"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

 
 

 

As Equipas e a nossa Previsão Classificativa

Hoje apresentamos as constituições das equipas que ainda poderão sofrer alterações, num primeiro prazo até 4 de Janeiro com o custo de 5€ por jogador, depois até 11 de Janeiro com o custo de 10€, e depois de 12 de Janeiro até 7 de Março poderão ainda inscrever dois jogadores que entrarão no fim da lista.

Dado ter terminado o período gratuito as constituições deverão ter poucas ou nenhumas alterações.

A CPB solicitou a todos os clubes que disputarão a 2ª Divisão – Zona Centro num pequeno questionários quais seriam as suas ambições classificativas, qual a equipa que consideravam favorita à subida de divisão e quais aquelas que seriam as duas maiores candidatas à descida.

Foi com base no que fomos recebendo (obrigado a todos os que responderam) e com base na nossa intuição que vamos apresentar as equipas por ordem de favoritismo.

 

  

A Oitava melhor equipa do País

A Equipa de Montemor classificou-se nos dois últimos campeonatos na 8ª posição no campeonato nacional da 1ª divisão (o ano passada teve a sorte de ser repescada, o que não veio a acontecer este ano.

O seu valor aliado à sua experiência coloca a equipa de Montemor como a grande favorita à conquista do primeiro lugar desta série.

Uma força no xadrez nacional, que tem tido equipas em todas as divisões nacionais, andou pela primeira divisão desde 2009/2010

Colocam-se algumas dúvidas sobre a presença de Pedro Neves em alguns jogos nomeadamente nas deslocações, mas assim será com muitas das equipas

Carlos Mendes é o timoneiro da grande favorita à vitória final, no entanto acreditamos que este campeonato não será nenhum “passeio” para o 4 de Montemor.

Objetivo: Subida

Site: https://www.facebook.com/CirculoXadrezMontemor

 

  

A Eterna Candidata

A Equipa da Figueira da Foz apresenta como sempre um plantel de respeito e capaz de ombrear na luta pela subida, resta saber quantas vezes estará a equipa reunida na sua máxima força ou perto disso. Nas duas ultimas épocas parecia ter a tarefa bem mais facilitada do que na presente época, e numa delas acabou por ter de rezar a todos os santinhos para não descer … será desta?

Já estão na 2ª divisão desde 2010/2011, com algumas repescagens pelo meio, mas por aqui se vê a experiencia da equipa que esta cimentada em torno de Miguel Babo, um “senhor” dentro desta modalidade que em muito tem projetado o xadrez nacional onde se destaca o Festival Internacional da Figueira da Foz … faltará apenas esta “cereja no topo do bolo”, o jogar a 1ª divisão.

Se aparenta ser muito duvidosa a presença de Kevin Spraggett durante o campeonato, já durante as 3 primeiras rondas estamos crentes que tal não acontecerá.

Os Figueirenses tem tido como estratégia manter a equipa com probabilidades de subida ao fim das 3 primeiras rondas para depois nos concentrados com o seu melhor 4 ou perto disso tentar a subida, o pior é que nas ultimas temporadas a AF acaba as 3 primeiras rondas sistematicamente sem grandes hipóteses de poder almejar a subida … mas tantas vezes vai o cântaro à fonte …

Objetivo: Subida (?)

Sites:http://assembleiafigueirense.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/assembleiafigueirense.af/

 

  

A Outsider

Na época transacta o CRE lutou taco a taco com a equipa que viria a subir o GX 113, foi o jogo frente à equipa do CX Escola João de Meira que fez toda a diferença, sem esse jogo ambos tinham 5-1-0! Curiosamente em 2013/2014 ou seja há duas épocas atrás ficou em 7º, tendo sido repescada … quase ao estilo “Casa do Xadrez” só faltou a subida.

É uma clássica equipa de 2ª divisão, António Luís Ferreira é o “homem do leme” num grupo curto e já com muitos anos de camaradagem conjunta nesta clássica equipa de 2ª divisão com com os seus altos e baixos muito parecida com a CPB nestes aspetos.

Talvez seja o plantel mais limitado da série, muito focado num 4 único que tem conseguido estar presente. Se assim for mais uma vez serão candidatos ao pódio, caso comecem a surgir imponderáveis por causa desta limitação e equipa poderá ter que vir a lutar apenas pela manutenção.

Objetivo: Pódio

Site: https://www.facebook.com/centrorecreativodeestarreja/
http://cre-estarreja.com/

 

  

A Sólida

Estamos na presença do mais “rico” plantel de toda a série com “1900 e 1800” com fartura e com jogadores muito experientes. Os Estudantes têm todas as hipóteses de discutir o pódio, quiçá mesmo conseguir cometer uma “gracinha” que já aconteceu recentemente com a vitória nesta mesma série. Na época passada apenas perderam por uma vez (1-5-1), são portanto capazes de discutir qualquer jogo com qualquer adversário desta série, andarão certamente muito longe dos lugares de despromoção.

O Handicap de não poder subir de divisão é sempre desmotivador, mas brilhar aqui também pode dar acesso a jogar a 1ª divisão na época seguinte.

Clube muito forte que apresenta uma equipa em cada escalão, ainda em 2013 mesmo sem poder subir a AAC “B” ficou em 1º lugar na 2ª divisão.

 Objetivo: Pódio

Site: https://www.facebook.com/sxaac

 

  

A Ambiciosa

Ainda agora chegaram mas o clube já tem uma vasta experiencia nestas andanças, o ano passado venceram a série C da 3ª Divisão com um impressionante score de 7-0-0 e não houve sequer um 2,5-1,5 para amostra. Para o apuramento de campeão o sorteio foi madrasto tendo saído em sorte a equipa da AX Portugal (0-4).

Em 2013 caíram da 1ª para a 3ª divisão, e praticamente todo o seu quatro base transferiu-se para São João da Madeira, recompuseram-se e é de esperar que esta equipa de referência no panorama xadrezista nacional alcance a 1ª divisão … resta apenas saber quanto tempo demorará o crescimento

Com um plantel com várias soluções acreditamos que andarão entre o 3º e 5º lugares, ou seja, com hipóteses de atingirem o pódio e com poucas hipóteses de virem a estar aflitos quanto à manutenção. Henrique Paiva (1986) é o jogador do momento com fortes subidas de rating numa equipa que inclui no seu plantel a extinta Academia de Xadrez da Gafanha, onde a CPB foi bem recebida.

Também farão o acompanhamento “jornalístico” da nossa série!

Objetivo: Primeira Metade da Tabela

Site: www.xadrezgalitos.blogspot.pt

 

  

A Incógnita

Aqui esta uma das grandes incógnitas da prova. Foram muitos os jogadores, sobretudo jovens que abandonaram o clube na presente época (só para a AX Portugal foram 8), foi uma das duas equipas de toda a 2ª divisão que teve acesso à estrelinha da sorte, tendo sido repescada desta feita para a Zona Centro. Uma nova experiencia que servirá também para testar a diferença entre as duas séries que sempre dará azo a comparações.

Nesta que será a sua quarta época consecutiva na segunda divisão, salvo surpresa de maior lutarão pela permanência.
A equipa do Cacém na época passada veio ao Bombarral eliminar a CPB da Taça de Portugal por uns esclarecedores 3-1!

Como curiosidade será que frente à CPB teremos um André Pinto x André Pinto?

Objetivo: Permanência

Site: https://www.facebook.com/gxsm.pt

 

  

A Imprevisível

Como pode o 2º classificado da época passada partir da 7ª posição da grelha de partida? Simples! Foi uma época atípica onde tudo correu bem, veja-se o caso da equipa da Casa do Xadrez que foi repescada para jogar a 2ª divisão depois de ter descido e acabou por subir … também a CPB tinha sido 6ª classificada “safando-se” à tangente na época anterior. Este ano são esperadas muitas ausências por motivos profissionais/saúde/familiares etc. que já se começaram a fazer sentir com a ausência da CPB nos distritais de rápidas e semi rápidas, pelo que a CPB não terá praticamente nenhumas hipóteses de cometer nova gracinha. O 6º lugar é o objetivo que assinaríamos por baixo desde já.

Neste carrossel do sobe e desce, estimamos uma época muito dura para a CPB

Objetivo: Permanência

Site: http://cpbombarral.comuv.com/

 

  

A Dependente

Tem seis a sete jogadores sempre disponíveis e rodados em diversos torneios, mas os seus tabuleiros inferiores tem sucumbido à pressão nos últimos anos, mesmo com a presença de Diogo Alho.

Se o Mestre Fide estiver presente a motivação e as chances da equipa alteram-se substancialmente, caso contrário arriscam-se a ter apenas de lutar arduamente pela manutenção, tal como aconteceu na época passada onde apenas se salvaram” porque venceram na última ronda o 1º classificado que já não precisava desse resultado, isto sem retirar qualquer mérito à equipa de torres novas.

