"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

Seja Muito Bem Vindo!!!

 
 
 
Vencedores da Série E da 3ª Divisão 2011/2012

Vencedores da 3ª Taça AX Leiria

Campeões Nacionais 3ª Divisão 2011/2012

Campeões Distritais de Rápidas 2011/2012

Campeões Distritais de Semi Rápidas 2011/2012

Menus Actualizados 18/01/2015

  Sexy Chess

 

122 Episódios Publicados Próximo: Setembro 55 Episódios Publicados

Próximo: Fevereiro 2015

 

 

12 Entrevistas Publicadas Próxima: 2014 142 Episódios Publicados Próximo: Brevemente

II Torneio Internacional de Xadrez FIDE de Alcobaça  

 

http://www.chess-results.com/tnr144855.aspx?lan=10

André Pinto soma em Alcobaça

 

68 no Torneio Principal + 20 no Torneio Jovem = 88 Participantes

 

  

Na Primeira Ronda houve logo surpresa na mesa 1 com Gonçalo Abreu (Corvos do Lis – 1455) a vencer Simão Pintor (GX 113 2107) e a ganhar 36,8 pontos só neste jogo!
André Pinto (CPB - 1994) venceu Paulo Rocha (Clube Galitos – 1437) e somou 1,6 pontos.

Na Segunda Ronda estreia do Numero 1 do Torneio o MF Angolano João Francisco que se federou pela Associação Tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha. Ricardo Oliveira (SOM – 1614) impõe empate ao Mestre Nacional Júlio Santos, campeão nacional sub 65 (Clube EDP - 1949) na mesa 3, e na mesa 6 Carlos Baptista (AXB – 1534) empata face a Paulo Fanha (Clube EDP - 1868)
André Pinto (CPB - 1994) venceu Ricardo Dias (Clube Galitos – 1638) e somou 2,2 pontos.

No final da Terceira Ronda, cinco jogadores terminam com 3 em 3 o que gera a possibilidade do torneio acabar com dois participantes com 5 em 5, o que seria frustrante vencer todos os jogos e não vencer o torneio.
André Pinto (CPB - 1994) venceu Inês Lima Santos (1793 – ATC Caldas da Rainha) e somou 4,8 pontos.

Na Quarta Ronda  
Mesa 1: André Pinto (CPB - 1994) venceu o Mestre Nacional Vítor Morais (1934 – Clube EDP) e somou mais 8,4 pontos.
Mesa 2: O sub 18 Luís Ferreira (Clube EDP - 1991) que ainda lhe faltam somar cerca de 100 pontos conquistados recentemente em Lisboa, venceu o sub 18 Miguel Fernandes (AA Coimbra 1905) e segue com 4 em 4, é apontado como o principal favorito à vitória no torneio.
Mesa 3: Miguel Belo (Sporting CP 1850) também seguia com 3 em 3 mas cedeu face ao Mestre Nacional Júlio Santos (Clube EDP 1949).

Quinta e decisiva Ronda 
André Pinto e Luís Ferreira são os únicos jogadores que totalizam os jogos por vitórias, face ao favoritismo do Sportinguista, André Pinto tem a seu favor o facto de jogar de brancas.
André Pinto perde, fica em 4º, mas não deixa de fazer um bom torneio com 4-0-1 e mais 7 pontos de cotação … de regresso aos 2000!

1º Luís Ferreira que soma mais 50 pontos e aproxima-se do título de Mestre Nacional! 2º João Francisco MF (2165 AT Cores) e 3º Afonso Fernandes (1837 AU Açores) ambos com 4,5

Torneio Jovem: Semi rápidas de 5 sessões
Participantes = 20

 

http://www.tatasteelchess.com/

    

Mais um para Magnus!

 

Desta vez disputado em 3 locais na Holanda, com Rotterdam e Den Hagg a terem direito a um dia cada, e Wijk aan Zee com os restantes.

http://www.chessgames.com/perl/chessgame?gid=1782679

 

 

http://www.chessgames.com/perl/chessgame?gid=1782603 

  

 

 

Magnus segura a vitória … também no Basket – Caruana ainda na “sombra”

Um festival “de outro mundo” que incluía este torneio principal, um torneio “B” e um aberto entre várias iniciativas de divulgação da modalidade.

No torneio dos Desafiadores (“B”) o vencedor que assim conquista direito a disputar o principal torneio para o ano, massacrou!!!

Aqui fica uma partida com direito a mate!

 

 

2014/2015 Circuito Nacional de Semi-Rápidas

http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/2014-2015/circuito-nacional-de-semi-rapidas#mirandela

O Circuito Nacional de Semi Rápidas que se estreará esta época e que começa no dia 08/03/2015 em Mirandela vai passar pelo distrito de Leiria no dia 18/10/2015 no já conhecido Torneio Internacional da Cela (17º).

 

 

 

2ª Divisão – Série B – Previsão 2ª Jornada

Em Montemor os locais estreiam-se em casa e têm algumas chances de surpreenderem apesar de não serem favoritos, sabem que têm de começar a pontuar o quanto antes!

Os Ribatejanos farão o seu segundo jogo consecutivo fora de portas, animados pelo bom resultado da primeira ronda, parecem ir ao local certo para quiçá se isolarem na liderança da tabela classificativa.

No Bombarral os Figueirenses não devem facilitar novamente e devem apresentar um “Quatro” reforçado que não deixe duvidas sobre as pretensões da equipa.

Ao invés os Bombarralenses irão receber o mais forte candidato ao título e reconhecem que este jogo que “não é” do seu campeonato, devendo aproveitar para estrear os jogadores que ainda não participaram na prova, até porque mais tarde poderá não ser possível.

Em Torres Novas os locais vão defrontar uma equipa de “má memória”, foi há dois anos atrás quando tudo parecia um passeio para que os Torrejanos pudessem subir à primeira divisão que a equipa de Coimbra chegou viu e venceu alcançando o primeiro lugar do grupo. Depois da derrota na primeira ronda um novo desaire fará disparar os sinais de alarme.

Para os “Estudantes” o resultado da primeira ronda não foi muito animador e terão agora novo e difícil teste. O jogo deverá ser equilibrado com ligeira tendência para os homens de Coimbra.

No ano passado a vitória coube aos homens da AXB por 3-1, mas para este ano as mudanças táticas operadas em ambas as equipas parecem ser favoráveis à equipa de Alpiarça. Este jogo entre líderes da classificação deverá ser o mais equilibrado da jornada, apostamos num ligeiro favoritismo dos locais.

 

                  

Que sorte, CPB joga em casa!!!

Mais um ano e mais uma vez a CPB e ter de “rezar a todos os santinhos” para que o Sorteio ditasse um jogo em casa, qualquer deslocação seria longa e dispendiosa, algumas mais do que outras, 50% de hipóteses da CPB ver atendidas as suas preces … e assim foi!!!

