"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

Seja Muito Bem Vindo!!!

  Sexy Chess

 

181 Episódios Publicados

Ás Sextas-Feiras 73 Episódios Publicados

Mensalmente

 

 

12 Entrevistas Publicadas Próxima: 2015 182 Episódios Publicados Às Sextas-Feiras

CPB solicitou adiamento – Aguarda resposta

Resultado de imagem para xadrez coimbra academicanot-taca-portugal-17-18  

Taça de Portugal – “Missão Evitar Chapa 4”

Sábado dia 16 começa a época a nível coletivo para a maioria dos clubes, para além da importância psicológica de começar a vencer e agregar as tropas, vai ser possível verificar o comportamento das equipas do Distrito e sobretudo da nossa série.

Para a CPB será um jogo treino com vista à preparação da equipa para o campeonato nacional da 3ª Divisão, este foi, é, e será quase por certo, sempre o objectivo da CPB nesta prova. Pena que não tenhamos direito a mais uma eliminatória que ainda se disputará antes da 1ª ronda dos nacionais, mas o sorteio foi madrastro.

Para os “Estudantes” com fortes ambições a fazerem subir de divisão as suas duas equipas principais, este não será certamente um teste, mas nada como começar a ganhar.

Equipa Previsível:
Vasco Diogo – Miguel Fernandes – João Fernandes – Dominic Cross – Bruno Moreira

Equipa Previsível:
Ricardo Pais – Rui Batalha – Marco Custódio – Paulo Constantino – André Balsinha

Entrevista à Seccionista da A. A. Coimbra

http://www.fpx.pt/web/comunicacao/entrevistas-com/1501-entrevista-com-madalena-oliveira

 

Rui Dâmaso não jogará a 1ª Divisão por Equipas

 

A menos que Rui Dâmaso não seja utilizado pela sua nova equipa e que se transfira, o Mestre Internacional deverá disputar a 2ª Divisão Nacional. Rui Dâmaso jogou nas últimas épocas no FC Barreirense que este ano desceu à 2ª Divisão nacional. Curiosamente ambas as equipas disputam a mesma série e com esta transferência a AXAT é a grande favorita à subida de divisão … aguarda-se um escaldante Rui Dâmaso x Sérgio Rocha a primeiro tabuleiro?

 

José Veiga a caminho de ser tornar no
Mestre Nacional mais novo da história Portuguesa

https://www.youtube.com/watch?v=GCJOEMin52M

Resultado de imagem para jose veiga xadrez 400 

https://ratings.fide.com/card.phtml?event=1930087

 

IV Azores International Chess Open 2017

O Torneio iniciou-se com algumas curiosidades, desde já José Veiga presente, também Paulo Costa o vencedor do II Torneio Internacional do Arneirense, ambos na perseguição do titulo de Mestre Nacional, na luta pelo titulo Strikovic e Campora, dois GM´s e ainda três Mestres Nacionais e uma MF Feminina entre 40 participantes.

 

 

 Sexy Chess 189

 

 

 

Casa do Xadrez favorita – CPB integra grupo de 4 candidatos

Aqui fica uma primeira análise ainda sem se saber a composição das equipas

 

Casa do Xadrez
A grande candidata à subida de divisão, à duas épocas atrás militavam na 1ª divisão nacional.

Amadora Xadrez “B”
Mais uma candidata à subida, o ano passado ficou em 3º lugar do pódio e só não foi mais longe porque jogou desfalcadíssima nas três primeiras rondas. Poderá não poder subir de divisão caso a sua equipa “A” não se consiga manter na 1ª Divisão nacional.

AX Portugal “B”
Nova candidata a mesma descrição quase que na integra do que a equipa anterior, a composição que tem apresentado na Taça AX Lisboa mostra uma equipa forte e equilibrada, … a mesma relação em relação à subida.

Casa do Povo do Bombarral
Enquadra-se juntamente com as três equipas anteriores no grupo que lutará pela primeira metade da tabela classificativa, pelo pódio e pela subida de divisão.

Académico de Torres Vedras
O usual, começam cheios de receio de uma eventual descida, mas costumam acabar num lugar tranquilo da tabela.

GC Odivelas
A tradicional equipa Lisboeta tem sido capaz do melhor e do pior, normalmente não conseguem lutar para subir, mas o ano passado não esteve longe, foi a grande animadora do evento, este ano sem Ana Baptista parece-nos mais difícil.

Associação Tabuleiro de Cores
Se na Série C conseguiu brilhar com pouco, parece-nos que nesta zona serão fortíssimos candidatos à descida de divisão, salvo inscrições inesperadas de jogadores.

CX Sintra “B”
Ainda sem saber a constituição da equipa, e sabendo quem joga normalmente na equipa “A” parece-nos não existir ainda muita evolução nestes jovens com vista a assegurar a permanência, mas nunca se sabe.

 

3ª Divisão – Série C                                                    2ª Divisão

Ainda sem conhecer as constituições das equipas, na 2ª Divisão a AA Coimbra será a grande candidata à subida, Sporting CP e Galitos tentarão aproveitar alguma escorregadela dos favoritos, CR Estarreja deverá fechar a primeira parte da tabela.

CC Torres Novas (com ou sem Diogo Alho eis a diferença), Sintra e Corvos deverão lutar pela permanência na fuga a um lugar de descida, já que tudo indica Montemor “B” seja claramente candidata ao último posto da tabela, a menos que Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro não disputem a primeira divisão nacional. Uma tarefa para a equipa Leiriense mais facilitada do que a do ano passado (7º) segundo estamos em crer.

Na 3ª Divisão – Série C, para além da novidade da troca entre clubes Caldenses, a Associação de Coimbra “B” é a destacadíssima candidata à subida, recorde-se que apenas desceu de divisão por imposição legal, já que a sua equipa principal desceu ao segundo escalão nacional, obrigando a sua segunda equipa a descer à 3ª Divisão nacional. Mas se a sua equipa principal não conseguir a subida, também a equipa secundária ficará impedida de subir.

Galitos B, APC Arneirense, SOM deverão discutir os restantes dois lugares no pódio, com vantagem para a equipa de Aveiro.
As restantes 4 equipas salvo resultados surpresa (que acontecem quase sempre) não deverão ter grandes chances de lutar por algo mais do que a permanência … a menos que a equipa de Pombal jogue realmente com o melhor quatro inscrito.

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 Vídeos:

https://www.youtube.com/results?search_query=II+Caldas+Xadrez

 

Opiniões com vista a melhorar

Aqui vamos deixar alguns apontamentos do que vimos e ouvimos

Positivos

- Esta época com refeições no local, preparadas para o efeito e com bons preços. Foi uma subida qualitativa importante para o torneio.

- Transmissão dos primeiros 5 jogos em direto no site da FPX. Uma publicidade extra para o torneio muito bem aproveitada.

- Torneio em 2 dias em vez de 3 dias.

A melhorar:

- A inexistência de espaço quer para os jogadores quer para os visitantes poderem acompanhar as primeiras 5 mesas. Terá de existir espaço suficiente para circulação e acompanhamento da partida, quer à volta das mesas quer entre as mesas. Percebemos que a transmissão possa dificultar esta situação, a colocação dos fios etc, mas é essencial se queremos promover a modalidade. Não existindo condições, façam-se apenas em 3 mesas.

- Continuamos crentes de que a campanha “Carro Cheio” com vista a trazer equipas para a participação na prova coletiva é um teste essencial para se fazer. Por cada 4 Inscritos oferecendo uma 1 inscrição (se a de maior ou menor valor … depende da vontade do querer ou não que venham mais equipas. Poríamos certamente a de maior valor, já que um condutor que traga 3 crianças deverá obviamente ser ele o premiado).

   

   

 

- Transformaríamos os Prémios da seguinte maneira

1º Veterano +65, veterano +50, Sub 20, sub 18, sub 16, sub 14, sub 12, sub 10, feminino.
Uma medalha ou outra recordação, sem grandes custos muito menos prémios monetários.

1º Escalão 1999-1800; 1799-1600, 1599 – 0000
Direito a participar na próxima edição da prova (com a ressalva, se a houver) e a trazer outro jogador do mesmo clube. (Inscrições Gratuitas)
Aqui não só se pouparia no imediato os 45€, como se poderia ajudar a garantir jogadores que estiveram em bom plano no torneio e que poderão voltar já que será gratuito, e ainda podem chamar mais um amigo do mesmo clube … quiçá já que 2 jogarão de borla se lembrem de virem 4.

1º - 2º - 3º Equipas = Troféu

Prémios Individuais

1º 2º e 3º Troféus e Prémios Monetários
Isto depende do orçamento da organização, não estamos por dentro das contas, mas o esquema 10x 5x 3x parece correto, ou seja com inscrições a 10€ (100 – 50 – 30).
Restará saber se os jogadores preferem mesmo o dinheiro, se isso é essencial para a sua participação, ou se prefeririam algo típico da cidade … a sondagem á elite dos 2000 é aqui essencial.

Inscrições:
Sub´s (não inclui veteranos nem femininos), não percebemos essa descriminação positiva, os reformados hoje em dia ganham mais do que os trabalhadores no ativo, sub 50 nem deveria de existir execpto nas competições da FIDE tais como campeonatos do mundo, femininos batem-se por igualdade e não descriminação …….. 5€

Regime Normal / Sénior 10€ / 12.5€
Pagar 2 euros por jogo para registo fide e arbitragem parece suficiente, já se tem custos elevados com deslocações e refeições.

 

Resultado de imagem para natal 2017 caldas da rainha

Datas e Turismo:

As datas constantes nestes últimos dois anos permitem aos jogadores o planeamento necessário e são uma marca inerente a qualquer torneio.

Veríamos como uma notícia francamente má a alteração das datas, muito menos a antecipação das mesmas. No caso concreto da CPB a participação neste torneio cumula a localização, o facto de se aproximar o campeonato da 3ª divisão e deste torneio servir de preparação, com o facto de ser sempre um prazer disputar um torneio organizado pelo nosso amigo José Cavadas. Acreditamos também por conhecermos os jogadores da CPB que uma alteração de datas poderia ter a consequência óbvia de desinteresse pela participação na prova de alguns elementos.

Retirar o torneio de datas que impeçam a cidade de mostrar o que mais de bonito tem nesta época, com iluminações soberbas, parece quase criminoso. Um Feriado que permite aos jogadores terem ainda um dia de fim-de-semana para descansarem ou fazerem o que bem entenderem sem terem de jogar xadrez, é uma clara vantagem competitiva desta data.

O Torneio do Arneirense ter-se transformado num Torneio de Natal e o Torneio das Caldas ser na época da Feira dos Frutos faz todo o sentido … mas são obviamente apenas opiniões e os bitates de quem procura ajudar.

Guilherme Gaboleiro e Artur Bernardes vieram visitar os seus parceiros de equipa

 

Open de Portugal – O melhor Torneio Tuga de sempre?

http://www.openportugal.fpx.pt/

A lista de inscritos não pára de aumentar (Lista de 3ª Feira), já são mais de 10 os GM´s inscritos, três deles acima dos 2600, é caso para perguntar cadê os tugas?

2.200€ é quanto arrecadará o primeiro classificado – 35€ de Inscrição – 9 Rondas

cartaz portugal open2018 

http://www.chess-results.com/tnr312793.aspx?lan=10

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 189

Resultado de imagem para Tabuleiro Skyline Londres

Tabuleiro Skyline Londres

Resultado de imagem para tabuleiros de xadrez bonitos

Tabuleiro Peças Madeira 10

Resultado de imagem para tabuleiros de xadrez bonitos

Tabuleiro e Mesa de Metal 4

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

CPB e Paulo Costa triunfam nas Caldas

 

 

Ronda 1

André Pinto (1), Ricardo Pais (1) Rui Batalha (1) Marco Custódio (1) P. Constantino (0)

Começou a desenhar-se cedo quais seriam os quatro jogadores a pontuar para a classificação coletiva, excelente começo da CPB.

CPB 4. APC Arneirense 2, Corvos Lis 1,5

A titulo individual João Coimbra (1413) sub 65 CPVN de Anços impõe-se frente a Óscar Corbacho (1831)

Ronda 2

André Pinto (1), Ricardo Pais (1) Rui Batalha (0) Marco Custódio (0) P. Constantino (0)

Mau emparceiramento, dois derbys internos dariam 2 pontos à CPB mas impediriam a mesma de alcançar mais do que esses dois pontos, e como se sabe a média de 2 pontos não chega para ganhar o torneio, seria normal a CPB começar já a “gastar” a vantagem adquirida na primeira ronda, mas a concorrência não aproveita.

CPB 6. APC Arneirense 4, Corvos Lis 3

A titulo individual Miguel Simões (1715) sub 14 dos Corvos do Lis impõe empate a Daniel Cavaleiro (2005), André Pinto vence derby a Rui Batalha e Ricardo Pais vence derby a Marco Custódio.

Ronda 3

André Pinto (0), Ricardo Pais (0,5) Rui Batalha (0,5) Marco Custódio (1) P. Constantino (0,5)

Terceira ronda do mesmo dia, a ronda mais propicia a surpresas, o cansaço costuma ditar alguns dissabores para os jogadores da frente. RP, RB e PC colocam o bye a que tinham direito, soma assim a CPB 1 ponto em 2, André e Marco Custódio jogam, e mais uma vez a CPB não vai além dos dois pontos. Arneirense faz 3 e encurta desvantagem.

CPB 8. APC Arneirense 7, Corvos Lis 5

A título individual Paulo Costa com 3-0-0 já é líder isolado, Óscar Corbacho (1831) volta a distribuir pontos, desta vez perde frente a José Dias (1643).

Ronda 4

André Pinto (1), Ricardo Pais (0) Rui Batalha (1) Marco Custódio (1) P. Constantino (1)

Penúltima ronda, a equipa do Arneirense é afastada da luta pelo 1º lugar ao obter 4 derrotas, ao invés a equipa dos Corvos obteve 4 vitórias e reentra na luta, não deixou de ser uma boa jornada para a CPB a somar 3 pontos.

CPB 11. Corvos Lis 9, APC Arneirense 7

A título individual Paulo Costa cede empate (3-1-0) e os jogadores de Montemor Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro igualam no topo da classificação, são agora 3 jogadores com (3-1-0).

Rui Batalha salva o torneio a título individual com excelente vitória frente a André Belo (1751).

José Dias (1643) parece estar em forma, volta a surpreender e desta feita saca empate frente a Attila Kofalvi (1923). Também Rodrigo Basílio (sub 12 1553) se impôs a Jorge Bastos (1758).

Ronda 5

André Pinto (0,5), Ricardo Pais (1) Rui Batalha (0) Marco Custódio (0,5) P. Constantino (0)

CPB leva dois pontos de vantagem, é favorita, mas os seus jogadores andarão nas sempre difíceis mesas superiores e tem no jogo Marco Custódio x Miguel Simões um confronto direto que poderá ditar o vencedor coletivo.

A CPB consegue igualar o confronto direto e soma 2 pontos suficientes para vencer pela segunda vez em dois anos o troféu por equipas. Corvos somaram 2,5 e Arneirense 3

CPB 13. Corvos Lis 11,5 APC Arneirense 10

Paulo Costa vence e termina isolado com 4-1-0, segue-se Hugo Ferreira com 3-2-0 e Jorge Cruz termina o pódio também com 3-2-0, seguem-se 6 jogadores com 3,5 pontos entre 31 participantes.

Paulo Costa arrecadou 120€ mais 13 pontos de cotação
Hugo Ferreira levou 70€ mais 7 pontos de cotação
Jorge Cruz somou 40€ e 6 pontos de cotação.

Na CPB

5º         Ricardo Pais                 3-1-1     somou 9 pontos e 15€ de prémio de escalão.
6º         André Pinto                  3-1-0     somou 2 pontos
9º         Marco Custódio            3-1-0     cedeu 2 pontos
16º       Rui Batalha                   2-1-2     arrecadou 3 pontos
26º       P. Constantino              1-1-3     perdeu 25 pontos

Outros destaques:

Rodrigo Basílio (1553) somou 58 pontos!
Fernando Oliveira (1546) somou 34 pontos
João Cruz (1283) somou 25 pontos.

Do lado contrário quem esteve pior foi José Barreto (1402) a perder 46 pontos, acontece, para a próxima correrá melhor.

A CPB ainda participou no torneio jovem de 5 sessões onde André Pata Balsinha se estreou no ritmo lento, com 1-0-4 e ficará certamente com uma partida para recordar como a primeira a ser vencida num ritmo mais lento, parabéns!

 

  

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

 

 Sexy Chess 188

 

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

 Resultado de imagem para natal 2017 caldas da rainha

Lista Inscritos: http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

Qual a melhor Taça Distrital? AXP ou AXL?

 

http://www.chess-results.com/tnr313026.aspx?lan=10

A Taça da Associação de Xadrez do Porto tem vindo a aumentar o número de participantes e este ano apresenta 20 equipas inscritas. O Sistema é o mesmo da Taça de Portugal, ou seja, eliminatório. Teremos uma eliminatória de acerto seguindo-se os 1/8 de final.

Os vencedores tem sido diversos, mas nos dois últimos anos a equipa do GD Dias Ferreira tem vencido e por conseguinte tem-se apurado para a TNA que venceu nas duas ultimas épocas.

Face á concorrência, quase que nos atrevemos a dizer que esta Taça é o maior obstáculo á vitória na TNA, difícil! (Ps: MI André Silva jogará este ano pela AX Gaia)

 

http://www.chess-results.com/tnr315487.aspx?lan=10&art=32&wi=821

A Taça da Associação de Xadrez de Lisboa vai para a sua edição nº 29!!! É disputada no Sistema Suíço de 7 sessões e tal como na AXP o vencedor dos últimos dois anos é o mesmo, neste caso, a Academia de Xadrez de Portugal.

Este é um autentico campeonato, 7 sessões são tantas como a disputa de um campeonato nacional da 2ª ou 3ª divisão, permitindo assim a preparação das equipas, permitindo aos “não titulares” demonstrarem a sua evolução e permite ainda entre outros a descoberta e revelação de novos valores nacionais … um mundo à parte.

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 188

Tabuleiro Street Fighters

Tabuleiro Game of Thrones

Resultado de imagem para tabuleiros de xadrez bonitos

Tabuleiro em Aço Inoxidável 3

 

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

 

 

Lista Inscritos: http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

     

 

Ainda esta a tempo de se inscrever e de visitar Caldas da Rainha!