Objetivo: Permanência

Site: http://xadrezcineclube.blogspot.pt/

 

Dia 11 – 2ª Feira a antevisão da Ronda 1

 

 

       

Previsão Ronda 1 (16-01-2016)

 

Clube Galitos x Associação Académica de Coimbra “B”

De regresso ao segundo escalão o clube de Aveiro recebe uma sempre difícil equipa de bater, a AAC “B”. Jogo que aparenta poder vir a ser o mais equilibrado da ronda entre a motivação caseira versus a experiência estudantil.

Neste jogo de “2 galos para um poleiro” quem perder ficará em más condições para poder vir a alcançar o pódio.

 

Casa do povo do Bombarral x Centro Recreativo de Estarreja

Porque não considerar o embate da ronda? Se nos basearmos no que ambas as equipas fizeram na época passada estamos perante um duelo ente o 2º classificado da zona norte e o 2º classificado da zona centro, se formos por aqui será sem duvida um importante encontro que poderá definir qual das equipas poderá vir a dar luta aos favoritos da serie.

Mas a realidade aparenta ser outra, a CPB tem consciência de que o que se passou na época transata foi um “Ato Isolado” que dificilmente se voltará a repetir, ainda para mais numa época em que não deverá contar com vários elementos durante certas rondas, a começar já por esta.

 

Grupo de Xadrez de São Marcos x Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho

Estreia não na 2ª divisão mas na Zona Centro para a equipa do Cacém e logo frente ao favorito da série. Qualquer resultado que não seja a vitória dos ex primo divisionários será considerada uma surpresa.

 

Cine Clube de Torres Novas x Assembleia Figueirense

O jogo onde mais foi difícil definir uma previsão, sem sabermos as constituições aproximadas das equipas não passa da mais débil previsão, a presença ou não dos dois Mestres FIDEs fará toda a diferença e ainda mais fará se jogar apenas um deles.

O CCTN é apontado como um dos candidatos à luta pela manutenção mas tem aqui uma grande oportunidade de dar um estrondoso passo em frente.

Para os Figueirenses veremos se começam a jogar para subir ou se será mais do mesmo, ou seja, se tal como nas épocas anteriores começam por prometer muito face ao seu plantel e depois acabam por apenas usar o seu melhor 4 nos concentrados, se assim for poderá desde já começar a atrasar a equipa e mais tarde não conseguir recuperar ou ficar aflito na luta pela manutenção.

 

Objetivos CPB para a 1ª Fase da Prova (3 Rondas)

A CPB começar por defrontar na 1ª Fase da competição três equipas que considera favoritas para os embates em questão, mas como todos sabemos se a CPB quer atingir a manutenção terá de conseguir obter algumas surpresas, assim os objectivos mínimos para esta fase que permitem à CPB manter acesa a chama da esperança são:0-2-1 preferencialmente, ou 1-0-2.

 

 

 

2ª Divisão – Zona Centro – 1ª Jornada

16-01-2016 (Sábado)

 

Assembleia Figueirense escorrega na estreia

Clube dos Galitos 3,0 – 1,0 A. Académica de Coimbra “B
Casa do Povo do Bombarral 1,0 – 3,0 Centro Recreativo de Estarreja
Grupo de Xadrez de São Marcos 1,5 – 2,5 C. X. Montemor-o-Velho
Cine Clube de Torres Novas 2,0 – 2,0 Assembleia Figueirense

 

Começou a campeonato!
Numa jornada equilibrada em que vários jogos poderiam pender para qualquer um dos lados, o destaque vai para os "Cineastas" que conseguiram travar a Assembleia Figueirense liderada pelo Mestre Fide Fernando Ribeiro (2296), o jogador mais cotado de toda a 1ª ronda.
No jogo da jornada a equipa de Estarreja saiu vencedora e esperançada em mais altos voos.
Estarreja, Galitos e Montemor são o primeiro Trio a liderar a prova.

Clube dos Galitos

3

1

A. Académica de Coimbra

Uwe Kaehler

1871

1

0

1963

Nuno Maltez
Cristiano Tieres

1869

0

1

1922

Miguel Fernandes
Henrique Paiva

1986

1

0

1881

Bruno Moreira
Tiago Fernandes

1904

1

0

1748

Hugo Gomes

Excelente estreia dos locais aos quais se antevê uma época tranquila, para os Estudantes foi uma estreia comprometedora face a rumos mais altos.

Destaque para Kaehler que comandou o 4 de Aveiro para uma briosa vitória.
.

G. X. de São Marcos   1,5 2,5 C. X. Montemor-o-Velho
João Meira 1943 1 0 2067 Jorge Cruz
Hugo Gouveia 1694 0 1 1915 Daniel Cavaleiro
Tiago Rodrigues 1638 0,5 0,5 1939 Pedro Cardoso
Assis Capamba 0 0 1 1825 João Saltão

O favorito parece ter apanhado um pequeno susto mas a verdade é que já partilha a liderança apesar de se ter apresentado desfalcado.

Destaque para João Meira que manteve acesa a luz da esperança.

Casa do Povo do Bombarral 1,0 3,0 C. Recreativo de Estarreja
André Pinto

2018

0 1 2114 Luís Ferreira
Guilherme Gaboleiro

1967

0 1 2040 José Rodrigues
Ricardo Pais

1874

0 1 1835 Nelson Silva
Rui Batalha

1762

1 0 1683 Norberto Monteiro

O "outsider" de Estarreja parece querer repetir o feito da época passada ao obter uma sempre difícil vitória no Bombarral, para os locais foi a confirmação do que se antevê que seja a corrente época... muito sofrimento.

Destaque para Nelson Silva a assegurar a vitória.

Cine Clube de Torres Novas 2,0 2,0 Assembleia Figueirense
Paulo Costa 2114 0,5 0,5 2296 Fernando Ribeiro
Francisco Cruz 1871 1 0 1913 Paulo Felizes
António Reis 1827 0,5 0,5 1839 João Marques
João Carvalho 1742 0 1 1799 Miguel Babo

Os "Cineastas" foram os protagonistas da primeira jornada, ao "roubarem" surpreendentemente um ponto extra aos candidatos da Figueira de Foz que começam mais uma vez a perder terreno desde as jornadas iniciais.

Destaque para Paulo Costa a impor um empate face ao MF Fernando Ribeiro

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016

 

 

 

Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Centro Recreativo de Estarreja 1 0 0 3,0 1,0 1 3
Clube dos Galitos 1 0 0 3,0 1,0 1 3
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 1 0 0 2,5 1,5 1 3
Cine Clube de Torres Novas 0 1 0 2,0 2,0 1 2
Assembleia Figueirense 0 1 0 2,0 2,0 1 2
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 1 1,5 2,5 1 1
Associação Académica de Coimbra “B” 0 0 1 1,0 3,0 1 1
Casa do Povo do Bombarral 0 0 1 1,0 3,0 1 1

 

Estarreja “Mata o Borrego”

      

Casa do Povo do Bombarral                 1,0 – 3,0            Centro Recreativo de Estarreja

André Pinto (2018) Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1874) Rui Batalha (1762)
0 0 0 1

Luís Ferreira (2114)
José Rodrigues (2040) Nelson Silva (1835) Norberto M. (1683)
-7,40 -8,00 -11,00 7,80

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
Está prestes a iniciar-se o Campeonato Nacional da 2ª Divisão – Zona Centro, a CPB recebe o Centro Recreativo de Estarreja no “jogo da jornada” entre dois segundos classificados da época transata. O Histórico recente dá o score de 3-0-0 para os Bombarralenses, mas o Match de hoje aparenta ser bem mais difícil com os locais sem dois dos seus habituais titulares Pedro Rodrigues e António Severino, Ricardo Evangelista continua ausente, ao invés a equipa de Estarreja apresenta-se apenas sem o seu habitual titular a terceiro tabuleiro, Carlos Andrade, portanto quase na sua máxima força para tentar inverter este histórico.

15,00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas

Mesa 1
André Pinto (2018) x António Ferreira (2114)
No último confronto entre ambos a vitória sorriu ao líder de Estarreja, esperamos agora com as cores invertidas que André consiga suster o favoritismo do adversário. (20-30-50)

Mesa 2
José Rodrigues (2040) x Guilherme Gaboleiro (1967)
Já se defrontaram com as mesmas cores e saiu empate, daí para cá José Rodrigues tem subido de cotação e GG tem descido, tarefa difícil (30-60-10)

Mesa 3
Ricardo Pais (1874) x Nelson Silva (1835)
Novo confronto entre ambos, há duas épocas a vitória sorriu ao Bombarralense num jogo que se espera equilibrado (30-50-20).

Mesa 4
Norberto Monteiro (1683) x Rui Batalha (1762)
E na mesa 4 o regresso aos titulares de “El Capitan” que contra as previsões iniciais vai ser favorito no seu jogo. (20-50-30)

Vistas as constituições e face à ausência de Carlos Andrade, nossa antevisão de (20-30-50) altera-se para melhor, estaremos perante um (20-50-30) com a vantagem a pertencer aos forasteiros, mas com a CPB com uma melhoria substancial nas suas probabilidades e com todas as chances de poder arrecadar um ponto extra.