Seguiremos também com particular interesse os jogos onde intervêm as equipas da 2ª Divisão série B (AA Coimbra “B”, Assembleia Figueirense, C. C. Torres Novas e a Casa do Xadrez).

Dia 21 de Fevereiro (sábado), véspera dos campeonatos distritais de rápidas e de semi rápidas por equipas (domingo). Aí está um bom jogo treino para se ganhar algum ritmo competitivo para as provas que se avizinham.

 

Será que vamos ter no 1º Tabuleiro um confronto entre André Pinto x André Pinto?

 

A Equipa do Grupo de Xadrez de São Marcos está a disputar a 2ª Divisão Nacional – Zona Sul e também a 16ª Taça da AX Lisboa

(http://www.chess-results.com/tnr158691.aspx?lan=10&art=14&wi=821 )

Na época 2013/2014 ficaram em 5º lugar na 2ª Divisão – Zona Sul com 1-3-3

Dispõe de equipa “B”, que disputa a 3ª Divisão Nacional, tendo ido vencer á Marinha Grande, o que pressupõe a existência de um clube bastante ativo e numeroso.

O “jogo da ronda” será o G. X. 113 x G. X. Porto

 

Participação acima das expetativas, último dia para inscrições!

 II Torneio Internacional de Xadrez FIDE Alcobaça

24 e 25 Janeiro 2015

http://www.chess-results.com/tnr144855.aspx?lan=10

Dois Mestres Nacionais, mais de 60 inscritos

 

 

Um professor estava a almoçar na cantina da escola, quando um aluno se sentou na frente dele.

O professor disse-lhe:
"Um pássaro e um porco, nunca comem juntos!".

- Está bem, então eu saio daqui a voar, respondeu o estudante.

O professor ficou verde de raiva, e decidiu dar-lhe um zero para o
controle da semana seguinte, mas o estudante respondeu com exactidão a
todas as perguntas.

Então o professor resolveu colocar-lhe o seguinte problema:
"Tu vais na rua e encontras dois sacos... um contem muito dinheiro, e
o outro inteligência.

Qual é que tu escolhes?".
"Escolho o que está cheio de dinheiro" responde o estudante.
"Pois eu no teu lugar teria escolhido a inteligência!".
"As pessoas escolhem sempre aquilo que não têm" respondeu o estudante.

O professor, escondendo a raiva, escreveu na cópia "IMBECIL"
O estudante levou a cópia  e foi-se sentar, mas voltou pouco depois.

"Professor, o senhor assinou, mas esqueceu-se de me marcar a nota!"

 

 

  

Série B – 1ª Jornada

17-01-2015 (Sábado)

Casa do Xadrez de Alpiarça 2,5 – 1,5 C. X. Montemor-o-Velho “B”
Academia de X. Bombarral 2,5 – 1,5 Cine Clube de Torres Novas
A. Académica de Coimbra “B” 2,0 – 2,0 Casa do Povo do Bombarral
Assembleia Figueirense 1,5 – 2,5 G. X. Peões de Alverca

 

Peões de Alverca venceram principal candidato à subida!

 

Casa do Xadrez de Alpiarça   2,5-1,5   Circulo de X. Montemor-o-Velho "B"
António Luís 1842 1-0 1934 Pedro Cardoso
António Vinagre 2004 0,5-0,5 1826 João Saltão
Victor Ferreira 2007 0,5-0,5 1794 João Maduro
Carlos Nascimento 1932 0,5-0,5 1737 João Cruz

Apesar de três bons empates face a jogadores de cotação superior, a equipa de Montemor cedeu precisamente no único tabuleiro onde era favorita.

Os locais confirmaram o seu favoritismo com Luís António a ser o “herói” da tarde.

Academia de Xadrez do Bombarral   2,5-1,5   Cine Clube de Torres Novas
Daniel Bray 2147 0,5-0,5 2110 Paulo Costa
Fernando Silva 1672 0,5-0,5 1840 António Reis
José Bray 1882 1-0 1776 João Carvalho
Rui Feio 0 0,5-0,5 1637 José Dias

Na Academia os “Cineastas” confirmaram serem “bons clientes” dos locais, sem Diogo Alho a equipa de Torres Novas deverá ter abandonado desde já a luta pelo pódio e concentrar-se-á na manutenção.

Para os locais foi um importante passo rumo a objectivos mais ambiciosos, quiçá a “Armada Espanhola” ainda chegue a tempo do sonho.

O ritmado José Bray foi o jogador da tarde ao oferecer a vitória aos locais.

Assembleia Figueirense   1,5-2,5   Grupo de Xadrez Peões de Alverca
Paulo Felizes 2055 "+ . -" 1972 Nuno Lino
Miguel Babo 1848 0,5-0,5 1945 Cláudio Guimarães
Mário Mourato 1815 0-1 1872 José Santos
João Marques 1828 0-1 1798 Manuel Rocha

Na Figueira da Foz os visitados não apresentaram os seus três mais cotados tabuleiros e nem uma vitória grátis no primeiro tabuleiro lhes serviu.

Os Alverquenses candidatam-se a serem novamente os grandes animadores da prova e começam mais uma vez a sonhar com outros patamares, apesar da sempre irreparável “mancha” de comparecerem apenas com três jogadores.

Classificação – 2ª Divisão – Série B

2ª Divisão - Série B - 2014/2015     Pontos Pontos  
Clubes Vitórias Empates Derrotas a favor contra Sessões Pontos

Casa do Xadrez de Alpiarça

1 0 0 2,5 1,5 1 3

Academia de Xadrez do Bombarral

1 0 0 2,5 1,5 1 3

Grupo de Xadrez "Peões de Alverca"

1 0 0 2,5 1,5 1 3

Associação Académica de Coimbra “B”

0 1 0 2 2 1 2

Casa do Povo do Bombarral

0 1 0 2 2 1 2

Assembleia Figueirense

0 0 1 1,5 2,5 1 1

Cine Clube de Torres Novas

0 0 1 1,5 2,5 1 1

Clube de X. Montemor - o - Velho “B

0 0 1 1,5 2,5 1 1

 

CPB soma ponto extra!!!

                 

A. Académica de Coimbra “B”       2,0 - 2,0          Casa do Povo do Bombarral

André Pinto (1994) António Severino (1846) Guilherme Gaboleiro (1965) Ricardo Pais (1872)
0,5 0 1 0,5

 

“ O Filme do Jogo”

14.45 Horas

A equipa da CPB desloca-se a Coimbra para defrontar a segunda melhor equipa do grupo, enquanto que os Bombarralenses partem do sétimo lugar de “pole position”.

