.
Para o “Quatro” de Alpiarça foi o adeus em definitivo à luta pela subida

 

Jogo Chave para apurar a equipa que desceria de divisão juntamente com a Associação Tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha, e à tangente a equipa de Odivelas alcançou a permanência relegando a equipa “b” de Sintra para os campeonatos distritais, o que viria a acontecer de qualquer maneira já que a equipa de Sintra verá a sua equipa “A” descer da 2ª para a 3ª divisão. O GCO não deixou de cumprir os requisitos mínimos, mas soube a pouco face ao valor do seu plantel. Para a equipa “b” de Sintra ficou a experiência e já se nota o trabalho efectuado pela formação, parabéns!

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Casa do Povo do Bombarral

5

1

0

19,5

4,5

6

17

Amadora Xadrez "B"

3

3

0

14,5

9,5

6

15

Academia Xadrez de Portugal "B"

4

1

1

16,5

7,5

6

15

Casa do Xadrez de Alpiarça

3

2

1

13,5

9,5

6

14

Académico de Torres Vedras

1

3

2

10,5

13,5

6

11

Ginásio Clube de Odivelas

1

1

4

8,5

15,5

6

9

Clube de Xadrez de Sintra "B"

1

0

5

7,5

16,5

6

8

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

1

5

4,5

18,5

6

5

 

Quem poderá vir a subir?

  • Se a CPB vencer ou empatar subirá a CPB
  • Se a CPB perder e Amadora não ganhar, subirá a AXP
  • Se a CPB perder e Amadora ganhar, subirá a Amadora

Face aos resultados de hoje a CPB poderia ter terminado o dia a festejar, mas também nunca saberemos se a equipa da Amadora venceria a AXP caso tivesse perdido connosco, já que não teria hipóteses de subida … última ronda imprópria para cardíacos!!!

Fonte: https://www.chess.com/news/view/ju-wenjun-wins-womens-world-championship

 

 

Hoje é dia de Bandeira!!!

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

CPB invencível sobe à 2ª Divisão!

,,,

 

Amadora Xadrez e Academia de Xadrez de Portugal completam o pódio

Jogo do título com os Bombarralenses a não darem hipóteses, a vitória dos Amadorenses só serviu para atingir o 2º posto da tabela, com a Casa do Xadrez a obter um 4º lugar entre 4 candidatos à subida.

  Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal

 Casa do Povo do Bombarral        3,0 – 1,0         Academia de Xadrez de Portugal “b”

André Pinto (1967) Marco Custódio (1733) Ricardo Pais (1855) Guilherme Gaboleiro (1853)
0,5 1 0,5 1

Fernando Pereira (2033)

José Medeiros (1883)

Ricardo Teixeira (1851)

Manuel Rocha (1816)

+1,80

+25,60

-0,20

+9,00

 

CPB! CPB! CPB! Seis vitórias em 7 jogos não deixam duvidas

“ O Filme do Jogo”

 

14.50 Horas

Hora de todas as decisões, na cabeça dos Bombarralenses ainda paira a desilusão por na véspera não ter vencido um jogo que esteve na mão e que evitaria jogar este jogo decisivo onde tudo poderá acontecer.

Mas também estão cientes de que a época foi muito boa aconteça o que acontecer, vencer a Taça AXL e chegar à ultima ronda do campeonato nacional a depender apenas de si própria eram os desejos iniciais da temporada, objectivos cumpridos, veremos agora se conseguiremos colocar uma cereja no topo do bolo.

Para a equipa da Academia de Xadrez de Portugal, só a vitória interessa, e terão de esperar que a equipa da Amadora não vença. Para a CPB o empate será suficiente.

15.00 Horas

Mesa 1: André Pinto x Fernando Pereira
Sessenta e seis pontos de diferença favoráveis à AXP atenuados pelas cores, perspectivamos um encontro equilibrado a poder pender para qualquer um dos lados
(30x30x40) favorável à AXP

Mesa 2: Marco Custódio x António Medeiros
São 150 pontos a menos agravados pelas cores, mas temos esperança
(20x30x50) favorável à AXP

Mesa 3: Ricardo Pais x Ricardo Teixeira
Cotações semelhantes, cores favoráveis à CPB? Pode cair para qualquer um dos lados.
(30x40x30) jogo de tripla

Mesa 4: Guilherme Gaboleiro x Manuel Rocha
Não chegam a 40 pontos de diferença atenuados pelas cores.
(30x40x30) jogo de tripla

Face ás constituições alteramos os (30x40x30) previstos inicialmente com um 2-2 em prespectiva, para um (30x35x35) com um 1,5 x 2,5 favorável à AXP com boas hipóteses de um 2-2 … está difícil a vida para a CPB.