A CPB sairá obviamente contente caso o desfecho seja o empate.
A CRE tem hoje a hipótese de “Matar o Borrego”

17 Horas
Guilherme Gaboleiro já esta num final de cavalos e peões com peão a menos, não parece ser difícil a obtenção de um empate.

O tabuleiro de Rui Batalha está “on fire”, não fazemos ideia para onde irá pender com fortes ataques de ambos os lados.
Nada de novo nos dois restantes jogos.

17,20 Horas
Guilherme Gaboleiro jogou muito mal o seu final e acaba de abandonar, é o (0-1), as esperanças da CPB para esta tarde sofrem um forte abalo

17,30 Horas
Rui Batalha parece perdido, André Pinto esta a aguentar-se, Ricardo Pais tem apenas mais espaço… a situação da CPB degrada-se substancialmente.

18,15 Horas
André Pinto degradou a sua posição, Ricardo Pais já obrigou o adversário a sacrificar parece ganho, Rui Batalha tem proposta de empate … terá de aguardar pelos outros desfechos.

18,45 Horas
André Pinto não encontrou a solução visualizada após o encontro terminar, acaba de ceder é o (0-2), a CPB dificilmente sairá com um resultado positivo esta tarde.

19,00 Horas
Rui Batalha esta a virar o jogo mas Ricardo Pais devolveu o sacrifício inexplicavelmente

19,15 Horas
Ricardo Pais cede incrivelmente num jogo que parecia mais do que ganho, é o (0-3) e a CPB assina a derrota.

19,30 Horas
Rui Batalha vence e a CPB livra-se da goleada, é o (1-3)

 

 

2ª Divisão – Zona Centro – 2ª Jornada

06-02-2016 (Sábado)

Tabela Classificativa está partida em dois!

A. Académica de Coimbra “B” 1,0 – 3,0 Assembleia Figueirense
C. X. Montemor-o-Velho 2,5 – 1,5 Cine Clube de Torres Novas
Centro Recreativo de Estarreja 3,5 – 0,5 Grupo de Xadrez de São Marcos
Clube dos Galitos 2,5 – 1,5 Casa do Povo do Bombarral

 

A segunda jornada definiu claramente o lote das quatro equipas que lutarão pelos lugares do pódio e o lote das quatro equipas de onde sairão as duas equipas despromovidas, este é o facto mais significativo que resultou da disputa desta jornada.

 

           


A. Académica de Coimbra

1

3

Assembleia Figueirense

João Sousa 1974 0 1 2296 Fernando Ribeiro
Miguel Fernandes 1922 0 1 2158 António Ferreira
Dominic Cross 1925 0 1 1913 Paulo Felizes
Bruno Moreira 1881 1 0 1799 Miguel Babo

Aí está, a Assembleia Figueirense assume-se se é que alguém teve duvidas como pretendente à subida de divisão.

O jogador mais cotado da nossa série voltou a jogar, sinal evidente das pretensões do clube, e assim ultrapassaram mais um obstáculo.

A AAC vai lutar apenas pela permanência, uma decepção face aos seus vastos recursos.

Destaque para Fernando Ribeiro, o “Rei” da Zona Centro vai espalhando qualidade.


         


C. X. Montemor-o-Velho

 

2,5

1,5

Cine Clube de Torres Novas

Jorge Cruz 2067 1 0 2114 Paulo Costa
Daniel Cavaleiro 1915 0,5 0,5 1871 Francisco Cruz
Pedro Cardoso 1939 0 1 1827 António Reis
João Saltão 1825 1 0 0 Sandro Purificação

Mais um 2,5-1,5 e mais um obstáculo ultrapassado, com João Saltão que muitas vezes referenciamos o ano passado de que já merecia ser “puxado” para a equipa A a carimbar novamente a vitória.

Os Cineastas lideram um grupo de 4 equipas das quais descerão duas.

Destaque para João Saltão que segue com 2-0-0, decisivo portanto!

 

         


C. Recreativo de Estarreja

3,5

0,5

G. Xadrez de São Marcos

Luis Ferreira 2114 1 0 1694 Hugo Gouveia
José Rodrigues 2040 0,5 0,5 1638 Tiago Rodrigues
Carlos Andrade 1940 1 0 1572 Leandro Gomes
Nelson Silva 1835 1 0 0 Assis Capamba

Teste facilitado para o líder da classificação, a equipa do Cacém jogou desfalcadíssima. Os locais podem agora ir atrás de um lugar no pódio, para a equipa forasteira confirma-se que vão lutar apenas pela manutenção.

Destaque para Tiago Rodrigues, não livrou a goleada mas livro a equipa da “Chapa 4”

 


Clube dos Galitos

2,5

1,5

Casa do Povo do Bombarral

Henrique Paiva 1986 1 0 1967 Guilherme Gaboleiro
Marco Santos 2019 1 0 1874 Ricardo Pais
Tiago Fernandes 1904 0,5 0,5 1762 Rui Batalha
António Santos 1720 0 1 0 Artur Bernardes

Venceu o favorito, assume-se agora a luta de cada um já programara no inicio de época, ambos acertaram no prognóstico para as suas próprias equipas.

Galitos irão jogar para a primeira metade da tabela e a CPB pela manutenção.

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016

 

 

 

Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Centro Recreativo de Estarreja 2 0 0 6,5 1,5 2 6
Clube dos Galitos 2 0 0 5,5 2,5 2 6
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 2 0 0 5,0 3,0 2 6
Assembleia Figueirense 1 1 0 5,0 3,0 2 5
Cine Clube de Torres Novas 0 1 1 3,5 4,5 2 3
Casa do Povo do Bombarral 0 0 2 2,5 5,5 2 2
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 2 2,0 6,0 2 2
Associação Académica de Coimbra “B” 0 0 2 2,0 6,0 2 2

 

CPB entra no grupo que luta pela manutenção

      

Clube dos Galitos                                  2,5 – 1,5            Casa do Povo do Bombarral

 
Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1874) Rui Batalha (1762) Artur Bernardes (0000)
0 0 0,5 1
Henrique Paiva (1986)

Marco Santos (2019)

Tiago Fernandes (1904)

António Santos (1720)

-9,40 -6,20 3,80 0,00

“ O Filme do Jogo”

13.15 Horas
Chega a CPB à bonita cidade de Aveiro, a moral é baixa chega-se a falar em livrar a “chapa 4”, é e será sempre uma época dura para qualquer equipa depois de um ano a lutar pela subida ter de lutar pela permanência no ano seguinte. Mas existe muito para além do xadrez e a conversa veio animada pelo caminho onde se falou sobre tudo e mais alguma coisa, agora é tempo daquilo pelo qual a CPB sempre se destaca … comer!

15,00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas

Mesa 1
Henrique Paiva (1986) x Guilherme Gaboleiro (1967)
Jogo de aparente equilíbrio entre as cotações, mas Henrique Paiva joga de brancas e vem acumulando uma subida meteórica. (40-40-20)

Mesa 2
Ricardo Pais (1874) x Marco Santos (2019)
São quase 150 pontos de diferença … (20-30-50)

Mesa 3
Tiago Fernandes (1904) x Rui Batalha (1762)
Mais outra mesa com cerca de 150 pontos a desfavor … (60-30-10).

Mesa 4
Artur Bernardes (0000) x António Santos (1720)
Estreia de Artur Bernardes esta época, a previsão não é fácil sem termos cotações para comparar, talvez uns... (20-30-50)

Vistas as constituições o Clube Galitos apresenta ausências face à ultima ronda mas que são substituídas quase na integra por jogadores da mesma valia, a CPB continua a apresentar-se desfalcada, desta feita ainda mais desfalcada sem André Pinto.

O Clube Galitos é favorito em todos os tabuleiros, a derrota parece estar iminente e ainda nem começamos matemos a previsão dos (60-30-10) favorável ao clube Galitos.

17,30 Horas
GG já esta a entrar num final de torres e peça menor, parece estar a aguentar-se … Ricardo Pais já tem qualidade a menos … Rui Batalha quase que não mexe é o chamado não passar do meio campo … Artur parece equilibrado … em resumo a CPB começa a passar um mau bocado.

18,00 Horas
Guilherme Gaboleiro abandona num final de torres onde o adversário chegou primeiro é o (0-1) e agora só mesmo um milagre salvará a CPB da derrota.

18,15 Horas
Ricardo Pais abandona final de peões é o (0-2)

18,20 Horas
Quase que de imediato Tiago Fernandes quer garantir a vitória da equipa e propõe empate em jogo onde domina em todas as frentes … Rui Batalha sabe que terá de jogar para ganhar, e fica á espera da resolução do jogo de Artur Bernardes.

18,45 Horas
Artur Bernardes vence bem e faz o (1-2) ainda existe esperança!