Na época passada as equipas disputaram a mesma divisão mas em séries diferentes, a AAC ficou em 4º e a CPB em 6º. Ainda na memória de muitos estará o confronto entre ambos em 2012/2013, foi então a AAC 1ª classificada e a CPB 4ª, venceram os Bombarralenses por 2,5-1,5 num jogo histórico onde a CPB apresentou o seu melhor “Quatro” de sempre em termos de cotação.

Tempos diferentes, mas as mesmas aspirações, com os conimbricenses a lutarem pelos lugares cimeiros da tabela e os Bombarralenses a tentarem fugir à despromoção.

“El Capitan” Rui Batalha está presente!

15 Horas

Já são conhecidas as constituições das equipas:

  • Na Mesa 1
    André Pinto de pretas defrontará Miguel Fernandes que está a bater o seu recorde pessoal de cotação, ou seja em nítida ascensão. A acrescer ao facto de jogar de brancas espera-se um jogo equilibradíssimo.
  • Na Mesa 2
    António Severino de brancas defrontará Dominic Cross, são 98 pontos de distância, certamente reduzidos pelo facto de Severino jogar de Brancas, mas Dominic é favorito.
  • Na Mesa 3 Guilherme Gaboleiro de pretas defrontará Bruno Moreira. Os 86 pontos favoráveis á CPB estarão esbatidos pelas cores no tabuleiro e pelo facto de GG estar sem ritmo, equilíbrio é o que se prevê.
  • Na mesa 4
    Ricardo Pais de brancas defrontará Hugo Gomes, cotações reais ou não os 200 pontos dão claro favoritismo ao Bombarralense.

Face ás constituições das equipas, onde se destacam algumas alterações face á previsão, nomeadamente pelo facto dos locais não apresentarem o seu melhor 4 ou perto disso. Alteramos assim a previsão de 60-30-10 favorável aos “Estudantes”, para 30-40-30, melhoram substancialmente as hipóteses da CPB que nas últimas duas edições da prova entrou a perder!

17 Horas
André Pinto e Manuel Fernandes acordam empate (0,5-0,5)
Os restantes jogos ainda mal saíram da abertura

18 Horas
António Severino parece perdido
Guilherme Gaboleiro está em pleno meio jogo
Ricardo Pais parece ligeiramente melhor

18.20 Horas
António Severino ganha Torre e deverá ganhar

18.30 Horas
António Severino perde incrivelmente o jogo (1,5-0,5)

18.32 Horas
Quase ao mesmo tempo que Severino perde, Bruno Moreira (AAC) em apuros de tempo perde peça a abandona face a Guilherme Gaboleiro (1,5-1,5)
Mais uma vez tudo se decide no 4º tabuleiro, o resultado de Ricardo Pais será o resultado da equipa.

19.00 Horas
Ricardo Pais não vê combinação vitoriosa e acaba por entrar num final de torre com peão a mais, que foi insuficiente para vencer, está feito o resultado final. (2,0-2,0)

23.00 Horas
A CPB regressa a casa satisfeita com o empate, mas com a sensação de que face ao desenrolar dos acontecimentos dos jogos, poderia ter feito melhor.
“Matou-se” a tradição da CPB entrar a perder no campeonato!

Ps: Horas não obrigatoriamente correctas, apenas dão uma ideia do desenrolar dos acontecimentos

 

A CPB agradece a atenção dispensada e a maneira como a CPB foi recebida, a toda a secção de xadrez da AAC em especial ao seu secionista Dominic Cross

 

 

3ª Divisão – Série D

  

  • Académico de Torres Vedras obtém importante triunfo
  • Sport Operário Marinhense … o pesadelo continua
  • Benedita vence derby distrital
  • Xeque-Mate jogou em casa com apenas 3 tabuleiros

 

 

2ª Feira: Tudo sobre a 2ª Divisão – Zona Centro, os resultados, as surpresas, os comentários, as fotos … tudo isto é aqui na

cpbombarral.comuv.com

 

  

Pedro Rodrigues (2011) foi inscrito pela CPB

O jogador Pedro Rodrigues que estava federado pela Associação Peão Cavalgante da Benedita, foi transferido no dia 12-01-2015 para a Casa do Povo do Bombarral. A História da transferência é muito simples, o Pedro deixou “escapar” à alguns meses atrás que estava a trabalhar muito longe da Benedita e que um dia provavelmente iria jogar por um clube da localidade para onde fosse transferido laboralmente. Nessa altura alguns elementos da CPB disseram ao Pedro para não assinar por nenhum clube sem falar connosco caso decidisse não continuar na Benedita, e assim aconteceu. Dia 12 o Pedro telefonou-nos a informar de que queria vir jogar para a CPB, foi com grande alegria que recebemos o telefonema, frisamos contudo de que as amizades são mais importantes do que a apresentação de um reforço, e a amizade com José Cavadas é para nós intocável, por isso coube ao Pedro informar e chegar a acordo com o seu anterior clube. Informados de que o acordo estava feito, telefonámos ao Cavadas para explicarmos exactamente o que estamos aqui a explicar, e que caso não autorizasse a transferência não existiria qualquer problema da nossa parte. José Cavadas percebeu os argumentos do Pedro e deixou partir uma das suas “melhores obras” dos últimos anos, ele que tem projectado muito e bons jogadores.

Ficamos felizes pela escolha do Pedro, sabemos que poucos jogos poderás efectuar mas não deixa de ser uma enorme alegria poder contar contigo e ter impedido uma hipotética fuga do distrito de um jogador da tua qualidade, obrigado pela preferência, faremos o que esta ao nosso alcance para seja um prazer estares junto a nós!

 

Calendário de Provas Oficiais 2014 – 2015

Competição

Sistema Adversário Data P Local

Taça Nacional das Associações

Fase Final Vários 18 Outubro 2014 4 Montemor

Taça Nacional das Associações

Fase Final Vários 19 Outubro 2014 4 Montemor

Taça "Amizade do Oeste"

1ª Mão A.T. Vedras 10 Janeiro 2015 4 Bombarral

C N Equipas II Divisão

1ª Ronda A.A. Coimbra B 17 Janeiro 2015 5 Coimbra

C N Equipas II Divisão

2ª Ronda A. Figueirense 31 Janeiro 2015 5 Bombarral

Taça de Portugal

1/32   21 Fevereiro 2015 3  

Rápidas AXL Equipas

  Vários 22 Fevereiro 2015 4 Bombarral?

Semi-Rápidas AXL Equipas

  Vários 22 Fevereiro 2015 4 Bombarral?

C N Equipas II Divisão

3ª Ronda Peões Alverca 28 Fevereiro 2015 5 Alverca

C N Equipas II Divisão 

4ª Ronda Montemor B 21 Março 2015 5 ?