 

  

http://chess-results.com/tnr306061.aspx?lan=16&art=0&flag=30&wi=821

 

O Jovem Prodígio Indiano Praggnanandhaa

O Mais novo Mestre Internacional da História do Xadrez consegui a sua primeira norma de GM aos 12 anos e 3 meses, ainda vai a tempo de bater o recorde de Sergey karjakin que se tornou no mais jovem GM de sempre aos 12 anos e 7 meses.

https://ratings.fide.com/card.phtml?event=25059530




https://cdn.chess24.com/5kecm2XiQBW10vdtrxlRbw/original/pragg-awonder-lo.jpg

 

Campeonato Distrital Absoluto - 7 e 14 de Janeiro - Caldas da Rainha

(esta prova foi alterada devido ao recente apoio anunciado pela FPX: participação gratuita do campeão distrital no Open de Portugal que se realiza no inicio de Fevereiro)

 

Entrevista de António Fernandes ao Jornal de Pombal

http://www.pombaljornal.pt/grande-mestre-do-xadrez-realiza-estagio-pombal/

 

 

 Sexy Chess 187

 

 

 

Resultado de imagem para xadrez coimbra academicanot-taca-portugal-17-18  

Taça de Portugal – 3 “Missões Impossíveis” para o Distrito

Distrito defronta 3 Equipas da 1ª Divisão – CPB única a jogar fora

Depois de ter calhado ao Caldas Sport Clube em sorte a Associação Académica de Coimbra para os 1/8 final da Taça de Portugal, surgirá na mesma semana a vez da Casa do Povo do Bombarral ir disputar ao campo da Primo divisionária AAC, desta feita em xadrez, a primeira eliminatória da Taça de Portugal.

O Distrito não foi bafejado pela sorte neste sorteio:

A estreante ACD Rio Seco recebe a recem promovida à 1ª Divisão Nacional, a equipa da Academia de Xadrez de Portugal do Mestre Nacional Carlos Carneiro, entre outros Mestres.

A equipa de Jorge Barrento (Pombal), também estreante, recebe a não menos primo divisionária equipa do Circulo de Xadrez de Montemor-o-Velho de Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro

Os Leirienses, são a única equipa com hipóteses credíveis de passagem à eliminatória seguinte, ao terem em sorte a C Norton de Matos (Coimbra) de Eurico Fonseca e Raquel Vinagre que este ano deixaram a APC / Arneirense. A equipa foi 4ª Classificada entre 10, no Campeonato Distrital de Coimbra.

E por fim a CPB, única a ter de se deslocar, jogará frente à prestigiada AA Coimbra.

De Fora ficaram APC/ Arneirense, Associação Tabuleiros de Cores, Ginásio Louriçal e Sport Operário Marinhense

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha Resultado de imagem para caldas da rainha no natal

2 e 3 de Dezembro de 2017

   

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

    • Defesa francesa = 44 jogos, 7 vitórias brancas, 28 empates, 9 vitórias pretas
    • Queens Pawn / Gambit = 30 jogos, 14 vitórias em branco, 11 empates, 5 vitórias em preto
    • Queen's Indian Defense = 11 jogos, 3 vitórias brancas, 6 empates, 2 vitórias pretas
    • Ruy Lopez = 6 jogos, 2 vitórias brancas, 4 empates, 0 vitórias pretas
    • Caro-Kann Defense = 5 jogos, 0 vitórias em branco, 4 empates, 1 vitória negra
    • Siciliano = 4 jogos, 0 vitórias em branco, 3 empates, 1 vitória negra

Fonte: Chess News

https://www.chess.com/news/view/stockfish-wins-chess-com-computer-championship

 

Taça de Portugal - Taça de Portugal - Taça de Portugal l

4 Clubes da AXL presentes na Taça de Portugal, que luxo!!!

 Resultado de imagem para kevin spraggett Resultado de imagem para antonio vitor xadrez 

    • Kevin Spraggett abandona a Assembleia Figueirense rumo à AX Portugal.
    • António Vítor inscreveu-se pela oficina Criativa, o novo clube da AXL
    • ACD Rio Seco surpreende com inscrição na Taça, terá a AXL batido algum recorde?

 

 

Mais um clube formado pelo incansável Jorge Barrento que inscreveu entre outros o “desaparecido” Mestre FIDE António Vítor. Para já começa bem com a participação na Taça de Portugal, bem vindos e boa sorte!

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10

 

 Resultado de imagem para carlos dias xadrez

Entretanto parte da equipa do CDG Louriçal parece ter-se mudado de armas e bagagens para a ACD do Rio Seco, com o AI Carlos Dias a protagonizar mais uma mudança de clube.

A ACD Rio Seco inicia assim uma nova etapa da sua vida desportiva, esperamos também que se inscreva na 3ª Divisão nacional, sejam bem vindos à alta roda no xadrez e desejamos boa Sorte.

Em sentido contrário a equipa do Louriçal não deverá ter elementos suficientes para se inscrever em qualquer competição de relevo.

 

Futebol - Caldas Sport Clube bate recorde ao atingir os 1/8

O Centenário Caldas Sport Clube bateu o seu próprio recorde ao atingir pela primeira vez os oitavos de final da Taça de Portugal após eliminar o Arouca (Divisão de Honra) após a marcação de grandes penalidades, será desta que veremos outro grande nas Caldas? Outro porque … grande grande a roçar o enorme é o Caldas!

/

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 187

Xadrez Cerâmica 5

Xadrez Caricas 3

Xadrez

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 Stoneage Technology

2 e 3 de Dezembro de 2017

Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha 

Campeão Nacional sub 20 diz presente!

  

Hugo Ferreira (2136) entra para nº2 do Torneio

Hugo Ferreira vai fazer a sua 10ª época consecutiva ao serviço do Grupo Desportivo Ferroviários do Barreiro, é o actual campeão nacional sub 20 em ritmo semi rápido e está a apenas 2 pontos do seu máximo de sempre em termos de cotação.

Estamos perto do Top 10 ser constituído apenas por jogadores de primeira categoria, isto é, com cotação igual ou superior a 1800. (O ano passado foram 12 com cotação superior)

 

Paulo Costa (2161) entra para nº1 do Torneio

Resultado de imagem para cine clube de torres novas 

Paulo Costa continua na perseguição ao título de Mestre Nacional, já chegou aos 2215, na lista seguinte teve 2204 mas não mais lá voltou. Esta neste momento novamente em ascensão e com a sua melhor cotação desde Maio de 2011. A recente presença na final do campeonato nacional absoluto serve de motivação para esta nova fase.

CPB – Vencedora Coletiva do I Torneio Internacional de Caldas da Rainha (2016)

 

Regulamento:

http://www.fpx.pt/web/files/torneios/II-Torneio-Xadrez-FIDE-Caldas-Rainha_02e03_Dez_2017_Regulamento.pdf

 

Stoneage Technology 

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Paulo Constantino – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Os meus objetivos pessoais no xadrez terão de ser, este ano, os mesmos dos outros anos; i.e. continuar ligado ao xadrez e ás pessoas que conheci através dele. E se houver condições, quem sabe até parar a descida de performance no meu nível ‘xadrezistico’.

2- Pergunta Livre – Será que algum dia o teu elo vai voltar a subir antes que chega a zero?

Essa é uma pergunta demasiado difícil para eu responder. Por isso terei de passar.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Tem havido comentários nesse sentido, o que pode indicar algum desânimo. Talvez por causa essencialmente da nossa descida da 2ª divisão e falhanço em voltar a subir pouco depois. Desanimo esse que provavelmente tem alguma influência noutros resultados. Mas se na verdade batemos no fundo, então posso estar satisfeito. A partir daqui é só para cima.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Esperemos que não, mas se fosse o caso não me estou a ver a jogar por mais nenhum clube. Como explicado na 1ª pergunta, neste momento jogar xadrez é mais uma atividade social do que puramente competitiva. O tempo é um luxo neste momento e prefiro preencher o pouco que me sobra com seres humanos mais do que com competição. Se houver outro clube que me oferecesse as mesmas condições, quem sabe, mas não estou preocupado minimamente com isso neste momento.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Os momentos são muitos, felizmente, mas se tivesse de escolher seriam os tempos onde eu era mais novo e a chama do xadrez estava muito mais forte. Nessa altura a competição e aprendizagem entre o pessoal do clube tinha um gostinho especial. A gente podia não saber tanto, mas tudo estava acompanhado da energia da juventude. Daqui se pode ver que não desgosto da competição, pelo contrário.

   

 

Mundial Sénior (Veteranos) sem a presença de Portugueses

http://www.scaccomattissimo.eu/

http://www.chess-results.com/tnr282186.aspx?lan=10&art=0&wi=821

 

Mundial Sub 20 é no setor Feminino que Portugal pode brilhar

http://www.fideacademy.com/wjcc2017/

  

http://chess-results.com/tnr306061.aspx?lan=16&art=0&flag=30&wi=821

João Valente (1897) é o nº 142 entre 148 participantes

São mais os titulados do que os não titulados

O Top 18 só incorpora GM´s acima dos 2550

Dois jogadores acima dos 2600

Por estes dados conseguimos perceber o quão pequeninos somos ao nível do xadrez

 

MI André Sousa abandona GDD Ferreira

 

 

 

 Sexy Chess 186

 

 

 

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

 Resultado de imagem para circulo de xadrez de montemor o velho 

      Daniel Cavaleiro (2005)                                                                Jorge Cruz (2079)

A Dupla que conquistou entre outros a Taça Nacional das Associações no Bombarral e que ajudou a levar a equipa de Montemor à 1ª Divisão nacional está de regresso ao Torneio Internacional de Caldas da Rainha. Jorge Cruz (1º na I Edição) e Daniel Cavaleiro (4º na I Edição) serão fortes candidatos ao pódio e á vitória no torneio. É certamente uma honra para o torneio ter esta dupla inscrita, pena é que não inscrevam 4 jogadores de modo a poderem competir em igualdade de circunstâncias também pela a vitória coletiva.

Nesta aspecto temos a acrescentar mais do mesmo, as organizações dos torneios parecem ter vista curta ao não incluírem a “Campanha Carro Cheio” oferecendo a 4ª inscrição individual aos clubes. Estariam certamente a fomentar uma maior participação pelo ridículo custo da taxa fide … neste caso, se Montemor que tenciona aparecer com 2 jogadores viesse com 4, a organização já estaria a ganhar.

 

Inscrições: 2ª Feira terminou o prazo para a Taça de Portugal

Inscrições: 6ª Feira termina o prazo para o Campeonato Nacional

 

40ª Taça de Portugal 2017/2018

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10

57 Equipas Inscritas (46 jogarão a 1ª Eliminatória, 9 ficarão isentas)

 Resultado de imagem para taça de portugal xadrez 

A Taça de Portugal vai ter na sua edição numero quarenta a quantia de 57 equipas inscritas, a iniciar-se já a 16 de Dezembro os 1/32 de final.

A Primeira Eliminatória deverá ser composta por 23 jogos, 46 equipas presentes, e 9 isentas.

2016/2017 Foram 56 equipas … após prolongamento do prazo e forte empenho presidencial para superar o número do ano anterior e não ter a Taça em três anos consecutivos a perder participantes.

2015/2016 Foram 45 equipas
2014/2015 Foram 54 equipas
2013/2014 Foram 58 equipas
2012/2013 Foram 58 equipas

Outras Curiosidades:

- Casa do Xadrez e Amadora “B” que deverão calhar em sorte na mesma série da III Divisão estão inscritas.

- CX Colégio Português, EX Porto e GX Porto são os clubes que mais equipas inscreveram, 4!

- Corvos do Lis inscrevem-se pela primeira vez, já há muitos anos que o distrito Leiriense não tinha duas equipas inscritas, a ultima vez remonta ao tempo dos dinossauros com a Academia de Xadrez do Bombarral e a Casa do Povo do Bombarral a participarem em simultâneo.

Fonte Federativa informou sobre o sorteio a 14-11-2017:

“O prazo para inscrever jogadores na taça só termina dia 24, pelo que antes disso não deverá ser efetuado. Não sei também se a FPX irá aceitar até essa data mais equipas.”

54 eram as equipas inscritas segundo o Chess results no final do prazo, provavelmente existiu a tentativa de aumentar o numero de participantes em relação à edição anterior. Tudo Bem, venham mais!

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Ricardo Evangelista – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Nos últimos anos por razões pessoais não tenho tido objectivos pessoais dado ter estado muito afastado do xadrez no tabuleiro. O objectivo será mesmo não esquecer de como se mexem as peças e tentar largar o menor número possível de "calhaus".

2- Pergunta Livre – Qual o melhor clube do Mundo?

Quanto à resposta acredito que já adivinharam...
CPB CPB CPB!

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Os resultados desportivos são o resultados de muitas situações e não sendo nenhum dos jogadores profissionais a vida pessoal tem muita influência no nosso desempenho e dedicação ao jogo. Infelizmente vimos um amigo de sempre e para sempre deixar-nos e com ele levar muita da nossa alegria mas resistimos e continuamos...

O espírito de grupo e de amizade servirá certamente para nos reerguermos e voltar a alcançar bons resultados para continuar a dar alegrias à alma da CPB, o Sr. João Santos :-)

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Certamente não jogaria por outro clube pois o que mais me motiva é o convívio entre amigos e não encontro isso neste momento noutro lado como na CPB.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará(m) para sempre na tua memória?

Muitos e bons momentos perdurarão para sempre na minha memória desde o triunfo desportivo na 3ª Divisão que nos permitiu ascender à 2ª Divisão Nacional ás muitas viagens realizadas com o nosso condutor dos atalhos Hélder Barros (saudades do seu humor corrosivo e da sua boa disposição constante aliada à "picardia" com o nosso capitão Rui Batalha J. Memórias que nunca esquecerei também com a pessoa com o coração mais puro que já conheci: o amigo e quase irmão António Severino Santos que sempre nos deixava com um sorriso no rosto. Outro amigo que nunca esquecerei pela sua rectidão e amizade e que também já nos deixou fisicamente mas que para sempre fica nas nossas memórias: António Mamede Diogo.

Foram muitos e bons anos que me deram o privilégio de conhecer pessoas fantásticas e que me ensinaram a ser quem sou. Obrigado!

  

 

TPC – Jogam as Brancas e ganham (Resolução)

 

Solução 1:                                                       Solução 2:
Torre h4                                                          c8 = Torre, Ta4 para defender o mate e Rb3
Após Th8 x Th4 as brancas jogam                    Após c1 = Dama as negras jogam Tc4 +
Ta3 + e Ta4 + ganhando a torre                        Obrigando a Dama a tomar e é empate por
“afogamento” ao Rei”

 

Lágrimas de Crocodilo eheh

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 

2 e 3 de Dezembro de 2017

 

Top 10 Ranking Inicial (Comparação entre I e II Torneio) até á data

 

Apesar da menor cotação do Top 10 até à data, parece-nos que vem aí um excelente torneio para os intervenientes. Nas individualidades temos um Italiano de 1900 vindo da Académica que já anda nas mesas nacionais à muito tempo, o Espanhol do Arneirense Corbacho que participou na 1ª edição e dai para cá já acrescentou cerca de 80 pontos á sua cotação (foi 10º na I Edição), José Bray uma figura carismática do distrito e um frequentador habitual do Top 10 distrital, Jorge Bastos e André Belo já por diversas vezes foram o 1º tabuleiro do Arneirense e são este ano fortíssimos candidatos ao prémio colectivo e por fim Miguel Simões simplesmente a maior esperança do xadrez distrital já com jogo superior á sua cotação, não seria propriamente muito estranho ver este jovem terminar no pódio.

Por fim quatro jogadores da CPB, Guilherme Gaboleiro (21º na I Edição), Ricardo Pais (15º) e Rui Batalha (16º) são jogadores que apesar de estarem perto do pódio no ranking inicial vem com o objectivo de ganharem ritmo para o campeonato nacional por equipas e raramente ou nunca conseguem obter resultados de destaque neste tipo de torneios, já André Pinto (7º na I Edição) costuma lutar pelo pódio.

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

André Balsinha – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Gostei de participar nos torneios do parque na Feira dos Frutos e espero poder jogar outra vez em 2018.

2- Pergunta Livre – O que achas do jogo de xadrez?

Penso que o xadrez é um jogo divertido, mas ao mesmo tempo envolve concentração, o que o torna ainda mais interessante.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Este ano vamos ganhar tudo!

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Num clube que a minha escola organizasse.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Acho piada ao Batalha a fazer de tarzan quando ganha um jogo.

   

 

TPC – Jogam as Brancas e ganham

 

 

ESTAVA TUDO A CORRER TÃO BEM ... MAS CHEGA A POLICIA !!!

 

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 186

Xadrez Anorético J

Xadrez Praia, Areia e Rochas

Xadrez Arte Madeira 9

 

 

http://www.euroteams2017.com/en/

European Team Chess Championship logo

Terminou o Europeu de Xadrez com Portugal a alcançar um 35º lugar entre 40 equipas, numa fraca prestação coletiva. Teve esta selecção a oportunidade de “calar” os críticos e ajudar a FPX, mas para isso teria de ter alcançado algo de palpável, isto é, uma prestação a surpreender pela positiva ou alguma prestação individual notável (leia-se norma por exemplo).

Não deixa de ser verdade que a simples participação faz com que os seus jogadores adquiram experiencia que mais tarde poderá vir a revelar-se frutuosa, não é menos verdade que é um incentivo para os melhores jogadores de xadrez continuarem na modalidade, mas não deixa de ser verdade que se utiliza o dinheiro de todos nós que poderia ser aplicado noutras vertentes.

Como sempre, ambos os caminhos são válidos, ambas as escolhas tem prós e contras, por isso alguém tem de decidir, e mais tarde prestar contas.

 

http://chess-results.com/tnr304480.aspx?lan=1&art=0&rd=3&turdet=YES&flag=30&wi=984

Os três favoritos terminaram no pódio, no jogo decisivo o Azerbaijão convenceu!

Falhou o caminho para a norma à 6ª ronda e a partir daí deve ter desmoralizado. Teremos de continuar à espera do nosso provável 4º GM da história.

Já é um hábito não comprometer, foi decisivo para vencermos face ao penúltimo classificado.

Único a realizar os 9 jogos, o torneio não correu de feição ao jovem MI

Tem potencial para fazer melhor, a prestação foi negativa.

Performance de 2547 e mais 25 pontos, de longe o melhor elemento da comitiva Portuguesa.

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Marco Custódio – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

O objetivo principal passará sempre pelo coletivo, na tentativa de subir de divisão.

2- Pergunta Livre – Porquê a mudança de clube e porquê a Casa do Povo do Bombarral?

Mudei de clube para entrar numa equipa mais competitiva e com objetivos superiores. A Casa do Povo do Bombarral é um namoro antigo, recordo que há uns anos atrás o Artur já me tinha falado no assunto mas na época não se proporcionou. Desta vez, após alguma insistência do André, acabei por aceitar.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Os títulos são importantes, mas mais importante ainda é a estabilidade da equipa e penso que este ano vamos ganhar títulos.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

É complicado responder a essa pergunta tendo em conta que acabei de mudar de clube. Não tenho nenhum clube em mente, essencialmente gosto de estar onde querem que eu esteja.

5- Qual a tua opinião sobre o site da CPB e o que melhorarias?

Pouco posso opinar sobre esse assunto pois não sou nenhum entendido em informática, mas aos olhos de um leigo, parece estar tudo bem estruturado.

  

 

Imagem relacionada Resultado de imagem para caldas da rainha natal 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

Jorge Cruz foi o vencedor do I Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense. O jogador de Montemor tem sido feliz na zona Oeste, venceu em 2016/2017 a III TNA no Bombarral e aproveitou para vencer o prémio João Duarte dos Santos para a melhor partida.

