"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

 

3ª Divisão – Série D

 

 

Casa do Povo do Bombarral

Objectivo: Subida / Pódio

Depois de quatro anos consecutivos na 2ª divisão nacional, a Casa do Povo do Bombarral regressou ao terceiro escalão nacional e pretende regressar ao escalão superior. Mas a tarefa não se avizinha nada fácil com vários pretendentes a tentarem o mesmo objectivo.

2015/2016 – Foi 7ª Classificada (2ª Divisão – Série B)

 

Amadora Xadrez “B”

Objectivo: Subida / Pódio

Uma equipa que em nada fica a dever á CPB (sobretudo com as ausências esperadas) e que será certamente uma das grandes animadoras desta série. Solha Santos a fazer mais um excelente trabalho depois do realizado no GX Alekhine.

2015/2016 – Distrital Lisboa

http://www.xn--amaxadrez-associao-de-xadrez-da-amadora-wid7n.pt/

https://www.facebook.com/aaamadora.xadrez

 

Clube de Xadrez de Sintra”

Objectivo: Pódio / Subida

O Clube de Xadrez de Sintra persegue o regresso ao segundo escalão nacional já há alguns anos e “sente-se” que será apenas uma questão de tempo até o conseguirem. Estão a disputar um torneio interno a 23 jogadores bem demonstrativo da força do clube.

 http://www.chess-results.com/tnr251112.aspx?lan=10

2015/2016 – Foi 2ª Classificada (3ª Divisão – Série D)

https://www.facebook.com/Clube-de-Xadrez-de-Sintra-180938651964245/

 

 
Grupo de Xadrez de São Marcos

Objectivo: Pódio / Subida

A cotação dos jogadores do GXSM é bastante enganadora, já que é composta por muitos jovens de valor e em progressão. Por certo que muitos não os apontaram como candidatos, mas nós que lhes reconhecemos o valor aliada à experiencia que adquiriram na época transacta, apostamos sem duvida na parte superior da tabela para esta equipa.

2015/2016 – Foi 8ª Classificada (2ª Divisão – Série B)

https://www.facebook.com/gxsm.pt/

 

 

Académico de Torres Vedras

Objectivo: Manutenção

O ATV este perto da subida durante alguns anos, faltando-lhe quiçá um primeiro tabuleiro mais experiente, a época passada já foi um pouco mais sofrível e esta época não se avizinha nada fácil, mas podem vir a surpreender!

2015/2016 – Foi 4ª Classificada (3ª Divisão – Série D)

http://www.atv.pt/

 

 

Associação Peão Cavalgante / Arneirense

Objectivo: Manutenção /

Depois de um excelente pódio na época transacta a ex equipa da Benedita vai estrear-se este ano a defender as cores do Arneirense de Caldas da Rainha, numa época em que se adivinha como muito difícil. Boa Sorte!

2015/2016 – Foi 3ª Classificada (3ª Divisão – Série D)

http://axbenedita.blogspot.pt/

http://www.arneirense.com/

 

Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas

Ginásio Clube de Odivelas

Objectivo: Manutenção

A Equipa da Campeã Nacional Feminina aparenta ter um bom plantel, mas verificando o histórico, os três jogadores melhor cotados raramente jogam, o que pode induzir em erro o objectivo calculado, já que caso regressem à competição colectiva a equipa passaria a ser uma forte candidata à subida.

2015/2016 – Foi 7ª Classificada (3ª Divisão – Série D)

http://www.gcodivelas.com/

 

Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

Academia Musical / Vicentix”

Objectivo: Manutenção

Estreia nos campeonatos nacionais desta equipa de Lisboa / Lumiar com alguns jovens valores (Ruben Santos é Campeão sub 20 da AX Lisboa), vem certamente fazer evoluir o seu xadrez e tentar evitar um 0-0-7 o que não se adivinha nada fácil, mas conseguirá certamente alguns pontos de tabuleiro e assim se vai crescendo, bem vindos!

2015/2016 – Distrital Lisboa

http://www.academialumiar.org/

4ª Feira – Antevisão da Ronda 1

 

 

3ª Divisão – Série D – 1ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

10-12-2016 (Sábado)

Arneirense surpreende na estreia e integra trio Lider!

Grupo de Xadrez de São Marcos 0,0 – 4,0 Casa do Povo do Bombarral
Ginásio Clube de Odivelas 2,0 – 2,0 Académico de Torres Vedras
Amadora Xadrez “B” 1,0 – 3,0 APC / Arneirense
Clube de Xadrez de Sintra 4,0 – 0,0 Academia Musical / Vicentix

 

Dos Quatro candidatos iniciais, dois deles obtiveram derrotas comprometedoras (GX São Marcos e Amadora Xadrez “B”), partem assim para 2017 CPB e CX Sintra como os mais fortes candidatos à subida após brindarem os seus adversários com “Chapa 4”!

A equipa de Caldas da Rainha dirá já na próxima ronda “ao que vai”, recebendo o CX Sintra naquele que será o jogo da jornada.

No jogo entre outsiders disputado em Odivelas nenhuma equipa conseguiu descolar.

G. X. de São Marcos 0 4 Casa do Povo do Bombarral
Hugo Gouveia 1673 0 1 2009 André Pinto
Renato Encarnação 1375 0 1 1818 Ricardo Pais
Inocência Capamba 0 0 1 1906 Guilherme Gaboleiro
Domingos Massena 1280 0 1 1759 Rui Batalha

Com grande parte da equipa local em “exames universitários”, a equipa de São Marcos que disputou o jogo em casa do Real Sport Clube de Massamá apresentou-se muito desfalcada e foi presa fácil para os candidatos do Bombarral que aproveitaram para obter uma sempre vistosa “Chapa 4”.

A equipa local vai ter certamente hipóteses de lançar mais jogadores, caso contrário será uma forte candidata à despromoção.

Ginásio Clube de Odivelas 2,0 2,0 Académico de Torres Vedras
Ana Baptista 2137 0,5 0,5 1701 Jorge Lopes
Yuri Chimuco 0 1 0 1811 Carlos Marques
Alberto Mendes 1681 0,5 0,5 1744 Rodolfo Martins
Roberto Ochoa 1636 0 1 1638 Hugo Marques

Resultado conveniente para ambos no que diz respeito à manutenção, para o pódio continuará tudo em aberto, para uma hipotética subida como “outsider” terá sido um mau resultado para quem quiser tentar esse objectivo.

Com Ana Baptista a ser surpreendida no primeiro tabuleiro a vitória parecia poder pender para os Torreenses, mas Carlos Marques também foi surpreendido pelo desconhecido Yuri Chimuco.

Amadora Xadrez “B” 1,0 3,0 APC / Arneirense
David Cadeirinhas 1879 0,5 0,5 1760 Francisco Cavadas
Augusto Vide 1879 0,5 0,5 0 Paulo Lopes
Alfredo Videira 1464 0 1 1557 Fernando Oliveira
Nuno Jacinto 1200 0 1 1550 José Cavadas

A surpresa da Ronda!

Em dia de estreia para o Arneirense na III Divisão, não era expectável que pudessem incomodar um candidato. Os locais descuraram os tabuleiros inferiores onde os Caldenses não deram chances, e conseguiram anular os fortes tabuleiros superiores.

Foi um resultado comprometedor para os locais e que faz sonhar os “Cavalgantes”!

Clube de Xadrez de Sintra 4,0 0,0 Academia Musical / Vicentix
Pedro Marques 1872 1 0 1359 Carlos Monteiro
Paulo Guerreiro 1783 1 0 1528 Rúben Santos
Manuel Rafael 1740 1 0 0 João Caldeira
João Stoffel 1699 1 0 0 Pedro Maximino

Vitória esperada para os candidatos de Sintra, a equipa do Lumiar não conseguiu alcançar qualquer ponto de tabuleiro e inicia assim a sua difícil caminhada com uma sempre chata “Chapa 4”.

 

Classificação

 

3ª Divisão - Série D - 2016/2017

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Casa do Povo do Bombarral 1 0 0 4 0 1 3
Clube de Xadrez de Sintra 1 0 0 4 0 1 3
APC / Arneirense 1 0 0 3 1 1 3
Académico de Torres Vedras 0 1 0 2 2 1 2
Ginásio Clube de Odivelas 0 1 0 2 2 1 2
Amadora Xadrez "B" 0 0 1 1 3 1 1
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 1 0 4 1 1
Academia Musical / Vicentix 0 0 1 0 4 1 1

 

“Passagem de Ano” com a CPB na Liderança!