C N Equipas II Divisão

5ª Ronda C.C.T. Novas 22 Março 2015 5

Taça de Portugal 

1/16   18 Abril 2015 3  

6º Taça A. X. Leiria 

  Vários 18 Abril 2015 4 Marinha Grande

6º Taça A. X. Leiria 

  Vários 19 Abril 2015 4 Marinha Grande

Taça "Amizade do Oeste"

2ª Mão A.T. Vedras 25 Abril 2015 4 Torres Vedras

C N Equipas II Divisão

6ª Ronda Casa Xadrez 9 Maio 2015 5  

C N Equipas II Divisão 

7ª Ronda A.X. Bombarral 10 Maio 2015 5  

Prioridade de 1= Não Prioritário a 5= Imprescindível

 

 

 

As 6 melhores invenções de 2014

 

 

 

      

Campeonato Nacional de Veteranos 2014/2015

Vitória para o GM António Fernandes com 5-2-0, cedeu um empate em 13 face ao seu pai, o MN Júlio Santos e na ultima sessão novamente em 13 lances novo “empate de salão” o suficiente para conquistar o titulo apesar de perder 4 pontos de cotação, entre 22 participantes.

No distrito:
José Bray (1882 – nº6) lutou até ao fim pelo título de campeão nacional na categoria s65, deixando escapar o titulo ao perder da ultima ronda face ao novo campeão s65 Júlio Santos (MN 1949 – Clube EDP), terminando num meritório 3º lugar com 4-0-3 e + 3 pontos de para a sua conta pessoal
Carlos Baptista (1534 – nº 19) com 2-0-5 e menos 21 pontos

Outros “conhecidos”

Vítor Morais (1934 – Clube EDP) somou 3 pontos
José Dias (1637 – CCT Novas) somou 14 pontos
Solha Santos (1608 – Amadora Xadrez) perdeu 32 pontos
Carlos Mendes (1676 – Montemor “B”) perdeu 28 pontos

 

Imagens dos Homens que acompanham as Mulheres nas compras…

 

 

 

 

 

2ª Divisão – Série B – Previsão 1ª Jornada

Em Alpiarça os locais não vão querer passar pelas aflições da última época e são claramente favoritos frente á equipa de Montemor que tentará começar a amealhar cedo para tentar fugir ás aflições de última hora que poderão ditar algum lugar de despromoção.

No Centro Cultural e Musical os locais defrontam os “cineastas”, em jornada que se prevê equilibrada entre duas equipas que deverão lutar pelos mesmos objetivos, quem vencer irá certamente sonhar mais alto. Para quem perder o objetivo pódio ficará certamente mais distante. Na época passada a AXB “cilindrou com Chapa 4”, um filme que os cineastas não quererão repetir.

Em Coimbra os locais apesar de serem uma equipa “B” dispõem de um vastíssimo conjunto de soluções. Na época 2012/2013 quando venceram a série apenas duas equipas os conseguiram vencer, entre as quais a CPB, que teve de utilizar o seu melhor 4 de sempre em termos de cotação elo e mesmo assim foi à tangente (2,5-1,5). Épocas diferentes, sem a mesma possibilidade anterior e desta feita com o jogo a disputar-se em Coimbra, os locais são claramente favoritos … um empate já faria os Bombarralenses regressarem contentes perante este valoroso adversário.

Poderá ser um jogo à ronda 1 decisivo? Vão defrontar-se as equipas segunda e terceira classificadas da época anterior. Na época anterior a equipa da Figueira venceu por 3-1, são novamente favoritos mas vão ter de o provar nos tabuleiros. Este jogo poderá desde já arredar uma equipa da subida, não matematicamente falando, mas provavelmente falando! E Kevin Spraggett vai estrear-se?

 

Taça “Amizade do Oeste”

      

C. P. Bombarral  (9,0 – 3,0)  A. Torres Vedras

A Casa do Povo do Bombarral recebeu a equipa do Académico de Torres Vedras na primeira mão da Taça “Amizade do Oeste”, a segunda mão realiza-se em Torres Vedras no dia 25 de Abril, para já os Bombarralense adiantaram-se com uma boa vantagem, mas estará certamente tudo em aberto para a segunda e última ronda desta “competição”

Clássicas – Ritmo (60m) + (30s)

A CPB aproveitou para dar ritmo ao “4” que irá jogar a ronda inaugural da 2ª Divisão, o ATV jogou supostamente com meia equipa titular. O resultado que não espelha de forma nenhuma a diferença entre as equipas, deu uma excelente vantagem á CPB para a conquista deste Match.

Semi Rápidas – Ritmo (15m) + (10s)

No rimo semi rápido o ATV jogou com nova equipa onde se incluem os outros 50% de “titulares”, já a CPB aproveitou para estrear o Sub Rodolfo Bernardino, nova vitória para a CPB que aumenta assim a sua vantagem para 7-1!

Rápidas – Ritmo (3m) + (2s)

Nas sempre animadas rápidas o resultado saiu empatado, terminou assim a 1ª mão deste Match com uma vantagem para os Bombarralenses de 6 pontos.

  

Seguiu-se um pequeno lanche para todos os presentes, aproveitamos para destacar a simpatia e paciência de todos os jogadores do ATV que foram dando ritmo ao nosso sub, ao José Cavadas por ter vindo dar uma espreitadela, e um destaque especial para duas pessoas sem as quais certamente este Match não se teria realizado: João Santos e Carlos Marques, o nosso muito obrigado!

Até Abril em Torres Vedras!!!

 

 Taça de Portugal

(Fonte FPX)

http://www.chess-results.com/tnr154973.aspx?lan=10

Findo o prazo de inscrições das equipas para a Taça de Portugal por Equipas 2014/2015, consideram-se inscritas as seguintes 55 equipas, dispostas já por ordem geográfica dentro de cada zona para os 1/32 de Final - 3ª Eliminatória.
Até à data do sorteio poderão ser inscritas novas equipas-

O sorteio será realizado no dia 21 de Janeiro de 2015, às 19h00, na sede da FPX

3ª Eliminatória (1/32 final) 21 de Fevereiro de 2015 (Local)

 

 

http://www.chess-results.com/tnr144855.aspx?lan=10

 

Breves:

O Grande Torneio de Natal / Ano Novo realizado por solha Santos foi ganho por Carlos Aguiar (1803) do Grupo de Xadrez Alekhine. Miguel Belo (1850 – Sporting CP) parece estar mais ativo este ano mas perdeu 43 pontos de elo.

António Frois (2407) sagrou-se campeão nacional de veteranos na categoria de rápidas, em igualdade pontual com António Fernandes (2326) com o desempate a pender para Frois furto da vitória no confronto entre ambos. 18 Participantes.

Nas semi rápidas, foi surpreendentemente José Alves Santos (MN – 2143 – AX Portugal) que venceu isolado com 5,5 em 6 possíveis entre 27 participantes.