Como somos literalmente a favor de voltar sempre ao local onde se foi feliz, cá aguardamos na 2ª edição da prova o vencedor da 1ª Edição!

38 Foi o número de participantes na primeira edição da prova, será batido novo recorde?

 

http://www.xadrez64.com/resultados/1983/C

 

European Team Chess Championship 2017 Women Section

European Team Chess Championship logo

 

XIII Torneio de Xadrez às 4ª Feiras

Associação Peão Cavalgante/Arneirense

08 de Novembro 2017 - 20:30 horas - Semi-Rápidas

Mais um torneio da APC, desta feita com a presença habitual de 4 jogadores da CPB, teve ainda a visita de André Pinto e de Carlos Marques (ATV). Rui Batalha continua a patentear grande forma nos ritmos mais rápidos.

 

 

European Team Chess Championship logo 

http://www.euroteams2017.com/en/

 

Na ronda 6 com o resultado em 1,5-1,5 a vitória parecia bem encaminhada para Jorge Ferreira, mas uma má decisão ao lance 16 alterou uma vantagem de 2,27 para uma desvantagem de 1,80, causando a derrota à selecção nacional e comprometendo a norma de GM para o jogador luso … acontece.

E a uma jornada do final, Portugal derrotou à tangente a Albânia fugindo aos últimos lugares, defrontará agora a Macedónia na última ronda. Segue com 3-0-5 em 34º entre 40 equipas … muito longe de brilhar. Apenas David Martins a somar 24 pontos é nota de destaque.

http://chess-results.com/tnr304480.aspx?lan=1&art=0&rd=3&turdet=YES&flag=30&wi=984

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Pedro Rodrigues – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Pessoais só divertir-me. O importante é o colectivo, e aí é ganhar 4-0 todos os jogos.

2- Pergunta Livre – O que é que representa o xadrez para ti?

Actualmente em teoria representa muito pouco. Mas depois de tanta partida jogada claro que influencia como eu sou. É claro que existe a componente da concentração, do raciocínio, etc. Mas o que mais me salta à vista é que é um jogo que nos dá porrada muitas vezes e com muita força. E quem cá continua é por que tem capacidade de a aguentar.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Agora é sempre a subir, não tenho dúvidas.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Sporting! Pelo menos experimentava a verde e branca.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Os momentos valem pelo todo - os melhores e os piores são todos bons. Ainda assim, vou destacar a vitória na Taça de Leiria de 2016, que coroou a sequência impressionante que a CPB conseguiu.

   

 

Resultado de imagem para book of hansen 

 

XI Torneio Internacional da Figueira da Foz - Torneio Sabir Ali

 

http://www.chess-results.com/tnr298788.aspx?lan=10

http://www.fpx.pt/web/comunicacao/fpx-ao-vivo/provas-em-direto

José Veiga continua a sua progressão, foram mais 84 pontos que incluem uma vitória frente a um MI num torneio onde não se obtiveram normas e onde o melhor Tuga Luís Galego somou apenas 1 ponto. Curto face à dimensão do torneio e ao bom trabalho efetuado ao longo do torneio, Figueira da Foz continua em alta no xadrez agora também com um clube na primeira divisão.

 

 

European Team Chess Championship logo

http://www.euroteams2017.com/en/ (((a decorrer)))

http://chess-results.com/tnr304480.aspx?lan=1&art=0&rd=3&turdet=YES&flag=30&wi=984

Portugal está de regresso ao Campeonato Europeu, já se sabia que esta era uma prioridade da nova direcção da FPX, cuja anterior direcção descartava alegando que os custos de um Europeu eram semelhantes aos de uma Olimpíada e que a FPX tinha outras prioridades. Diferentes pontos de vista, ambos legítimos, são as diversas opções que diferenciam quem esta no poder.

A primeiro tabuleiro Jorge Ferreira tenta ser o 4º Grande Mestre da história Nacional, segue-se o GM António Fernandes o mais campionissimo de Portugal e que tão boa conta de si tem dado nas Olimpíadas, André Sousa o mais novo campeão da história é o terceiro elemento, seguindo-se o promissor Luís Silva á procura do titulo de Mestre Internacional e por fim o outra promessa nacional David Martins.

São 40 selecções, em 9 sessões, Portugal inicia na posição 34, e segue com 2-0-3 no sector feminino Portugal não se fez representar, sinal do mau momento que o xadrez feminino atravessa.

Rússia, Azerbaijão e Ucrânia são as favoritas ao pódio mas diversas selecções estarão em condições de o obter. No sector feminino entre 32 selecções as favoritas são: Rússia, Geórgia e Ucrânia

 

 

 

  Resultado de imagem para caldas da rainha simbolo  Resultado de imagem para caldas da rainha simbolo

20 e 21 Janeiro – Campeonato Individual. Absoluto - Caldas da Rainha

Data proposta pela AXL ainda não confirmada

 

 

Resultado de imagem para caldas da rainha  Resultado de imagem para caldas da rainha arneirense  Resultado de imagem para caldas da rainha  

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense – Continua a encher!

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

XI Torneio Internacional da Figueira da Foz - Torneio Sabir Ali ((( a decorrer )))

http://www.chess-results.com/tnr298788.aspx?lan=10

http://www.fpx.pt/web/comunicacao/fpx-ao-vivo/provas-em-direto

  Resultado de imagem para kevin spraggett  Resultado de imagem para Ider Borya
Salvador Del Rio – Luís Galego – Kevin Spraggett – Jakubowski Krzysztof – Ider Borya

 

 

Zé Bomba – Episódio 76

Eu, Zé Mourinho Bomba!

Caros Amigos,

Hoje o magnifico Zé Mourinho Bomba (eu!), para além de aproveitar a ocasião para apresentar o plantel para a época 2017/2018, vou fazer uma demonstração tática de como ganhar o campeonato, bastará à CPB não apresentar lesionados. Encomendem as faixas de campeão se faz favor!

 

PL

   

EE                        MC                       MAC                       ED

MD

    

DE                       DC                     DC                         DD

GR

 

PL - João Santos
Acabadinho de colocar um novo pacemaker, o nosso secionista está agora em condições de se bater de igual para igual com Usain Bolt … pelo que não precisa de companhia no ataque…

EE - Pedro Rodrigues
A sua principal característica é o puder de fuga, especialmente no que concerne ás convocatórias…

MC - Ricardo Evangelista
È o Craque da equipa, depois de gorada a transferência para o Manchester que motivou a sua ausência para não se lesionar, cheira-me a que reaparecerá a jogar mais breve do que se julga…

MAC - Guilherme Gaboleiro
O Criativo da equipa, ora brilha ao vencer em poucos lances, ora não dá uma para a caixa, ora espeta um brilhante barrete ora faz épocas em branco …

ED - André Pinto
É o Quaresma cá do sítio, parte os rins aos adversários, senta-os no chão, e festeja a vitória muitas vezes antes do tempo … falta melhorar a finalização.

MD – Ricardo Pais
O trinco da equipa fez uma época soberba, já se fala no Real de Madrid!

DE - Paulo Constantino
É um jogador com uma visão muito á frente para o seu tempo, mal inicia o jogo já prespectiva a jogada ao minuto 80, o problema e que raramente lá chega, os adversários costumam entrar a matar …. Por isso a necessidade de contratar um Guarda-redes!

DC - Rui Batalha
Ao estilo Jorge Costa, ou passa a bola ou o jogador! O Capitão neste caso não gosta de deixar passar nada, nem o que é grátis, nem que sejam os peões envenenados, marcha tudo e luta nem que seja rei contra 8 damas. Digno representante da raça CPB!

DC - Artur Bernardes
Muito certinho raramente falha, acaba por picar quase sempre o ponto, o problema é que foge das convocatórias como o Diabo foge da Cruz

DD - André Balsinha
Apareceu a jogar este verão, ainda está muito verde, útil para o Gambito Bomba.

GR – Marco Custódio
Reforço acabado de chegar, era o que faltava á equipa, com tanta gente a meter água impunha-se um elemento para levar com as culpas pelas derrotas, estamos fartos de sermos sempre os mesmos!

Como podem verificar a Tática 4x5x1 não permitirá aos adversários sequer respirarem. É muito versátil, não apresenta pontos fracos e com a desculpa de que não sabíamos que vínhamos jogar xadrez, apresentaremos sempre 11 contra 4 para o caso de existirem duvidas sobre a nossa superioridade.

 

A propósito, anda por aí um burlão que tenta brilhar à conta do meu nome, mas os respectivos leitores saberão diferenciar o trigo do joio, o Real One sou eu!

Até para o mês que vem!

 

 

Esta 4ª Feira – Mourinho em exclusivo no site da CPB!!!

Se já era um grande “furo” ter Mourinho aqui no nosso modesto site da CPB, ter Mourinho a falar também de xadrez seria um mimo! É aguardar!!! (01-11-2017)

Resultado de imagem para taticas Resultado de imagem para taticas

 

40ª Taça de Portugal 2017/2018

Adivinhem quem vai estar presente?

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10

Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez  Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez  Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez

Inscrição da Equipa: - Até às 24:00 do dia 13 de Novembro de 2017: 15,00€ por equipa

Duas Eliminatórias antes do Nacional da 3ª Divisão!!!

Quarenta edições da Taça de Portugal e aqui está mais uma vez a equipa da Casa do Povo do Bombarral presente. Uma competição que sai cara, em que normalmente disputa apenas um ou dois jogos, dependendo do sorteio, do facto das equipas adversárias comparecerem ou não etc, já por tês vezes a CPB não jogou por falta de comparência dos adversários, o que é muito mau para os objectivos que a CPB tem na prova que são o de preparar a equipa e dar-lhe o ritmo competitivo necessário para a disputa do campeonato nacional da 3ª Divisão.

Se o sorteio for simpático, desta vez poderemos ir jogar fora os 1/32 já que não deverá ser particularmente longe em termos de deslocação e no caso de passagem à eliminatória seguinte já com as equipas divididas em zonas geograficamente maiores jogaríamos em casa.

Os 1/64 não se realizam, a data precavê apenas um anormal número de inscrições.

Depois de uma divergência inicial entre as datas do regulamento e as da página da FPX, verificam-se duas eliminatórias antes de se iniciar o campeonato, o que para a CPB são óptimas noticias!

Enquanto não remodela a prova a FPX está de parabéns por colocar a primeira eliminatória ainda em 2017, o que vem de encontro aos objectivos da CPB com vista á preparação da equipa, e não deixa de ser bonito o inicio de competição para a maior parte dos clubes na época 2017/2018 ser feito através da participação na Taça de Portugal e em 2017, o que é mais um chamariz para a participação na prova.

Veremos se mais uma vez seremos os únicos representantes distritais, venham daí!!!

 Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez

 

 

Quinta Entrevista, hoje com o seccionista João Duarte dos Santos, figura incontornável da Vila do Bombarral, do distrito e do xadrez nacional que dispensa apresentações.

 Resultado de imagem para entrevistas 

João Santos – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Individual não tenho nenhum. Mas queremos fazer o melhor possível, pelo menos mantermo-nos.

2- Pergunta Livre – ?

Bem insistimos mas o Sr. João não se lembrava de nada que quisesse que lhe fosse perguntado, mas sempre deixou umas palavras sábias.
“… Gostaria que houvesse sempre um clima de amizade na equipa … “.
Estas palavras segundo a interpretação dos entrevistadores não visaram dar qualquer recado ao contrário do que possa transparecer das palavras, até porque não existe outro clima que não o da amizade, referia-se sim ao sentido de que valoriza mais verificar o convívio, o espírito de união, a alegria conjunta, do que qualquer resultado desportivo individual ou colectivo que dai possa advir… resumindo gosta do mesmo que nós, não há resultado que se compare a uma boa jantarada em grupo!

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Pior não me parece muito possível.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube se veria a jogar na época 2018/2019?

Não jogava.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na sua memória?

A vitória no campeonato nacional da 3ª Divisão foi o momento de maior destaque, mas existiram diversos momentos interessantes ao longo dos anos desde 1978!

E assim foi esta curta entrevista, o estado ainda algo debilitado do nosso grande líder ainda esta visível, mas a recuperar a cada dia que passa. Andamos a recolher dados e a entrevistar o Sr. João ao longo dos anos para que possamos aqui apresentar uma entrevista ao jeito da rubrica “ 10 Perguntas”. Já poderia estar pronta há algum tempo, mas a verdade é que cada momento de conversa trás sempre mais um pouco de história à tona, por isso continua em “fase de recolha”.

   

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 185

Xadrez Cerveja 2

Xadrez de Viagem 2

Xadrez Japonês (?) 5

 

 

Torneio 4ª Feiras - APCavalgante/Arneirense

http://www.chess-results.com/tnr309841.aspx?lan=10

Realizou-se na passada 4ª Feira mais um torneio do APC Arneirense, desta feita com a presença de 8 jogadores, com 50% de presenças da CPB e ainda com a visita de André Pinto. Todos contra todos ao ritmo de 5+5s deu para iniciar a época!

Rui Batalha foi o grande destaque da prova, infelizmente não pode participar na última ronda frente ao último classificado que ainda não tinha pontuado, a vitória mais do que provável na partida dar-lhe-ia a vitória no torneio.

 

 

 

 

Grandes Torneios Anunciados com conflitos de datas

https://tatasteelchess.com/

 

De 12 a 28 de Janeiro de 2018

http://www.gibchess.com/

 

Quarta entrevista, hoje com Ricardo Pais, o vice capitão da CPB.

 Resultado de imagem para entrevistas 

Ricardo Pais – Jogador da CBP

   

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Apenas os objetivos coletivos, recuperar a Taça AXL, e subir à 2ª Divisão nacional.

2- Pergunta Livre – O que levarás desta modalidade quando a deixares?

A gratidão por ter conhecido este jogo mágico, excelentes momentos coletivos e sem desprestigio para os demais (muitos mais!) duas pessoas que abraçaram este projecto e que permanecerão certamente no pós xadrez: João Santos e Paulo Constantino.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Espero que tenha sido o fundo, já outros lá bateram e morreram, ainda respiramos!

Já conquistámos 14 troféus distritais em 15 possíveis, temos dois troféus nacionais que mais nenhum clube do distrito conquistou, e uma vontade enorme que advém da raça CPB!

Temos ainda um troféu invisível na galeria mas que vale muito, http://cpbombarral.comuv.com/

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Resido em Lisboa poderia certamente optar por praticamente qualquer um, acredito que mais um jogador seria sempre bem-vindo, mas não tenho motivação para tal.

Por outro lado sou Caldense de coração, aí localizam-se dois clubes interessantes. Mas o clube da Associação Tabuleiro de Cores não está vocacionado para a competição coletiva, e o Arneirense do Grande Cavadas já tem jogadores suficientes, mais os que irão certamente um dia da CPB para lá.

Formar um novo clube é algo para o qual não me sentirei motivado nos anos mais próximos.

Gostaria de jogar uma época no ATV, em jeito de gratidão pelo clube, nomeadamente pelo seu secionista, Carlos Marques. Jamais me esquecerei de pormenores em que disse presente de forma desinteressada. Se tal não vier a acontecer fica desde já aqui o meu agradecimento público.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

A conquista do título de campeão nacional da 3ª divisão foi épica, todo o ambiente, o facto de não sermos favoritos nem lá perto, ás peripécias que nos aconteceram, da noite anterior á final … irrepetível!

Ganhar 6 Taças AXL consecutivas também é algo que demorará pelo menos mais 5 anos a igualar, e a primeira é sempre a primeira … aquela que foi a primeira ganha por clubes, na Marinha Grande, e com a azia indisfarçável de quem nos entregou o troféu, é algo que jamais esquecerei … soube tão bem!!!

E por fim mas não menos importante, os Torneios João Duarte dos Santos … para fazer tínhamos de fazer realmente algo único e diferente, inesquecíveis!

Um dia independentemente do modo como acabar, direi certamente que valeu a pena. Ninguém pode alcançar mais, chegar ao fim e dizer que valeu a pena e que voltaria a fazer o mesmo é o máximo a que se pode almejar.

  

 

Anna Muzychuk Campeã Europeia de Rápidas:

 

http://www.europechess.org/anna-muzychuk-wins-european-acp-womens-rapid-championship-2017/

 

 

 

 Sexy Chess 185

 

 

 

 

Taça Nacional das Associações 2017-2018

http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/campeoes/taca-nacional-associacoes

  

Uma semana após o término da IV edição da prova aqui fica o balanço:

Depois da edição nº III onde a presença de apenas 5 equipas fez com que existisse uma pré eliminatória para se ter acesso ás meias finais, onde colocou frente a frente as duas mais cotadas equipas do torneio, obrigando a equipa de Famalicão a uma longa deslocação à Foz do Arelho com guia de marcha muito cedo, foi o rebentar (o rastilho já estava aceso há muito!) do sistema em que se disputava a prova. Talvez este tenha sido mesmo o motivo para a não presença da equipa nesta edição da prova. A FPX “acordou” e estreou o sistema suíço de 3 sessões nesta edição da prova para evitar a “catástrofe” da edição anterior, e com isso conseguiu a presença pela primeira vez de dois distritos, Faro e Setúbal … nada mau para começar, no entanto é bom não descansar á sombra destes resultados, convém sobretudo auscultar as equipas presentes e perguntar-lhes como correu e como melhorariam a prova, elementarl!

Continuamos a achar que a ideia do sistema inicial seria o mais adequado à prova, 8 equipas presentes, sistema eliminatório a começar nos quartos de final, 3 sessões, apuramento de todos os lugares da classificação (o que garante a quem participa na prova o mínimo de 3 jogos quer seja ou não arredada na primeira eliminatória da luta pelo pódio).

Mas para isso é preciso “legislação” que garanta a presença de 8 equipas, não será certamente fácil, mas é perfeitamente possível. Criando um primeiro prazo de inscrição para os vencedores das Taças Distritais (vices ou outros que substituam o vencedor), não preenchidas as 8 vagas teria de ser criado um segundo prazo para as completar com algumas regras, ficam aqui apenas uns exemplos: a) Vencedor da edição anterior b) Melhor classificado da Taça Distrital do distrito do vencedor anterior da TNA que não tenha acesso à prova (na pratica o distrito vencedor teria o direito a colocar 2 equipas, já que uma super equipa num distrito poderá impedir a presença de outras boas equipas, como por exemplo na AX Porto) c) Distritos sem Taça Distrital mas com equipas interessadas em jogar a prova. (Distritos só com 1 equipa, Distritos “não organizados” tipo Santarém etc etc)

- Já não existem equipas totalistas no que concerne ao número de participações

- Apenas 7 equipas conquistaram um dos 3 troféus nacionais em disputa

GGDias Ferreira           2-0-0
CX Montemor               1-1-1
AX Portugal                  0-2-0
Sporting CP                  1-0-0
AEJ S João da Madeira 0-0-2
CX A2D                        0-1-0
CP Bombarral               0-0-1

- GDDias Ferreira é a única equipa com 2 títulos de Campeão, sempre que esteve presente ganhou.