16.20 Horas (CPB 0,5-0,5 AXP)

André Pinto acorda cedo o empate … se todos fizerem o mesmo a CPB subirá.
A claque CPB tinha esperanças numa vitória apesar do menor favoritismo.
Assistem Rui Batalha e Paulo Constantino

16.50 Horas (CPB 1-1 AXP)

Com vantagem no mínimo de espaço mas com 20 minutos contra 60, Ricardo Pais faz a 3ª repetição de lance e empata a partida num momento em que Guilherme Gaboleiro parece estar melhor e Marco Custódio passa por algumas dificuldades.

17.25 Horas (CPB 2-1 AXP) A CPB sagra-se vencedora da Série D da 3ª Divisão

Guilherme Gaboleiro finaliza e oferece à CPB a subida de divisão, um justo prémio para quem na véspera tinha a subida na mão e por infelicidade não a concretizou, é o herói do dia!!!

18.10

Entretanto o Adversário de MC troca Damas e desaparece a pressão, de seguida desorienta-se e larga um peão … com peão a mais MC jogará para ganhar, já não existe a pressão do resultado.

18.45 Horas (CPB 3-1 AXP)

Marco Custódio Finaliza, realizando uma excelente época.

A CPB vence claramente … uma constante na presente época com a CPB a fazer 6-1-0 e sem nunca ter vencido à tangente … Vencedores incontestáveis, modéstia à parte!

Mais uma falta de comparência anunciada, poderiam ter vindo para tentarem o 7º lugar para uma repescagem, mas os Caldenses estão KO e provavelmente sem interesse em participar nos nacionais.

ATV a despedir-se com uma “Chapa 4” numa excelente temporada, CX Sintra “b” despede-se também sem qualquer chances de repescagem, a sua equipa “A” ficou em 8º lugar na 2ª divisão.

A equipa de Alpiarça desmotivada pelo desaire da véspera cedo acordou 3 empates e deixaram a resolução da partida para o tabuleiro nº3, uma péssima estratégia face aos resultados apresentados por António Vinagre esta época.

Os Amadorenses a precisarem de vencer e de olho na partida da CPB aceitaram o repto e venceram, embora sem hipóteses de subida face ao resultado dos Bombarralenses.

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Casa do Povo do Bombarral

6

1

0

22,5

5,5

7

20

Amadora Xadrez "B"

4

3

0

17,0

11,0

7

18

Academia Xadrez de Portugal "B"

4

1

2

17,5

10,5

7

16

Casa do Xadrez de Alpiarça

3

2

2

15,0

12,0

7

15

Académico de Torres Vedras

2

3

2

14,5

13,5

7

14

Ginásio Clube de Odivelas

2

1

4

12,5

15,5

7

12

Clube de Xadrez de Sintra "B"

1

0

6

7,5

20,5

7

9

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

1

6

4,5

22,5

7

5

 

Na 2ª Divisão – Zona Centro, a equipa dos Corvos do Lis voltou a repetir o 7º lugar, e ficará agora mais uma vez à espera de ser repescada. Uma má notícia para o distrito.

Na 3ª Divisão – Série C, foram duas equipas do distrito que desceram, com mais uma boa época do Arneirense ao conquistar o pódio e uma excelente época da equipa “b” dos Corvos do Lis que descerá aos distritais caso a sua equipa “A” não seja repescada para a 2ª divisão … e nesse caso teríamos a equipa de Pombal também ela a ser repescada para a 3ª Divisão

Subiram ao escalão principal:
EX Porto – AA Coimbra – AXAT Montemor-o-novo.

Subiram à 2ª Divisão:
CX Braga
EX Porto “b”
AA Coimbra “b”
CP Bombarral
AP Montijo
GDF Barreiro

 

 

Casa do concelho de Pampilhosa da Serra

CPB – Vencedora da 3ª Divisão Nacional – Série D – 2017/2018

Chegaram-nos algumas mensagens, emails e conversas pessoais dando os parabéns à CPB que passamos a agradecer:

Carlos Marques (ATV), Carlos Carneiro (AXP), Carlos Sirgado (GCO), José Cavadas (APC), João Carvalho (CCTN), Casa do Xadrez (site), Dominic Cross (AAC / FPX)

Jogo Extra (Domingo 03-06-2018)

Apuramento do Campeão Nacional da 3ª Divisão

Eliminatórias

not-cn-equipas-champ

Aqui ficam as equipas que se sagraram campeãs das suas séries e que vão disputar o título de campeões nacionais da III Divisão.