 

 

Taça “Amizade do Oeste”

      

10 Janeiro ás 15 horas no Bombarral

25 Abril ás 15 horas em Torres Vedras

 

 

2ª Divisão – Série B – Zona Centro  

 

Assembleia Figueirense

Média 6 Tabuleiros: 2124 - Objectivo: Subida

Foi 3ª Classificada em 2013/2014, tendo abandonado muito precocemente a luta pela subida fruto de nem sempre ter apresentado o seu melhor 4. Com uma excelente dinâmica protagonizada por Miguel Babo, foi na Figueira da Foz que se disputaram os recentes campeonatos de Semi rápidas para jovens, e também o seu 8º Open Internacional da Figueira da Foz. Com a aquisição do GM Kevin Spraggett deverão conquistar o que há tanto tempo procuram.

São o claríssimo candidato á subida, mas terão de o demonstrar nos tabuleiros.

Foto: Kevin Spraggett o único e conceituado Grande Mestre da série

 

 

Associação Académica de Coimbra “B”

Média 6 Tabuleiros: 1968 - Objectivo: Pódio

Foi 4ª Classificada em 2013/2014 lugar na Zona Norte, em 2012/2013 venceu esta série mas não pode subir de divisão porque a equipa “A” estava na 1ª divisão. Tem muitas e boas soluções no seu plantel, algumas delas regressadas de disputar a 1ª divisão nacional por clubes e não deverão ter dificuldades de maior em atingir cedo a manutenção para depois partirem para objectivos mais ambiciosos.

Foto: Dominic Cross o grande impulsionador da secção onde desponta Miguel Fernandes, o sub 18 esta em nítida ascensão.

 

 

 

Grupo de Xadrez “Os Peões de Alverca”

Média 6 Tabuleiros: 2047 - Objectivo: Pódio / Manutenção

Foi 2ª Classificada em 2013/2014 tendo sido até muito perto do final a grande animadora da prova. A equipa tem qualidade e apresenta variadíssimas soluções, estamos certos de que andarão longe dos lugares da despromoção, mas conseguirão repetir a excelente época anterior?

Foto: O Mestre FIDE António Vítor não deverá ser muito assíduo

 

Academia de Xadrez do Bombarral / Circulo de Cultura Musical Bombarralense

Média 6 Tabuleiros: 1989 - Objectivo: Manutenção / Pódio

Foi 5ª Classificada em 2013/2014, tendo entrado para a última ronda com a manutenção assegurada. A maior ou menor qualidade da equipa esta sempre dependente da presença ou não dos jogadores espanhóis que a integram. Para a nova época a ordem dos tabuleiros revela uma estratégia bastante diferente.

Foto: Daniel Bray continua a perseguição ao título de Mestre Nacional

 

 

Cine Clube de Torres Novas

Média 6 Tabuleiros: 1963 - Objectivo: Manutenção / Pódio

Foi 4ª Classificada em 2013/2014, mas a classificação não reflecte o que se passou durante a época. Começou como candidata, revelou-se um enorme flop a estas pretensões e passou a candidato á descida, onde apenas se “safou” na última ronda e por muito pouco.

Este ano sem equipa “B” todo o grupo se junta numa só equipa, equilibrada e com várias soluções. Espera-se que não tenham um começo de época tão frustrante como o anterior, até porque Paulo Costa aparenta estar a entrar em forma.

Foto: Diogo Alho, o Mestre FIDE dificilmente disputará a totalidade dos jogos

 

 

Casa do Xadrez de Alpiarça

Média 6 Tabuleiros: 1943 - Classificação: Manutenção / Pódio

Foi 7ª Classificada em 2013/2014 lugar que ditava a despromoção, mas acabou “Repescada” pela falta de inscrição de algumas equipas. São um grupo de amigos de longa data e com bastante experiência, estamos certos pela qualidade de jogo que apresentam que a última época mais não foi do que a conjugação de várias “Azares” que dificilmente se repetirão.

Não mudando de jogadores a Casa do Xadrez apresenta algumas mudanças taticas em relação á época transata.

Foto: Carlos Nascimento, forte candidato a ser o melhor 3º ou 4º tabuleiro da série

 

 

Casa do Povo do Bombarral

Média 6 Tabuleiros: 1932 - Objectivo: Manutenção

A Casa do Povo do Bombarral é mais uma vez uma forte candidata aos lugares de despromoção, mas a verdade é que tem escapado já por duas vezes consecutivas a esse destino, apesar de quase sempre “in extremis”, tal como demonstra o 6º lugar obtido na época 2013/2014. A sua média encontra-se inflacionada por jogadores que não deverão dar o contributo á equipa.

Como tem sido hábito o objectivo é o 6º lugar que saberá a “Titulo”!

Foto: João Santos, o “fundador” do xadrez Bombarralense

 

 

Circulo de Xadrez de Montemor-O-Velho “B”

Média 6 Tabuleiros: 1791 - Objectivo: Manutenção

Foi 8ª Classificada no grupo em 2012/2013 com 0-0-7, em 2013/2014 foi 1ª Classificada no seu grupo da 3ª divisão. Esteve para não subir pelo facto da sua primeira equipa ter sido despromovida para a 2ª divisão, mas uma repescagem de última hora da sua equipa “A” levou a equipa “B” a subir de divisão, por mérito próprio diga-se de passagem. Tem um grupo extenso que permite ter 3 equipas nos campeonatos nacionais e serão certamente um “osso duro de roer” em todas as jornadas.

Foto: João Saltão (com Carlos Mendes, o grande dinamizador do xadrez em Montemor) com subidas consistentes poderá ser novamente o destaque

 

Alterações na 3ª Divisão colocam “Série D ao rubro”!

 

Alteração na Série C e D da 3ª Divisão, que veio servir o interesse do distrito. A recém equipa de Carlos Dias o Ginásio do Louriçal com um projecto aparentemente mais dedicado á formação, transita da série D para a série C. As vantagens são enormes, a equipa defrontará outros projectos de formação com algumas equipas B e C e consegue por esta via ter jogos interessantes ao contrário do que aconteceria na série D onde o destino parecia traçado.

Para a equipa Leiriense dos Corvos do Lis a situação é inversa e também “ Calhou” bem, na série C estava isolada do distrito sem grandes hipóteses de descer ou de subir, assim com esta troca, praticamente todo o distrito Leiriense estará na série D proporcionando os sempre apetecíveis derbys, numa série que já de si aparentava ser a mais forte de toda a terceira divisão, agora ficou fortíssima. Com a luta entre o pódio e a manutenção a ser possível para várias equipas, aguardam-se os jogos com enorme expectativa.

 

 

Zé Bomba – Episódio 55

Feliz 2015 para todos!!!