18,47 Horas
Rui Batalha que desde a proposta de empate ainda não jogou, fica com 15 segundos no relógio e aceita o empate, carimba assim a derrota da CPB é o (1,5-2,5)

22,30 Horas
Chegamos todos a salvo a nossas casas!

 

 

 

3ª Divisão – Zona Centro – 3ª Jornada

26-01-2016 (Sábado)

 

Kevin Spraggett insuficiente para travar Montemor!

Casa do Povo do Bombarral 2,0 – 2,0 A. Académica de Coimbra “B
Grupo de Xadrez de São Marcos 0,0 – 4,0 Clube dos Galitos
Cine Clube de Torres Novas 1,5 – 2,5 Centro Recreativo de Estarreja
Assembleia Figueirense 1,5 – 2,5 C. X. Montemor-o-Velho

 

Numa jornada que aparentava poder vir a ser decisiva, o trio da frente ampliou a sua vantagem e o quarteto final demonstrou incapacidade de fuga, a luta pela despromoção está ao rubro tal como a luta pelo pódio.

Casa do Povo do Bombarral 2 2 A. Académica de Coimbra “B”
André Pinto 2018 1 0 1974 João Sousa
Guilherme Gaboleiro 1967 0 1 1922 Miguel Fernandes
Ricardo Pais 1874 1 0 1925 Dominic Cross
Rui Batalha 1762 0 1 1881 Bruno Moreira

Um resultado que não deixa de ser positivo para as equipas na fuga à despromoção, numa excelente oportunidade desperdiçada por ambos na fuga aos lugares de despromoção.

G. X. de São Marcos   0,0 4,0 Clube dos Galitos
Alexandre Correia 1709 0 1 1871 Uwe Kaehler
Hugo Gouveia 1694 0 1 1986 Henrique Paiva
Tiago Rodrigues 1638 0 1 1854 Ricardo Santos
Leandro Gomes 1572 0 1 1904 Tiago Fernandes

Os locais voltaram a não apresenta o seu melhor 4 e assim foram presa fácil para um Clube dos Galitos que fruto da sua “Chapa 4” tiveram a devida recompensa com a ascensão à liderança da tabela classificativa.
Destaque para Henrique Paiva, segue com 3-0-0 a subir 39 pontos

Cine Clube de Torres Novas 1,5 2,5 C. Recreativo de Estarreja
Paulo Costa 2114 0,5 0,5 2114 Luís Ferreira
Hugo Ribeiro 1875 0 1 2040 José Rodrigues
Sandro Purificação 0 0 1 1835 Nelson Silva
José Dias 1656 1 0 0 José Neves

Os locais que poderiam neste jogo deixar para trás os alguns dos seus concorrentes da luta pela despromoção, apresentaram-se desfalcados e perderam uma excelente oportunidade de somarem pontos extras, estão definitivamente se é que existiam duvidas na luta pela manutenção. A equipa de Estarreja arriscou mais uma vez no seu quarto tabuleiro mas passou no teste e segue no trio da liderança, agora sim definitivamente afastada de qualquer percalço.
Destaque para Nelson Silva que segue com 3-0-0.

Assembleia Figueirense 1,5 2,5 C. X. Montemor-o-Velho
Kevin Spraggett 2522 1 0 2067 Jorge Cruz
Fernando Ribeiro 2296 0 1 1915 Daniel Cavaleiro
Paulo Felizes 1913 0 1 1939 Pedro Cardoso
João Marques 1839 0,5 0,5 1825 João Saltão

Jogo do titulo, com os locais perto de apresentarem o seu fato de gala, estreia de Kevin Spraggett!!! Ficou a faltar apenas António Ferreira.

Nos Montemorenses incrivelmente não apresentaram nem Pedro Neves nem o espanhol Toro, poderiam ter deitado tudo a perder neste jogo.

Contra as expectativas iniciais pelas constituições das equipas, a Assembleia Figueirense apostou “todas as fichas” neste jogo e perdeu, pode praticamente dizer adeus a uma hipotética subida de divisão.

Para a equipa de Montemor o mais difícil esta feito … falta o resto.

Destaque para Daniel Cavaleiro que ofereceu à equipa a subida numa bandeja.

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Clube dos Galitos 3 0 0 9,5 2,5 3 9
Centro Recreativo de Estarreja 3 0 0 9,0 3,0 3 9
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 3 0 0 7,5 4,5 3 9
Assembleia Figueirense 1 1 1 6,5 5,5 3 6
Cine Clube de Torres Novas 0 1 2 5,0 7,0 3 4
Casa do Povo do Bombarral 0 1 2 4,5 7,5 3 4
Associação Académica de Coimbra “B” 0 1 2 4,0 8,0 3 4
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 3 2,0 10,0 3 3

 

Ponto Extra na fuga à despromoção!

      

Casa do Povo do Bombarral         2,0 – 2,0     Associação Académica de Coimbra “B”

       
André Pinto (2018) Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1874) Rui Batalha (1762)
1 0 1 0

João Sousa (1974)
Miguel Fernandes (1922) Dominic Cross (1925) Bruno Moreira (1881)
+8,80 -11,20 +11,40 -6,80

 

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas

Estamos a poucos minutos de iniciar a 3ª ronda que marcará o fim da “Primeira Fase da prova”, a CPB joga em casa “sobre brasas” fruto de duas derrotas nas duas rondas iniciais, o mesmo acontece aos “Estudantes”.

A CPB anunciou como objectivos para esta primeira fase da prova os mínimos de 1-0-2 ou 0-2-1 … para que tal aconteça terá de vencer hoje.

Os “Estudantes” tem um melhor plantel e partiram claramente à frente na “Grelha de partida inicial”, são os favoritos para hoje, mas nunca é de mais recordar que quando alcançaram o primeiro lugar na época 2013/2014 perderam no Bombarral, e na época passada em Coimbra o score foi de 2-2 e esteve bem perto de pender para as hostes Bombarralenses.

Mas a tradição vale o que vale, ainda na primeira ronda a equipa de Estarreja veio triunfar ao Bombarral e acumulava 3 derrotas em 3 jogos … e para a CPB bater os Estudantes em 2013/2014 convém não esquecer de que teve de jogar nada mais nada menos do que com o seu melhor 4 de sempre.

 

15,00 Horas

Já são conhecidas as constituições das equipas

Mesa 1
André Pinto (2018) x João Sousa (1974)
Jogo que deverá ser equilibrado, são menos de 50 pontos de distância a acrescentar à falta de ritmo do Bombarralense. (30-50-20)

Mesa 2
Miguel Fernandes (1922) x Guilherme Gaboleiro (1967)
Mais um jogo que se espera equilibrado, a maior cotação de GG pode não ser suficiente para a forte subida de rating registada por MF nos últimos tempos a acrescer ao momento de forma de ambos os jogadores. (30-50-20)

Mesa 3
Ricardo Pais (1874) x Dominic Cross (1925)
Novo confronto entre ambos, há duas épocas a vitória sorriu ao Bombarralense num jogo disputado num torneio em Lisboa. Os mais de 50 pontos de diferença poderão ser atenuados pelas cores, mas o momento de forma do Bombarralense é mau… (20-50-30).

Mesa 4
Bruno Moreira (1881) x Rui Batalha (1762)
Mais de 100 pontos e a jogar de brancas o favoritismo vai por inteiro para o jogador de Coimbra, mas Rui Batalha ainda não perdeu esta época! (50-30-20)

Vistas as constituições deveremos ter 3 jogos de desfecho imprevisível e 1 onde a AAC é claramente favorita, alteramos a nossa previsão de (20-30-50) para (20-40-40), uma ligeira melhoria mas continua a CPB a partir atrás…

A CPB sairá obviamente contente caso o desfecho seja o empate.
A AAC “b” tem hoje a hipótese de “Matar o pequeno Borrego”

 

16.15 Horas

  • Começam cedo a surgir más novidades…
  • AP de Brancas já sobre alguma pressão
  • GG Parece ter o jogo todo desarticulado
  • RP começa a sair da abertura tal como RB

17,00 Horas

  • AP está com peão a menos
  • GG está sobre forte pressão
  • RP a perder posição sacrifica peça
  • RB “na mesma como a lesma”

A CPB parece estar a caminho da sua terceira derrota consecutiva e ainda só passaram 2 horas…

 

17,30 Horas

  • AP tudo em aberto, melhorou face ao comentário anterior
  • GG está perdido mas não desiste, a camisola da CPB mercê respeito, força GG!
  • RP deu a volta e já está melhor
  • RB … nada de novo

Renasce a esperança, à 30 minutos atrás estávamos bem pior!

 

17.50 Horas (CPB 1-0 AAC)

  • Ricardo Pais faz o 1-0
  • AP vai tentando mas esta difícil
  • GG … perdidíssimo
  • RB esta a começar a ficar pressionado.

Apesar do 1-0 a CPB está mal!