    

Grupo de Xadrez de São Marcos             0,0 – 4,0              Casa do Povo do Bombarral

André Pinto (2009) Ricardo Pais (1818) Guilherme Gaboleiro (1906) Rui Batalha (1759)
 1  1  1  1

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
Estamos a poucos minutos de iniciar o campeonato nacional da 3ª Divisão – Série D, hoje prevê-se que possam estar em prova entre 2ª e 3ªs divisões, 72 clubes e 288 jogadores.

A CPB tem na sua “perspectiva” este jogo como fulcral para o desenrolar da época, e está muito apreensiva, derivado à importância do mesmo e pelo facto de uma semana antes os jogadores que hoje se vão sentar em frente ao tabuleiro terem revelado uma má forma exasperante. As cotações dos jogadores da CPB estão todas sobrevalorizadas já que todos perderam cotação na semana passada no I Torneio Internacional de Caldas da Rainha.

Uma vitória dos locais será um sinal claro para todos os clubes da série de que está aqui um forte concorrente, e tornará muito mais difícil o sonho da CPB em atingir a subida de divisão, o empate em nada beliscará as ambições iniciais de ambos, e a vitória da CPB confirmaria os Bombarralenses como fortes candidatos e colocaria um concorrente directo em maus lençóis logo na primeira ronda.

Em 2015/2016 vitória para a CPB por 2,5-1,5 no Bombarral

15,00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas, face á formação apresentada pela equipa local a CPB é claramente favorita em todas as mesas, alteramos a previsão favorável à CPB para (10-20-70) … sente-se um uffff de alívio!

15.50 Horas (GXSM 0-1 CPB)
Lucky Luke do Oeste is back!
Guilherme Gaboleiro faz o 1-0

AP está em apuros
RP ainda na abertura
RB falha vantagem monstra na abertura, mas ainda parece ligeiramente melhor.

16.40 Horas (GXSM 0-2 CPB)
Rui Batalha faz o 2-0, falta meio pontinho!

AP parece perdido
RP com vantagem de um peão

17,05 Horas (GXSM 0-3 CPB)
Ricardo Pais finaliza e a CPB estreia-se no campeonato com uma vitória!

AP deu a volta e dificilmente deixará agora escapar a partida

17.45 Horas (GXSM 0-4 CPB)
André Pinto assina a “Chapa 4”

 

Obrigado pelas fotos e pela recepção!

 

 

Curiosidades

 

EXPorto – 2ª Divisão – Zona Norte

Venceram a sua série na 3ª Divisão e apresentam-se como candidatos à subida com 4 jogadores espanhóis no seu plantel, estrearam-se a vencer por 3-1 frente à forte equipa do GX 113 que acabou de disputar a 1ª Divisão.

 

Profigaia – 2ª Divisão – Zona Norte

Mais uma equipa recheada de Espanhóis que tentará a subida de divisão, venceram por 4-0 a AX Gaia “B”.

 

Assembleia Figueirense – 2ª Divisão – Zona Centro

A eterna candidata da Zona Centro tem fama de “acordar tarde” e parece que assim será novamente, acaba de perder 1,5-2,5 frente ao CC de Torres Novas.

 

AXAT – 2ª Divisão – Zona Sul

A Equipa campeã Nacional da 3ª Divisão era a clara favorita à subida ao primeiro escalão nacional, mas acabou de perder com outra candidata 1,5-2,5 frente à equipa da Amadora Xadrez

 

Alfanense – 2ª Divisão – Zona Norte

Subiu de divisão fruto do seu 3º lugar na 3ª Divisão – Série A, é considerada a mais fraca equipa de toda a 2ª Divisão, estreou-se a perder por 0-4 frente ao Didáxis.

 

A Equipa da Casa do Xadrez parece sofrer do mesmo síndrome que sofreu a CPB depois de uma boa época … 0-0-7 na 1ª Divisão e de regresso à realidade perdeu frente aquela que foi uma das candidatas à descida na época passada … árdua luta pela permanência?

Estarreja e Galitos parecem querer proporcionar nova luta pela subida.

 

 

3ª Divisão – Série D – 2ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

07-01-2017 (Sábado)

Clube de Xadrez de Sintra já é líder isolado!

Academia Musical / Vicentix 2,0 – 2,0 Grupo de Xadrez de São Marcos
APC / Arneirense 0,5 – 3,5 Clube de Xadrez de Sintra
Académico de Torres Vedras 2,5 – 1,5 Amadora Xadrez “B”
Casa do Povo do Bombarral 0,5 – 3,5 Ginásio Clube de Odivelas

 

A equipa de Sintra passou nas Caldas da Rainha com distinção e viu o seu concorrente directo ser goleado em casa, assumindo assim o primeiro lugar isolado do grupo.

Grupo de Xadrez de São Marcos e Amadora Xadrez “B” passam a integrar o grupo das equipas que lutarão apenas pela manutenção, não parece ser possível melhor.

Odivelas e ATV continuam invencíveis.

 

Academia Musical / Vicentix 2 2 G. X. de São Marcos
Carlos Monteiro 1359 0,5 0,5 1673 Hugo Gouveia
Rúben Santos 1528 0,5 0,5 1689 Tiago Rodrigues
Xavier Frazão 0 1 0 1375 Renato Encarnação
Pedro Maximino 0 0 1 0 Assis Capamba

A equipa de Agualva Cacém reforçou-se em relação à última ronda mas não o suficiente para evitar um empate com aquela que é considerada como a maior candidata ao ultimo lugar.

Á equipa de São Marcos não parece ser agora possível tentar mais do que a manutenção.

A Equipa do Lumiar alcançou um feito histórico ao pontuar pela primeira vez na 3ª divisão e ganha moral para os confrontos que se seguem.

APC / Arneirense” 0,5 3,5 Clube de Xadrez de Sintra
André Belo 1736 0 1 1872 Pedro Marques
Fernando Silva 1692 0,5 0,5 1783 Paulo Guerreiro
Fernando Oliveira 1557 0 1 1739 Jorge Pinto
João Sousa 1638 0 1 1699 João Stoffel

No jogo da jornada a equipa local estreou 3 jogadores em relação à primeira jornada, mas a equipa não obteve o mesmo rendimento sendo cilindrada pelo adversário e deixando “morrer” já à segunda ronda qualquer esperança de um forte brilharete.

A equipa de Sintra ultrapassou mais um obstáculo e viu outros candidatos escorregarem, alcançando assim o primeiro lugar isolado da tabela, e é agora claramente o mais forte candidato à subida de divisão.

Académico de Torres Vedras 2,5 1,5 Amadora Xadrez “B”
Jorge Lopes 1701 0 1 1887 Armando Roque
Carlos Marques 1811 1 0 1464 Alfredo Videira
Rodolfo Martins 1744 1 0 1412 Victor Vieira
João Nabais 0 0,5 0,5 0 Gustavo Lamônica

A equipa da Amadora ainda apresentou um quatro mais fraco do que o da primeira ronda e voltou a ceder, é agora ultimo classificado isolado e passa a ser um dos candidatos que não parece ter força para lutar por algo mais do que a manutenção.

Para os locais foi uma vitória de extrema importância que deverá “garantir” desde já a manutenção. Parece cedo mas já seguem com 1-1-0 em confrontos com candidatos directos e ainda falta jogar com São Marcos e com a Academia. Assim será legítimo agora poder jogar para o pódio e mais para a frente logo se verá …

Casa do Povo do Bombarral 0,5 3,5 Ginásio Clube de Odivelas
André Pinto 2009 0 1 0 Yuri Chimuco
Ricardo Pais 1818 0,5 0,5 1681 Alberto Mendes
Guilherme Gaboleiro 1906 0 1 1629 Rui Silva
Rui Batalha 1759 0 1 1636 Roberto Ochoa

A grande surpresa da ronda aconteceu no Bombarral com os locais a serem cilindrados.
Apesar de continuarem praticamente a dependerem de si próprios, parece que precisaram de uma ponta final à campeão com 5 vitórias em 5 jogos, nada fácil.