 

2014 Já lá vai, foi mais do mesmo, os Campeões á mesa fartaram-se mais uma vez de levantar canecos. Foi mais um Triplete Distrital, mais uma vitória no derby e a marca histórica de sermos a 1ª equipa do distrito a disputar a Taça Nacional das Associações.

Para 2015 deixamos os nossos mais sinceros votos para que os rivais se esforcem por dar um pouco mais de luta sem a qual o xadrez perde algum do seu interesse e beleza. Deixo aqui algumas dicas, são as últimas inovações ao nível das mais modernas técnicas de aprendizagem e evolução xadrezista!

  

1º Pratica de um jogo mais simples

Comprova-se de que devemos começar por jogos mais fáceis antes de chegarmos aos mais complicados. É a evolução natural das coisas, não há que tentar ultrapassar etapas.

2º Mudar de Hobbie

Não levar o jogo muito a sério, caso não exista grande apetência pela modalidade, deve-se …não diria mudar de hobbie, mas pelo menos introduzir mais um hobbie nas nossas vidas. Assim caso não tenhamos grande queda para um deles sempre poderemos futuramente seguir o outro. Trata-se nem mais nem menos da aplicação do famoso provérbio dos grandes investidores aplicado ao xadrez “Não ponha os ovos todos no mesmo cesto”!

3º Treinos Individualizados e personalizados

Um jogador que não tenha ainda evoluído, não deve misturar-se com os companheiros ao contrário do que se pensa. Esta comprovado de que a média da equipa baixa consideravelmente ao termos de dividir a inteligência por todos, o jogador com mais apetência pelos tempos de Neandertal deve treinar-se contra si próprio, analisar sozinho os seus erros, a táctica do espelho é neste caso o ultimo grito da inovação.

 

Ainda dizem que os homens não evoluem?

Directamente do Baú dos meus pais, deixo-vos com algumas fotos da minha infância. Não é para me gabar mas já se notavam traços de uma supra inteligência, a diversidade dos temas, o poder da conquista, enfim … ficam a saber como nasce um génio do xadrez.

 

 

 

 

  

   

 

 

  

 

 

Bom Ano, até Breve!!!

 

 

AX Barcelos sagra-se surpreendentemente Campeã Nacional!!!

 

Ronda 1:
Participaram 30 equipas, todas elas da zona norte com excepção de duas equipas do Sporting CP, Mata de Benfica e a recem criada equipa da AX Portugal de Carlos Carneiro.
Ronda 2:
Apenas Sporting CP, GD Dias Ferreira e GX Porto “B” somam por vitórias os jogos disputados
Ronda 3:
Sporting CP e GD Dias Ferreira isolam-se com 3-0-0
Ronda 4:
Sporting vence Dias Ferreira por 2,5-1,5 e isola-se com 4-0-0
Ronda 5:
Sporting soma e segue com 5-0-0
Ronda 6:
Surpresa!!! Sporting perde com GX Porto “A” por 3-1
Na liderança seguem: Sporting 5-0-1; GX Porto “A” 4-2-0 e a surpresa AX Barcelos com 4-2-0
Ronda 7 e última:
AX Barcelos vence a equipa leonina por 2,5-1,5 e torna-se a grande surpresa da prova com a obtenção do titulo de campeã nacional de rápidas, o GX Porto perdeu por 1-3 com a equipa de São João da Madeira que assim atinge o segundo lugar da classificação.

A equipa de Barcelos que este ano jogará a 3ª Divisão Nacional foi composta por 3 espanhóis, um deles MF e o único a obter 7 vitórias em 7 jogos, os outros dois com cotação acima dos 2100 e pelo Português António Caramez, que por certo não esquecerão tão cedo este maravilhoso dia para as suas carreiras desportivas.

 

André Sousa sub 16 campeão nacional de rápidas!

    

Com 98 jogadores inscritos, a “coqueluche” do clube nacional mais antigo brilhou com a performance de 9-1-1 e mais 66 pontos de rating o sub 16 fez furor ao terminar isolado em primeiro lugar com 1 ponto de vantagem sobre a concorrência.

 

Lisbon Christmas International Chess Open (26 a 30/12)

239 Inscritos com Rui Dâmaso em ritmo “Soma & Segue”

 

Primeira prova do circuito nacional de lentas 2014/2015, melhor torneio nacional ao nível de número de participantes e de titulados, Torneio “aperitivo” para testar o grande Open que aí vem em Agosto de 2015 (Chess Portugal Open 2015) … estavam lançados todos os dados para uma grande festa do xadrez.

O Local do Torneio, o Hotel Real Palácio em Lisboa recebeu este torneio válido para normas disputado em 9 sessões durante 5 dias. Os preços oscilavam entre os 35€ para o “publico” em geral, sendo gratuito para jogadores com mais de 2350 de rating FIDE e para todos os titulados portugueses. O primeiro classificado tinha á sua espera 1500€ podendo ainda acumular entre variados prémios e categorias.

As salas de jogo eram demasiado apertadas, talvez fruto de uma aderência de jogadores inesperada, sendo praticamente impossível acompanhar as mesas de maior destaque por nítida falta de espaço.

Participaram 239 jogadores, aqui ficam alguns destaques:

Vitória para o nº1 do Torneio e único jogador a cotar acima dos 2600, Socko Bartosz (2617) que ganhou mais 6 pontos de cotação com 5-4-0.

Mestres Internacionais

Rui Dâmaso (2425)            6-2-1              +16,00
Paulo Dias (2421)               4-4-1              -10,00
Jorge Ferreira (2413)          5-3-1              +14,00

Mestres Fide

José Pinheiro (2330)                                 -11,00
José Padeiro (2306)                                   -17,00
Luís Silva (2306)                                        - 6,00
António Pereiros dos Santos (2265)       +6,00
João Cordovil (2168)                                 -14,00

Os MF nacionais a comprovarem que muito dificilmente teremos um Mestre Internacional vindo do lote actual.

Outros Destaques

Pedro Rego (MN – 2284 = -23) afastou-se do titulo de Mestre Fide,
José Santos (MN – 2239 = -10) ainda mais longe de MF,
Miguel Silva (2194 = +5) pertíssimo de se sagrar Mestre Nacional,
André Sousa (2191 = -130,00), acabadinho de se sagrar campeão nacional de rápidas e pertíssimo de se sagrar Mestre Nacional, o sub 16 do GX Porto teve uma prestação catastrófica!
Ivo Dias (2175 = -32) depois de derrotar um GM esperava-se mais, mais afastado de MN,
Henrique Aguiar (2154 = +18), continua o sub 18 rumo aos 2200
Daniel Bray (2147 = -30) uma interrupção na sua caminhada rumo ao titulo de Mestre Nacional, perde também a liderança distrital,
Simão Pintor (2113 = -16), não conseguiu surpreender,
Luís Ferreira (1991 = +90), forte subida do jogador que já passou pela AXAM Diogo … já se sabe que o titulo de MN será apenas uma questão de tempo
Pedro Marques (1950 = -12), Vítor Morais (1919 = +10), Miguel Belo (1850 = +9), Alberto Negrão (1771 = +132), espectacular subida do jogador dos Corvos do Lis!