 

18,00 Horas (CPB 2-0 AAC)

  • André Pinto quase de seguida e com combinação final faz o 2-0!!!
  • A CPB já não perde … pela primeira vez neste campeonato, o que é digno de festejo!!!
  • Hora de rezar falta meio ponto para a vitória!

 

18.15 (CPB 2-1 AAC)

  • G Gaboleiro resigna, é o 2-1
  • Força parceiro melhores tempos virão, para nós continuas a ser o maior!!!
  • Rui Batalha esta com peão a menos e pior posicionado, mas enquanto à vida à esperança

 

19,30 Horas (CPB 2-2 AAC)

Uma hora e um quarto depois do 2-1 finalmente chega ao fim um final de bispo e peão a mais contra cavalo em que Rui Batalha foi tentando adiar o inevitável é o 2-2.

Resultado justo em nosso entender, com a CPB mais perto da vitória já que teve a ganahr por 2-0, de qualquer modo o 2-2 reflete o desenrolar dos acontecimentos depois de um mau começo dos locais.

 

 

3ª Divisão – Zona Centro – 4ª Jornada

12-03-2016 (Sábado)

Duo na Liderança: Luta a três!!!
                               

A. Académica de Coimbra “B 1,5 – 2,5 C. X. Montemor-o-Velho
Centro Recreativo de Estarreja 2,0 – 2,0 Assembleia Figueirense
Clube dos Galitos 3,0 – 1,0 Cine Clube de Torres Novas
Casa do Povo do Bombarral 2,5 – 1,5 Grupo de Xadrez de São Marcos

 

A Figueira confirma-se fora da corrida, e seguem 3 equipas sem derrotas, duas delas só com vitórias.
Na luta pela permanência, São Marcos com 0-0-4 pode vir a sair deste concentrado despromovido.

A. Académica de Coimbra “B” 1,5 2,5 C. X. Montemor-o-Velho
João Sousa 1974 1 0 2067 Jorge Cruz
Miguel Fernandes 1922 0 1 1915 Daniel Cavaleiro
Luís Rodrigues 1889 0 1 1939 Pedro Cardoso
Hugo Gomes 1748 0,5 0,5 1825 João Saltão

Montemor segue com 4-0-0 e ainda sem Pedro Neves ou Toro!
Estudantes podem estrear-se amanhã a vencer contra São Marcos.

Destaque: Montemor 4ª Tangente!
 

C. Recreativo de Estarreja  2,0 2,0 Assembleia Figueirense
Luís Ferreira 2114 0 1 2296 Fernando Ribeiro
José Rodrigues 2040 1 0 1913 Paulo Felizes
Carlos Andrade 1940 1 0 1839 João Marques
Nelson Silva 1835 0 1 1799 Miguel Babo

Estarreja cede mas contínua invencível e terá manhã o jogo da Época frente a Montemor.
Figueirenses devem ter dado derradeiro escorregão, não podem mais do que lutar pelo pódio.

 

Clube dos Galitos 3,0 1,0 Cine Clube de Torres Novas
Uwe Kaehler 1871 0 1 2114 Paulo Costa
Henrique Paiva 1986 1 0 1871 Francisco Cruz
Marco Santos 2019 1 0 0 Sandro Purificação
Tiago Fernandes 1904 1 0 1656 José Dias

Galitos fazem o 4-0-0 e mantém acesso o sonho.
“Cineastas” tem amanhã um importante jogo rumo à manutenção.

Casa do Povo do Bombarral 2,5 1,5 G. X. de São Marcos
André Pinto 2018 0,5 0,5 1709 Alexandre Correia
Guilherme Gaboleiro 1967 1 0 1694 Hugo Gouveia
Ricardo Pais 1874 0    1 1638 Tiago Rodrigues
Rui Batalha 1762 1 0 1572 Leandro Gomes

São Marcos pode sair deste concentrado despromovido, segue com 0-0-4
CPB alcança primeira vitória.

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016       Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Clube dos Galitos 4 0 0 12,5 3,5 4 12
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 4 0 0 10,0 6,0 4 12
Centro Recreativo de Estarreja 3 1 0 11,0 5,0 4 11
Assembleia Figueirense 1 2 1 8,5 7,5 4 8
Casa do Povo do Bombarral 1 1 2 7,0 9,0 4 7
Cine Clube de Torres Novas 0 1 3 6,0 10,0 4 5
Associação Académica de Coimbra “B” 0 1 3 5,5 10,5 4 5
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 4 3,5 12,5 4 4

 

Primeira Vitória na despedida do Mestre!!

Casa do Povo do Bombarral 2,5 – 1,5 Grupo de Xadrez de São Marcos
André Pinto (2018) Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1874) Rui Batalha (1762)
0,5 1 0 1
Alexandre Correia (1709) Hugo Gouveia (1694) Tiago Rodrigues (1638) Leandro Gomes (1572)

  

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas

Sob o signo da perda e da saudade vai iniciar-se um jogo decisivo ou quase entre dois candidatos à descida de divisão.

Seria provavelmente muito aproximado dizer que este poderia, pode ou poderá ter sido o “jogo dos 7º e 8º lugares”.

A CPB pode vir a ser a primeira equipa a perder pontos para São Marcos e num pior cenário pode isolar-se no 8º lugar da classificação …

A jovem equipa de São Marcos pode iniciar-se a pontuar ou ainda melhor, largar o ultimo lugar da tabela.

 

15,00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas

Mesa 1
André Pinto (2018) x Alexandre Correia (1709)
Jogo com clara vantagem para a CPB, Alexandre ainda não pontuou, tem apenas 0-0-1.
(70-20-10)

Mesa 2
Hugo Gouveia (1694) x Guilherme Gaboleiro (1967)
Mais um jogo a pender para a CPB seguem ambos com 0-0-3.
(10-30-60)

Mesa 3
Ricardo Pais (1874) x Tiago Rodrigues (1638)
Mais um a favor dos locais Tiago segue com 0-2-1
(50-30-20).

Mesa 4
Leandro Gomes (1572) x Rui Batalha (1762)
A CPB é claramente favorita em mais um tabuleiro, Leandro segue com 0-0-2.
(20-30-50).

15.30 Horas
Ricardo está pior … apenas trinta minutos de jogo, como sempre esta época a primeira notícia é sempre em desfavor da CPB. Muito tem de lutar esta equipa que começa sempre atrás do resultado!

15.45 Horas
Ricardo já tem Torre a menos, e praticamente o primeiro resultado da tarde.

16.10

  • AP a iniciar o meio jogo
  • GG ainda na abertura
  • RP sacrifica mais ma torres
  • RB Sob pressão

16.25 (CPB 0-1 GXSM)

Ricardo Pais abandona, depois de ainda ter tido ao dispor um final inferior de torre é o 0-1
Agora para vencer a CPB tem a árdua tarefa de ter de fazer 2,5 em 3.

17,20 Horas
Quase uma hora depois chegam noticias.

  • AP deixa o adversário em apuros de tempo
  • GG Não viu ou não quer a qualidade…
  • RB Parece pior

Não são “excelentes noticias” para a CPB

17.30 (CPB 1-1 GXSM)
Guilherme Gaboleiro vence e faz o empate, é o 1-1

17,35 Horas
Chega a notícia que faltava … Rui Batalha com um intermédio já está com Torre a mais!

17,45 Horas (CPB 2-1 GXSM)
O Capitão faz o 2-1, a CPB esta a meio ponto da primeira vitória da época.

17,55 Horas (CPB 2,5-1,5 GXSM)

Pouco tempo depois André Pinto aceita empate e garante vitória da equipa, num jogo onde esta melhor. É o 2,5-1,5

São Marcos segue só com derrotas 0-0-4 e muito perto da despromoção, e a CPB respira um pouco melhor. Amanhã será mais uma final … para a CPB de para São Marcos

A equipa dedica a primeira vitória da época ao homem que fez a diferença entre uma época de luxo e uma época “suada”, ao MESTRE!!!

 

 

3ª Divisão – Zona Centro – 5ª Jornada

13-03-2016 (Domingo)

Galitos isola-se no comando com 5-0-0!

Grupo de Xadrez de São Marcos 0,5 – 3,5 A. Académica de Coimbra “B
Cine Clube de Torres Novas 2,0 – 2,0 Casa do Povo do Bombarral
Assembleia Figueirense 0,5 – 3,5 Clube dos Galitos
C. X. Montemor-o-Velho 1,5 – 2,5 Centro Recreativo de Estarreja

Estarreja venceu Montemor e é o grande destaque da jornada, onde o Clube Galitos passou com distinção e isolou-se no comando.

Na cauda da tabela algumas novidades, São Marcos está praticamente despromovido e Assembleia Figueirense entra na luta pela manutenção.

G. X. de São Marcos 0,5 3,5 A. Académica de Coimbra “B”
Hugo Gouveia 1694 0 1 1974 João Sousa
Tiago Rodrigues 1638 0,5 0,5 1922 Miguel Fernandes
Leandro Gomes 1572 0 1 1881 Bruno Moreira
João Correia Gomes 1519 0 1 1889 Luís Rodrigues

Mais uma derrota para a equipa de São Marcos, e só um concentrado final épico conjugado provavelmente com outros resultados poderá salvar a equipa da descida e do último lugar.