A equipa de Odivelas assegura dois pontos extra na sua luta pela manutenção e quem sabe agora se poderá começar a sonhar com outros voos …

 

Classificação

  3ª Divisão - Série D - 2016/2017       Pontos Pontos    
Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Clube de Xadrez de Sintra 2 0 0 7,5 0,5 2 6
Ginásio Clube de Odivelas 1 1 0 5,5 2,5 2 5
Académico de Torres Vedras 1 1 0 4,5 3,5 2 5
Casa do Povo do Bombarral 1 0 1 4,5 3,5 2 4
APC / Arneirense 1 0 1 3,5 4,5 2 4
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 1 1 2 6 2 3
Academia Musical / Vicentix 0 1 1 2 6 2 3
Amadora Xadrez "B" 0 0 2 2,5 5,5 2 2

 

Da goleada à estrondosa derrota…

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas

Casa do Povo do Bombarral                    0,5 – 3,5                 Ginásio Clube de Odivelas

André Pinto (2009) Ricardo Pais (1818) Guilherme Gaboleiro (1906) Rui Batalha (1759)
0 0,5 0 0

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas

Estamos a poucos minutos de iniciar a segunda ronda do campeonato nacional da 3ª Divisão – Série D, a CPB estreia-se em casa e é favorita á vitória.

Constituições entregues, a campeã nacional feminina Ana Baptista não estará presente, o que acentua ainda mais o favoritismo dos locais que querem aproveitar para continuar a somar rumo a uma hipotética hipótese de subida de divisão.

A equipa de Odivelas estreou-se com um empate frente ao ATV e tentará uma surpresa rumo a uma época tranquila.

15.00 Horas

Já são conhecidas as constituições das equipas, a CPB é claramente favorita em todas as mesas.

16.20 Horas

  • André Pinto está com vantagem ainda sem material a mais
  • Ricardo Pais está pior mas ainda sem material a menos
  • Guilherme Gaboleiro parece igual
  • Rui Batalha com boa vantagem e peão a mais

São boas as primeiras notícias do decorrer do jogo.

17.05 Horas

Rui Batalha tem proposta de empate apesar da vantagem, e aguarda, tem muito tempo para jogar.

17.10 Horas

Ricardo Pais já deu a volta ao jogo e tem proposta de empate apesar da vantagem. Aguarda, tem muito tempo para jogar.

17.15 Horas

AP e GG deverão estar ganhos

Se todos os tabuleiros jogassem o 4-0 seria possível … nesta altura!

Caso AP e GG vençam, RB assegurará o empate para garantir a vitória e será RP que tentará a vitória.

17.35 Horas

GG recebe proposta de empate mas tem peão a mais em final de torres que parece impossível de perder e recusa.

17.50

Sem decisões á vista e com RB com 8 minutos no relógio, decide retomar o jogo.

18.05 Horas

Erro incrível de GG, agora terá de lutar apenas pelo empate, RP regressa ao tabuleiro.

18.10 Horas (CPB 0-1 GCO)

GG abandona, o adversário reconhece a sorte incrível que teve!

18.25 Horas (CPB 0-2 GCO)

Balde de água fria, AP perde a dama e abandona, nem o próprio acredita que com o jogo ganho acabe por perder.

Agora a CPB precisa de vencer nos restantes dois tabuleiros para alcançar o empate e não se afigura nada fácil …

18.45

RB perde a vantagem e esta num final de bispos de cor contrária.

RP está em vantagem num final de torres com peão a mais.

Dificilmente a CPB alcançará o empate.

19.00 (CPB 0-3 GCO)

RB arrisca tudo e perde.

Tarde incrível esta, que esta a acontecer á CPB, surreal!

19.10 (CPB 0,5-3,5 GCO)

RP não consegue transformar a superioridade em vantagem e empata evitando assim a chapa 4 para a CPB.

Foi uma daquelas tardes em que tudo correu mal aos locais e tudo correu bem aos forasteiros … surreal mas este é um 3,5-0,5 ou seja uma goleada que deixa todas as duvidas.

Mas é xadrez, foi legal não houve penaltis por marcar (eheh)

 

 

3ª Divisão – Série D – 3ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

18-02-2017 (Sábado)

CX Sintra Soma & Segue!

Grupo de Xadrez de São Marcos 1,5 – 2,5 Ginásio Clube de Odivelas
Amadora Xadrez “B” 2,0 – 2,0 Casa do Povo do Bombarral
Clube de Xadrez de Sintra 3,0 – 1,0 Académico de Torres Vedras
Academia Musical / Vicentix 0,5 – 3,5 APC / Arneirense

A equipa de Sintra segue imparável só com vitórias e só uma catástrofe poderá arredar a equipa da subida. Os Bombarralenses deslocaram-se ao terreno do último classificado e não foram além de um empate desistindo assim praticamente da luta pelo primeiro lugar da tabela.

Na luta a três pela descida parece ser a equipa da Amadora a mais forte.

G. X. de São Marcos 1,5 2,5 Ginásio Clube de Odivelas
Alexandre Correia 1709 0 1 2022 Hugo Alves
Tiago Rodrigues 1689 1 0 1681 Alberto Mendes
João Correia 1511 0 1 1629 Rui Silva
Assis Capamba 0 0,5 0,5 1606 Carlos Sirgado

Mais um obstáculo ultrapassado com sucesso por parte da equipa de Odivelas que permanece invencível e é o único obstáculo que os Sintrenses parecem ter pela frente no que toca à subida. Com este resultado carimbam de vez a permanência e agora é sonhar!

Para os locais mais um jogo frente a um concorrente que aparentava ser directo, nova derrota e a saída da zona vermelha de despromoção parece ser cada vez mais difícil de concretizar …

Amadora Xadrez “B” 2,0 2,0 Casa do Povo do Bombarral
Paulo Poeira 1902 0 1 1818 Ricardo Pais
Armando Roque 1887 1 0 1906 Guilherme Gaboleiro
Carlos Moysan 1882 1 0 1759 Rui Batalha
José Grade 1806 0 1 1602 Paulo Constantino

Os Amadorenses apresentaram a sua melhor equipa da época, mostrando claramente que a descida não será uma hipótese a considerar, e quiçá ainda possam vir a operar um milagre … para ambos os cenários necessitam de jogar com a sua melhor equipa. Para já deixaram a zona de despromoção!

Para os Bombarralenses foi mais um mau resultado que lhes retira praticamente as hipóteses de lutarem pelo primeiro lugar, mas nem foi mau face ás equipas apresentadas, acabaram por somar um ponto extra que os afasta de cenários de descida e poderão agora rodar o plantel … é caso para dizer “para o ano há mais!”

Clube de Xadrez de Sintra 3,0 1,0 Académico de Torres Vedras
Pedro Marques 1872 1 0 1701 Jorge Lopes
Paulo Guerreiro 1783 0,5 0,5 1811 Carlos Marques
Manuel Rafael 1740 1 0 1744 Rodolfo Martins
João Stoffel 1699 0,5 0,5 1638 Hugo Marques

Aparentava poder vir a ser equilibrado pelas cotações dos jogadores de ambas as equipas, mas o momento fez toda a diferença, com os locais a somarem por vitórias os jogos disputados e a caminharem a passos largos rumo à 2ª Divisão.
Para o ATV chegou a primeira derrota e o fim do sonho, vão agora lutar pela melhor classificação possível sem qualquer sobressalto à vista.

Academia Musical / Vicentix 0,5 3,5 APC / Arneirense
Carlos Monteiro 1359 0 1 1692 Fernando Silva
Rúben Santos 1528 0,5 0,5 0 Paulo Lopes
João Caldeira 0 0 1 1557 Fernando Oliveira
Pedro Maximino 0 0 1 1587 Tomás Oliveira

Os Caldenses carimbaram a permanência conforme esperado, lutarão agora pela melhor classificação possível quiçá o pódio que para já é seu!

Para a equipa do Lumiar / Lisboa foi mais uma jornada que passou sem conseguirem sobressair a fim de evitarem uma descida anunciada.

 

Classificação

 

3ª Divisão - Série D - 2016/2017

 

 

 

Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Clube de Xadrez de Sintra 3 0 0 10,5 1,5 3 9
Ginásio Clube de Odivelas 2 1 0 8 4 3 8
APC / Arneirense 2 0 1 7 5 3 7
Casa do Povo do Bombarral 1 1 1 6,5 5,5 3 6
Académico de Torres Vedras 1 1 1 5,5 6,5 3 6
Amadora Xadrez "B" 0 1 2 4,5 7,5 3 4
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 1 2 3,5 8,5 3 4
Academia Musical / Vicentix 0 1 2 2,5 9,5 3 4

 

CPB cede empate e abandona a luta pela subida

    

Amadora Xadrez “B”                           2,0 – 2,0                   Casa do Povo do Bombarral

Ricardo Pais (1818) Guilherme Gaboleiro (1906) Rui Batalha (1759) Paulo Constantino (1602)
 1 0 0  1

 

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas

  • Terceira Ronda quase a iniciar-se com claros favoritos à partida em todos os jogos, também neste a CBP é claramente favorita frente ao último classificado. Para os Bombarralenses a vitória carimbaria praticamente de vez a manutenção e ainda deixaria uma réstia de esperança no que toca à questão da subida. Serviria também para aumentar a motivação do grupo que está tão em baixo em vésperas de jogo decisivo, qualquer outro resultado é claramente “o fim do campeonato” … sob pressão!
  • Para a equipa da Amadora começa a ser urgente pontuar embora ainda tenha de defrontar adversários directos.