O jogador mais pontuado de toda a divisão com 7-0-0 foi Sergey Demyanchuk (1731) do CX Braga.

O Clube com melhor performance foi o GDF do Barreiro com 7-0-0 e com dois jogadores com 6-1-0

Em 2º lugar ex aequo ficou a CP Bombarral e a AA Coimbra com 6-1-0, destacando-se Bruno Moreira (1881 AAC) com 6-0-0

 

Clube de Xadrez de Braga (5-2-0) 19 pontos de tabuleiro

Escola de Xadrez do Porto “B” (6-0-1) 19,5 pontos de tabuleiro

Associação Académica de Coimbra (6-1-0) 22,5 pontos de tabuleiro

Casa do Povo do Bombarral (6-1-0) 22,5 pontos de tabuleiro

Ateneu popular do Montijo (4-3-0) 20,5 pontos de tabuleiro

Grupo Desportivo Ferroviários Barreiro (7-0-0) 23,5 pontos de tabuleiro

 

  

Shankland vence o Memorial de Capablanca

Duas semanas após seu sucesso no campeonato americano, Sam Shankland venceu outro torneio: o Memorial Capablanca em Havana, Cuba. Com uma pontuação de 7,5 / 10 e uma classificação de desempenho de 2829, o grande mestre americano entrou no top 30 do mundo.

 

 

Hoje é dia de Bandeira!!!

 

Vem aí o 3º Troféu Nacional!!!

 

Eliminatórias – Apuramento do Campeão Nacional da 3ª Divisão

Escola de Xadrez do Porto “b” – CP Bombarral – GD Fabril do Barreiro, apurados!

Vitórias dos favoritos a Norte e a Sul, a surpresa aconteceu na Zona Centro com a CPB a afastar os “estudantes”. As três equipas acabaram de garantir um troféu nacional para o seu palmarés e disputarão entre si o título de Campeã Nacional com a equipa do Barreiro a ser claramente favorita à vitória final.

Resultado de imagem para associação academica de coimbra xadrez     

Associação Académica de Coimbra        2,0 – 2,0         Casa do Povo do Bombarral 

André Pinto (1972)  Rui Batalha (1712) Marco Custódio (1722) Ricardo Pais (1867)
0,5 0,5  1 0

João Sousa (1942)

Dominic Cross (1890)

Bruno Moreira (1895)

Bruno Pais (1806)

-0,80

+4,60

+29,20

-11,60

 

Vem aí o 3º Troféu Nacional!!!

(Troféu Nacional para os 3 primeiros Classificados… já está!)

“ O Filme do Jogo”

 

14.20 Horas

Chega a CPB a Coimbra, onde irá defrontar a equipa do Presidente da Federação Portuguesa de Xadrez (Dominic Cross), a Associação Académica de Coimbra “b”.

Para os Bombarralenses este é sem duvida um dos mais importantes jogos da época já que a passagem à próxima eliminatória assegurará um troféu nacional, serão distribuídos troféus aos primeiros três classificados, seria o 3º Troféu Nacional para a CPB, um feito que permaneceria certamente para sempre na memória e na vitrina da CPB.

Para os “estudantes” o clima é de festa, a sua equipa “A” venceu a 2ª divisão – Zona Centro e está de regresso à 1ª divisão nacional (de onde saiu só por manifesta falta de sorte), irá também ela para o Mês que vem disputar o titulo de campeã nacional da 2ª divisão, e a sua equipa “b” assegurou de forma incontestável a subida à 2ª divisão nacional. O mais certo será colocarem uma equipa “c” na 3ª divisão.

Para além de todo este clima de festa, o sorteio bafejou em sorte a equipa de Coimbra, ao jogar em casa, sem o cansaço de uma viagem e podendo tirar uma soneca até mais tarde.

A CPB defrontará hoje uma equipa nitidamente de 2ª divisão que alcançou a manutenção de forma clara na ultima época e que só foi “empurrada” para a 3ª divisão porque a sua equipa principal desceu à 2ª divisão nacional … para o ano ambas as equipas estarão certamente na mesma série com novo embate em perspectiva.

Nos três últimos confrontos: 2,5-1,5 para a CPB e 2-2, 2-2
Para a Taça esta época contra a equipa “A” a CPB foi brindada com uma “Chapa 4”

15.00 Horas

Mesa 1: João Sousa (1942) x André Pinto (1972)
Cotações semelhantes e Brancas para o jogador da AAC, um jogo de tripla!
(30x40x30)

Mesa 2: Rui Batalha (1712) x Dominic Cross (1890)
São 178 pontos a menos atenuados pelas cores.
(20x30x50) favorável à AAC

Mesa 3: Bruno Moreira (1895) x Marco Custódio (1722)
Cores, 173 pontos e um score de 6-0-0 dão uma forte vantagem ao jogador da AAC
(50x30x20) para a AAC

Mesa 4: Ricardo Pais (1867) x Bruno Pais (1806)
Cor das peças e 61 pontos dão algum favoritismo ao jogador da CPB.
(40x30x30) para a CPB

Face ás constituições das equipas calculamos um (30x30x40) favorável à AAC, com um 2,5-1,5 favorável aos locais ou mesmo um 2-2 com vantagem para os “Estudantes” … a Associação Académica de Coimbra parte como favorita.

Destacam-se as ausências de Perez Negro nos estudantes, Pedro Rodrigues e Guilherme Gaboleiro nos Bombarralenses.

Assiste Paulo Constantino (na foto na próxima 6ª feira)!!!

16.00 Horas

Assim vamos quanto ao número de lances:
(11-12-04-11)
Muito atrasada a partida de Marco Custódio com Bruno Moreira a gastar muito tempo nos lances iniciais.

17.00 Horas

Mesa 1: 16 lances e já esta o tabuleiro “on fire”
Mesa 2: 21 lances Dama e Torres para ambos, parece muito igual.
Mesa 3: Ainda no 8º lance!!!
Mesa 4: 16 lances, RP está sob ataque, poderá estar em desvantagem.

Noticias neutras com boas novas na mesa 2 mas nem por isso na mesa 4

17.50 Horas (AAC 0,5 – 0,5 CPB)

Rui Batalha e Dominic Cross acertam o empate, um bom resultado de “El Capitan”

Marco Custódio ganhou peça após defesa precisa contra ataque adversário.

Good News!!!

18.15 Horas (AAC 0,5 – 1,5 CPB)

Marco Custódio Finaliza, a CPB precisa agora de um empate no primeiro tabuleiro ou de uma vitória no 4º tabuleiro.

18.20 Horas

No 1º tabuleiro André Pinto poderá estar perdido, já que pedem a Ricardo Pais a vitória.
No 4º tabuleiro acabou-se o ataque já faz tempo, parece igual.

Não são nada boas as notícias que nos chegam

18.40 Horas (AAC 1,0 – 2,0 CPB) A CPB conquista o seu 3º troféu nacional!!!

André Pinto empata e oferece à CPB o seu 3º troféu nacional.

Parecem ter sido falsas as notícias que deram a RP

Dia histórico para os Bombarralenses!!!

18.50 Horas (AAC 2,0 – 2,0 CPB)

Ricardo Pais degradou a sua posição e abandona depois de decidida a eliminatória, segue-se a festa com Leitão bem regado.

Os jogadores da CPB fizeram história na 2ª deslocação a Coimbra nesta época, os “estudantes” desperdiçaram uma excelente oportunidade de demonstração da força do clube que esteve perto de colocar na mesma sala a equipa “A” a disputar o titulo da 2ª divisão, e a equipa “B” a disputar o titulo da 3ª divisão.

 

Na Zona Norte, goleada dos favoritos, com Sergey Demyanchuk o jogador mais pontuado de toda a 3ª Divisão Nacional com 7-0-0 a não conseguir vencer mas a evitar a “Chapa 4” para a equipa Bracarense.

Na Zona Sul a super favorita equipa do Fabril do Barreiro acabou por passar à tangente, ficando a equipa do Montijo a apenas 0,5 pontos da passagem. São os claros favoritos à conquista do título de Campeões Nacionais da 3ª Divisão.

 

Magnus lidera mas sofre uma derrota

http://norwaychess.no/

  

 

Rui Dâmaso Campeão Nacional de Semi Rápidas

not-cnsemirapidas1718-vencedor

http://chess-results.com/tnr352773.aspx?lan=10

 

 

Hoje é dia de Bandeira!!!

 

CPB vice Campeã Nacional da 3ª Divisão 2017/2018

 

Apuramento dos Campeões Nacionais 2017/2018

Resultado de imagem para gd ferroviários do barreiro Resultado de imagem para escola de xadrez do porto 

Foram 48 equipas a tentarem chegar a esta finalíssima, 45 não o conseguiram e 3 tiveram a sorte e o engenho de lá chegar.