Para os “Estudantes” foi a primeira vitória e logo por goleada, o que poderá vir a revelar-se muito importante nos desempates finais.

Destaque para Tiago Rodrigues que salvou a “Chapa 4”

 

Cine Clube de Torres Novas 2,0 2,0 Casa do Povo do Bombarral
Paulo Costa 2114 1 0 1606 Paulo Constantino
Francisco Cruz 1871 0 1 2018 André Pinto
António Reis 1827 0,5 0,5 1967 Guilherme Gaboleiro
José Dias 1656 0,5 0,5 1874 Ricardo Pais

O resultado não serve em pelo a nenhuma das equipas, mas terá sido mais positivo para os “Cineastas”, continuam ambos em árdua luta pela manutenção.

Destaque para a excelente oportunidade desperdiçada por ambos de carimbarem a manutenção … vai ser até ao fim!

 

Assembleia Figueirense 0,5 3,5 Clube dos Galitos
Fernando Ribeiro 2296 0 1 1871 Uwe Kaehler
Paulo Felizes 1913 0 1 1854 Ricardo Santos
João Marques 1839 0 1 2019 Marco Santos
Miguel Babo 1799 0,5 0,5 1904 Tiago Fernandes

Teste duríssimo para a equipa de Aveiro que responde com goleada e com a liderança isolada … agora tudo é possível!
Mais uma desilusão para os Figueirenses que vão agora lutar pela manutenção.

Destaque para a vitória do “professor” sobre o “Mestre”.

 

C. X. Montemor-o-Velho 1,5 2,5 C. Recreativo de Estarreja
Jorge Cruz 2067 1 0 2114 Luís Ferreira
Daniel Cavaleiro 1915 0 1 2040 José Rodrigues
Pedro Cardoso 1939 0,5 0,5 1940 Carlos Andrade
João Saltão 1825 0 1 1835 Nelson Silva

Primeira derrota dos locais e logo em casa, fica muito mais difícil a vida para a equipa de Montemor mas ainda estão na luta, falta o jogo contra os Galitos e esperar que Estarreja ceda, … o que é possível.
No jogo do tudo por tudo para os forasteiros, a equipa de Estarreja responde afirmativamente e diz que esta na luta!

Destaque para José Rodrigues com 4-1-0 a subir 18 pontos.

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016       Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Clube dos Galitos 5 0 0 16,0 4,0 5 15
Centro Recreativo de Estarreja 4 1 0 13,5 6,5 5 14
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 4 0 1 11,5 8,5 5 13
Assembleia Figueirense 1 2 2 9,0 11,0 5 9
Casa do Povo do Bombarral 1 2 2 9,0 11,0 5 9
Associação Académica de Coimbra “B” 1 1 3 9,0 11,0 5 8
Cine Clube de Torres Novas 0 2 3 8,0 12,0 5 7
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 5 4,0 16,0 5 5

 

CPB encontrou dois trevos de 4 folhas!

Cine Clube de Torres Novas 2,0 – 2,0 Casa do Povo do Bombarral
Paulo Constantino (1606) André Pinto (2018) Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1874)
0 1 0,5 0,5

 

“ O Filme do Jogo”

13.30 Horas
Jornada importantíssima em Montemor, recorde-se que ontem a CPB jogou em casa por acordo com a equipa de São Marcos.

A CPB em caso de vitória garantirá praticamente a manutenção, o empate deixará tudo em aberto e a derrota será um forte empurrão para a 3ª divisão.

Para os “Cineastas” a vitória garantirá praticamente a manutenção, o empate deixará tudo em aberto e a derrota deixará a equipa em fortes apuros.

Já existe um longo historial entre os dois clubes, a equipa de Torres Novas já foi ao Bombarral vencer por 4-0, e a CPB alcançou o maior feito da sua história ao sagrar-se campeão nacional da 3ª divisão, precisamente frente aos “Cineastas”, o ano passado saiu um empate a 2.

Hora de almoçar!

15,00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas

Mesa 1
Paulo Costa (2114) x Paulo Constantino (1606)

Jogo de pender claro para a equipa de Torres Novas, na estreia de Konsta na presente época.
(70-20-10)

Mesa 2
André Pinto (2018) x Francisco Cruz (1871)

Claro favoritismo para o jogador da CPB, mas não serão favas contadas.
(60-30-10)

Mesa 3
António Reis (1827) x Guilherme Gaboleiro (1967)

Também aqui a CPB é favorita, mas GG não está a atravessar o melhor dos momentos.
(20-30-50).

Mesa 4
Ricardo Pais (1874) x José Dias (1656)

E a CPB é favorita em 3 dos 4 tabuleiros
(50-30-20)

Vistas as constituições deveremos ter 3 jogos de pendor para a CPB mas onde tudo é possível, e um tabuleiro onde a CPB é claramente favorita à derrota.

Face às constituições alteramos a nossa previsão de (30-30-40) favorável aos “Cineastas” para (45-30-25) favorável à CPB… nada mau, 75% de chances de não perder contra 55% de chances de não ganhar.

16.00 Horas

  • PC já está com peão a menos
  • AP está na abertura
  • GG começa a sair da abertura
  • RP já está no meio jogo, joga-se 2 torres, Cavalo e peões para ambos os lados

16.15 (CCTN 1-0 CPB)

Começam cedo a surgir más novidades, como sempre a CPB partirá atrás no resultado, Konsta abandona é o 0-1
GG está sob ligeira pressão

16.45 Horas

  • Jogo de GG está “on fire”

17.00 Horas

  • AP ganha qualidade
  • GG sacrifica qualidade em troca de um ataque promissor
  • RP parece ligeiramente melhor

Apesar do 0-1 a CPB está esperançada com as novidades!

17,30 Horas

  • André Pinto estará ganho

17.45 (CCTN 1-1 CPB)

  • André Pinto iguala o encontro com a sua vitória, é o 1-1
  • GG está com peça a menos e já se festeja a vitória no lado opositor.
  • RP não consegue desbloquear a posição

Piorou bastante a situação da CPB, o empate nesta altura parece o máximo a que poderá almejar, que balde de água fria!

18,00 (CCTN 1,5-1,5 CPB)

  • Milagre!!! GG saca da cartola um perpétuo! Empate e é o 1,5-1,5
  • Entretanto RP que pareceria ter de ganhar já forçou a posição sem necessidade face ao milagre anterior, e agora vai ter de suar.

Apesar de tudo melhorou em muito a posição da CPB com meio ponto extra e inesperado face ao que se estava a passar no tabuleiro.

Tudo nas mãos de RP

19,00 Horas

  • RP vai precisar de ter algo mais do que jogar bem, vai precisar de erros adversários para não perder. São péssimas notícias para a CPB

19,15 Horas

  • RP estará a um lance de abandonar, um final de torres com um peão do adversário que se vai transformar em dama … é o desânimo da equipa sob o olhar do Capitão Rui Batalha.

19,30 (CCTN 2-2 CPB)

  • Segundo milagre do dia, o adversário falha o lance e já não promoverá, ainda tenta algumas manobras mas nada mais poderá fazer, é o empate e o 2-2

Hoje a CPB terá de agradecer a todos os santinhos com duas gigantes velas!

22,45 Chegamos são e salvos a casa!

 

 

3ª Divisão – Zona Centro – 6ª Jornada

14-05-2016 (Sábado)

Estarreja cilindrada falha subida, Galitos não aproveita!
               

A. Académica de Coimbra “B 4,0 – 0,0 Centro Recreativo de Estarreja
Clube dos Galitos 1,5 – 2,5 C. X. Montemor-o-Velho
Casa do Povo do Bombarral 1,5 – 2,5 Assembleia Figueirense
Grupo de Xadrez de São Marcos 1,0 – 3,0 Cine Clube de Torres Novas

 

A equipa de Estarreja cedeu incrivelmente, bastaria um empate para festejarem a subida de divisão, e foram nada mais, nada menos do que goleados com “Chapa 4”, terão agora de esperar por um escorregão de Montemor.

Na luta pela permanência, passo de gigante dos estudantes, Cineastas cumpre e CBP fica com pé e meio na 3ª Divisão.

A. Académica de Coimbra “B” 4 0 C. Recreativo de Estarreja

João Sousa

1974 1 0 2114

Luís Ferreira

Miguel Fernandes

1922 1 0 2040

José Rodrigues

Dominic Cross

1925 1 0 1940

Carlos Andrade

Luís Rodrigues

1889 1 0 1835

Nelson Silva

E quando se espera ver Estarreja a festejar a subida eis que os “Estudantes” aplicam “Chapa 4” à equipa do distrito de Aveiro que não conseguiu controlar a ansiedade … não esquecerão tão cedo este dia.