15.00 Horas

  • Já são conhecidas as constituições das equipas, face á formação apresentada pela equipa local a CPB é inferior em todos os tabuleiros! (GG já não tem a cotação apresentada) … depois da má noticia da impossibilidade de comparência de André Pinto surge agora outra, a equipa da Amadora apresenta o seu melhor 4 até à data e é favorita para este jogo!

16.00 Horas

  • Todos os tabuleiros já têm 12 lances concluídos
  • Ricardo Pais tem peão a mais.

16.30 Horas

  • Ricardo Pais está sob forte pressão do adversário que ameaça vários tipos de mate
  • Guilherme Gaboleiro tenta equilibrar
  • Rui Batalha está ligeiramente pior mas joga-se
  • PC Trocou a sua Dama por duas Torres e ainda tem mais dois peões, está melhor!
  • A CPB passa por dificuldades!

17.15 Horas (CX Amadora 0-1 CPB)

  • Guilherme Gaboleiro abandona.
  • Ricardo Pais já estará ganho!

17.50 (CX Amadora 1-1 CPB)

  • Ricardo Pais vence fácil depois do sufoco inicial.
  • RB luta pelo empate
  • PC demora em mostrar a sua vantagem

18.30 Horas (CX Amadora 1-2 CPB)

  • Konsta concretiza já em apuros de tempo e a CPB já não perde!
  • Rui Batalha precisa de um empate, mas parece difícil!

18.35 Horas (CX Amadora 2-2 CPB)

  • El Capitan perde e a CPB deverá ter abandonado aqui a luta pela subida, foi um bom esforço de todos frente a uma forte equipa que ás 15.01 era favorita a vencer o encontro.

A CPB deverá agora aproveitar para rodar a sua equipa já que as hipóteses quer do primeiro lugar quer da descida parecem muito remotas.

Paulo Constantino a merecer nova chamada e Artur Bernardes ainda por se estrear deverão ser fortes apostas para o que resta da temporada ao nível do campeonato.

Faltam ainda os títulos distritais sobretudo a Taça AX Leiria!

 

     3ª Divisão – Série C    

SOM sofre comprometedora derrota

ATC de Caldas da Rainha ainda invencível

Galitos “B” com fortes hipóteses de subida já que a equipa “A” segue em 1º na 2ª Divisão

 

     2ª Divisão – Série B    

Clube Galitos Líder Isolado com 3-0-0

CCD Corvos do Lis obteve o primeiro empate na 2ª Divisão segue com 0-1-2

Casa do Xadrez com 0-0-3 (Treze derrotas consecutivas)

 

 

3ª Divisão – Série D – 4ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

04-03-2017 (Sábado)

C. X. Sintra já “Festeja”!

APC / Arneirense 4,0 – 0,0 Grupo de Xadrez de São Marcos
Académico de Torres Vedras 3,0 – 1,0 Academia Musical / Vicentix
Casa do Povo do Bombarral 2,0 – 2,0 Clube de Xadrez de Sintra
Ginásio Clube de Odivelas 1,0 – 3,0 Amadora Xadrez “B”

 

A equipa de Sintra escorregou no Bombarral mas Odivelas fez pior, passadeira vermelha rumo à 2ª Divisão.

Parecem encontrados os clubes que descem de divisão após falta de comparência da equipa de São Marcos.

APC / Arneirense 4 0 G. X. de São Marcos
Francisco Cavadas 1760 + -    
Fernando Silva 1692 + -    
Fernando Oliveira 1557 + -    
Tomás Oliveira 1587 + -    

Este foi certamente o “fim da linha” para o clube de São Marcos que deverá abandonar a modalidade no final desta época para dar lugar ao Real Clube de Massamá. Salvo algum imponderável esta Falta de Comparência é uma “Mancha” imperdoável, e incorrecta para todos os clubes que disputam a série, inqualificável e sem honra.

O Clube Caldense vai agora lutar pelo melhor lugar possível no pódio, a sua derrota frente aos líderes dificilmente permitirá lutar pela subida.

Académico de Torres Vedras 3,0 1,0 Academia Musical / Vicentix
Jorge Lopes 1701 1 0 1359 Carlos Monteiro
Carlos Marques 1811 1 0 1528 Rúben Santos
Rodolfo Martins 1744 1 0 0 Xavier Frazão
Hugo Marques 1638 0 1 0 Pedro Maximino

Este foi o carimbo esperado da permanência para os locais que lutarão agora pelo pódio.
Para a Academia a descida parece incontornável.

Casa do Povo do Bombarral 2,0 2,0 Clube de Xadrez de Sintra
André Pinto 2009 1 0 1783 Paulo Guerreiro
Ricardo Pais 1818 1 0 1740 Manuel Rafael
Guilherme Gaboleiro 1906 0 1 1699 João Stoffel
Rui Batalha 1759 0 1 1607 Lourenço Cruz

O CX Sintra “matou dois coelhos com um só tiro”, afastou de vez as hipóteses de recuperação dos Bombarralenses e viu Odivelas ceder … só um milagre inverso poderá retirar a subida à equipa de Sintra.
Para os locais fica o consolo de não permitirem um 7-0-0 aos líderes e lutarão agora pela melhor classificação possível.

Ginásio Clube de Odivelas 1,0 3,0 Amadora Xadrez “B”
Carlos Laia 1922 0 1 1902 Paulo Poeira
Alberto Mendes 1681 0,5 0,5 1887 Armando Roque
Rui Silva 1629 0,5 0,5 1882 Carlos Moysan
Carlos Sirgado 1606 0 1 1806 José Grade

Poucos acreditavam que Odivelas pudesse incomodar Sintra, mas a moral ás vezes faz milagres. Ficou constatado que a equipa de Odivelas não tem argumentos para lutar pela subida, jogará agora para a melhor posição possível.

Para a equipa da Amadora este foi o carimbar quase certo da permanência numa equipa que acordou demasiado tarde para poder ambicionar a mais.

Classificação

 

3ª Divisão - Série D - 2016/2017

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clasf.

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Clube de Xadrez de Sintra

3

1

0

12,5

3,5

4

11

APC / Arneirense

3

0

1

11

5

4

10

Ginásio Clube de Odivelas

2

1

1

9

7

4

9

Académico de Torres Vedras

2

1

1

8,5

7,5

4

9

Casa do Povo do Bombarral

1

2

1

8,5

7,5

4

8

Amadora Xadrez "B"

1

1

2

7,5

8,5

4

7

Academia Musical / Vicentix

0

1

3

3,5

12,5

4

5

Grupo de Xadrez de São Marcos

0

1

3*

3,5

12,5

4

4

 

… o adeus definitivo à subida

    

Casa do Povo do Bombarral                    2,0 – 2,0                Clube de Xadrez de Sintra

André Pinto (2009) Ricardo Pais (1818) Guilherme Gaboleiro (1906) Rui Batalha (1759)
1 1 0 0

“ O Filme do Jogo”

14.55 Horas
Estamos a poucos minutos de iniciar a derradeira oportunidade para a CPB poder aspirar a um milagre.

Para a equipa de Sintra um empate será certamente um bom resultado que afastará um concorrente, e ficarão com os “ouvidos em Odivelas”.

15.00 Horas
Constituições entregues, os líderes aparecem sem o seu habitual tabuleiro nº1, apresentando a sua menos forte formação no decorrer desta época.

A CPB joga a sua ultima cartada mesmo sem as importantes estreias de Ricardo Evangelista e Pedro Rodrigues. É favorita em todas as mesas!

16.40 Horas

  • André Pinto provavelmente com ténue vantagem.
  • Ricardo Pais ainda no lance 11.
  • Guilherme Gaboleiro tem peão a menos
  • Rui Batalha tem peão a menos

Não são animadoras as primeiras noticias para os locais

17.15 Horas (CPB 0-1CXS)

  • Guilherme Gaboleiro em Meio jogo/Final de torre e dama contra torre e dama acaba de entregar o segundo peão e abandona … a CPB precisará de 2,5 em 3 … “Compram-se Milagres!”

17.40 Horas

  • André Pinto transforma posição em final de torre onde está melhor.
  • Ricardo Pais estará melhor.
  • Rui Batalha ainda degradou mais a posição.