Normas

É sempre um desconsolo quando num torneio desta envergadura não se atribuem normas, ficam então os destaques:

É com particular interesse que temos seguido a subida de forma do MI Rui Dâmaso que somou mais 16 pontos, com 10 do Open da Figueira da FOZ, a sua cotação está em 2451, a escassos 12 pontos do seu máximo histórico.
Rui Dâmaso obteve uma performance de 2546, era necessária uma performance de 2600 para obter norma de GM … esteve quase!

Também o MF Espanhol do Sporting Cabezas Ayala (2324) com uma performance de 2441 esteve pertíssimo da norma de MI, era necessária uma performance de 2450

António Antunes (GM – 2496) e Diogo Fernando (MI – 2475) auto afastados dos tabuleiros por tempo indeterminado e Luís Galego (GM - 2461) são os únicos Portugueses com mais rating internacional, para já Rui Dâmaso segue no caminho de tentar bater o seu recorde pessoal de 2463.

http://www.chessbomb.com/arena/2014-lisbonchr/09-Damaso_Rui-Strikovic_Aleksa

http://www.chessbomb.com/arena/2014-lisbonchr/04-Socko_Bartosz-Damaso_Rui

 

 

 

 

2ª Divisão – Série B – Zona Centro

http://www.fpx.pt/web/files/provas/Circular_CN_002-2_2014-2015_20141216-CNEquipas_Calendario.pdf

CPB com sorteio complicado ao defrontar 3 candidatos ao pódio

Mais uma vez a CPB não esteve feliz no sorteio o que já é uma tradição, dos 3 jogos fora do concentrado a CPB terá de disputar dois fora de portas.

A CPB começa por defrontar o vencedor da série de 2012/2013
Segue-se a recepção ao provavelmente mais forte candidato ao título
E para terminar esta “1ª Fase” a CPB desloca-se ao 2º classificado de 2013/2014

Um começo complicadíssimo para a CPB que poderá colocar o clube na cauda da tabela classificativa antes dos concentrados.

Destaque ainda para o derby que desta feita (já tinha acontecido na 3ª Divisão) encerrará o campeonato, esperamos nós que já com ambas as equipas a salvo de qualquer dissabor.

 

3ª Divisão

A 3ª Divisão findo o prazo das inscrições tinha ainda 2 vagas em aberto, um sinal nada positivo é certo, mas que reforça a decisão da FPX em diminuir as séries o que foi alvo de várias criticas no passado.

Ainda existia alguma esperança que a equipa da Associação Tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha pudesse vir a ocupar uma dessas vagas, mas o intitulado clube com mais federados do país optou por não se inscrever.

 

 

 

http://www.londonchessclassic.com/

Uma vitória apenas na última ronda foi o suficiente para Anand conquistar mais um troféu face á fraca participação de Caruana.

 

 

As fotos Finais do Match que o Mundo seguiu

logotipo 

A Consagração!

  

Spassky - Magnus recebe o troféu das mãos do presidente da FIDE – Anand o finalista vencido

Vladimir Putin, o presidente Russo não deixou de estar presente

Magnus e os média

Anand – Karpov – Spassky, três gerações de campeões

 

Vitória para o búlgaro Petkov

Rui Dâmaso que continua a somar neste “Segundo Fôlego”

                   

Vladimir Petkov    –    Rui Dâmaso

Vitória para o Búlgaro Vladimir Petkov, isolado com 5-3-0 e com um bye na primeira sessão, somando mais de pontos para o seu rating pessoal.
Miguel Silva que estava apenas a 6 pontos do título de Mestre Nacional recuou 22 pontos, Pedro Rego a 16 pontos do título de Mestre FIDE perdeu 2 pontos, o MI Paulo Dias perdeu 15 pontos, Kevin Spraggett perdeu 16 pontos com 2-7-0.

Rui Dâmaso continua a sua caminhada ascendente e subiu mais 10 pontos com 4-5-0, depois da descida aos 2365 pontos contínua com subidas consistentes e muitos adeptos já sonham com mais um título de GM para Portugal.

 

 

 

 

Taça “Amizade do Oeste”

"A equipa localizada mais a sul do distrito de Leiria encontra-se com a equipa localizada mais a norte do distrito de Lisboa"

      

 

Regulamento Base

Esta iniciativa tem como objectivos fortalecer os laços de amizade entre duas equipas vizinhas e o de preparar as equipas em duas fases decisivas da época (a inicial e anterior ao ultimo concentrado dos respetivos campeonatos nacionais)

A competição não é oficial, ou seja, não contará para rating FIDE

O Torneio é composto por duas mãos, em sistema casa/fora

Cada uma das mãos será jogada a 4 tabuleiros em cada ritmo:

  • 4 Partidas de clássicas (60 mts + 30 segundos)
  • 4 Partidas de semi rápidas (15 mts + 10 segundos)
  • 4 Partidas de rápidas (3 mts + 2 segundos)

As partidas semi rápidas iniciam-se 10 minutos depois de acabar o ultimo jogo de clássicas, e as partidas de rápidas iniciam-se 10 minutos depois de acabar o ultimo jogo de semi rápidas

Estarão em disputa 12 pontos por cada uma das mãos, sendo o valor de cada jogo igual, ou seja, 1 ponto conquistado nas rápidas valerá o mesmo do que 1 ponto conquistado nas clássicas.

O vencedor será aquele que obtiver mais pontos em disputa (24 no total das duas mãos), em caso de empate (12-12) não existirá qualquer desempate, o torneio terminará com esse mesmo resultado.

Não existe nenhuma pré inscrição de jogadores nem de escalonamento das equipas. O emparceiramento tabuleiro a tabuleiro será feito no local de jogo através de “sorteio puro”.

Podem jogar 4 jogadores de cada vez de cada equipa, sendo o limite máximo de 12 jogadores por clube em cada uma das mãos.

É possível a mudança de qualquer das datas indicadas no “cartaz” por motivos de força maior invocados pelos clubes, fato que anunciaremos neste site caso aconteça.

 

Magnus - “O Rei foi reeleito!”

Mais uma vez Carlsen Magnus não precisou dos 12 jogos regulamentares para renovar o seu título de Campeão do Mundo, Anand decidiu arriscar e saiu-se mal, o Match termina com 3-7-1. Parece ter chegado finalmente ao fim a era de Anand, espera-se agora que Fabiano Caruana possa vencer o próximo torneio de candidatos para que se entre numa era de xadrez espectáculo e menos técnico, … os fãs agradecem!