Os estudantes garantiram praticamente a manutenção, era preciso uma difícil conjugação de resultados para virem a descer… o clube oferece a vitória ao novo presidente da FPX!

Destaque para a oportunidade que poderá não se repetir desperdiçada por Estarreja

Clube dos Galitos 1,5 2,5 C. X. Montemor-o-Velho

Henrique Paiva

1986 1 0 2067

Jorge Cruz

Ricardo Santos

1854 0 1 1915

Daniel Cavaleiro

Marco Santos

2019 0 1 1939

Pedro Cardoso

Tiago Fernandes

1904 0,5 0,5 1825

João Saltão

Quinta vitória tangencial para a equipa de Montemor que vê agora (e depois do inesperado desaire da equipa de Estarreja), a subida à sua mercê bastando vencer o ultimo jogo do campeonato.

Para o Clube dos Galitos esta foi uma inesperada oportunidade, já que ninguém contaria com a derrota de Estarreja, e para isso bastaria hoje empatar … e a subida ficou a meio ponto, outra oportunidade incrivelmente desperdiçada!

Destaque para a chegada inesperada da oportunidade de Montemor poder ascender à primeira divisão nacional mais uma vez!

Casa do Povo do Bombarral 1,5 2,5 Assembleia Figueirense

André Pinto

2018 0,5 0,5 2158

António Ferreira

Ricardo Evangelista

2129 1 0 1839

João Marques

Guilherme Gaboleiro

1967 0 1 1811

Mário Mourato

Ricardo Pais

1874 0 1 1799

Miguel Babo

Quiçá a derradeira oportunidade desperdiçada pelos Bombarralenses para aspirarem à manutenção, para os Figueirenses foi o confirmar da manutenção.  

G. X. de São Marcos 1,0 3,0 Cine Clube de Torres Novas

Alexandre Correia

1709 0 1 2114

Paulo Costa

Tiago Rodrigues

1638 1 0 1871

Francisco Cruz

Assis Capamba

0000 0 1 1742

João Carvalho

Domingos Messena

1284 - + 1656

José Dias

Jogo importante para os “Cineastas” que necessitavam de vencer, já para a equipa de Augalva Cacém era quiçá a ultima oportunidade credível de evitar a despedida com 0-0-7 … e saí o primeiro “cartão amarelo” da tarde, para uma falta de comparência num dos tabuleiros, inadmissível, com possível influência na luta direta pela manutenção… com o consequente “cartão vermelho” da despromoção.
 
Destaque para a sempre inconcebível falta de comparência de um tabuleiro.

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016

 

 

 

Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Centro Recreativo de Estarreja 5 1 1 16,0 12,0 7 17
Clube dos Galitos 5 0 2 19,0 9,0 7 17
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 5 0 1 14,0 10,0 6 16
Assembleia Figueirense 2 2 2 11,5 12,5 6 12
Associação Académica de Coimbra “B” 2 1 3 13,0 11,0 6 11
Cine Clube de Torres Novas 1 2 3 11,0 13,0 6 10
Casa do Povo do Bombarral 1 2 3 10,5 13,5 6 10
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 6 5,0 19,0 6 6

Ps: CR Estarreja e Clube dos Galitos têm um jogo a mais, pelo que já terminaram o campeonato.

 

CPB já esgotou o stock de velas em Fátima …

      

     Casa do Povo do Bombarral                1,5 – 2,5               Assembleia Figueirense

André Pinto (2018) Ricardo Evangelista (2129) Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1847)
0,5 1 0 0

 


“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
Estamos a poucos minutos de iniciar provavelmente o jogo do ano para a CPB, destaque para a estreia no presente campeonato de Ricardo Evangelista.

A CPB apresenta o seu melhor “Quatro” da época, o mesmo “Quatro” que em Março de 2013 obteve o recorde de Elo de uma equipa da CPB e que ainda hoje se mantém.

Os Figueirenses jogam tranquilos e por isso também desfalcados, se hoje o encontro correr mal amanhã tem o jogo frente ao último classificado para obterem a manutenção.

0,5-0,5
André Pinto volta a não perder frente a António Ferreira, desta vez empate, é um bom resultado para a CPB.

0,5-1,5
Ricardo Pais abandona depois de ataque frustrado, complica-se a vida para a CPB
GG parece igual
Evangelista parece melhor.

0,5-2,5
Balde de água fria, G Gaboleiro perde e a CPB já não tem qualquer hipótese de pontuar.

1,5-2,5
Ricardo Evangelista finaliza e reduz a diferença.

 

Foi mais do mesmo, numa época em que a equipa perdeu o Mestre António Severino e onde todos precisavam de se superarem, Guilherme Gaboleiro e Ricardo Pais parecem continuar “off”.

Todos os “Astros” parecem conspirar contra a CPB … Estarreja acaba de perder com a A Académica de Coimbra concorrente direto da CPB, … G X S Marcos aparece apenas com 3 tabuleiros frente a Torres Novas … e para cumulo agora a equipa de Montemor tem hipóteses de subir caso vença a CPB na ultima ronda … incrível, poderia ter sido pior? Não nos parece!!!

 

 

          

3ª Divisão – Série C

  • Corvos do Lis apanharam um “susto”, esteve 1,5-1,5 e José Bray decidiu a contenda.
  • Colégio recupera, mas deverá ser insuficiente.

 

 

3ª Divisão – Série D

  • GC Odivelas ou AX Portugal, daqui deverá sair o segundo clube despromovido.
  • ATV coloca-se longe de apuros e Benedita continua em luta pelo pódio.
  • G D Ramiro José segue feliz e contente com 6-0-0 e AX Portugal deu passo de gigante rumo à manutenção.

 

 

3ª Divisão – Zona Centro – 7ª Jornada

15-05-2016 (Domingo)

Círculo de Xadrez de Montemor-o-velho é o vencedor!

Cine Clube de Torres Novas 2,0 – 2,0 A. Académica de Coimbra “B
Assembleia Figueirense 3,5 – 0,5 Grupo de Xadrez de São Marcos
C. X. Montemor-o-Velho 3,0 – 1,0 Casa do Povo do Bombarral
Centro Recreativo de Estarreja 2,5 – 1,5 Clube dos Galitos

 

CX Montemor é o vencedor da série e a Casa do Povo do Bombarral ocupou o lugar que estava em aberto com destino à 3ª Divisão, são os principais acontecimentos da ultima ronda deste campeonato.

.

 

Cine Clube de Torres Novas 2 2 A. Académica de Coimbra “B”

Paulo Costa

2114 0,5 0,5 1974

Joao Sousa

Hugo Ribeiro

1875 0,5 0,5 1922

Miguel Fernandes

Francisco Cruz

1871 0,5 0,5 1925

Dominic Cross

Sandro Purificação

0 0,5 0,5 1881

Bruno Moreira

"Empate de Salão" para carimbar a permanência de ambos ... a CPB teria agora de vencer Montemor para permanecer ...

 

Assembleia Figueirense 3,5 0,5 G. X. de São Marcos

António Ferreira

2158 1 0 1694

Hugo Gouveia

João Marques

1839 0,5 0,5 1638

Tiago Rodrigues

Miguel Babo

1799 1 0 0000

Assis Capamba

Artur Azul

1519 1 0 1284

Domingos Massena

Os Figueirense goleiam e classificam-se na 4ª posição da tabela, muito longe da classificação pretendida, talvez tenha sido a maior desilusão de toda a série face ás expetativas iniciais.

A equipa do Cacém despede-se com um expressivo 0-0-7

 

C. X. Montemor-o-Velho 3,0 1,0 Casa do Povo do Bombarral

Jorge Cruz

2067 1 0 2018

André Pinto

Daniel Cavaleiro

1915 0,5 0,5 1967

Guilherme Gaboleiro

Pedro Cardoso

1939 1 0 1874

Ricardo Pais

João Saltão

1825 0,5 0,5 0000

Artur Bernardes

Vitória do mais forte e a respetiva subida de divisão para Montemor, os nossos sinceros parabéns … preferíamos que não tivesse sido à nossa custa, mas mereceram.

Os Bombarralenses são despromovidos, se bem que o 7º lugar ainda dê algumas esperanças de repescagem, o mais certo é jogarem a 3ª divisão na próxima época.