- CX Montemor é a equipa com mais troféus (3), sempre que participou conquistou um troféu.

CPB com lugar eterno na história!

  

 Resultado de imagem para trofeu nacional 

 

Terceira Entrevista, hoje com André Pinto, o habitual tabuleiro nº 1 da CPB nos últimos anos.

 Resultado de imagem para entrevistas 

André Pinto – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

A nível pessoal pretendo que nesta época consiga voltar a estar focado no xadrez. Após uma fase mais atribulada, espero conseguir voltar a melhorar o meu nível de xadrez, jogar mais torneios e com mais qualidade e atingir os 2100 no meu rating FIDE.

2- Pergunta Livre – Quais os objectivos a nível colectivo?

A nível colectivo gostaria que a equipa da CPB voltasse ao topo, subindo novamente para a 2ª Divisão Nacional, através da conquista do título nacional da 3ª divisão. Em termos distritais, gostava que alcançássemos o triplete.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Simplesmente penso que foi uma época bastante atípica para a CPB. Internamente sabemos que o que se passou esteve directamente relacionado com situações familiares e profissionais que interferiram negativamente nos nossos jogadores e nos tiraram bastante o foco xadrezístico. Uma outra situação, foi sem dúvida a perda do grande António Severino! Penso que não soubemos lidar com a situação e não escalonámos corretamente a equipa.
Basicamente andámos bastante perdidos na última época, acho que este ano será muito melhor!

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

O Xeque-Mate São Martinho do Porto! Clube do meu coração, que ajudei a criar e que está inactivo há cerca de 2 anos. Via com muito bons olhos um renascimento deste clube, motivado pelo meu regresso e de outros jogadores, que estiveram, também, na sua génese.
A equipa de Leiria dos Corvos do Lis! Não só pelo interessante projecto que têm vindo a desenvolver, mas também pelo carinho que tenho pela equipa e pelos seus mentores. Vejo o crescimento desta equipa como via o do Xeque-Mate São Martinho do Porto, não só em termos de sustentabilidade como de qualidade. Outro factor que me levaria a jogar pelos Corvos, era ter como companhia o amigo Daniel Bray, com quem já travei duras batalhas mas com quem nunca joguei lado a lado de forma a promover o xadrez do distrito.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Fim-de-semana em Matosinhos que culminou com a conquista da 3ª Divisão Nacional.

  

 

not-super-taca-17-18 

“Equipa Maravilha” volta a brilhar!!!

Mesmo sem o seu melhor 4 a equipa Famalicense voltou a fazer das suas com Luís Silva a demonstrar mais uma vez que se pode bater de igual para igual com qualquer jogador, inclusive com o jogador nacional do momento, Ivo Dias vai-se aproximando dos jogadores de topo da sua equipa, Luís Romano demonstrou claramente para onde caminha o xadrez nacional com uma geração que parece estar claramente a ser substituída (Miniatura de 19 lances!!!).

 

XIX Torneio Internacional da Cela - 22 Outubro 2017

http://www.chess-results.com/tnr293683.aspx?lan=10

  

Marco Custódio foi o representante da CPB neste clássico de semi rápidas que contou com a presença de 67 jogadores. O jogador da CPB partiu como nº 27 e terminou em 30º com 4-0-4 a subir 4 pontos de cotação.

 

Campeonato Nacional de Jovens Sub-12-Semi-Rápidas 2017/2018

Nos campeonatos nacionais jovens o distrito destacou-se nos sub 12

 

 

 

 

 

 

Segunda entrevista, hoje com Artur Bernardes, o segundo jogador à mais tempo no clube de forma ininterrupta.

 Resultado de imagem para entrevistas 

Artur Bernardes – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

De momento não tenho objectivos pessoais em relação ao xadrez, se for necessário ajudarei como sempre a equipa no 4º tabuleiro.

2- Pergunta Livre – Como esperas que a época da CPB vá correr?

Se o plantel estiver estável, com os melhores jogadores disponíveis, acho que podemos voltar a ganhar os títulos anteriores e principalmente atingir a subida de divisão.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Não acho que a época passada represente a qualidade da nossa equipa, tanto dos jogadores que jogaram, como dos outros que não jogaram e que têm elos altos. Não sei como vai correr a época mas penso que a anterior não se vai repetir.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Não tenho resposta porque para mim não tenho objectivos pessoais, para mim a CPB é amizade.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Tenho muita dificuldade em falar deste assunto, fico logo altamente sensibilizado.

O facto de ter sido recebido de braços abertos pelo Sr. João Santos, quando o xadrez nas Caldas acabou é algo que me marcou para a vida.

O facto de ter entrado num clube em que todas as semanas nos juntávamos, e com grande nível, António Severino, Ricardo Evangelista, Rui Batalha, Hélder Barros, Sérgio Evangelista e de vez em quando Diogo Mamede.
Sempre que vejo um tabuleiro de xadrez lembro-me do António Severino...

  

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 184

Xadrez Gigante de Rua 8

s

Peças Madeira 8i

Tabuleiro Com Relógios Incorporados

 

 

Equipa e Jogadores CPB já se encontram Federados

   Resultado de imagem para simbolo do ok

 

Taça Nacional das Associações 2017-2018

http://www.chess-results.com/tnr297552.aspx?lan=10&art=2&turdet=YES&flag=30&wi=984

GD Dias Ferreira obtêm 2ª Vitória Consecutiva

 (Estreia do Sistema Suíço)

not-tacanacionalassociacoes-1617 

Incontestável a vitória da equipa do Dias Ferreira que totalizou um 11-1 ao longo da prova, com o MI e campeão nacional em titulo André Sousa, a liderar. A Academia de Xadrez de Portugal foi a principal beneficiada com o novo sistema atingindo um 2º lugar, pelo anterior sistema teria ficado em 4º, sendo eliminada dos grandes palcos logo na ronda 1, e fugiu assim ao embate frente ao GDD Ferreira.

Também nada contente terá ficado a equipa de Montemor, um terceiro lugar em vez de um 2º e a equipa do Montijo que teria obtido o pódio.

Ora este sistema por muito imperfeito que o seja (e é), sobretudo se tivermos equipas impares, pelo menos atenua o factor sorte do sorteio inicial que é decisivo para algumas equipas que sonham com o pódio e podem ser emparceiradas logo com o “cabeça de série”, para além deste facto uma equipa deslocar-se para fazer n quilómetros e apenas poder vir a disputar um jogo era por demais ridículo.

Á FPX saúda-se a mudança, tantas vezes inimiga de uma letargia própria de quem não quer arriscar para mudar, neste caso parece-nos que para melhor!

Importa sobretudo tentar, e foi isso que a FPX fez, é verdade que com 7 equipas no sistema antigo teríamos tido o mesmo número de jogos, e há quem diga que se perdeu a emoção dos jogos decisivos, é verdade! Mas teria a equipa de Faro ou do Montijo participado no sistema antigo? O anterior sistema permanece válido e é melhor do que este, mas apenas com garantia da presença de 8 equipas e com o apuramento de todos os lugares.

Um dia ainda existirá coragem para mudar o formato da Taça de Portugal, trazendo mais equipas para a competição com menos custos para os clubes.

Já que pelos vistos somos escutados algumas vezes não deixaremos de nos pronunciar sobre o modelo da Taça, a seu tempo.

 Resultado de imagem para fotos andre sousa xadrez 

 

Recorde Distrital mantêm-se na CPB (3º lugar)

A equipa representante do Distrito, os Corvos do Lis não foi além de um 6º lugar entre 7 equipas na sua época de estreia. O facto de não apresentarem o seu melhor “4” terá certamente contribuído, mas a experiência trará certamente “lucros” futuros. Dois jogos e duas derrotas, mais uma vitória por emparceiramento foi o resultado final.

 

Ronda 1 – AXP de eliminada ao taticamente correto!

 

A surpresa aconteceu no jogo em que opôs a Academia de Xadrez de Portugal com 4 Mestres Nacionais e a estreante equipa do Ateneu do Montijo. No 4º Tabuleiro os Mestres fizeram o 1-0 numa miniatura de 18 lances, no 3º Tabuleiro o Mestre optou por propor empate ao 14º lance já que a equipa vencia por 1-0, e assim foi o 1,5-0,5 … Carlos Carneiro tinha peça a mais e tudo parecia decidido, mas teve de contentar-se com mate no meio do tabuleiro, era o 1,5-1,5 e agora o primeiro tabuleiro da Academia teria de vencer um final de torres … terminou empatado e a Academia de Xadrez de Portugal seria eliminada pelo sistema antigo!

Mas pelo novo sistema foi um gambito que serviu na perfeição, terminando a prova com 2-1-0 e furtando-se ao embate com o Dias Ferreira, tática ou acaso?

Diríamos que foi um acaso perfeito!

 

Iniciamos hoje uma ronda de entrevistas standard para todos os jogadores da CPB, e nada como começar com o nosso Capitão Rui Batalha.

 Resultado de imagem para entrevistas 

Rui Batalha – Jogador da CBP

   

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Desfrutar do jogo, da amizade do pessoal

2- Pergunta Livre – Qual o objectivo da carreira?

Equipa a jogar na 1ª divisão, jogar pelo menos até aos 113 anos, ai teria 100 anos de actividade xadrezista.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Entendo que quando se ganha não somos os melhores do mundo e quando se perde também não somos os piores do mundo... também quando não se pode jogar por vários motivos... lembro que todos nós temos a nossa vida profissional, familiar... é perfeitamente humano que nem sempre haja disponibilidade.

Já subi até à 2ª divisão e a bater à porta da 1ª divisão, já desci ao distrital.

Sou o mesmo, um jogo de cada vez, no fim se fazem as contas.

Importante é mesmo a grande vitória: Jogar Xadrez!

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Jogaria como individual

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Muitos, mesmos muitos....mas do 1º titulo Nacional INATEL, com 3 jogadores (Diogo, Hélder e Eu), o 4º era o Ulisses que adoeceu....depois de vários anos à procura do titulo... Eis que do nada surgiu o titulo, julgo que por muitos e bons anos que cá ande nunca irei esquecer...

A partida dos colegas de equipa... golpe que ainda não sou capaz de digerir...SAUDADES, MUITAS!!!

  

 

 

 

 Sexy Chess 184

 

 

 

Campeonato Nacional III Divisão 2017-2018

 

36 Clubes já conquistaram o direito desportivo – 14 clubes poderão chegar via campeonatos distritais (Mas como sabemos muitos distritos não tem campeonato distrital) – Daqui sairão as 48 equipas que irão compor as 6 séries de 8 equipas cada – Na falta de 48 clubes, existirão algumas repescagens.

A Laranja os clubes que dificilmente estarão no mesmo grupo da CPB, a amarelo os clubes prováveis (3 por apurar dos cinco possíveis) e por fim a verde aqueles que só muito dificilmente não estarão na mesma série da CPB.

A Série D já se sabe que costuma ser muito forte, nada comparável com a série C, e este ano não existe excepção. Sem desprestigio para as demais, Casa do Xadrez vinda da 2ª Divisão e Amadora “B” serão fortes candidatas á subida de divisão, onde se incluirá a CPB, GC Odivelas é sempre um outsider com possibilidades e de Lisboa poderão vir mais candidatos … difícil, muito difícil!

 

Taça Nacional das Associações 2017-2018

http://www.chess-results.com/tnr297552.aspx?lan=10&art=2&turdet=YES&flag=30&wi=984

not-tacanacionalassociacoes-1617 

Recorde de participantes – Já não existem totalistas

A Taça Nacional das Associações realiza-se de 14 a 15 de Outubro de 2017 na cidade de Almeirim, será disputada na Biblioteca Municipal nos dois dias da competição.

A FPX quase que conseguia o pleno de 8 equipas sem “mexer uma palha”, faltando apenas e estranhamente a inscrição da equipa do Didáxis de Famalicão da AX de Braga.

Talvez ainda na memória a ridícula pré eliminatória ocorrida o ano passado, onde teve que fazer uma deslocação á Foz do Arelho para ser eliminada pelos atuais detentores do troféu (GDD Ferreira).

Ora a equipa de Famalicão e a Casa do Povo do Bombarral seriam as únicas equipas com possibilidade de estarem presentes por 4 vezes em outras tantas vezes em que se disputou a prova. Com ambas ausentes, continuam ambas no topo no que concerne ás presenças … foi por pouco!

O recorde de participações advém da participação pela primeira vez dos distritos de Setúbal e de Faro/Algarve

Aguardemos então pela classificação da equipa do Distrito de Leiria, os Corvos do Lis, que em época de estreia na competição tem a possibilidade de obterem o seu primeiro troféu sénior coletivo … o recorde distrital é pertença da CPB com um 3º lugar na época passada.

Para já começam bem, em 7 equipas houve apenas lugar a uma isenção e … na much!

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Vamos iniciar na próxima 2ª feira uma série de entrevistas a todos os jogadores da CPB, que publicaremos ao ritmo de duas por semana. Entrevistas simples com apenas cinco perguntas iguais para todos, que servirá para dar voz a todos nós, recordar alguns momentos e começar a animar a época que aí vem que não se afigura nada fácil. Até 2ª!

 

not-super-taca-17-18

O vencedor do Campeonato Nacional por Equipas da 1ª Divisão (Academia de Xadrez de Gaia) e o vencedor da Taça de Portugal por Equipas (CX A2D) medem forças pelo primeiro título colectivo da época.

 

http://euroclubcup2017.tsf.org.tr/

 

 

 

 

Inicio da Época 2017-2018

A Casa do Povo do Bombarral deverá começar a preparar a nova época com a presença de alguns elementos nas duas provas que se seguem, com ênfase no 2º Torneio Internacional de Caldas da Rainha onde tentará o “Bi” na classificação colectiva.

 

Open Internacional Marquês Pombal - 2017

http://www.chess-results.com/tnr283618.aspx?lan=10

Horário

Ronda

Data

Hora

1

2017/10/27

20:45

2

2017/10/28

10:30

3

2017/10/28

15:45

4

2017/10/29

10:30

5

2017/10/29

15:45

 

II Torneio Internacional de Xadrez Caldas da Rainha

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10&art=14&turdet=YES&wi=984

Horário

Ronda

Data

Hora

1

2017/12/02

10:15

2

2017/12/02

14:15

3

2017/12/02

17:30

4

2017/12/03

10:15

5

2017/12/03

14:15

 

Carlsen ganha 2017 Chess.com Isle Of Man International

http://iominternationalchess.com/

http://chess-results.com/tnr303618.aspx

 

Aqui vamos nós a caminhos dos 200!!!

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 183

Mala de Xadrez Napoleónico

Tabuleiro “ Arte Azulejo Rural”

Tabuleiro Gigante de Xadrez de Rua 7

 

 

 Sexy Chess 183

 

 

 

 

Taça do Mundo 2017 - FIDE

http://tbilisi2017.fide.com/

Vitória para Aronian

 Resultado de imagem para Aronian, Levon 34 anos
Levon Aronian – 34 Anos – Arménia (2º - 2801)

Top 25 Mundial

 

Campeonato Nacional Individual Absoluto - Fase Final 2016/2017

http://www.chess-results.com/tnr295586.aspx?lan=10&art=1&turdet=YES&flag=30&wi=984

André Sousa “O Campeão mais jovem de sempre”

not-andre-campeao-ind-1617

Luís Galego participou apenas nas primeiras 3 rondas onde obteve um 0-2-1

 

Taça Nacional das Associações 2016-2017

http://www.chess-results.com/tnr297552.aspx?lan=10

Mais do mesmo … definitivamente a FPX não gosta da prova!

Depois de ter sido colocada novamente no calendário nacional a pedido de vários clubes, a TNA continua a ser o parente pobre da competição nacional por equipas, não existindo qualquer mudança regulamentar com vista ao melhoramento da mesma.

Nos últimos anos temos tido 5 participações, com uma pré eliminatória ridícula entre duas equipas com vista a apurar as equipas que estariam presentes nas Meias-finais.

Esta injustiça fez por exemplo com que no ano passado a equipa do Didaxis e do Dias Ferreira, as duas principais candidatas à vitória no troféu tivessem que disputar entre si este acesso, mas mais grave, a equipa do distrito de Braga deslocou-se para jogar apenas um jogo tendo sido “recambiada” para casa.

Até mesmo o injusto sistema Suíço de 3 sessões seria menos injusto do que este sistema. Outras medidas já deveriam ter sido tomadas como temos referido ao longo dos anos para que se encontre o número de participantes indicado para esta prova, ou seja, oito. Desde o convite direto (sem precisar de apuramento) ao campeão do ano anterior, podendo esse distrito apresentar duas equipas, ao convite a equipas cujos distritos tem apenas 1 equipa.

Este ano por pura sorte e sem qualquer mérito organizativo, a FPX parece poder vir a contar com 6 equipas, fruto da presença pela primeira vez de um clube da Associação de Xadrez de Setúbal.

Já se sabia que o foco desta direcção seriam as individualidades e não os clubes, parabéns pelo facto da Selecção de todos nós ir participar no europeu … justíssimo apesar do custo, mas quanto custaria melhorar esta prova? Se calhar nada.

O Site piorou, ficou rapidamente acomodada, nota negativa em nosso entender.

not-tacanacionalassociacoes-1617

Regulamento: http://www.fpx.pt/web/files/provas/REG-TacaNacionalAssociacoes2016-2017.pdf

A Taça Nacional das Associações realiza-se de 14 a 15 de Outubro de 2017 na cidade de Almeirim, será disputada na Biblioteca Municipal nos dois dias da competição.

 

Candidatos a Maridos do Ano

 

 

 

Convocatória – Europeu Grécia (27 Outubro a 7 de Novembro)

Resultado de imagem para portugal Resultado de imagem para xadrez

André Sousa (2386 - MI)
António Fernandes (2457 - GM)
David Martins (2384 - MI)
Jorge Ferreira (2499 - MI)
Luís Silva (2366 - MF)

 

 

 

Frase da semana é de brasileiro que chegou a Portugal a falar espanhol

 

Taça do Mundo 2017 - FIDE

http://tbilisi2017.fide.com/

Temos Finalistas!!!

Meias-finais

Resultado de imagem para Aronian, Levon 34 anos Resultado de imagem para Vachier-Lagrave, Maxime  Resultado de imagem para Ding Liren xadrez
Levon Aronian – 34 Anos – Arménia (2º - 2803)
Maxime Lagrave – 26 Anos – França (3º - 2794)
Wesley, So – 23 Anos – USA (7º - 2788)
Liren Ding – 24 Anos – China – (11º - 2770)

Quartos de Final

 

Oitavos de Final

  

 

Campeonato Nacional Individual Absoluto - Fase Final 2016/2017

http://www.chess-results.com/tnr295586.aspx?lan=10&art=1&turdet=YES&flag=30&wi=984

André Sousa com 6-0-0 está a dar Show!!!