Milagre toma forma, mas continua a ser muito difícil, por isso se chama Milagre!

17.50 Horas (CPB 1-1CXS)

  • André Pinto Concretiza.

18.00 Horas (CPB 2-1CXS)

  • Ricardo Pais sacrifica Dama e adversário abandona.
  • Rui Batalha continua a ficar cada vez pior.

18.40 (CPB 2-2CXS)

  • Rui Batalha cede, é o fim do sonho!

A CPB pode dizer-se que termina o campeonato nacional à 4ª ronda, sem hipóteses de subida nem de descida. Objectivos não cumpridos, segue-se:

  • Taça de Portugal
  • Taça AXL – onde a CPB é até ao momento o único clube que venceu a competição, sabemos que um dia este feito acabará, há que aproveitar enquanto rende! Acesso à TNA.
  • Rápidas e Semi Rápidas AXL – Títulos perdidos por não comparência, há que tentar recuperar.

Para a equipa de Sintra tudo parece correr sobre rodas, um forte abraço para o nosso amigo Pedro Marques de toda a equipa da CPB!

 

     3ª Divisão – Série C    

Clube Galitos “B” soma & segue mas devido ao percalço da equipa “A” a subida poderá não ser possível.
Caldenses da ATC cedem perante equipa que luta para não descer e defrontam lideres na próxima ronda.
SOM poderá ter escorregado de vez

 

     2ª Divisão – Série B    

A equipa da Assembleia Figueirense com o GM Luís Galego presente derrotou o líder, e são agora os favoritos á subida de divisão.

Este resultado poderá trazer fortes implicações na 3ª Divisão – Série C.

Corvos do Lis com tarefa cada vez mais difícil.

Às 20.30 de Domingo ainda não era conhecido o resultado do derby do distrito de Santarém.

A vitória dos Cineastas colocariam a equipa como lideres isolados e aumentaria o recorde de derrotas consecutivas para a equipa da Casa do Xadrez.

 

 

3ª Divisão – Série D – 5ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

01-04-2017 (Sábado) 15 horas

C. X. Sintra não dá hipóteses à concorrência!

Amadora Xadrez “B” 2,5 – 1,5 Grupo de Xadrez de São Marcos
Clube de Xadrez de Sintra 3,0 – 1,0 Ginásio Clube de Odivelas
Academia Musical / Vicentix 1,0 – 3,0 Casa do Povo do Bombarral
APC / Arneirense 2,0 – 2,0 Académico de Torres Vedras

A equipa de Sintra só por milagre não terminará em primeiro lugar depois de ultrapassado o obstáculo de Odivelas.

São Marcos está oficialmente despromovido e Academia Musical só se safa com milagre matemático.

Vitória natural da equipa de Amadora, até se esperava a goleada, foi o adeus à 3ª Divisão para a equipa de Agualva Cacem.

O jogo da jornada, seriamente comprometido pela derrota no 1º tabuleiro por toque de telemóvel. Odivelas diz adeus à subida e Sintra segue para a 2ª divisão com todo o mérito.

Mais uma vitória esperada, segue a Academia Musical a caminho da 3ª divisão, segue a CPB para a tentativa de pódio.

Derby do Oeste com empate que aparenta ser mais favoráveis à equipa da Benedita na luta pelo pódio … caso a Benedita tivesse esperanças de subir este foi um mau resultado.

Continua a ATV em luta pela melhor classificação possível.

Classificação

 

3ª Divisão - Série D - 2016/2017

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clasf.

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Clube de Xadrez de Sintra

4

1

0

15,5

4,5

5

14

APC / Arneirense

3

1

1

13

7

5

12

Ginásio Clube de Odivelas

2

1

2

10

10

5

12

Casa do Povo do Bombarral

2

2

1

11,5

8,5

5

11

Académico de Torres Vedras

2

2

1

10,5

9,5

5

11

Amadora Xadrez "B"

2

1

2

10

10

5

10

Academia Musical / Vicentix

0

1

4

4,5

15,5

5

6

Grupo de Xadrez de São Marcos

0

1

4*

5

15

5

5

 

CPB assegura a manutenção

Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho   

Academia Musical (Lumiar)                   1,0 – 3,0              Casa do Povo do Bombarral

Pedro Rodrigues (2016) Ricardo Pais (1818) Rui Batalha (1759) Paulo Constantino (1602)
0fc 1 1 1

“ O Filme do Jogo”

15.00 Horas
Inicia-se a Quinta Ronda, com algumas equipas ainda esperançadas em dois tombos seguidos dos líderes.
A CPB rodará o seu plantel neste concentrado para que todos possam usufruir do jogo. Rui Batalha e Paulo Constantino iniciam as partidas, a CPB ainda só tem dois jogadores presentes.
Para a equipa do Lumiar a derradeiras esperança…

15.25 Horas
Chega Ricardo Pais, pelo menos a CPB terá hipóteses de vencer a partida …

15.40 Horas (AML 1-0 CPB)
Pedro Rodrigues não chega a tempo, facto histórico na CPB, pela primeira vez na história a CPB não alinhará com 4 jogadores, o dia de hoje ficará marcado para sempre nos registos mais negativos da equipa.
Ricardo Pais que fez apenas um lance e foi esperar por PR para lhe poupar tempo, regressa visivelmente perturbado.

16.40 Horas (AML 1-1 CPB)
Ricardo Pais conclui miniatura
Rui Batalha passa por dificuldades
Paulo Constantino tem peça a mais

17.00 Horas (Ana Baptista perde por toque de telemóvel)
Se existiam vários clubes esperançados na vitória de Odivelas sobre Sintra … aqui está um balde de cubos de gelo vindo da Antártida …. Surreal num momento destes!

17.40 Horas
Rui Batalha propõe empate que o adversário recusa.

17.45 Horas (AML 1-2 CPB)
Rui Batalha finaliza combinação e dificilmente a CPB não vencerá o jogo.

18.00 Horas (AML 1-3 CPB)
Paulo Constantino finaliza fácil, a CPB assegura a manutenção.

Rápidas e Semi Rápidas AXL – Títulos perdidos por não comparência, há que tentar recuperar.

 

3ª Divisão – Série D – 6ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

01-04-2017 (Sábado) 20 horas

Sintra escorregou e dá esperanças aos Caldenses!

Grupo de Xadrez de São Marcos 1,0 – 3,0 Académico de Torres Vedras
Casa do Povo do Bombarral 1,5 – 2,5 APC / Arneirense    
Ginásio Clube de Odivelas 1,5 – 2,5 Academia Musical / Vicentix
Amadora Xadrez “B” 2,5 – 1,5 Clube de Xadrez de Sintra

Escorregadela de Sintra que já não terminará invencível a prova e vitória do Arneirense no derby do Oeste vão animar a ultima ronda … embora os Sintrenses recebam na última ronda o já despromovido último classificado … mas até ao lavar dos cestos é vindima!

Os Caldenses da Associação Peão Cavalgante de Caldas da Rainha terão obrigatoriamente de efectuar um melhor resultado do que os Sintrenses já que em caso de empate na tabela classificativa o desempate por vitória directa caberá aos Sintrenses.

A Academia Musical apesar da vitória desceu oficialmente de divisão, uma despedida digna!

São Marcos já só matematicamente poderá sair do ultimo lugar, resta-lhes uma ultima jornada digna com 4 tabuleiros para não voltar a frustrar a competição.

O ATV atinge o pódio e depende apenas e só de si próprio para o conquistar.

Derby do Oeste com vitória dos Caldenses que assim vão para a última ronda com uma réstia de esperança. Uma época de estreia de se lhe tirar o chapéu, nós tiramos!

Os Bombarralenses sem hipóteses de subida rodaram e vão continuar a rodar o seu plantel nada preocupados com resultados e dando o seu melhor em cada partida.

Hecatombe ou realidade, esta a ser assim o concentrado da equipa de Odivelas que parece já sem forças para chegar sequer ao pódio.

Apesar da vitória a equipa do Lumiar concretiza a descida de divisão com uma saída digna.

Havia muita esperança entre os “adversários” de que Sintra poderia tombar duas vezes neste concentrado … ficaram-se pelo 50% o que parece suficiente para a subida.

Agora vão jogar contra São Marcos sob brasas, mas em nada beliscam o seu mérito durante esta campanha.

A equipa da Amadora acordou tarde para lutar pela subida mas ainda poderá atingir o pódio.

 

    

Casa do Povo do Bombarral                    1,5 – 2,5           A. P. Cavalgante / Arneirense

André Pinto (2009) Ricardo Pais (1818) Rui Batalha (1759) Paulo Constantino (1602)
0,5 1 0 0

“ O Filme do Jogo”

20.00 Horas
Inicia André Pinto a partida, um derby do oeste sem sabor para a CPB, apesar da frustante época há que tentar ultrapassar o rival.
A equipa das Caldas da Rainha tentará assegura o 2º lugar na prova, e tem aqui forte oportunidade para isso perante uma desfalcada e desmotivada CPB.

20.25 Horas
Chegam os restantes 3 elementos da comitiva, à tangente como já foi tradição em tempos … o restaurante serviu à grande e à francesa, neste caso à chinesa, foi mais um momento bem passado, o xadrez vem apenas e só depois!

21.00 Horas
André Pinto cede peão em troca de ataque prometedor
Ricardo Pais parece estar a sair bem da abertura com peças pretas
Rui Batalha devia ter comido menos … nitidamente, quase não se mexe, nem na cadeira nem no jogo, vamos ver se aguenta!
Konsta ainda na abertura

21.30 Horas
André Pinto estará ganho
Ricardo Pais e Rui Batalha sem novidades
Konsta com peça a menos

22.00 Horas (CPB 0-1 APC/Arneirense)
André contínua com ameaças múltiplas será uma questão de tempo
Ricardo Pais parece melhor mas poderá não ser suficiente
Rui Batalha entra em final de bispos onde terá certamente o empate ´como desfecho mais lógico, há apenas que saber jogar.
Konsta abandona.

22.30 Horas (CPB 0,5-1,5 APC/Arneirense)
André nem acredita, o adversário conseguiu um perpétuo e empata o jogo, balde de água fria para o próprio a para a CPB, mérito do adversário!
Ricardo Pais parece que não encontrou a chave, o empate parece poder vir a ser o desfecho mais lógico.
Rui Batalha já estará perdido.
A CPB a caminho de perder o derby

23.00 Horas (CPB 0,5-2,5 APC/Arneirense)
É ofical a CPB perderá o derby, Rui Batalha abandona.
Ricardo Pais encontra combinação e tentará a vitória, a ser conseguida será o 5-1-0 para este jogador, a lutar por “medalhas” na série.

00.00 Horas (CPB 1,5-2,5 APC/Arneirense)
Ricardo Pais vence, mesmo assim não foi o último da sala.

O temas dos concentrados melhorou do ano passado para este, mas continua a ser um estorvo para os atletas, a Academia Musical ponderou a Falta de Comparência, muita gente a querer ir ver o Benfica x Porto … será assim tão difícil p+perceber que jogar ás 20.00 estorva toda a gente?

Classificação

 

3ª Divisão - Série D - 2016/2017

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clasf.

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Clube de Xadrez de Sintra

4

1

1

17

7

6

15

APC / Arneirense

4

1

1

15,5

8,5

6

15

Académico de Torres Vedras

3

2

1

13,5

10,5

6

14

Amadora Xadrez "B"

3

1

2

12,5

11,5

6

13

Casa do Povo do Bombarral

2

2

2

13

11

6

12

Ginásio Clube de Odivelas

2

1

3

11,5

12,5

6

11

Academia Musical / Vicentix

1

1

4

7

17

6

9

Grupo de Xadrez de São Marcos

0

1

5*

6

18

6

6

 

 

3ª Divisão – Série D – 7ª Jornada

    Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas   Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho

02-04-2017 (Domingo) 15 horas

C. X. Sintra sobe à 2ª Divisão!

Clube de Xadrez de Sintra 2,5 – 1,5 Grupo de Xadrez de São Marcos
Academia Musical / Vicentix 0,5 – 3,5 Amadora Xadrez “B” 
APC / Arneirense 2,5 – 1,5 Ginásio Clube de Odivelas
Académico de Torres Vedras 0,5 – 3,5 Casa do Povo do Bombarral

A equipa de Sintra sofreu mas atingiu a subida ficando os caldenses a “chorar” o empate frente à equipa de Torres Vedras na 5ª ronda, a finalizar o pódio a equipa da Amadora.

“Sofridinho” mas aí esta o resultado que permite aos Sintrenses a subida ao segundo escalão nacional com todo o mérito, foram a melhor equipa da competição liderando a tabela da primeira à última ronda, aqui ficam os nossos parabéns em especial a Pedro Marques.

Para a equipa de São Marcos fica o ultimo lugar da tabela, justíssimo também nem que seja pela falta de comparência dada. Votos de felicidades futuras!

Despedida com esperança de repescagem para a equipa do Lumiar Lisboa, para os Amadorenses fica a sensação de que poderiam ter ido mais além. Parabéns ao amigo Solha Santos pela subida à 1ª Divisão com a equipa “A”!

Os Caldenses acabam num excelente 2º lugar em igualdade pontual com os primeiros classificados. Os Odivelenses tiveram uma prestação paupérrima no concentrado final ficando longe do pódio.

Despedem-se os Bombarralenses com uma goleada numa época em que ficaram muito aquém das expectativas.
A equipa de Torres Vedras cumpriu já que não ambiciona a mais do que um campeonato tranquilo.

 

Classificação

 

3ª Divisão - Série D - 2016/2017

 

 

 

Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Clube de Xadrez de Sintra 5 1 1 19,5 8,5 7 18
APC / Arneirense 5 1 1 18 10 7 18
Amadora Xadrez "B" 4 1 2 16 12 7 16
Casa do Povo do Bombarral 3 2 2 16,5 11,5 7 15
Académico de Torres Vedras 3 2 2 14 14 7 15
Ginásio Clube de Odivelas 2 1 4 13 15 7 12
Academia Musical / Vicentix 1 1 5 7,5 20,5 7 10
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 1 6* 7,5 20,5 7 7

O Clube de Sintra fez uma época na liderança da 1ª à ultima ronda é por isso um justo vencedor, o Arneirense fez uma época soberba e bem acima do seu real valor (desculpem a sinceridade) ficam a chorar o empate frente aos Torreenses, Amadora “B” fica a lamentar-se do inicio de época com duas derrotas onde jogaram muito desfalcados, a CPB desiludiu, o ATV fez um campeonato dentro das expectativas, o GC Odivelas animou a prova mas acabou num desastroso 6º lugar, a Academia fugiu inesperadamente ao ultimo lugar e São Marcos foi uma desilusão … fica feito o resumo!

 

Vitória na despedida, CPB termina em 4º

   

Casa do Povo do Bombarral                   3,5 – 0,5             Académico de Torres Vedras

Ricardo Pais (1818) Guilherme Gaboleiro (1906) Rui Batalha (1759) Artur Bernardes (0000)
1 1 0,5 1

 

“ O Filme do Jogo”

15.00 Horas
Inicia-se a última ronda do campeonato nacional da 3ª divisão Série D 2016/2017.
A CPB joga descontraída, poderá até perder por 0-4 com os amigos da ATV que não sairá chateada por este facto. Destaque para a estreia de Artur Bernardes no presente campeonato.

16.10 Horas (CPB 1-0 ATV)
Guilherme Gaboleiro finaliza, a CPB inicia o derby do oeste com uma vitória.

16.15 Horas (CPB 2-0 ATV)
Ricardo Pais termina uma época para recordar, mas apenas a nível individual, 6-1-0 com dois jogos a 1º tabuleiro e cinco jogos a 2º tabuleiro.

16.30 Horas (CPB 2,5-0,5 ATV)
Rui Batalha assegura o empate e por consequência a vitória da CPB neste encontro … os Bombarralenses estão “Pepe rápidos”, ainda nenhum encontro tem sequer um resultado parcial e já a CPB terminou 3 dos 4 jogos.

17.15 Horas (CPB 3,5-0,5 ATV)
Artur Bernardes assina a goleada num jogo que dominou do princípio ao fim.


CPB com o Amigo Solha Santos

 

4ª Feira teremos mais um episódio do Zé Bomba

6ª Feira analisaremos as performances individuais

2ª Feira espreitaremos a 2ª Divisão B e a 3ª Divisão C

 

 

3ª Divisão – Série D

     Resultado de imagem para ginasio clube de odivelas Resultado de imagem para Academia musical 1º de julho 

O “Quatro do Campeonato”

  Resultado de imagem para joão stoffel xadrez Resultado de imagem para armando roque alekhine

        Ricardo Pais               João Stoffel            Pedro Marques     Armando Roque

Medalha de Ouro para Ricardo Pais da CPB!

The minimum required number of games: 60%

 

Melhor 1º Tabuleiro

Medalha de Ouro para o amigo Pedro Marques!