Resultado de imagem para gd ferroviários do barreiro  

Grupo Desportivo Fabril do Barreiro      0,0 – 4,0             Casa do Povo do Bombarral               

André Pinto (1981) Rui Batalha (1730) Ricardo Pais (1840) Paulo Constantino (1533)
1 1 1 1

xxxx (0000)

xxxx (0000)

xxxx (0000)

xxxx (0000)

+0,00

+0,00

+0,00

+0,00

“ O Filme do Jogo”

13.30 Horas

Chega a CPB à sala de jogo com os depósitos atestados … acabadinhos de almoçar no “Guedes” a famosa sandes de Pernil com queijo da serra … a CPB é a grande candidata ao 3º posto da tabela classificativa, um 3º lugar a que corresponderá o seu 3º troféu nacional.

14.05 Horas

Começam os relógios a contar, a CPB tentará livrar a “Chapa 4” e não se desgastar muito para a noite Portuense que vem a caminho. A equipa do Barreiro ainda não chegou.

14.35 Horas

A equipa de arbitragem atribui falta de comparência à equipa do Barreiro, a CPB somará 3 pontos e a equipa do GDF Barreiro somará 0 pontos, o que significa que a CPB ficará em 1º ou 2º lugar. Soubemos mais tarde que a equipa terá chegado perto das 15 horas, horas a que começou mais uma ronda da 1ª Divisão.

Segunda Ronda, a CPB está de folga … Um jogo praticamente a feijões onde o GDF Barreiro sabe que já não conseguirá atingir o titulo e precisará de sorte para atingir o 2º lugar, para a equipa do Porto o resultado também será indiferente a menos que vençam por 4-0, terão de vencer a CPB no dia seguinte para se sagrarem campeões.

A equipa do GDF Barreiro comparece e demonstra que era realmente a favorita, Hugo Ferreira fez a viagem em vão não jogando qualquer jogo já que a equipa do EXP dá falta de comparência no 1º tabuleiro.

 

  Resultado de imagem para escola de xadrez do porto

Casa do Povo do Bombarral            1,0 – 3,0             Escola de Xadrez do Porto               

André Pinto (1981) Rui Batalha (1730) Ricardo Pais (1840) Paulo Constantino (1533)
1 0 0 0

xxxx (0000)

Ricardo Marques (1876)

Pedro Mendes (1853)

Miguel Sismeiro (1864)

+0,00

-6,00

-9,60

-2,40

“ O Filme do Jogo”

14.00 Horas

Inesperadamente a CPB vê-se embrulhada na luta pelo titulo, terá de obter um empate a 2-2 para se sagrar campeã nacional. Novamente a EXP dará falta de comparência no 1º tabuleiro, o que quer dizer que a CPB começa a ganhar por 1-0 e bastará mais uma vitória ou 2 empates, no entanto a EXP é favorita em todos os tabuleiros pelo que não será nada fácil.

14.30 Horas (CPB 1,0 – 0,0 EXP)

Confirma-se a FC do adversário, André Pinto vence mas fica com o “galo” enorme de tr vindo preparado para um fim-de-semana de xadrez e de não ter conseguido realizar qualquer jogo.

16.30 Horas (CPB 1,0 – 1,0 EXP)

Rui Batalha que já estava em “sofrimento” há muito, não resiste e abandona, muito mérito do capitão na corrente época, nem sempre sai bem.

17.00 Horas (CPB 1,0 – 2,0 EXP)

Paulo Constantino perde por tempo em posição já perdida, não deixou de ser um bom esforço.

17.30 Horas

A CPB precisa da vitória de Ricardo Pais que passou boa parte do jogo em sofrimento mas já se encontra melhor, é proposto empate pelo adversário que RP recusa de imediato, a equipa precisa da vitória (mais tarde confessou-nos que em torneio individual teria aceite).

18.00 Horas (CPB 1,0 – 3,0 EXP)

RP deteriorou bastante a sua posição com lances especulativos e abandona.
É oficial a Escola de Xadrez do Porto sagra-se campeã nacional, a CPB é vice campeã nacional. Apesar de ter estado tão perto, o 2º lugar entre 48 equipas é sensacional!

 

Na 1ª Divisão o GDD Ferreira depois de um percalço tive de jogar a última e decisiva ronda frente ao GX Porto, onde a vitória do GX Porto dava ao histórico clube nacional um inesperado titulo. Mas o GDD Ferreira não deu qualquer hipótese vencendo por 3-1 com a AX Gaia a ultrapassar in extremis a equipa do GXP no 2º Lugar.
Mata de Benfica e Montemor (para o ano na série da CPB) já se previa que iriam descer, a “fava” calhou à jovem equipa Famalicense do Didáxis.

not-gd-diasferreira-campeao-18

Jorge Ferreira atingiu o título de Grande Mestre

not-jorge-ferreira-grandemestre

 

 

E X Porto – Campeã nacional da 2ª Divisão celebra “Dobradinha”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome

 

www.000webhost.com