 

Campeonato Distrital de Rápidas e Semi - Leiria 2017

http://www.chess-results.com/tnr302728.aspx?lan=10&art=1&wi=821

http://www.chess-results.com/tnr301880.aspx?lan=10&art=1&wi=821

A jovem promessa Miguel Simões dos Corvos do Lis é cada vez mais uma certeza, desta vez sagrou-se campeão distrital nas modalidades de semi rápidas e rápidas.

not-ana-baptista-feminino1617

Ana Batista venceu facilmente o titulo de campeã nacional de rápidas e semi rápidas, impondo o seu favoritismo e nas clássicas completou o triplete! Parabéns Ana!

 

 

 

CAMPEONATO NACIONAL POR EQUIPAS

  

http://www.fpx.pt/web/files/provas/RegCNE2017-2018.pdf

Inscrição da Equipa: 60,00€

1ª Jornada: 13 de Janeiro de 2018 (Local)
2ª Jornada: 24 de Fevereiro de 2018 (Local)
3ª Jornada: 17 de Março de 2018 (Local)
4ª Jornada: 7 de Abril de 2018 (Local)
5ª Jornada: 18 de Maio de 2018 (Concentrado)
6ª Jornada: 18 de Maio de 2018 (Concentrado)
7ª Jornada: 19 de Maio de 2018 (Concentrado)
Eliminatórias: 03 de Junho de 2018 (Local)
Fase Final: 21 a 22 de Julho de 2018 (Concentrado)

Já estão escolhidas as datas para mais um campeonato nacional das 2ªs e 3ªs divisões, e a situação piorou em relação á época transacta. Se é verdade que em 2017 existiram algumas melhorias face a 2016, as duas mais emblemáticas teram sido o começo da competição em Dezembro e o acabar de dois concentrados com 4 rondas, para um concentrado com ronda tripla, agora para 2018 temos algum retrocesso ao invés do aprimorar do calendário.

Continuamos sem perceber o porquê da FPX não promover uma auscultação aos clubes.

Na época 2017/2018, ou deveríamos apenas chamar-lhe época 2018?!, a competição volta a iniciar-se apenas em Janeiro, a nosso ver uma má decisão que fazia jus ao chamar-lhe época 2017/2018 e colocaria em competição mais um mês dezenas de equipas, retirando uma sessão ao horrível e cansativa mês de Maio.

Quanto aos concentrados … 3 sessões num fim-de-semana são uma péssima opção conforme relatamos o ano passado onde existiram equipas que até ponderaram dar falta de comparência (Ex: Academia do Lumiar). Se já é doloroso para quem tiver a sorte de a jogar “em casa”, ou seja, com um sorteio perto/pouco distante, para quem vem de mais longe acabar um jogo por volta da meia noite e ter de regressar no outro dia é simplesmente uma falta de consideração para com as equipas obrigando-as ao desgaste da viagem, obrigam a equipa a custos de alimentação e ocupam a 100% um fim de semana obrigatório para a modalidade.

Continuamos a achar que o sistema de 3 jogos em casa e de 3 jogos fora com um concentrado na ronda final seria o ideal.

Para 3 jornadas concentradas agradecíamos que pensassem mais nas equipas e menos na logística, dois fins de semana não trariam mais custos de transporte, implicariam as mesmas 2 deslocações, e sem o desgaste e imposição de dedicar obrigatoriamente um fim de semana á modalidade… mas claro, a logística continuará a prevalecer para a FPX.

 

Taça do Mundo 2017 - FIDE

http://tbilisi2017.fide.com/

 

Ronda 2: Kovalyov (2649) elimina Anand, foi a grande surpresa da ronda, onde vários favoritos também claudicaram.
Ronda 3: Bu Xiangzhi (2714) elimina o campeão do mundo Carlsen Magnus (2827) por 1,5-0,5,
Ivanchuk (2727) elimina Kramnik (2803) por 1,5-0,5 ,

Nakamura também cedeu por 0,5-1,5, Caruana eliminado nas semi rápidas e Aronian salva-se nas rápidas. Kovalyov que tinha perdido o primeiro jogo não comparece ao segundo pelos motivos que se seguem:

 

Incidente com indumentária na Taça do Mundo:

Kovalyov abandona

Versão de Kovalyov: https://www.facebook.com/anton.kovalyov.1/posts/10210147282103699

Ronda 4: Daniil Dubov (2666 – Rússia) é o concorrente com menos cotação nos oitavos de final

 

Luís Galego conquista Circuito Nacional de Clássicas

not-galego1617-circ1617

Classificação final:
1.º GM Luís Galego (Assembleia Figueirense), 510 pontos;
2.º GM Vladimir Pekov (AX Gaia), 450;
3.º MI André Ventura Sousa (GD Dias Ferreira), 370;
4.º MF José Padeiro (O Amanhã da Criança), 365;
5.º Bruno Martins (Ateneu Popular do Montijo), 265;
6.º Ivo Dias (CX A2D), 265;
7.º GM Kevin Spragget (Assembleia Figueirense), 255;
8.º Jorge Cruz (CX Montemor-o-Velho), 220;
9.º Hugo Ferreira (GD Ferroviários), 220;
10.º Ricardo Santos Clube dos Galitos-Groupel), 210.

 

 

Assim foi o mês de Agosto …

 

  

 

I Torneio Aberto Xadrez "Feira dos Frutos 2017"

http://www.chess-results.com/tnr296198.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&flag=30&wi=984

 

No primeiro Torneio a CPB apresentou-se com Konsta (2-0-4), André (0-1-5), Batalha (4-0-2) e Ricardo (4-1-1) entre 22 jogadores presentes, com RP a atingir o pódio final.

Destaque ainda para o novo penteado de Carlos Marques!

 

CPB na Grande Regata da Frutos 2017

Na Grande Regata a CPB esteve presente com Konsta, André Pinto (a bulir nos remos), André e Ricardo, em eliminatórias de 6 barcos a passarem os 2 primeiros para a final que mais tarde se veio a saber que era a passagem para as meias-finais. Começou mal a CPB e assim se manteve em quase toda a prova, em 5º lugar, mas junto á reta da meta e já depois do 1º ter chegado, três barcos encalham uns nos outros e a CPB passa por todos eles terminando em 2º, (nenhuma duvida, apenas um barco no cais antes de nós, apenas uma equipa fora do barco antes de nós!) festejando o feito, recepcionando os parabéns por parte do relatador de serviço. Trabalho feito estaríamos de regresso ás 21 para a final.

Chegados (por acaso com atraso) estavam a fazer a chamada para a 2ª meia final, perguntamos se tinham chamado por nós na 1ª meia final, a organização respondeu que não, feita a chamada da 2ª também não constávamos, perguntamos o porquê … e depois de terem afirmado que não tínhamos participado nas eliminatórias, lá descobriram o nome e a classificação, pasme-se, 4º lugar nas eliminatórias!!!! Foi frustrante, tão frustrante que decidimos nem por em causa, iríamos estragas a festa e não nos estávamos para chatear… mas não foi fácil de engolir sobretudo para o pequenote André. Ficam aqui os parabéns pelo evento, estaremos de volta para o ano de preferência com um Kit Lupa/Binóculo para o júri.

 

II Torneio Aberto Xadrez "Feira dos Frutos 2017"

http://www.chess-results.com/tnr296199.aspx?lan=10

 

No segundo Torneio a CPB apresentou-se com Konsta (3-0-3), Gaboleiro (3-1-2), André (3-0-3), e Ricardo (4-2-0) entre 19 jogadores presentes, com RP a atingir novamente o pódio final.

Destaque para o novo reforço do APC / Arneirense - Wempe Juergen (2156 – Alemanha) num ritmo que não lhe terá corrido de feição.

 

Hou Yifan brilha em Biel e quer ser melhor que Polgar!

http://beta.bielchessfestival.ch/Homepage.html

http://www.chessgames.com/perl/chessgame?gid=1883085

 

 

 

http://grandchesstour.org/2017-grand-chess-tour/sinquefield_cup

 

 

 

 Sexy Chess 182

 

 

 

 

 

Final da Época 2016/2017

Segundo ano consecutivo onde a CPB não se fez representar, naquele que foi um ano horrível para a equipa Bombarralense, não conseguiu lutar pela subida de divisão, eliminada da Taça na primeira vez que jogou, perdendo a Taça AXL pela primeira vez, e não comparecendo nas duas restantes provas, pela primeira vez desde que o site foi criado a CPB não conquista qualquer troféu. A questão que se coloca será: Bateram no fundo e vão reerguer-se das cinzas, ou a queda ainda não terminou?

Até ás 13h de 3ª feira ainda não tinha sido publicado (chess results, email, facebook axl etc) qualquer resultado não fazemos ideia se a prova se realizou, quem ganhou etc etc. Sabemos apenas que o Arneirense não participou e que quer a CPB quer o Arneirense consideram as datas desajustadas, com inúmeros exames nacionais à porta para além do torneio não preparar / dar ritmo ás equipas para qualquer prova de relevo que esteja à porta.

 

 

Top 10 – Associação de Xadrez de Leiria

Contabilizados os jogos das 2ªs e 3ªs divisões, também os da Taça AXL, praticamente que chegou ao fim a época desportiva para muitos dos jogadores que agora só através de torneios individuais poderão gerar alterações na sua cotação.

Marco Custódio (Tabuleiro de Cores) e Paulo Lopes (APC Arneirense) obtiveram a sua primeira cotação mas ainda não conseguiram atingir o mínimo para estarem aqui representados.

Daniel Bray com época positiva aproxima-se da barreira mágica dos 2200 que lhe permitirá atingir o titulo de Mestre Nacional.

Ruslan Bogdanok dos Corvos do Lis obteve a sua primeira cotação e não está longe do Top 10

Numa época genericamente má para as cotações distritais individuais, Ricardo Evangelista e Pedro Rodrigues mantiveram o pódio não jogando, Francisco Correia manteve-se no Top 10 nas mesmas circunstancias, Carlos Dias apesar de ter perdido cotação voltou ao Top 10 beneficiando do facto de José Bray ter perdido muito da sua cotação, e pela primeira vez desde que acompanhamos as cotações parece que o Top 10 já não é composto apenas por jogadores acima dos 1800 o que atesta a fraca qualidade do distrito a nível nacional, algo a que não estará alheia a estratégia da AXL em promover o xadrez jovem e deixando o xadrez sénior completamente ao abandono.

 

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 182

Tabuleiro Arte Metal 5

Tabuleiro Reino de Neptuno

 

Tabuleiro Porcas & Parafusos 2

 

 

Ricardo Pais foi o jogador do ano da CPB

Infelizmente a época ao nível colectivo de clássicas este ano terminou mais cedo já que a CPB não se apurou para a Taça Nacional das Associações. Foi a 5ª vez que o jogador da CPB conquistou este feito numa época em que apenas cedeu frente ao Mestre Nacional Henrique Paiva. Encontra-se agora a disputar o torneio Xeque-Matemática 4, um torneio que joga desde a sua estreia por amizade a Amadeu Solha Santos conforme nos confidenciou.

      

 

Vitória dos Corvos do Lis impede 7ª Consecutiva da CPB

 

8ª Taça da Associação de Xadrez de Leiria (2016 – 2017)

Resultado de imagem para corvos do lis  

Meia Final : CBP (4-0) Arneirense

1 1 1fc 1
  • Cedo a CPB fez o 1-0 por GG por falta de comparência do Adversário
  • André Pinto fez o 2-0 e colocou a CPB na Final
  • Ricardo Pais assinou o 3-0
  • Rui Batalha carimbou a “Chapa 4”

 

Final : Corvos do Lis (2-2) CPB

0 1 1 0
  • 0-1 muito cedo com Konsta a sofrer miniatura
  • 1-1 por Ricardo Pais
  • 2-1 por Guilherme Gaboleiro depois de sofrer um pouco, faltava um empate para a CPB poder celebrar.
  • 2-2 André Pinto nem sabe como pode perder, tem sido este o “filme da época”

Os Corvos do Lis conquistam a sua primeira Taça AXL com 1 jogo e 1 empate.

A CPB perde pela primeira vez a Taça AXL, assinando a sua pior época de sempre desde que acompanhamos via site, e não estará presente na TNA pela 1ª vez.

Aos Corvos do Lis a CPB endereça os parabéns e fazemos votos de que consiga subir a fasquia atingida pela CPB na Taça Nacional das Associações.

 

Assim foi a organização da Taça AXL

- Fecho das inscrições e inscrita provavelmente apenas a CPB e Corvos do Lis que anunciavam a possibilidade de se apresentarem com 3 equipas caso a prova durasse apenas 1 dia.
- Mário Canaverde presidente da AXL, ausente, avisa a CPB na véspera com um “Entendam-se entre vocês”.
- Começam os telefonemas entre clubes, Corvos do Lis prefere o sistema de todos contra todos para que a equipa não venha fazer apenas um jogo.
- O Arneirense só tem 3 jogadores, mas sendo a prova apenas num dia se calhar ainda aparecem.
- Corvos informado pela CPB que serão provavelmente 3 equipas, dada a distância Corvos solicita sorteio antecipado não vá chegarem sábado de manhã e o sorteio os dar como isentos.
- Arneirense não atende o telefonema com vista ao sorteio.
- Sem sorteio antecipado, sugere a CPB jogos ás 14, 16 e 18 horas, Corvos Concorda.
- Sábado, finalmente chegamos a sábado, ao dia D deste parto difícil!
- Arneirense telefona a perguntar como está combinado, e concorda.
- Corvos chegam e dizem que apenas jogam nas duas primeiras rondas, querem folgar na terceira … crianças, Benfica, chegar cedo a casa etc etc
- CPB considera injusto já que todos querem ir para casa mais cedo mas diz aceitar caso Arneirense concorde.
- Não surge esse acordo.
- Há que decidir como resolver a competição em apenas duas rondas, a CPB propõe uma meia-final a dois clubes com 1 isento a passar directamente para a final, todos concordam, vai haver Taça!

E foi assim a história desta competição, assim vai o xadrez no distrito, muito mais haveria para dizer, mas será dito em tempo oportuno, agora soaria a ressabiamento!

 

 Sexy Chess 181

 

 

 

 

Faleceu no passado dia 18 o nosso amigo Carlos Mendes

Carlos Mendes é um dos que vai deixar saudades, partilhou com a CPB vários e agradáveis momentos, serviu de cicerone na sua terra de modo exemplar, onde lhe esgotarmos o stock de cerveja na sede do clube, as rápidas na sua sede, a sua presença no 4º Torneio João Duarte dos Santos, a nossa luta comum pela manutenção da Taça Nacional das Associações…

A todos os familiares e amigos a CPB envia as suas condolências por esta irreparável perda.

 

 

Zé Bomba – Episódio 75

“Recortes de Final de época”

Caros Amigos,

Aqui ficamos com mais uns recortes soltos sobre vários assuntos sobretudo dos concentrados finais da 2ª e 3ªs divisões.

Ahhhhhahhhahahahah só me posso é rir!

Resultado de imagem para assembleia figueirense Resultado de imagem para cine clube de torres novas Resultado de imagem para clube galitos

Recapitulemos … 5ª Ronda a Assembleia Figueirense apresenta apenas 3 tabuleiros e cede empate, 6ª Ronda a Assembleia Figueirense apresenta apenas 3 tabuleiros e cede empate, 7ª Ronda a equipa dos Galitos precisa da vitória para subir e empata nos despromovidos Corvos do Lis, 7ª Ronda a equipa do Cine Clube de Torres Novas precisa da vitória para subir e cede empate em Estarreja …. Subiu a Assembleia Figueirense!

 

Aqui fica a devida homenagem!

    

Rui Batalha fartou-se de enfatizar e de pedir para não nos esquecermos de referir que foi ele que assegurou a vitória da CPB 3,5-0,5 ATV ao fazer o 2,5-0,5. Ninguém quer tirar o mérito ao nosso capitão, aqui fica então o destaque com a seguinte pergunta.

Quem foi o piço que estragou a “Chapa 4”?

 

Quem quer candidatar-se a bater este recorde?

 

Ohhhh acabou a festa, apesar de duas derrotas no concentrado final, à 5ª Ronda a equipa dos Corvos do Lis empataram frente aos recordistas nacionais (14)!

Há que dar os parabéns aos Corvos do Lis dos (0-1-6) da Casa do Xadrez o 1 é vosso!

 

As alternativas são muitas! - Private Joke

  Resultado de imagem para garrafas de agua Imagem relacionada Imagem relacionada Resultado de imagem para garrafas de agua

 

Ainda não estão ao nível dos meus pupilos!

 

Foi uma boa tentativa a dos Corvos do Lis, mas ficaram muito aquém do que a CPB fez, mesmo na pior época a CPB chegou à última ronda com possibilidades de manutenção, o que não se aplicou aos Leirienses.

 

Subir em 4º Lugar revela muito mérito!

Resultado de imagem para medalha de mérito          Resultado de imagem para que cagada

O Distrito de Leiria vai certamente continuar a ter um representante na 2ª Divisão nacional! Mérito dos Marinhenses! Depois da equipa “A” dos galitos ter falhado por culpa própria a subida à 1ª divisão impedindo a equipa “B” de subir, eis que em 2º lugar aparece a equipa “B” de Montemor, que com a provável descida da sua equipa “A” à 2ª Divisão também não deverá poder subir, então vamos ao 3º classificado … opssss a Académica “C” não poderá subir já que a Académica “B” está na segunda, então que suba o 4º classificado!

 

Tragam babetes, ouvi dizer que 6ª Feira vai ser um fartote!

 

Até Breve Caros Leitores!

 

 

Taça de Portugal: CPB evita “Chapa 4”

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=2&rd=1&wi=821

Resultado de imagem para clube dos galitos        

Clube dos Galitos (Aveiro)                3,5 – 0,5          Casa do Povo do Bombarral

Ricardo Pais (1818) Rui Batalha (1759) Artur Bernardes (0000) Paulo Constantino (1602)
0 0,5 0 0

 

“ O Filme do Jogo”

10.30 Horas
A CPB já está reunida, curiosamente em casa de um clube rival, na sede do Arneirense em Caldas da Rainha onde se tomam os cafezinhos da praxe e aí vamos nós!

12.30 Horas
Chega a CPB a Aveiro, as expectativas são grandes já que nesta terra come-se muito bem! Vamos procurar o local para o que nos trouxe aqui, a comida!

14.30 Horas
Três Chanfanas e uma francesinha foi o que nos calhou na rifa, gostos não se discutem, estava tudo aprovado, boa comida bom vinho e bom atendimento … isto é Aveiro!

15.00 Horas
A CPB já está no local de jogo e recebe desde logo a primeira boa notícia do dia, não haverá controlo anti doping, weeeeeeeeeeeeeeeeeee!
A recente Mestre Nacional sub 16 será o 1º tabuleiro da equipa adversária (Henrique Paiva 2216), seguem-se Uwe Kaehler (1920), Ricardo Santos (1880) e Nelson Ribau (1771) tudo bem encaminhado para a “Chapa 4” conforme perspectivado.

17.00 Horas
Paulo Constantino já está com peça a menos, muitas peças em cima do tabuleiro fazem confusão e carecem de muito cálculo é melhor eliminar algumas!

18.00 Horas (Clube Galitos 2-0 CPB)
Praticamente em simultâneo, Artur Bernardes e Ricardo Pais abandonam e automaticamente a equipa local passa à eliminatória seguinte.

18.15 Horas (Clube Galitos 3-0 CPB)
Paulo Constantino abandona e cede o ponto à muito perspectivado.
Falta Rui Batalha, parece igual mas até ao lavar dos cestos é vindima!

18.30 Horas (Clube Galitos 3,5-0,5 CPB)
Extremamente motivado pelo prémio de jogo que aqui referimos na 6ª feira, Rui Batalha propões empate que é aceite e salva a CPB da “Chapa 4”, é o herói do dia!

20.30 Horas
Chegados ainda a tempo de ver a ponta final da Selecção nacional durante a 1ª parte, come-se qualquer coisa e bebe-se, intervalo, e aí vamos nós cada um para o seu lar, foi um dia bem passado, até para o ano!

Artur Bernardes ouviu durante o caminho a famosa dissertação de Konsta sobre xadrez em 245 capítulos, todos explicados durante a viagem de regresso.

Aqui fica o susto apanhado por um dos favoritos à vitória final,

Aqui fica a surpresa da ronda!

Restantes resultados em:

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=3&rd=2&turdet=YES&flag=30&wi=821

 

 

    

Tabuleiro de Cores
Samuel Rebelo, Marco Custódio e Sandro Cruz andam animadíssimos com a possibilidade de subida.
Têm uma ponta final de calendário dificílima, mas o segundo lugar poderá dar a subida.
Sinceramente não acreditamos, mas torceremos por vocês!
Clube Galitos; AA Coimbra e SOM

S. O. Marinhense
Com o desaire da equipa “A” do Clube Galitos na 2ª Divisão, o SOM viu subir substancialmente as hipóteses de subida, já que o segundo lugar poderá dar acesso à 2ª Divisão Nacional. Num grupo extremamente acessível, é caso para dizer “é agora ou nunca!”
Louriçal; Clube Galitos; AT Cores

CCD Corvos do Lis B
Estreia da Equipa “B” daquela que é a maior potência em termos de clube do distrito, e falamos de toda a dimensão que um clube deve ter e não apenas de resultados, que nesse capitulo ainda é a CPB que domina claramente.
A manutenção seria um bom feito nesta época de estreia e tudo se decidirá na última ronda no derby distrital frente ao Louriçal.
AA Coimbra; CX Montemor e Louriçal

CD Ginásio Louriçal
A reforçada equipa de Carlos Dias tem todas as possibilidades de manutenção face ao calendário final favorável, deverá decidir a permanência na última ronda.
SOM; CP Anços; Corvos Lis

 

CCD Corvos do Lis
Estreia da Equipa na segunda divisão que já se previa que ia ser muito complicada, entenda-se como difícil.
Empataram frente á equipa “B” da Académica que foi uma das grandes candidatas á descida na última época e de resto só derrotas.

Falta-lhes defrontar os lideres da classificação que sem Diogo Alho são bastante acessíveis, a forte equipa dos Galitos e o jogo frente à Casa do Xadrez ultimo classificado mas que não deixa de ser uma boa equipa … duro muito duro, mas possível!

Ficam os nossos desejos de boa sorte!

 

 

Zé Bomba – Episódio 74

Assim vai o mundo do Xadrez…

Caros Amigos,

Sim eu sei que hoje não é a primeira Quarta Feira do mês, mas as novidades acumulam-se e a próxima primeira Quarta Feira do mês é logo a seguir ao concentrado final dos campeonatos nacionais, o que dará certamente um episódio sob o tema, assim decidi premiar os nossos mais fieis leitores com um episódio extra.

Para hoje temos algumas breves noticiais do que se vai passando no panorama xadrezista in e nacional, sem destacar nenhum assunto em particular (Boa Konsta!).

Depois de tentar sagrar-se campeã mundial através do estudo do jogo de xadrez, o que não resultou, tentou através das vozes do além, mas dada a distância essas vozes entenderam o nome errado, trocaram o Ana pelo Maria e saiu vencedora a irmã.

Muzychuk bem tentou novamente, desta feita tornou-se devota de nossa Sr.ª de Fátima mas mais uma vez ainda não foi desta.

Queres tentar umas aulinhas aqui com o Bomba? Vai ser divertido, bora lá!

Sempre em constante actualização … e vão 14!

Resultado de imagem para andré couto federação portuguesa de xadrez  

Ainda na época transacta, a FPX incentivou e os clubes aderiram. Mal acabava um jogo enviava-se logo o resultado (que aparecia no chess results) e uma foto do encontro (que aparecia no facebook da FPX), esta excelente dinâmica trouxe excelentes práticas, a de sabermos os resultados mais cedo e a dos clubes e adeptos da modalidade criarem uma empatia com a sua federação.

Hoje em dia é parecido, um pouquinho diferente apenas, os resultados aparecem no chess results com umas 3 a 5 horitas de atraso, e no face nada.

É caso para dizer, VOLTA ANDRÉ COUTO, a comunidade paga-te o ordenado!

  Resultado de imagem para academia xadrez portugal facebook.

As imagens valem por 1000 palavras …. Dedicado ao jogo CPB – AXP “c”

Resultado de imagem para certificado fide  

GM Konsta tanto se esforçou que conseguiu finalmente a terceira norma que lhe deu acesso à cotação que varia entre 0 e 1599, ou seja, a de jogador de terceira categoria. Força parceiro, estamos convictos de que ainda consegues melhor!

  

Um grupo muito fácil e ainda com a hipótese de um destes clubes (SO Marinhense ou A Tabuleiro de Cores) subir de divisão mesmo ficando na 2ª e até na 3ª posição! É casa para dizer, que Cagadinha!

Resultado de imagem para clube dos galitos              

Depois de eliminados na época 2015/2016 pelo Clube dos Galitos, adivinha-se semelhante proeza para 2016/2017, … é caso para dizer “Grande Galo”!

 Resultado de imagem para oscares 

E o Paris Saint-Germain é o La La Land do Futebol eheheheeheheheheh

Chamados ao palco dos sonhos, mas … upssss foi engano, e os Ingleses a festejarem …. Guerras antigas!

Até Breve Caros Leitores!

 

 

Taça de Portugal: CPB vai a Aveiro

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=2&rd=2&turdet=YES&flag=30&wi=984 

 Resultado de imagem para clube dos galitos               

Clube dos Galitos        ?,? – ?,?         Casa do Povo do Bombarral

Era difícil calhar pior, jogo fora, a distância mais longa e uma forte equipa … alguém consegue encontrar pior sorteio? Assim será, a CPB irá jogar contra a equipa que eliminou os Bombarralenses na edição passada da prova e será muito difícil evitar a “Chapa 4”, não só pelo valor do adversário como também pela desfalcada equipa que a CPB irá apresentar.

Mas uma coisa parece certa, em Aveiro come-se bem! Que seja uma agradável viagem e que propicie algo de engraçado para contar.

CX A2D x GD Dias Ferreira será o jogo da ronda logo seguido pelo AXP x CX Montemor-o-velho.

 

 

 

Taça de Portugal: CPB segue em frente

http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10&art=2&rd=1&wi=821

                Resultado de imagem para academia xadrez portugal facebook

Casa do Povo do Bombarral        4,0 – 0,0         Academia de Xadrez de Portugal “C”

João Santos (0000) Artur Bernardes (0000) Paulo Constantino (1602) André Balsinha (0000)
1 1 1 1

“ O Filme do Jogo”

14.50 Horas
A CPB foi ontem informada de que a equipa “C” da Academia liderada por Carlos Carneiro não estará presente. Assim sendo a CPB segue para a eliminatória seguinte.

Já começa a ser uma tradição, no ano transacto foi a mesma coisa desta feita com um clube algarvio … Não sabemos o que leva as equipas a inscreverem-se na Taça de Portugal sabendo umas que só jogarão se o sorteio lhes calhar em sorte o jogo em casa, outras terão dificuldades em arranjar quatro jogadores. A inscrição da equipa “C” da Academia de Xadrez de Portugal serviu que propósito? A imagem? Mostrar que se tem muitos jogadores? Estas inconcebíveis faltas de comparência prejudicam em muito as equipas adversárias, e os planos individuais dos seus jogadores para o tempo disponível que têm. O avisar de véspera não inibe de causar incómodos para quem já planeou o fim-de-semana para dedicar um pouco da sua vida ao xadrez.

Esperemos que pelo menos haja algum benefício para o xadrez de todos nós, neste caso com a boa aplicação do dinheiro que advirá da coima.

2. As faltas de comparência não aceites pela Direção de Prova, implicam as seguintes coimas por cada falta coletiva e instauração de respetivo processo disciplinar. a. 1/128 a 1/32: 50,00€; b. 1/8, 1/4, Meias-Finais e Final: 100,00€; 3. As faltas de comparência não aceites pela Direção de Prova, implicam as seguintes coimas por cada falta individual e instauração de respetivo processo disciplinar. a. 1/128 a 1/32: 12,50€; b. 1/8, 1/4, Meias-Finais e Final: 25,00€;

Aqui ficam os resultados dos jogos “grandes” desta 1ª Eliminatória:

Seguem-se os 1/16 a disputar no dia 25-03-2017 ás 15 horas – Sorteio para breve

  1. O sorteio dos emparceiramentos e de cada eliminatória serão realizados em data a anunciar, na Sede da FPX, tentando ter sempre um mínimo de 15 dias de antecedência

 

Segundo as regras a CPB deverá ser presenteada pelo sorteio com uma deslocação a norte (Zona 2 de 3) onde não parecem constar equipas apuradas de “valor inferior” ao da CPB.

 

 

Calendario

Competição Sistema Data Prioridade Local Adversário Resultados
III Taça Nacional das Associações (3º Lugar!) Fase Final 16/10/2016 5 Foz do Arelho Academia X Portugal 0,5 - 3,5
III Taça Nacional das Associações (3º Lugar!) Fase Final 16/10/2016 5 Foz do Arelho A A Coimbra 2,5 - 1,5
I Torneio Caldas da Rainha Suiço 02/12/2016 2 Caldas da Rainha Individual 1ª Equipas!
I Torneio Caldas da Rainha Suiço 03/12/2016 2 Caldas da Rainha Individual 1ª Equipas!
I Torneio Caldas da Rainha Suiço 04/12/2016 2 Caldas da Rainha Individual 1ª Equipas!
C N Equipas da 3ª Divisão 1ª Ronda 10/12/2016 5 Agualva Cacém G X São Marcos 0,5 - 3,5
C N Equipas da 3ª Divisão 2ª Ronda 07/01/2017 5 Bombarral GC Odivelas 0,5 - 3,5
C N Equipas da 3ª Divisão 3ª Ronda 18/02/2017 5 Amadora Amadora Xadrez "B"  
C N Equipas da 3ª Divisão 4ª Ronda 04/03/2017 5 Bombarral C X Sintra  
Taça De Portugal 1 // 32 11/03/2017 3 Bombarral Academia X P "C"  
Taça De Portugal 1 // 16 25/03/2017 3      
C N Equipas da 3ª Divisão 5ª Ronda 01/04/2017 5 ? Academia Musical  
C N Equipas da 3ª Divisão 6ª Ronda 01/04/2017 5 ? APC Arneirense  
C N Equipas da 3ª Divisão 7ª Ronda 02/04/2017 5 ? A T Vedras  
Taça AX Leiria Taça 13/05/2017 4 Bombarral vários  
Rápidas AXL Equipas ? 17/06/2016 4 Marinha Grande vários  
Semi Rápidas AXL Equipas ? 17/06/2016 4 Marinha Grande vários  
Taça Amizade do Oeste 1ª Mão Em Estudo 4 Bombarral A T Vedras  
Taça Amizade do Oeste 2ª Mão Em Estudo 4 Torres Vedras A T Vedras  

 

Zé Bomba – Episódio 73

Campeonato do Mundo Feminino

Caros Amigos,

Aqui estamos nós de novo, desta vez escrevo de Teerão no Irão, onde decorre este grande evento desportivo que é a Grande Lotaria do Campeonato do Mundo Feminino, onde algumas jogadoras de prestígio se recusaram a jogar. Não sei se regressarei em breve, já que estou a ponderar abrir aqui uma loja de vestuário ecológico feito á base de cartão, julgo que tem um potencial enorme caso não chova.

Mas nem só de Beldades vive o xadrez, também actualizo aqui os resultados desportivos / recordes da Casa do Xadrez.
Sobre os meus pupilos há que dizer que empatar frente ao último classificado é meritório, estou com fé que assim o oitavo lugar da tabela não será nosso!”

Quem disse que jogar de Nijab era entediante?

Andaram por aí umas más-línguas a dizer que jogar o campeonato mundial feminino obrigatoriamente de nijab era contra o espírito da livre escolha da indumentária e por consequência da liberdade.

Acho esse comentário um pouco racista, religioso e nada favorável aos homens. Jogar de lenço na cabeça tem todas as vantagens e mais algumas, por acaso estes comentadores tiveram a sensibilidade de pensar na poupança que os maridos destas senhoras têm por mês? E num campeonato do mundo onde teriam de ir ao cabeleireiro diariamente? Pois eu acho que a medida é correcta, justa e um exemplo para a humanidade.

Acabo de receber uma msm, alerta-me Jankovic Suprimos que a esposa deixou de comprar brincos, laços, chapéus … mais 1 ou 2 anos conseguirá ficar rico só pelo lado da poupança.

Já agora porque não vesti-las todas por igual com um lençol branco? É que o meu cartão visa já está novamente sem saldo!

Esperem aí … pensando melhor, porque não um caixote com um buraquinho aberto para espreitarem? É que assim não seriam precisos óculos de sol, brincos e outros apetrechos.

Já sei que serei processado pelos proprietários da Ray Ban, dos cosméticos, dos shampoos … mas todos sabem as verdadeiras intenções destes lobys.

E já agora, sou contra o Sexy Chess, fiquem sabendo!

Para essas más-línguas deixo aqui umas fotos para verem como a vida tem outra beleza e alegria neste novo sistema…

  

 

Para que não subsistam duvidas!

Resultado de imagem para mulher dentro de uma caixa  Resultado de imagem para sexy woman 

          Reprovado!                Aprovado!                               Reprovado!                   Aprovado!

 

Ainda em relação ao assunto do último episódio, enganei-me! São 13!

Convém estar sempre actualizado, já que se trata de um recorde.

E vão 13 …Espera-se novo recorde nacional para breve!!!

Até Breve Caros Leitores!

 

 

 

Faleceu Avelino Mano

 

Faleceu o principal responsável para que hoje exista xadrez em Torres Vedras, vítima de doença que já algum tempo o afligia.

“.. O nosso elemento mais disponível fosse para jogar um torneio, ensinar miúdos, ser árbitro dos jogos do nacional da III Divisão… nunca se chateando nem aborrecendo, mesmo nessa fase em que nós, jovens adultos, transformávamos cada viagem numa sessão de discussões acaloradas sobre tudo e mais alguma coisa…” confidenciou-nos Carlos Marques.

Ficam aqui expressas as condolências da CPB pela perda deste nosso amigo, aos seus familiares, clube, companheiros e amigos. Deixará certamente saudades em toda a região oeste.

 

 

Elo Fide Distrito de Leiria

NOVO LOGO AXL6858692tpo 104
Daniel Bray C. D. C. Corvos Lis 2138
Ricardo Evangelista C. P. Bombarral 2116
Pedro Rodrigues C. P. Bombarral 2016
André Pinto C. P. Bombarral 1983
Alberto Negrão C. D. C. Corvos Lis 1933
Daniel Silva S. O. Marinhense 1882
Guilherme Gaboleiro C. P. Bombarral 1863
Francisco Correia A. T. C. Caldas da Rainha 1835
José Bray C. D. C. Corvos Lis 1813
10º Ricardo Pais C. P. Bombarral 1811
 
11º Carlos Dias C D Ginásio Louriçal 1801
12º Jorge Bastos A. P. C. Arneirense 1778
13º Francisco Cavadas A. P. C. Arneirense 1766
14º André Belo A. P. C. Arneirense 1764
15º Mário Canaverde S. O. Marinhense 1745
16º Pedro do Mar S. O. Marinhense 1745
17º Rui Batalha C. P. Bombarral 1741
18º José Lopes A. T. C. Caldas da Rainha 1733
19º Carlos Nobre S. O. Marinhense 1703
 
fev/17 Retirados inativos (ao fim de 2 Épocas sem jogos)
Minimo da Lista apresentada: 1700

 

 

Zé Bomba – Episódio 72

Hello 2017

Caros Amigos, bem vindos a 2017 no que ao Zé diz respeito.

Mais uma ano que passou, e mais um que chega cheio de expectativas, nomeadamente para os jogadores da CPB, quase a totalidade iniciou o ano com novos mínimos e insistem no ritmo, em breve poderemos anunciar que estaremos todos abaixo dos 1500, o que já seria excelente face á qualidade de jogo que os meus pupilos demonstram.

Vamos então ás primeiras de 2017 que aconteceram no xadrez aos bonitos olhos da minha ilustre pessoa.

A Primeira situação diz respeito aos nossos amigos e parceiros da Casa do Xadrez, que tentam alcançar um novo recorde nacional, já não se ouvia falar de tamanha proeza desde os longínquos tempos em que uma dita Academia tentava semelhantes recordes.

 

E vão 12 …Espera-se novo recorde nacional para breve!!!

Depois de terminar a época 2014/2015 com uma derrota frente á equipa de Torres Novas, a Casa do Xadrez somou 9 derrotas na 1ª Divisão, conseguindo o pleno de 0-0-9 e alcançando o número mágico de 10 derrotas consecutivas. Mas não pensem os meus caros leitores que este magnífico clube vai querer ficar por aqui, era o que faltava, por ali é tudo á grande e já somaram mais duas derrotas nesta época desportiva … e vamos em 12! Segue-se deslocação ao Clube Galitos.

Estamos convosco parceiros, força!

Sempre fomos da opinião de que merecem um lugar na história!

   Resultado de imagem para puxa carroça

O jogador da CPB André Pinto manifestou-me a sua frustração por ter abdicado de um fim de semana no conforto do lar, para ir jogar e gastar dinheiro no xadrez, a fim de defrontar os prestigiados Mestres da APC / Arneirense e afinal … não apareceram!

Percebe-se pela tenra idade do meu pupilo, não? Santa ingenuidade, ainda está tão verdinho!

Chama-se a estes jogadores fantasma os “Puxa Carroça”

Resultado de imagem para puxa carroça

Bem caros amigos, estes foram os acontecimentos mais relevantes deste início de época, voltarei em breve!

 

 

I Torneio Internacional de Caldas da Rainha

Resultado de imagem para rainha dona leonor  Resultado de imagem para arneirense caldas da rainha 

CPB triunfa nas Caldas!

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10&art=72&turdet=YES&flag=30&wi=984

 

Guilherme Gaboleiro recebe o Troféu do 1º Lugar por Equipas

Jorge Cruz (2049 CX Montemor) venceu com 5-0-0 e somou +22 pontos para a sua conta pessoal. Os ares do oeste parecem fazer maravilhas a este jogador que também no Bombarral se sagrou vencedor da II Taça Nacional das Associações e venceu o prémio “João Santos” para a melhor partida. “Escapou” ao emparceiramento frente ao Mestre Fide António Pereira dos Santos (2261 Sporting CP) que com 4-1-0 ficou em segundo lugar somando mais 3 pontos para a sua cotação. A terminar o pódio José Prata (1907 Loulé) com 4-0-1 e mais 25 pontos para a colecção. De fora do pódio ficou Ana Baptista (2119 GC Odivelas) com 2-2-1 a ceder 16 pontos.

 

FPX já não irá “enterrar” a Taça Nacional das Associações

Informações fidedignas recepcionadas este fim-de-semana referem que pela voz de responsáveis da Federação Portuguesa de Xadrez foi dito que a Taça Nacional das Associações não irá ser descontinuada.

 

 

I Torneio Internacional de Caldas da Rainha

Resultado de imagem para caldas da rainha natal

 

 

 Resultado de imagem para TAÇA DE PORTUGAL XADREZ 

39ª Taça de Portugal – CPB único representante distrital

 

 

 

2015/2016 foi uma época sofrível para a CPB, do lado negativo destaca-se a perca do nosso companheiro António Severino e a descida à terceira divisão nacional, do lado positivo a conquista de mais uma Taça da Associação de Xadrez de Leiria (a sexta consecutiva) e a conquista do segundo troféu nacional para a equipa Bombarralense com a obtenção do terceiro lugar na III Taça Nacional das Associações.

 

Artur Bernardes é o Jogador do Ano CPB

Documento Excel

 

A razia foi de tal ordem que esta época apenas dois jogadores realizaram época positiva, é caso para dizer que quem ficava de fora era o que fazia menos asneira. Assim com apenas dois jogos disputados, Artur Bernardes vence pela primeira vez esta distinção, esperemos que possa ter mais disponibilidade na época que se avizinha, parabéns!

  

Guilherme Gaboleiro foi o jogador mais vezes utilizado, este ano ultrapassando André Pinto, foram 12 jogos em 12 possíveis. Está de parabéns este nosso companheiro que apesar da época não ter corrido de feição, insistiu, nunca desistiu e foi aquele que mais pontuou pela equipa.

 

 

Zé Bomba – Episódio 71

A última TNA

Bem vindos caros amigos, aqui estamos nós reunidos para a ceia pós férias.

O nosso título de hoje dar-vos-á a conhecer mais um pouquinho da história da TNA, esse dia histórico para os meus pupilos, e abordaremos mais alguns assuntos em jeito de início da época desportiva e também da minha 7ª Época!

Dia Mundial do Xadrez – CPB Amiga!

 

A CPB tem o prazer de anunciar que tomou a iniciativa de comemorar o dia do xadrez oferecendo bilhetes para visitar a sua galeria de troféus, excepcionalmente no dia 19-11-2016 ao preço de 60€ cada entrada, com desconto de 50% para os clubes do distrito que poderão ver entre outros o troféu de campeão nacional da 3ª Divisão … é aproveitar!

Os cinco primeiros emails terão direito a 5 packs familiares gratuitos!

 

RP salvo da forca in extremis

Resultado de imagem para SORTEIO 

https://www.facebook.com/fpxadrez/videos/1110280925735500/

Vamos situar-nos no tempo, é dia de sorteio para a III TNA e o jogador da CPB desloca-se à FPX para assistir ao mesmo. Começa a transmissão e verificámos que era o RP que ia tirar os papelinhos da sorte. Ficámos logo mais confiantes, afinal iam ser retirados 3 clubes em 5, a CPB seria certamente um deles.

Começam a sair as novidades: 1º Isento, Academia de Xadrez de Portugal

… Diminuíram um bocadinho as chances da CPB, agora existem 4 clubes por sortear e dois vão ficar isentos.

Next: Associação Académica de Coimbra … nada de novo, já sabíamos que seria assim, aliás devia existir no regulamento um artigo em que isentava automaticamente a equipa do presidente, também foi assim nas duas primeiras edições. Colocando no regulamento este facto escusamos de andar com falsas esperanças.

Agora piorou de vez, de entre 3 clubes apenas um ficará isento, a CPB deverá defrontar um dos favoritos à vitória final, que final ou começo, como queiram chamar, de época tão mau, um jogo e o ultimo lugar para recordação.

Os comentários na plateia já se fazem ouvir … a culpa é do Ricardo, não sabe tirar papeis, se fosse meter a mão em …nem para a CPB consegue ser amigo … se fosse outro a tirar os papelinhos já estávamos isentos … há-de ir jogar sozinho para aprender …

Anuncia-se o terceiro isento: Casa do Povo do Bombarral …

Ouve-se de novo a plateia Bombarralense … ehehehe já sabia! O RP é sádico, gosta de estar a perder por 0-9 e ganhar 10-9 … andou para aqui a dar esperanças aos adversários só para se divertir, nós já o conhecemos! Gozão do caraças…

E o pormenorzinho de colocar as duas equipas mais forte, logo na primeira ronda uma contra a outra, eheeheh isto é só rir!

 

A mais prestigiada prova individual nacional (!?)

  

Ainda a propósito do ultimo campeonato nacional individual, um dos grandes jogos do dia era ou foi o de Luís Galego x Rui Dâmaso. Por motivos técnicos, a partida não pode ser transmitida via tabuleiro, foi um azar do caraças, nas outras 4 tudo corria lindamente e nesta nem o primeiro lance, foi cá um azar.

Os meus caros leitores também não conseguiram ver as imagens dessa mesa porque outro problema técnico assolou a prova, foi o chamado “Manto da Invisibilidade” apoderou-se da mesa em questão, de tal maneira que nem o árbitro conseguiu ver o resultado.

Mas conforme fica provado o árbitro tinha miopia grave, não é que colocou no chess results falta de comparência para ambos!? … Finalmente umas horas mais tarde foi reposta a justiça e colocado um empate entre ambos, até porque houve uma testemunha de que o jogo se realizou, sabem quem não sabem?

Até para o mês que vem caros leitores!

 

Perguntas do mês?

Não havia para aí um clube que só ia fazer um interregno de um ano?

Será que dos 184 Inscritos na época 2015/2016 da Associação Tabuleiro de Cores ainda se arranja um “Quatro” para jogar a 3ª Divisão? Ouvi dizer que esta difícil…

 

 

  

As Divergências entre António Fernandes e Francisco Castro

Pode falar-nos um pouco sobre a divergência AF/FPX sobre a sua não convocatória para as olimpíadas de 2014?

É uma longa história, essa que infelizmente tive de conviver obrigatoriamente com a Direcção da FPX anterior. Uma Direcção que, contrariamente à opinião de alguns elementos que usufruíram benefícios ou contrapartidas, de tudo fez para acabar com a nossa modalidade, chegando mesmo a utilizar meios ilícitos para algumas das decisões que entendiam tomar, utilizando a hipocrisia, total irresponsabilidade e pura demagogia ao longo de todo o seu mandato, prejudicando deliberadamente os direitos desportivos de alguns dos seus atletas. Convites em cima da mesa, sem qualquer custo associado, que recebiam para participação em provas internacionais de muito bom nível que ficaram por responder, vetando a participação em provas internacionais de vários dos melhores xadrezistas nacionais, tentativa de boicotar a participação em provas internacionais, elaboração de regulamentos com efeitos retroactivos, o não cumprimento dos próprios regulamentos por si elaborados, não cumprimento dos deveres de representatividade nacional que é exigido às federações desportivas, abdicando da participação nas provas mais importantes da FIDE, não cumprimento do plano e orçamento aprovado, desrespeito pela ética e a verdade desportiva, violação do Decreto Lei 248-B…

Aquando do meu afastamento de modo ilegal e sem qualquer justificação, por parte da Direcção da FPX, da selecção que participou nas olimpíadas de 2014, instaurei na altura uma providência cautelar e uma acção administrativa contra a Direcção da FPX. Mas, esse foi apenas um dos muitos episódios em que me vi envolvido com esses incompetentes.
Posso referir que nos últimos contactos que estabeleci com os elementos da Direcção da FPX, dando simultaneamente conhecimento a algumas individualidades, a várias entidades, entre elas a que tutela as federações desportivas, bem como alguns meios de comunicação social, tendo colocado 17 perguntas à respectiva Direcção, as quais nunca durante o seu mandato foram respondidas tal como é o dever e a obrigação de uma federação desportiva, passo a descrever:

1- Porque é que em 2012 tomaram medidas totalmente opostas em termos desportivos em um caso de doping detectado, quando comparativamente a uma outra situação idêntica ocorrida 4 anos antes?

2- No Plano de Atividades e Orçamento para 2013, proveniente da Assembleia Geral de 10/11/2012, resolveram colocar no ponto 4.2 Participação portuguesa, em Provas oficiais internacionais um novo "mandamento", "Os jogadores que se sagraram Campeões Nacionais (CN) não obtêm assim obrigatoriamente lugar na delegação"
Deste modo, além de se verificar o efeito de retroactividade, pela primeira vez em 87 anos de existência da FPX, a sua Direcção considerou, que o Campeão Nacional deixou de ter significado e o garante de representar Portugal no campeonato mundial. Porquê? A que propósito? Com que finalidade? Caso não saiba, o campeonato nacional é a primeira prova de apuramento do campeonato mundial, sempre assim foi, isso sim era um hábito, era uma opção, mas a sua Direcção quis alterar essa norma, não foi?

3- Porque é que em 2013, contrariamente à vossa justificação (de anos pares... ano de olimpíada e Europeu...), não havendo realização de qualquer olimpíada, porque não se quiseram fazer representar nesse ano ímpar, no Europeu Individual?

4- Porque é que tornaram público oficialmente através do vosso site de que eu dei faltas de comparência nos jogos de um suposto match a 3 jogadores para atribuição do título nacional de 2012, quando eu fui peremptório ao me recusar publicamente a participar nessa prova "fantoche" em virtude de não ter as mesmas condições de participação que os outros supostos adversários, de não ter mais dias de férias disponíveis entre Outubro e Dezembro de 2013 e porque tal como o afirmei então, nunca aceitaria participar numa prova cujos critérios de desempate estavam adulterados e viciados à partida?
Inclusivamente, como sabe e apesar de ter afirmado por diversas vezes que nunca iria participar nessa prova, a sua Direcção estabeleceu um prazo limite de inscrição na prova, pelo que que nunca poderia ter sido emparceirado na mesma, e muito menos podiam ter efectuado uma publicação a meu respeito, prestando falsas declarações. Porquê essa atitude?

5- Porque fui preterido de representar a selecção nacional que esteve presente nas olimpíadas disputadas em Troms0, na Noruega em Agosto de 2014?

6- Porque é que organizaram o Nacional de Veteranos em 2015, levando a que os xadrezistas que nele participaram e que pagaram as suas despesas directamente à FPX, tivessem tido uma despesa superior, do que se pagassem directamente à entidade hoteleira?

7- Porque fui preterido de representar o país no Europeu Individual disputado em Haifa, Israel, em Fevereiro de 2015, depois de ter sido escolhido como 1ª opção pelo seleccionador nacional?

8- Porque é que nesse mesmo Europeu a FPX não se mostrou disponível para efectuar a minha inscrição nessa prova, estando eu disponível a custear todas as despesas inerentes à minha participação?

9- Porque é que tentaram impedir a minha participação no Europeu S50, realizado em Eretria, na Grécia, em Abril de 2015, recusando-se a efectuar a minha inscrição, a qual veio a ser, posteriormente, solicitada pela organização da prova à vossa Direcção? Um pouco humilhante para a FPX, não acha?

10- Porque é que não transmitiram nenhuma informação relativamente à prova mencionada anteriormente em nenhum dos meios de comunicação que têm ao vosso dispor, nem sequer relativamente à classificação final obtida ao terminar, como sabem, ex-aequeo em 3º lugar? 

11- Porque é que por diversas vezes impediram a participação em provas de grande relevância e de importante interesse nacional a alguns xadrezistas?

12- Porque é que tendo em vosso poder convites de participação, como o caso do Iberoamericano, uma prova de elevado nível técnico e importantíssima para a evolução de qualquer xadrezista a sua Direcção preferiu não se fazer representar?

13- Porque impedem um atleta de representar o país no campeonato mundial da modalidade?

14- Porque calendarizaram a fase final do campeonato nacional a ser disputada logo a seguir à participação da selecção nacional nas olimpíadas? Têm consciência do que é praticar xadrez de alta competição?

15- Sendo este um ano de realização das olimpíadas, o porquê de ainda não terem efectuado a convocatória para a selecção nacional, contrariamente aos anos anteriores, estando nós a pouco mais de 4 meses da prova? Será que não querem assumir a minha escolha na selecção ou antes pelo contrário têm receio de me afastar, uma vez mais, da selecção nacional?

16- Gostaria que explicasse, à nossa comunidade, em que consistiram os acordos com o GM Garry Kasparov (candidato à presidência da FIDE), nas reuniões tidas com o Presidente da FPX e/ou Direcção, no que diz respeito ao seu apoio eleitoral nas anteriores eleições da Federação Internacional de Xadrez (FIDE)?

17- Porque é que, de entre os diversos escalões existentes na Federação Portuguesa de Xadrez a nível competitivo e com organização do seu próprio campeonato nacional, com periodicidade anual, os veteranos é o único escalão, relevo, que deixou de ter qualquer comparticipação que seja em termos da sua representação nacional? Nem sequer a despesa de inscrição no Europeu ou no Mundial de Veteranos é suportada pela FPX, será que este escalão definido pela própria Federação Internacional e reconhecido pela FPX merecem o desprezo e a marginalização a que estão a ser submetidos por parte da Direcção da FPX?

 

A última mensagem que enviei para a FPX, foi a seguinte:
“Passa assim para 17 as perguntas que continuam a aguardar uma resposta esclarecedora e justificada da vossa parte, tal como por vós prometido e, conforme o Decreto-Lei nº 248-B, no qual a Direcção da FPX é obrigada a respeitar, a cumprir e fazer cumprir o mesmo.

Muito sinceramente, espero que não seja vossa intenção deixar para a nova Direcção, que tomará posse a partir de amanhã, as respostas a estas perguntas!”

 

 

 

    

“O meu recorde vai perdurar durante largos anos”

António Fernandes – Grande Mestre

============================================================

De regresso, a rubrica 10P na sua Décima Terceira entrevista foi visitar o homem do momento que acaba de ter uma prestação fantástica ao serviço da Selecção Nacional, foi a sua 16ª presença em Olimpíadas!

António Fernandes sagrou-se MI em 1985 e GM em 2002, algo raro para Portugal que dispõe apenas de 3 jogadores com este título. Sagrou-se campeão nacional pela primeira vez de quinze aos 17 anos. Licenciado em Matemática Aplicada e com percurso profissional ligado à banca, nunca se dedicou a 100% ao xadrez já que cedo se apercebeu de que não conseguiria sobreviver em Portugal á custa da modalidade que tão bem pratica.

Tem dois filhos que jogam xadrez, é Benfiquista e nasceu em Pampilhosa da Serra, localidade que segundo AF ofereceu as melhores condições de sempre para a realização de um campeonato nacional. Á pergunta quem seria a mais bela mulher do xadrez respondeu sem hesitar que é a sua esposa.

São algumas das curiosidades contidas na entrevista, agora publicada em dia de aniversário do GM, e por isso excedemos o limite 10P, esperamos que gostem!

============================================================

1 - Joaquim Durão foi um dos mais prestigiados jogadores nacionais de sempre, tendo sido campeão nacional por 13 vezes, o AF tem a consciência de que com a obtenção do seu 14º titulo ficará para a história como uma lenda do xadrez nacional? Sente que a FPX, clubes e outros não lhe dão o devido valor que merece por direito próprio?

Obviamente que é sem dúvida um feito histórico e para mim, que lutei por esse momento, foi a realização de uma das minhas metas.

Quanto ao valor, ao reconhecimento… temos que nos contentar com o país em que vivemos e com a nossa cultura. É certo que não podemos agradar a todos e quando conseguimos a realização, a conquista, de determinadas proezas, acabamos por provocar em algumas pessoas bons e maus sentimentos, uns de alegria outros de tristeza, de orgulho, de louvor, de apreço, de respeito ou de desprezo… Lamentavelmente, muitas vezes acontece, verificarmos que esse reconhecimento mais facilmente vem de fora, do estrangeiro!

Contrariamente à cultura a que estamos habituados, sou daqueles que defendem que as homenagens e o reconhecimento deve ser efectuado em vida e não post mortem, como tal sem dúvida que o Joaquim Durão, sendo uma referência do xadrez nacional e que ficará na história do nosso desporto, merecia ter tido essa homenagem.

Quanto a mim, o que importa é que as pessoas em quem confio e aquelas que me querem bem tenham esse reconhecimento para comigo e uma coisa é certa, disso tenho consciência, é que esse feito vai perdurar durante alguns anos.

2 - Desde 2013 data em representou o Sport Lisboa e Benfica que não se voltou a filiar por qualquer clube, nenhum projecto aliciante? Ninguém chegou aos valores que pretende? algum outro motivo? Quanto custará a uma equipa ter o GM António Fernandes para disputar uma primeira divisão?

Sim, sem dúvida que tem que haver algum projecto aliciante a nível da formação ou da competição. A nível competitivo defendo que para se representar um clube, seja ele qual for, o xadrezista tem que estar disponível para dar o seu melhor, muitas vezes penalizando-se a si próprio em prol da equipa e para isso deverá, certamente, haver alguma contrapartida.

Penso que custaria muito pouco, tendo em atenção o nível e qualidade de alguns dos participantes nessa prova. Tal como referi anteriormente, independentemente dos prejuízos individuais a que qualquer um venha a estar sujeito, os elementos da equipa têm a obrigação e o dever de dedicar todo o seu empenho, dedicação e disponibilidade em prol dos objectivos do colectivo. Infelizmente nem todos pensam assim e eu próprio já tive ocasião de testemunhar alguns elementos de bom nível e com uma boa cotação adoptarem uma postura diferente, esses sim considero que estão a custar muito caro à sua equipa.

3 - O ensino do xadrez é algo que lhe dá prazer? Prefere jovens ou adultos?

Sem dúvida que sim, prefiro apenas aqueles que têm vontade em aprender em evoluir e que têm objectivos por cumprir, independentemente da sua idade. Posso orgulhar-me de dizer que os alunos a quem dei formação, venceram ao longo de vários anos os nacionais dos seus escalões etários. Leccionei também num colégio particular com resultados muito positivos a nível competitivo.

4 - Fale-nos um pouco do que viu na Taça CUCA disputada em Angola

A Taça CUCA é já um torneio com algum prestígio internacional que tem por objectivo principal promover os jogadores angolanos. Para a realização desta prova, como é óbvio, é necessário reunirem-se determinadas condições, apoios, provenientes de patrocínios, de apoio da própria Federação Angolana de Xadrez ou mesmo de apoios estatais, uma vez que está em causa o convite de alguns xadrezistas titulados estrangeiros.