 

Melhor 2º Tabuleiro

Destaque para o jogador da CPB a conquistar a medalha de ouro para o 2º Tabuleiro, Carlos Marques conquista o bronze!

 

Melhor 3º Tabuleiro

Medalha de ouro para mais um jogador do distrito e mais uma de bronze para o ATV

 

Melhor 4º Tabuleiro

 

Os que mais subiram de Cotação

1º João Stoffel        (CX Sintra)                                                              + 90 pontos
2º Ricardo Pais      (CPB)                                                                       + 35 Pontos
3ºs José Cavadas (Arneirense) e Pedro Marques (CX Sintra)     + 26 pontos

Mais um “Óscar” para Ricardo Pais desta feita o de Prata!

 

Taça de Portugal

    not sorteio-taca 1.8

    Taça de Portugal que vai ter na final uma equipa surpresa já que a Equipa do Dias Ferreira já foi eliminada, e dentro do lote das equipas favoritas à vitória final duas encontram-se na próxima ronda (AX Gaia x CX A2D)

 

 

Artur Bernardes é o Jogador do Ano CPB

Documento Excel

 

A razia foi de tal ordem que esta época apenas dois jogadores realizaram época positiva, é caso para dizer que quem ficava de fora era o que fazia menos asneira. Assim com apenas dois jogos disputados, Artur Bernardes vence pela primeira vez esta distinção, esperemos que possa ter mais disponibilidade na época que se avizinha, parabéns!

  

Guilherme Gaboleiro foi o jogador mais vezes utilizado, este ano ultrapassando André Pinto, foram 12 jogos em 12 possíveis. Está de parabéns este nosso companheiro que apesar da época não ter corrido de feição, insistiu, nunca desistiu e foi aquele que mais pontuou pela equipa.

 

 

I Torneio Internacional de Caldas da Rainha

Resultado de imagem para rainha dona leonor  Resultado de imagem para arneirense caldas da rainha 

CPB triunfa nas Caldas!

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10&art=72&turdet=YES&flag=30&wi=984

 

Guilherme Gaboleiro recebe o Troféu do 1º Lugar por Equipas

 

 

Taça de Portugal: CPB segue em frente

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=2&rd=1&wi=821

                Resultado de imagem para academia xadrez portugal facebook

Casa do Povo do Bombarral        4,0 – 0,0         Academia de Xadrez de Portugal “C”

João Santos (0000) Artur Bernardes (0000) Paulo Constantino (1602) André Balsinha (0000)
1 1 1 1

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
A CPB foi ontem informada de que a equipa “C” da Academia liderada por Carlos Carneiro não estará presente. Assim sendo a CPB segue para a eliminatória seguinte.

Já começa a ser uma tradição, no ano transacto foi a mesma coisa desta feita com um clube algarvio … Não sabemos o que leva as equipas a inscreverem-se na Taça de Portugal sabendo umas que só jogarão se o sorteio lhes calhar em sorte o jogo em casa, outras terão dificuldades em arranjar quatro jogadores. A inscrição da equipa “C” da Academia de Xadrez de Portugal serviu que propósito? A imagem? Mostrar que se tem muitos jogadores? Estas inconcebíveis faltas de comparência prejudicam em muito as equipas adversárias, e os planos individuais dos seus jogadores para o tempo disponível que têm. O avisar de véspera não inibe de causar incómodos para quem já planeou o fim-de-semana para dedicar um pouco da sua vida ao xadrez.

Esperemos que pelo menos haja algum benefício para o xadrez de todos nós, neste caso com a boa aplicação do dinheiro que advirá da coima.

2. As faltas de comparência não aceites pela Direção de Prova, implicam as seguintes coimas por cada falta coletiva e instauração de respetivo processo disciplinar. a. 1/128 a 1/32: 50,00€; b. 1/8, 1/4, Meias-Finais e Final: 100,00€; 3. As faltas de comparência não aceites pela Direção de Prova, implicam as seguintes coimas por cada falta individual e instauração de respetivo processo disciplinar. a. 1/128 a 1/32: 12,50€; b. 1/8, 1/4, Meias-Finais e Final: 25,00€;

 

 

 

Taça de Portugal: CPB evita “Chapa 4”

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=2&rd=1&wi=821

Resultado de imagem para clube dos galitos        

Clube dos Galitos (Aveiro)                3,5 – 0,5          Casa do Povo do Bombarral

Ricardo Pais (1818) Rui Batalha (1759) Artur Bernardes (0000) Paulo Constantino (1602)
0 0,5 0 0

 

“ O Filme do Jogo”

10.30 Horas
A CPB já está reunida, curiosamente em casa de um clube rival, na sede do Arneirense em Caldas da Rainha onde se tomam os cafezinhos da praxe e aí vamos nós!

12.30 Horas
Chega a CPB a Aveiro, as expectativas são grandes já que nesta terra come-se muito bem! Vamos procurar o local para o que nos trouxe aqui, a comida!

14.30 Horas
Três Chanfanas e uma francesinha foi o que nos calhou na rifa, gostos não se discutem, estava tudo aprovado, boa comida bom vinho e bom atendimento … isto é Aveiro!

15.00 Horas
A CPB já está no local de jogo e recebe desde logo a primeira boa notícia do dia, não haverá controlo anti doping, weeeeeeeeeeeeeeeeeee!
A recente Mestre Nacional sub 16 será o 1º tabuleiro da equipa adversária (Henrique Paiva 2216), seguem-se Uwe Kaehler (1920), Ricardo Santos (1880) e Nelson Ribau (1771) tudo bem encaminhado para a “Chapa 4” conforme perspectivado.

17.00 Horas
Paulo Constantino já está com peça a menos, muitas peças em cima do tabuleiro fazem confusão e carecem de muito cálculo é melhor eliminar algumas!

18.00 Horas (Clube Galitos 2-0 CPB)
Praticamente em simultâneo, Artur Bernardes e Ricardo Pais abandonam e automaticamente a equipa local passa à eliminatória seguinte.

18.15 Horas (Clube Galitos 3-0 CPB)
Paulo Constantino abandona e cede o ponto à muito perspectivado.
Falta Rui Batalha, parece igual mas até ao lavar dos cestos é vindima!

18.30 Horas (Clube Galitos 3,5-0,5 CPB)
Extremamente motivado pelo prémio de jogo que aqui referimos na 6ª feira, Rui Batalha propões empate que é aceite e salva a CPB da “Chapa 4”, é o herói do dia!

20.30 Horas
Chegados ainda a tempo de ver a ponta final da Selecção nacional durante a 1ª parte, come-se qualquer coisa e bebe-se, intervalo, e aí vamos nós cada um para o seu lar, foi um dia bem passado, até para o ano!

Artur Bernardes ouviu durante o caminho a famosa dissertação de Konsta sobre xadrez em 245 capítulos, todos explicados durante a viagem de regresso.

Aqui fica o susto apanhado por um dos favoritos à vitória final,

Aqui fica a surpresa da ronda!

Restantes resultados em:

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=3&rd=2&turdet=YES&flag=30&wi=821

 

 

 

Vitória dos Corvos do Lis impede 7ª Consecutiva da CPB

 

8ª Taça da Associação de Xadrez de Leiria (2016 – 2017)

Resultado de imagem para corvos do lis  

Meia Final : CBP (4-0) Arneirense

1 1 1fc 1
  • Cedo a CPB fez o 1-0 por GG por falta de comparência do Adversário
  • André Pinto fez o 2-0 e colocou a CPB na Final
  • Ricardo Pais assinou o 3-0
  • Rui Batalha carimbou a “Chapa 4”

 

Final : Corvos do Lis (2-2) CPB

0 1 1 0
  • 0-1 muito cedo com Konsta a sofrer miniatura
  • 1-1 por Ricardo Pais
  • 2-1 por Guilherme Gaboleiro depois de sofrer um pouco, faltava um empate para a CPB poder celebrar.
  • 2-2 André Pinto nem sabe como pode perder, tem sido este o “filme da época”

Os Corvos do Lis conquistam a sua primeira Taça AXL com 1 jogo e 1 empate.

A CPB perde pela primeira vez a Taça AXL, assinando a sua pior época de sempre desde que acompanhamos via site, e não estará presente na TNA pela 1ª vez.

Aos Corvos do Lis a CPB endereça os parabéns e fazemos votos de que consiga subir a fasquia atingida pela CPB na Taça Nacional das Associações.