Magnus ainda teve tempo para tirar uma soneca durante o match

 

 

Noticias AX Leiria

  • 14 Dezembro 2014
    • Taça António Mamede Diogo em São Martinho do Porto
  • 14 e 15 Fevereiro 2015
    • CD Invidiual - Clássicas
  • 22 Fevereiro 2015
    • CD Rápidas (Individual e por equipas)
  • 01 Março 2015
    • CD Semi Rápidas (Individual e por equipas) 
  • 04 a 19 de Abril de 2015
    • Taça AXL e CDistrital por equipas

 

    

Carlos Dias abandonou a equipa de São Martinho do Porto e está agora vinculado á equipa do C. D. Ginásio Louriçal / Lurdes Dias Troféus.

Inês Lima Santos transferiu-se do Clube TAP para a Associação Tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha.

Jorge Barrento abandona a equipa de Pombal e regressa á Benedita.

João Sousa sai do Tabuleiro de Cores para a equipa da APC da Benedita.

 

Lista de Clubes para a Época 2014/2015 (Clubes Inscritos Fonte FPX)

CASA DO POVO DO BOMBARRAL
SPORT OPERÁRIO MARINHENSE
ACADEMIA DE XADREZ DO BOMBARRAL /CCMB
ASSOCIAÇÃO TABULEIRO DE CORES
ASSOCIAÇÃO PEÃO CAVALGANTE
CLUBE DESPORTIVO GINÁSIO LOURIÇAL/LD Troféus
CLUBE CULTURAL E DESPORTIVO CORVOS DO LIS
CENTRO RECREATIVO E DESPORTIVO DA TORRE

A equipa de Pombal que não compareceu ás ultimas sessões do nacional da 3ª Divisão não se deverá federar … A equipa de São Martinho do Porto que está em peso nos corpos gerentes da Associação de Xadrez de Leiria ainda não está inscrita.

 

 

 Sexy Chess 122

  

 

 

 

O Xadrez na Pintura 37

 

  

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 142

 Xadrez Latas de Tinta

Xadrez Analógico

Xadrez Velas

 

 

Ranking FIDE A. X. Leiria

          

jun/14   out/13

Daniel Bray

A. X. Bombarral

2169 8 2161

Ricardo Evangelista

C. P. Bombarral

2129 0 2129

Pedro Rodrigues

A. X. Benedita

2008 -5 2013

André Pinto

C. P. Bombarral

1992 -24 2016

Guilherme Gaboleiro

C. P. Bombarral

1978 -3 1981

Paulo Fernandes

S. O. Marinhense

1948 -22 1970

José Bray

A. X. Bombarral

1885 -22 1907

Daniel Silva

S. O. Marinhense

1871 -4 1875

Ricardo Pais

C. P. Bombarral

1870 3 1867
10º

Carlos Dias

X. M. São Martinho

1859 -3 1862

 

 

11º

António Severino

C. P. Bombarral

1846 15 1831
12º

Mário Canaverde

X. M. São Martinho

1809 -1 1810
13º

José Monteiro

S. O. Marinhense

1805 -4 1809
14º

Carlos Nobre

S. O. Marinhense

1805   Novo

 

 

15º

Pedro do Mar

S. O. Marinhense

1799 17 1782
16º

Jorge Bastos

A. X. Benedita

1797 -45 1842
17º

Rui Batalha

C. P. Bombarral

1795 -11 1806
18º

Alberto Negrão

C. D. C. Corvos Lis

1768   Novo
19º

Rui Silva

X. M. São Martinho

1763 -90 1853
20º

José Lopes

X. M. São Martinho

1721 -23 1744
21º

Jorge Barrento

ADAC Pombal

1716 -39 1755
22º

Francisco Cavadas

A. X. Benedita

1708 33 1675

 

 

23º

André Belo

A. X. Benedita

1679 0 1679
24º

Fernando Sena

A. X. Bombarral

1672 36 1636
25º

Rui Rogado

A. X. Bombarral

1637 0 1637
26º

Samuel Rebelo

A. T. C. Caldas Rainha

1633 46 1587
27º

Paulo Constantino

C. P. Bombarral

1619 -8 1627
28º

Ricardo Oliveira

S. O. Marinhense

1617 -43 1660
29º

José Cavadas

A. X. Benedita

1603 -24 1627

 

 

30º

Diogo Corte Real

A. T. C. Caldas Rainha

1537 -20 1557
31º

Carlos Baptista

A. X. Bombarral

1534 -1 1535
32º

Francisco Gonçalo

C. D. C. Corvos Lis

1523   Novo

 

 

33º

Eurico Fonseca

A. X. Benedita

1466   Novo
34º

Gonçalo Abreu

C. D. C. Corvos Lis

1465   Novo
35º

Tomás Oliveira

A. X. Benedita

1434 52 1382

 

 

36º

Raquel Vinagre

A. X. Benedita

1358   Novo

 

 

37º

João Santos

A. X. Benedita

1281 -34 1315
38º

Alfredo Pereira

ADAC Pombal

1207   Novo

 

Destaques: (Desde a nossa última análise em Outubro 2013)

  • Na Liderança Daniel Bray somou mais 8 pontos;
  • André Pinto (C. P. Bombarral) cai dos 2000 e passa do 3º para o 4º lugar por troca com Pedro Rodrigues (A. X. Benedita);
  • António Severino (C. P. Bombarral) é agora o candidato mais bem colocado para entrar no Top 10;
  • Carlos Nobre (S. O. Marinhense) atinge o seu primeiro raking com 1805
  • Jorge Bastos (A. X. Benedita), Rui Silva (S. M. Porto) e Rui Batalha (C. P. Bombarral) saem do grupo dos 1800;
  • Alberto Negrão (Corvos do Lis) inicia o seu rating com 1768;
  • Francisco Cavadas (A. X. Benedita) entra no grupo dos 1700;

 

Maiores Subidas

Tomás Oliveira

(A. X. Benedita)

+52

Samuel Rebelo

(A. T. Cores)

+46

Fernando Sena

(A. X. Bombarral)

+36

Francisco Cavadas

(A. X. Benedita)

+33

Pedro do Mar

(S. O. Marinhense)

+17

 

Maiores Descidas

Rui Silva

(X. M. S. M. Porto)

-90

Jorge Bastos

(A. X. Benedita)

-45

Ricardo Oliveira

(S. O. Marinhense)

-43

Jorge Barrento

(ADAC Pombal)

-39

João Santos

(A. X. Benedita)

-34

 

 

 

Mais um Triplete! … Mais um Triplete! … Mais um Triplete!

CPB já leva 4 anos de domínio distrital!!!

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2013/2014

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2012/2013

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2011/2012

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2010/2011

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

Quantcast
- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome