"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

Seja Muito Bem Vindo!!!

  Sexy Chess

 

191 Episódios Publicados

Ás Sextas-Feiras 76 Episódios Publicados

Mensalmente

 

 

12 Entrevistas Publicadas Próxima: 2015 191 Episódios Publicados Às Sextas-Feiras

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Previsão Ronda 2 (24-02-2018)

 

Académico de Torres Vedras – Associação Tabuleiro de Cores

O Derby do Oeste é já decisivo apesar de se realizar numa fase tão prematura da prova.
Os locais são favoritos e a vitória deverá desde já afastar o espectro da descida para a equipa de Torres Vedras que vem de um bom empate frente à equipa de Odivelas.
Para os Caldenses a derrota confirmará que são fortes candidatos à descida de divisão, jogo chave para poderem ambicionar à permanência.

Amadora Xadrez “B” – Ginásio Clube de Odivelas

Favoritismo para um dos líderes da prova que deverá aproveitar para cimentarem o primeiro lugar da tabela. Para a equipa de Odivelas uma surpresa nesta ronda poderia recolocar a equipa em maiores ambições na prova e longe dos lugares de descida, oportunidade única de informarem o campeonato ao que vêem.

Casa do Povo do Bombarral – Clube de Xadrez de Sintra “B”

Moralizados pela estreia os Bombarralense deverão ter uma tarde tranquila frente aos mais fortes candidatos ao ultimo posto da tabela classificativa.
A jovem equipa “B” de Sintra tentará surpreender em alguns parciais e continuar a fazer evoluir os seus mais novos elementos nos nacionais.

Academia de Xadrez de Portugal “B” – Casa do Xadrez

Aqui esta o jogo da jornada, os locais são os líderes da prova e tem aqui um confronto frente a um dos candidatos. A vitória aumentaria de sobremaneira as hipóteses de subida e o empate manteria a equipa focada na luta pela subida.
Para a equipa de Alpiarça uma derrota afastaria de vez as hipóteses de subida, o empate face ao resultado da estreia não parece poder vir a ser um boa opção … mais uma ronda onde tentaram finalmente vencer 18 jogos depois … (0-1-17).
Será uma questão de tempo até acontecer, será agora?

 

2º Torneio de Xadrez às 6ª Feiras APC Caldas da Rainha

Mais um serão no Arneirense com os 4 jogadores da CPB a ocupares os 4 lugares cimeiros finais. Vitória de André Pinto com Marco Custódio a animar a prova após vitória sobre o vencedor mas dois despistes seguidos retiraram-no da disputa e AP selou na 2ª volta a discussão pelo 1º lugar. Eduardo Coelho antigo xadrezista da Casa do Benfica de Caldas da Rainha aproveitou para matar saudades do tabuleiro e de alguns ex colegas.

 

I Taça Litoral de Xadrez - Open Internacional de Xadrez

 

http://www.chess-results.com/tnr329688.aspx?lan=10

 

S. Martinho do Porto 15 a 21 Setembro 2018

 

 

 Sexy Chess 193

 

 

 

 Resultado de imagem para um pouco de historia 

Um pouco de História – Capitulo 2

A subida à 2ª Divisão Nacional – O Ano do Penta

Decorria a época 2011/2012, a CPB lutava taco a taco pela subida de divisão frente ao seu “novo” rival local e distrital, a Academia de Xadrez do Bombarral de Carlos Baptista, um ex jogador da CPB. O modo como saiu demonstrando uma enorme falta de respeito pelos colegas e pelo Sr. João Santos, concretizada após ter sido convocado para um jogo, invocando que só era convocado quando não existia mais ninguém para jogar e que por isso recusava, e saia para formar um clube.

A sede de vitória era enorme, do seu bolso saíram não se sabe quantas centenas para garantir a presença de 3 jogadores espanhóis com cotação superior a 2000.

Mas tal como mau jogador, também o líder da equipa adversária se revelaria um mau gestor, apostando nos espanhóis quando sentia que era possível e que precisava, mas em jogos tidos como “fáceis” a equipa sem a Armada Espanhola metia água.