 

Assim foi a organização da Taça AXL

- Fecho das inscrições e inscrita provavelmente apenas a CPB e Corvos do Lis que anunciavam a possibilidade de se apresentarem com 3 equipas caso a prova durasse apenas 1 dia.
- Mário Canaverde presidente da AXL, ausente, avisa a CPB na véspera com um “Entendam-se entre vocês”.
- Começam os telefonemas entre clubes, Corvos do Lis prefere o sistema de todos contra todos para que a equipa não venha fazer apenas um jogo.
- O Arneirense só tem 3 jogadores, mas sendo a prova apenas num dia se calhar ainda aparecem.
- Corvos informado pela CPB que serão provavelmente 3 equipas, dada a distância Corvos solicita sorteio antecipado não vá chegarem sábado de manhã e o sorteio os dar como isentos.
- Arneirense não atende o telefonema com vista ao sorteio.
- Sem sorteio antecipado, sugere a CPB jogos ás 14, 16 e 18 horas, Corvos Concorda.
- Sábado, finalmente chegamos a sábado, ao dia D deste parto difícil!
- Arneirense telefona a perguntar como está combinado, e concorda.
- Corvos chegam e dizem que apenas jogam nas duas primeiras rondas, querem folgar na terceira … crianças, Benfica, chegar cedo a casa etc etc
- CPB considera injusto já que todos querem ir para casa mais cedo mas diz aceitar caso Arneirense concorde.
- Não surge esse acordo.
- Há que decidir como resolver a competição em apenas duas rondas, a CPB propõe uma meia-final a dois clubes com 1 isento a passar directamente para a final, todos concordam, vai haver Taça!

E foi assim a história desta competição, assim vai o xadrez no distrito, muito mais haveria para dizer, mas será dito em tempo oportuno, agora soaria a ressabiamento!

 

 

Ricardo Pais foi o jogador do ano da CPB

Infelizmente a época ao nível colectivo de clássicas este ano terminou mais cedo já que a CPB não se apurou para a Taça Nacional das Associações. Foi a 5ª vez que o jogador da CPB conquistou este feito numa época em que apenas cedeu frente ao Mestre Nacional Henrique Paiva. Encontra-se agora a disputar o torneio Xeque-Matemática 4, um torneio que joga desde a sua estreia por amizade a Amadeu Solha Santos conforme nos confidenciou.

      

 

 

Segunda entrevista, hoje com Artur Bernardes, o segundo jogador à mais tempo no clube de forma ininterrupta.

 Resultado de imagem para entrevistas 

Artur Bernardes – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

De momento não tenho objectivos pessoais em relação ao xadrez, se for necessário ajudarei como sempre a equipa no 4º tabuleiro.

2- Pergunta Livre – Como esperas que a época da CPB vá correr?

Se o plantel estiver estável, com os melhores jogadores disponíveis, acho que podemos voltar a ganhar os títulos anteriores e principalmente atingir a subida de divisão.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Não acho que a época passada represente a qualidade da nossa equipa, tanto dos jogadores que jogaram, como dos outros que não jogaram e que têm elos altos. Não sei como vai correr a época mas penso que a anterior não se vai repetir.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Não tenho resposta porque para mim não tenho objectivos pessoais, para mim a CPB é amizade.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Tenho muita dificuldade em falar deste assunto, fico logo altamente sensibilizado.

O facto de ter sido recebido de braços abertos pelo Sr. João Santos, quando o xadrez nas Caldas acabou é algo que me marcou para a vida.

O facto de ter entrado num clube em que todas as semanas nos juntávamos, e com grande nível, António Severino, Ricardo Evangelista, Rui Batalha, Hélder Barros, Sérgio Evangelista e de vez em quando Diogo Mamede.
Sempre que vejo um tabuleiro de xadrez lembro-me do António Severino...

  

 

 

Terceira Entrevista, hoje com André Pinto, o habitual tabuleiro nº 1 da CPB nos últimos anos.

 Resultado de imagem para entrevistas 

André Pinto – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

A nível pessoal pretendo que nesta época consiga voltar a estar focado no xadrez. Após uma fase mais atribulada, espero conseguir voltar a melhorar o meu nível de xadrez, jogar mais torneios e com mais qualidade e atingir os 2100 no meu rating FIDE.

2- Pergunta Livre – Quais os objectivos a nível colectivo?

A nível colectivo gostaria que a equipa da CPB voltasse ao topo, subindo novamente para a 2ª Divisão Nacional, através da conquista do título nacional da 3ª divisão. Em termos distritais, gostava que alcançássemos o triplete.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Simplesmente penso que foi uma época bastante atípica para a CPB. Internamente sabemos que o que se passou esteve directamente relacionado com situações familiares e profissionais que interferiram negativamente nos nossos jogadores e nos tiraram bastante o foco xadrezístico. Uma outra situação, foi sem dúvida a perda do grande António Severino! Penso que não soubemos lidar com a situação e não escalonámos corretamente a equipa.
Basicamente andámos bastante perdidos na última época, acho que este ano será muito melhor!

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

O Xeque-Mate São Martinho do Porto! Clube do meu coração, que ajudei a criar e que está inactivo há cerca de 2 anos. Via com muito bons olhos um renascimento deste clube, motivado pelo meu regresso e de outros jogadores, que estiveram, também, na sua génese.
A equipa de Leiria dos Corvos do Lis! Não só pelo interessante projecto que têm vindo a desenvolver, mas também pelo carinho que tenho pela equipa e pelos seus mentores. Vejo o crescimento desta equipa como via o do Xeque-Mate São Martinho do Porto, não só em termos de sustentabilidade como de qualidade. Outro factor que me levaria a jogar pelos Corvos, era ter como companhia o amigo Daniel Bray, com quem já travei duras batalhas mas com quem nunca joguei lado a lado de forma a promover o xadrez do distrito.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Fim-de-semana em Matosinhos que culminou com a conquista da 3ª Divisão Nacional.

  

 

 

Quarta entrevista, hoje com Ricardo Pais, o vice capitão da CPB.

 Resultado de imagem para entrevistas 

Ricardo Pais – Jogador da CBP

   

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Apenas os objetivos coletivos, recuperar a Taça AXL, e subir à 2ª Divisão nacional.

2- Pergunta Livre – O que levarás desta modalidade quando a deixares?

A gratidão por ter conhecido este jogo mágico, excelentes momentos coletivos e sem desprestigio para os demais (muitos mais!) duas pessoas que abraçaram este projecto e que permanecerão certamente no pós xadrez: João Santos e Paulo Constantino.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Espero que tenha sido o fundo, já outros lá bateram e morreram, ainda respiramos!

Já conquistámos 14 troféus distritais em 15 possíveis, temos dois troféus nacionais que mais nenhum clube do distrito conquistou, e uma vontade enorme que advém da raça CPB!

Temos ainda um troféu invisível na galeria mas que vale muito, http://cpbombarral.comuv.com/

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Resido em Lisboa poderia certamente optar por praticamente qualquer um, acredito que mais um jogador seria sempre bem-vindo, mas não tenho motivação para tal.

Por outro lado sou Caldense de coração, aí localizam-se dois clubes interessantes. Mas o clube da Associação Tabuleiro de Cores não está vocacionado para a competição coletiva, e o Arneirense do Grande Cavadas já tem jogadores suficientes, mais os que irão certamente um dia da CPB para lá.

Formar um novo clube é algo para o qual não me sentirei motivado nos anos mais próximos.

Gostaria de jogar uma época no ATV, em jeito de gratidão pelo clube, nomeadamente pelo seu secionista, Carlos Marques. Jamais me esquecerei de pormenores em que disse presente de forma desinteressada. Se tal não vier a acontecer fica desde já aqui o meu agradecimento público.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

A conquista do título de campeão nacional da 3ª divisão foi épica, todo o ambiente, o facto de não sermos favoritos nem lá perto, ás peripécias que nos aconteceram, da noite anterior á final … irrepetível!

Ganhar 6 Taças AXL consecutivas também é algo que demorará pelo menos mais 5 anos a igualar, e a primeira é sempre a primeira … aquela que foi a primeira ganha por clubes, na Marinha Grande, e com a azia indisfarçável de quem nos entregou o troféu, é algo que jamais esquecerei … soube tão bem!!!

E por fim mas não menos importante, os Torneios João Duarte dos Santos … para fazer tínhamos de fazer realmente algo único e diferente, inesquecíveis!

Um dia independentemente do modo como acabar, direi certamente que valeu a pena. Ninguém pode alcançar mais, chegar ao fim e dizer que valeu a pena e que voltaria a fazer o mesmo é o máximo a que se pode almejar.

  

 

 

 

 

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome

 

000webhost logo