Em Angola esta é uma prova de referência para todos os xadrezistas angolanos e outras mais idênticas seriam necessárias para uma melhor e mais rápida evolução dos seus filiados. Este é, sem dúvida, um exemplo a seguir por qualquer federação desportiva que pretende promover e permitir a evolução dos seus atletas. Um exemplo que gostaria de ver também reflectido no nosso país.

5 - Por que ordem colocaria estes feitos:

  • Titulo de GM
  • Medalha de Bronze individual nas Olimpíadas de 1992 a segundo tabuleiro
  • o 14º titulo nacional que o colocou como o mais campeão de sempre

Existe algum outro feito ou momento que entraria diretamente no top 3?

Bem, é um pouco complicado ordenar tais feitos mas tendo por princípio a importância dos mesmos a nível mundial, colocaria os mesmos pela ordem seguinte:

- Medalha de Bronze individual nas Olimpíadas de 1992 a segundo tabuleiro
- Título de GM
- o 14º título nacional que o colocou como o mais campeão de sempre

Não sei se entraria no top 3, mas claro que não deixa de ser importante o facto de ter sido reconhecido pela FIDE, no congresso realizado em 1985 em Graz na Áustria, como uma das esperanças do xadrez mundial.

6 - Comenta-se que é um jogador de feitio muito difícil…

Aceito que haja alguém que assim pense, mas como é perfeitamente natural qualquer indivíduo, independentemente da sua actividade profissional ou desportiva, que faça sombra aos outros sempre será motivo de crítica para alguns.

Ao longo da minha carreira de xadrezista sempre pautei a minha actividade desportiva com honestidade, rectidão, isenção e lutando sempre pela verdade dos acontecimentos, muitas vezes defendendo outros pelo facto de ter testemunhado determinadas situações.

Também reconheço que numa ou noutra situação, por esses mesmos motivos, não tenha agido da forma mais correcta, chegando mesmo a exaltar-me ao ponto de levantar a voz. Mas ao longo de mais de 46 anos de prática desta modalidade, tenho observado a atitude de algumas pessoas que de tudo fazem, fora do contexto da ética desportiva, para tentar conquistar o ponto de forma ilícita, uma vez que de outra forma o não conseguiriam e isso quando acontece comigo sem dúvida que me tira do sério.

 

7 - Quais seriam os seus critérios para uma convocatória olímpica?

Nunca em caso algum estipular um limite de partidas sem qualquer significado, pois um xadrezista pode jogar 100 partidas ao longo de um ano e dessas apenas 4 têm algum nível ou um grau de dificuldade superior e outro jogar apenas 20 partidas e todas se enquadrem dentro desses parâmetros.

Do meu ponto de vista a convocatória deve ser efectuada com isenção, imparcialidade e a utilização de critérios unicamente desportivos bem definidos, tais como: campeão nacional, rating internacional e resultados obtidos.

8 - Vamos falar de um “Mandato Imaginário” em que AF era o presidente, quais as três medidas mais emblemáticas de que não prescindiria?

Além da isenção e honestidade, o dever de cumprir e fazer cumprir a ética e a verdade desportiva.

Valorizava a formação de base com conceitos fundamentados, criando uma estrutura piramidal que permitisse a evolução natural de qualquer elemento.

Valorizava condignamente a representatividade nacional nas provas mais importantes da FIDE.

Criava o conceito de provas válidas, as quais obrigatoriamente eram reconhecidas por reunirem as condições mínimas necessárias.

  

 

9 - Já vários jogadores da CPB defrontaram o seu pai, o Mestre Nacional Júlio Santos, e unanimemente consideram-no como provavelmente o jogador mais simpático do xadrez nacional, como é a vossa relação fora dos tabuleiros?

É óptima, como não seria de esperar outra coisa entre pai e filho.

A prática desta modalidade como já referi por diversas vezes em alguns colóquios é bastante benéfica ao ser humano e o meu pai é efectivamente um exemplo desses benefícios, por isso mesmo a ele lhe devo tudo o que sou hoje em dia, como ser humano e como desportista e praticante de uma modalidade de excepção

10 - Existe um “vírus” que afecta os MI nacionais que a certa altura da carreira descem aos 2350 (mais coisa menos coisa), foi assim com Dâmaso, foi assim consigo, esta a ser com Paulo Dias. António Frois por exemplo não mais regressou aos 2400. Consegue perceber o porquê desta situação?

Existem efectivamente duas situações que explicam essa situação:

- Acontece por vezes que um atleta durante a sua fase evolutiva ter esses períodos menos bons, os quais são sem dúvida um retrocesso temporário relacionados com uma melhoria significativa em termos de conhecimento, de adaptação e de compreensão do próprio jogo.

- Por outro lado, esse retrocesso poderá ter que ver com interferências externas como seja, problemas de saúde, familiares, profissionais ou mesmo desmotivação ou falta de confiança.

No meu caso particular a referida situação deveu-se à segunda hipótese, em relação aos demais elementos, cada um deles saberá certamente justificar o sucedido.

  

11 - Vê os 2545 de António Antunes serem batidos nos próximos 3 anos por algum jogador Português? Quem?

Considero que 2545 de rating é um elo algo modesto para a qualidade de vários dos melhores xadrezistas nacionais, sem mencionar qualquer nome, os quais estão subaproveitados e podem com alguma facilidade ultrapassar esses valores. A questão está mais uma vez nas condições e dedicação que qualquer um em determinado momento, independentemente de serem 2, 3 anos ou mais, possa assumir.

12 - Qual foi aquela que considerou a sua melhor partida de sempre?

Existem várias partidas que considero muito boas. Devo confessar que ainda não me dispus a seleccionar efectivamente a melhor de todas, no entanto posso facilmente referir que o lance que me deu mais prazer jogar em todas as partidas que já joguei ao longo da minha carreira foi contra o Viktor Korchnoi, numa partida disputada em 1989 em Haifa, Israel, durante o europeu de selecções. Foi o lance 26.  …  Bd3, sem dúvida o lance mais bonito que alguma vez realizei e com menos de 3 minutos no relógio, ficando na altura com pouquíssimos segundos, enquanto Korchnoi que tinha sensivelmente um pouco mais de 5 minutos após este lance, consumiu precisamente 5 minutos ficando com mais alguns segundos que eu, no entanto Korchnoi não encontrou a solução correcta e acabei por ficar com vantagem decisiva, mas infelizmente ao 31º lance a jogar “ao toque” por forma a evitar a queda da bandeira, não tive o discernimento suficiente para jogar o lance mais fácil e mais óbvio 31. … Td8 que ganhava facilmente a partida. Enfim acabei por empatar essa partida, mas a beleza desse lance e tendo em atenção o adversário que enfrentava ficou para mim gravado na minha memória.

 

13 - Que questão gostaria que lhe colocassem, e qual a resposta?

Penso que uma boa pergunta, mais dirigida à tutela, poderia ser a seguinte:

Como é que é possível que a selecção da Grécia que era à mais de 30 anos inferior à nossa, hoje em dia o nível da mesma é bastante superior, com vários valores individuais aos mais altos níveis do xadrez mundial?

Que condições as entidades oficiais da Grécia, ou de outros países como a Islândia… ofereceram aos xadrezistas desses países para eles se dedicarem a esta modalidade?

Sobre as extensas críticas à anterior direcção da FPX, da sua exclusão das Olimpíadas de 2014 e sobre 17 questões que o GM António Fernandes colocou à direcção e que não obteve resposta, publicaremos na próxima 6ª Feira.

Parabéns de toda a equipa CPB e muitas felicidades!

 

 

  

Este mês estará de regresso a rubrica “10 perguntas”, o convidado é o Grande Mestre António Fernandes. Por poder ficar desactualizada fica aqui desde já publicada a questão e a resposta sobre os objetivos para o Campeonato Nacional que agora decorre.

Vai iniciar-se mais um Campeonato Nacional individual, que espetativas tem e gostaríamos de saber se o dia de jornadas dupla é aquele que os jogadores mais cotados temem e onde podem surgir as maiores surpresas?

Por princípio devo dizer que em todas as provas que participo tenho a ambição de as poder vencer, pelo menos luto por esse objectivo.

A nível da competição e em qualquer prova que participamos é perfeitamente compreensível o dispêndio de energia de qualquer participante ao longo da mesma. Cada partida tem o seu esforço e como é óbvio numa prova em que sejam disputadas duas partidas no mesmo dia esse desgaste é muito superior e torna-se evidente na produção das respectivas partidas. Nessa situação o que está em causa e que pode fazer a diferença, independentemente dos adversários, é a resistência do jogador em termos físicos e psicológicos.

 

 

  

André Pinto obtém titulo nas Semi Rápidas

    

http://chess-results.com/tnr237703.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&wi=984

André Pinto venceu com 4-1-0 e subiu 2 pontos, os outros dois jogadores da CPB não conseguiram atingir o pódio; Rui Batalha com 2-1-2 perdeu 16 pontos e Paulo Constantino com 2-0-3 perdeu 35 pontos.

Tivemos direito a um derby: Rui Batalha 0,5-0,5 André Pinto no único meio ponto cedido pelo campeão.

Miguel Simões dos Corvos do Lis foi o destaque com a obtenção do pódio, já por diversas vezes tem estado em destaque aqui no nosso site, já se sabe que ira longe…

 

Guilherme Gaboleiro obtém titulo nas Rápidas

    

http://chess-results.com/tnr237704.aspx?lan=10&art=0&fed=POR&turdet=YES&wi=984

CPB conquista todo o pódio!!!

Guilherme Gaboleiro venceu com 4-0-1 e manteve a cotação, André Pinto também com 4-0-1 obteve o segundo lugar e cedeu 5 pontos, também no pódio Rui Batalha com 3-1-1 conquistou 6 pontos e obteve a terceira posição numa prova onde a CPB não deu hipóteses à concorrência.

Rui Batalha foi mais uma vez o único a sacar pontos ao vencedor, também tinha acontecido nas semi rápidas.

Paulo Constantino em dia de aniversário distribuiu 27 pontos com 2-0-3

Nos Derbys as “pretas” dominaram:

Paulo Constantino 0-1 André Pinto
André Pinto 0-1 Guilherme Gaboleiro
Guilherme Gaboleiro 0-1 Rui Batalha

Um bonito pódio dedicado ao GM João Santos em dia de aniversário, parabéns!!!

 

 

 

Carta Aberta a Dominic Cross – Presidente da Federação Portuguesa de Xadrez

Taça Nacional das Associações – A “Taça das Taças”

 

Caro Dominic Cross,

O teor desta missiva tem como objectivo tentar sensibilizar o nosso caro presidente para uma prova que quer pelo passado quer por conversas recentes verificamos de que não é propriamente o seu fã nº 1.

Vamos começar por mostrar o que representa para o xadrez nacional a TNA, mais propriamente para o xadrez colectivo, ou seja para os clubes, no fundo o suporte do xadrez em Portugal.

Ranking por ordem de importância das provas nacionais colectivas:

  1. Campeão Nacional da 1ª Divisão (Titulo: Campeão)
  2. Taça de Portugal (Titulo: Campeão)
  3. Super Taça (Titulo: Campeão)
  4. Taça Nacional das Associações (Titulo: Campeão e para o pódio)
  5. Campeão da 2ª Divisão (Titulo: Campeão)
  6. Campeão da 3ª Divisão (Titulo: Campeão)
  7. Campeão Distrital (Titulo: Campeão)

A TNA surge nesta ordem de grandeza logo a seguir á Taça de Portugal como uma competição onde qualquer clube, e em qualquer época, mesmo um recem criado pode vencer, para ser campeão é preciso estar na 1ª divisão … e assim sucessivamente, tanto na Taça de Portugal como na Taça Nacional das Associações para se “poder brilhar” basta existir!

A TNA já contou indirectamente com mais clubes participantes do que a Taça de Portugal, prova que presumo não passe pela cabeça de ninguém extinguir

Mas esta competição até se pode dar ao luxo de se querer comparar com a Taça de Portugal, vejamos: 3 troféus em disputa bem ao “estilo dos jogos Olímpicos” em vez de apenas um troféu, e com algo que certamente fará corar de inveja a própria Taça de Portugal, sabe o nosso caro presidente quantos clubes disputaram a TNA 2014/2015?

Porto (21), Lisboa (19), Braga (8), Aveiro (6), Coimbra (4) e Leiria (4) foram 62 equipas contra as 55 que participaram na Taça de Portugal … e já não falamos nas Taças Distritais dos distritos que não marcaram presença, caso contrário o número seria bem maior.

Por isso nada de reduzir a TNA à competição final de 6 a 8 clubes, a TNA é muito mais do que isso conforme demonstram os números.

Acabar com a TNA seria dar uma forte machadada no xadrez distrital colectivo e quiçá dar o pretexto e a força necessária para a extinção de algumas taças distritais.

Acabar com uma prova que tenderá a ganhar cada vez mais prestigio, acabar com uma prova que é o cartaz de fecho de época e que sinaliza o inicio da nova época (Outubro), acabar com uma prova democrática e aberta a todos, acabar com uma prova que interrompe o marasmo que a competição por equipas em provas clássicas está, circunscrita de Janeiro a Maio, ficando com 7, pasme-se 7!!!! Meses de paragem …. Decididamente não parece boa ideia!

O argumento de que existem poucas datas não colhe … até porque se existiu contestação aos concentrados e tenciona dar ouvidos a essa contestação, a mesma não veio a publico para já no que concerne ás jornadas duplas, pelo que o calendário por aqui se manteria (um jogo em casa e um fora é muito diferente de 2 deslocações, quer em termos de cansaço físico quer em termos de despesas, mas essa é uma discussão para outros tempos, cada situação a seu tempo).

Estaremos certamente de acordo que o vencedor do campeonato nacional individual tenha de ter presença assegurada no europeu, é um prémio justo e dá visibilidade à modalidade, mas nunca esquecendo de que o que faz mexer o xadrez nacional são os clubes e não as individualidades.

Quererá o nosso caro presidente certamente ficar na história do xadrez como o presidente que criou, que melhorou e não como o presidente que extinguiu provas.

Em vez de extinguir uma prova, poderá melhorar a mesma e tem já todas as hipóteses para que tal aconteça, poderá organizar a prova no seu distrito, este ano que contará curiosamente com a participação da Associação Académica de Coimbra, tem todos os ingredientes ao seu dispor para brilhar em casa, já para não falar na maravilhosa cidade que é Coimbra com tudo o que tem de bom para dar aos seus visitantes, e poderá também aqui sobressair e fazer melhor do que o anterior presidente da FPX, basta para isso fazer o que o seu antecessor não conseguiu … conseguir que a Associação de Xadrez de Setúbal participe na prova … tem tudo para brilhar!

Depois de passada esta fase, em que certamente viverá por dentro o espírito da TNA, e que qualquer ideia de extinção cairá por terra, poderá debruçar-se em alternativas para melhorar a prova, e para isso parece essencial a participação de 8 clubes … subsidiar pequenos distritos? Permitir ao Campeão a sua participação podendo por essa via o distrito respetivo ter duas equipas em prova? … Muita coisa haverá certamente para melhorar.

Até à 3ª TNA, estaremos certamente a aplaudir o que constrói e o que melhora!

 

 

 11

A CPB nas Meias-finais da Taça de Portugal 

       

Apresentamos aqui uns recortes do extinto Jornal “A Capital” que publicava todas as Terças Feiras (da parte da tarde) uma página dedicada ao xadrez, de autoria do Mestre Internacional e Grande Mestre (Xadrez por correspondência) Luís Santos, sobre a ida da Casa do Povo do Bombarral ás Meias Finais da Taça de Portugal. Supomos que é este o recorde da CPB (temos a certeza!) e do distrito Leiriense.

 

O Cartaz, retirado dos arquivos da CPB, … dia de Festa para o Xadrez no Distrito!

 

 

05-04-1994


 
   

      10-05-1994

19-07-1994

 

Outros Recortes:

 

16-04-1991                                   21-01-1992

 

 

11-07-1995

 

 

http://casadoxadrez.blogspot.pt/

A Casa do Xadrez de Alpiarça e todos os seus jogadores e amigos de Santarém, Almeirim, Rio Maior, etc..., de mais de 25 anos de convívio e torneios de Xadrez em comum,  deixa aqui os sentimos pêsames à família, amigos e à Casa do Povo do Bombarral  pela sentida perda.  

Até sempre Severino !
R.I.P.

A CPB agradece a todos os que de uma forma ou de outra, presencialmente ou por email se juntaram à nossa equipa neste momento de dor.

Em particular a Caros Marques (ATV), José Cavadas (APC) e Mário Canaverde (AXL).

 

 

O Mestre partiu…

http://cpbombarral.comuv.com/historial/HistoriaSeccaoXadrez.htm

 

António Severino (1965-2016)

 

A História da CPB e a história de António Severino confundem-se, a CPB não seria o que é sem António Severino e António Severino não teria sido o que foi sem a CPB.

 

Partiu assim esta 5ª feira um pedaço da história da CPB, um elemento insubstituível, pelas suas qualidades humanas, pelo gosto que tinha pelo xadrez, por ser o jogador que representou durante mais anos consecutivos a CPB, por ser no momento o único jogador ativo da CPB a residir no Bombarral, por ser a alma imprevisível da equipa, a esperança nos maus momentos, com ele sabíamos que poderíamos sair sempre vencedores.

 

 

Vamos deixar-vos aqui um conselho, não que o Mestre tenha pedido, mas retirado das muitas conversas que tivemos … e para que a sua morte não tenha sido em vão aqui fica:

Fumar Mata! … Mesmo!!!

  

… Nunca te esqueceremos, obrigado!

 

 

2ª Taça “Amizade do Oeste”

 

  7    5 

Segunda edição desta Taça que proporciona agradáveis momentos de convívio e permite ás equipas adquirirem algum ritmo para a segunda jornada das 2ª e 3ªs divisões.

Saúda-se o regresso de António Severino à competição!

A CPB iniciou-se muito bem com mais uma vitória nas clássicas, cujo total nesta competição está em (2-1-0) para este ritmo. Imbatível a CPB!

Seguiram-se as semi rápidas com a primeira derrota da CPB neste ritmo (2-0-1) e o encontro ficava empatado 4-4, tudo para se decidir nas rápidas!

Nas rápidas a vitória coube aos Torrienses que estiveram perto da goleada, vencendo assim de forma justa a 1ª mão da 2ª Taça Amizade do Oeste por 7-5 … árdua tarefa para a CPB recuperar na 2ª mão desta competição.

Curiosamente este ritmo estava com o score de 0-2-0, passa agora para (0-2-1), portanto um ritmo onde a CPB nunca venceu. Imbatível a ATV!

  

 

 

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2016/2017

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2015/2016

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas
logo logo

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2014/2015

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2013/2014

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2012/2013

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2011/2012

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2010/2011

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

Quantcast
- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome

www.000webhost.com