 

C. Recreativo de Estarreja 2,5 1,5 Clube dos Galitos

Luís Ferreira

2114 0,5 0,5 1986

Henrique Paiva

José Rodrigues

2040 1 0 1854

Ricardo Santos

Carlos Andrade

1940 1 0 2019

Marco Santos

Nelson Silva

1835 0 1 1904

Tiago Fernandes

Já tinha sido disputado antecipadamente

 

Classificação

 

2ª Divisão - Série B - 2015/2016

 

 

 

Pontos Pontos

 

 

Clasf. Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos
Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho 6 0 1 17,0 11,0 7 19
Centro Recreativo de Estarreja 5 1 1 16,0 12,0 7 17
Clube dos Galitos 5 0 2 19,0 9,0 7 17
Assembleia Figueirense 3 2 2 15,0 13,0 7 15
Associação Académica de Coimbra “B” 2 2 3 15,0 13,0 7 13
Cine Clube de Torres Novas 1 3 3 13,0 15,0 7 12
Casa do Povo do Bombarral 1 2 4 11,5 16,5 7 11
Grupo de Xadrez de São Marcos 0 0 7 5,5 22,5 7 7

 

CPB não se conseguiu superar

      

Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho       3,0 – 1,0       Casa do Povo do Bombarral

André Pinto (2018) Guilherme Gaboleiro (1967) Ricardo Pais (1874) Artur Bernardes (0000)
0 0,5 0 0,5

 


“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
Estamos a poucos minutos de iniciar a ultima ronda, jogo decisivo para ambos os clubes.

Montemor em caso de vitória ascenderá à 1ª Divisão Nacional.

A CPB em caso de vitória deverá assegurar a manutenção.

Vida mais do que difícil para os Bombarralenses que hoje não contarão com Ricardo Evangelista e confirma-se que este ano Pedro Rodrigues não fará um único encontro para o campeonato nacional … começa mal a CPB.


**** Primeiras Noticias da Tarde ***

“Empate de Salão” entre Académica e CC Torres Novas

Conforme previsto aconteceu … algumas dúvidas existiam pelo facto da Académica ter na véspera tão estoicamente jogado para vencer e retirado a subida a Estarreja, mas hoje não houve essa vontade …

Como já sabíamos, “Quem vai para o mar avia-se em terra”, nada como dependermos apenas de nós próprios.

 

**** Continua o jogo do Dia ***

Parece que já toda a sala finalizou as suas respetivas partidas, da 2ª à 3ª Divisão, apenas se joga ainda este encontro e ainda nos 4 tabuleiros!

Ricardo Pais cede, é o 0-1
Se tudo estava mais do que difícil, … piorou!

André Pinto cede, é o 0-2
A CPB desce automaticamente de divisão.

Guilherme Gaboleiro empata é o 0,5-2,5

Artur Bernardes empata é o 1-3

Não faltou apoio à CPB!

Parabéns à equipa de Montemor que nunca deixou de sonhar e conseguiu atingir a subida com uma equipa longe do melhor que tinha inscrito.

A CPB partiu em 7º lugar da “pole position” e de lá não conseguiu sair.

A classificação parece justa face ao desenrolar dos acontecimentos, tivemos as nossas oportunidades mas não fomos eficientes.

Melhor ano virá, holofotes agora virados para a Taça Nacional das Associações a disputar em Outubro de 2016

 

 

          

3ª Divisão – Série C

“Chapa 4” perante um desfalcadíssimo SOM e aí está a equipa Leiriense na 2ª Divisão Nacional!!!
Os nossos sinceros parabéns, fazemos votos para que uma milagrosa repescagem nos possa proporcionar um derby na 2ª Divisão, caso não seja possível … aguentem-se que nós já voltamos!

Uma palavra para a equipa do Colégio, o quanto deve ser frustrante não subir com 6-1-0 … acontece, animo!

Descem Louriçal (poderá vir a ser repescado) e Vila Nova Anços.

 

3ª Divisão – Série D

Benedita evita o 7-0-0 para o campeão e tem um justo prémio com a obtenção do 3º lugar no pódio.

ATV salva AX Portugal da descida, com um Odivelas com Ana Baptista a vitória atiraria a equipa “B” de Carlos Carneiro para os distritais

 

 

Jogo Antecipado coloca Estarreja com pé e meio na 1ª Divisão!

2ª Divisão – Zona Centro – 7ª Jornada

Contestação aos Concentrados em crescendo

C R Estarreja                          2,5 – 1,5          Clube dos Galitos

A equipa de Estarreja deu um passo de gigante rumo á subida de divisão, impondo a primeira derrota aos Aveirenses e passam agora a ser o único clube invencível com 5-1-0, bastando agora o empate frente aos estudantes para beneficiarem de todo e qualquer desempate que se venha a verificar.

José Rodrigues e Carlos Andrade continuam a levar ao colo a equipa de Estarreja rumo à primeira divisão, continuando imbatíveis.

Montemor e Torres Novas são os grandes prejudicados, AA Coimbra a grande beneficiada

Com o passar do tempo são cada vez mais os clubes que criticam o excesso de concentrados e os consequentes custos que daí advém para os clubes.

Para o concentrado na Benedita foram por enquanto já antecipados dois jogos, o Clube Galitos “B” 4-0 Ginásio Louriçal e o CR Estarreja x Clube Galitos, mas é provável que não fiquemos por aqui.

Esperamos que o novo presidente da FPX a ser eleito tenha noção desta situação e que se disponibilize a ouvir os clubes, ou que estes estejam atentos e sejam precisos na altura da contestação para que não sejam apenas meia dúzia de contestações avulsas, já que se percebe por onde vamos passando que a contestação é bem maior do que transparece.

A Antecipação deste jogo foi muito má para a competitividade, para a emoção e até mesmo poderá ter implicações na forma como os outros clubes se apresentam.

Somos frontalmente contra a antecipação de qualquer jogo referente à ultima ronda por acharmos que desvirtua a verdade desportiva, no entanto para que não restem duvidas teríamos feito o mesmo, é à FPX que cabe o papel legislador e moralizador da competição e não aos próprios interessados.

Chegaremos certamente à ultima ronda já a saber quem é o clube campeão, a AA Coimbra foi fortemente beneficiada por saber de antemão este resultado, já que se encontra em fortes apuros pela manutenção e qualquer ponto extra a poderá salvar … sem antecipação Estarreja teria de jogar frente aos Estudantes para ganhar, agora bastará um empate.

Outra equipa fortemente penalizada é a equipa de Montemor que entrará certamente desmotivada por não ter praticamente qualquer chance de subir e isso poderá beneficiar a Casa do Povo do Bombarral.

Os “Cineastas” a lutarem pela sobrevivência vêem os seus dois concorrentes diretos poderem vir a ser beneficiados, são portanto os grandes prejudicados desta antecipação em nosso entender.

 

 

2ª Taça “Amizade do Oeste”

 

  7    5 

Segunda edição desta Taça que proporciona agradáveis momentos de convívio e permite ás equipas adquirirem algum ritmo para a segunda jornada das 2ª e 3ªs divisões.

Saúda-se o regresso de António Severino à competição!

A CPB iniciou-se muito bem com mais uma vitória nas clássicas, cujo total nesta competição está em (2-1-0) para este ritmo. Imbatível a CPB!

Seguiram-se as semi rápidas com a primeira derrota da CPB neste ritmo (2-0-1) e o encontro ficava empatado 4-4, tudo para se decidir nas rápidas!

Nas rápidas a vitória coube aos Torrienses que estiveram perto da goleada, vencendo assim de forma justa a 1ª mão da 2ª Taça Amizade do Oeste por 7-5 … árdua tarefa para a CPB recuperar na 2ª mão desta competição.

Curiosamente este ritmo estava com o score de 0-2-0, passa agora para (0-2-1), portanto um ritmo onde a CPB nunca venceu. Imbatível a ATV!

  

 

 

  

André Pinto obtém titulo nas Semi Rápidas

    

http://chess-results.com/tnr237703.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&wi=984

André Pinto venceu com 4-1-0 e subiu 2 pontos, os outros dois jogadores da CPB não conseguiram atingir o pódio; Rui Batalha com 2-1-2 perdeu 16 pontos e Paulo Constantino com 2-0-3 perdeu 35 pontos.

Tivemos direito a um derby: Rui Batalha 0,5-0,5 André Pinto no único meio ponto cedido pelo campeão.

Miguel Simões dos Corvos do Lis foi o destaque com a obtenção do pódio, já por diversas vezes tem estado em destaque aqui no nosso site, já se sabe que ira longe…

 

Guilherme Gaboleiro obtém titulo nas Rápidas

    

http://chess-results.com/tnr237704.aspx?lan=10&art=0&fed=POR&turdet=YES&wi=984

CPB conquista todo o pódio!!!

Guilherme Gaboleiro venceu com 4-0-1 e manteve a cotação, André Pinto também com 4-0-1 obteve o segundo lugar e cedeu 5 pontos, também no pódio Rui Batalha com 3-1-1 conquistou 6 pontos e obteve a terceira posição numa prova onde a CPB não deu hipóteses à concorrência.

Rui Batalha foi mais uma vez o único a sacar pontos ao vencedor, também tinha acontecido nas semi rápidas.

Paulo Constantino em dia de aniversário distribuiu 27 pontos com 2-0-3

Nos Derbys as “pretas” dominaram:

Paulo Constantino 0-1 André Pinto
André Pinto 0-1 Guilherme Gaboleiro
Guilherme Gaboleiro 0-1 Rui Batalha

Um bonito pódio dedicado ao GM João Santos em dia de aniversário, parabéns!!!

 

 

 

 

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome

 

000webhost logo