Ronda 1
CPB 1-0-0, AXB 0-1-0
 … A AXB começava a meter água

Ronda 2
CPB 2-0-0, AXB 1-1-0

Ronda 3
CPB 3-0-0, AXB 1-1-1
…A AXB poderá já não ir a tempo quando chegarem os reforços!

Ronda 4
CPB 3-1-0, AXB 2-1-1
Trágico, a CPB empata frente ao ATV e parece ir tudo decidir-se no confronto direto entre Bombarralenses agendado para a ultima ronda, com favoritismo claro para os adversários.

Ronda 5
CPB 4-1-0, AXB 2-2-1
Lindo!!! A ATV empata também com a AXB e os rivais já não dependem de si próprios.

Ronda 6
CPB 5-1-0, AXB 3-2-1
A CPB vence e garante a uma jornada do fim a subida de divisão … mesmo a tempo de na última ronda não precisar de pontuar no derby

Ronda 7
AXB frustradíssima queria demonstrar quem eram os melhores, e aparecem na CPB na máxima força com toda a Armada Espanhola, queriam vencer o derby … a CPB agradeceu a visita aos campeões, estreou a sua bandeira e fez alinhar os jogadores menos utilizados na época … acabando por perder por 0,5-3,5 … um jogo a feijões onde ficou demonstrada mais uma vez a qualidade de gestão, com os euros a fugirem do bolso para nada … e tanta falta fizeram no futuro!

A CPB vencia a sua série, e juntou a este “titulo” o seu primeiro triplete distrital, venceu a III Taça da AX Leiria, sagrando-se campeão em clássicas, também o fez nas semi rápidas e por fim nas rápidas … e vão 4, mas a época não era a do Penta? O 5 vem a seguir em capitulo á parte!!!

Recorde-se que nesta época à forte equipa já existente, ingressou na CPB um tal de André Pinto.

No último jogo do campeonato os jogadores da CPB ofereceram ao Sr. João a sua primeira bandeira … melhoramos o visual para recebermos com glamour os nossos rivais.

Vai uma revista por 15$00?

http://www.fpx.pt/web/files/imagem/revista/revista_0017.pdf

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 193

Tabuleiro com Rolhas de Cortiça

 

Tabuleiro Cerâmica – Tabuleiro Peças em Sabão

Tabuleiro Frascos de Perfume

 

 

 Ronda 8: Indjic ou Nikita

Deverão ser os vencedores do Portugal Open após derrota do líder

 

E ao primeiro GM que defronta, Anton Demchenko (GM - Rússia 2671) cede, e agora muito dificilmente poderá vencer o torneio. A proeza foi obtida pelo nº 5 do Torneio, o Sérvio Aleksandar Indjic (2612) que assume a liderança com 6-2-0 em igualdade pontual com o MI Nikita Petrov (2573).

O MI André Sousa (2405) empata frente ao GM Kevin Spraggett (2535), independentemente da classificação final André Sousa será quanto a nós o melhor Tuga do torneio, a ser noticia por diversas vezes.

Rui Dâmaso bateu Sérgio Rocha e Pedro Rego parece ter-se desinteressado pelo torneio após obter o título de MF, já vai em forte queda de cotação.

Ronda 9: Aleksander Indjic conquista Portugal Open

 

Empates rápidos nas duas primeiras mesas e na terceira Demchenko vence e alcança o dueto de líderes, ficando em 3º via desempate. Nikita conquista o título de GM ao obter a sua terceira norma e aproxima-se a passas largos dos 2600.
Jobava a grande figura do torneio foi 4º, Sevian foi 11º, Rui Dâmaso foi o melhor Português em 12º todos no grupo dos jogadores que ficaram a 0,5 pontos do título.

O resultado parece brilhante para Rui Dâmaso mas a análise não é assim tão simples, seria brilhante se tivesse andado nas mesas altas, e com este score poderia ter obtido norma de GM, só que Rui Dâmaso andou sempre afastado das mesas da frente e só uma boa ponta final com 2 vitórias permitiu este feito, a performance não foi além dos 2434 a subir uns modestos 2,5 pontos.

Luís Galego chegou à mesa 8 na última ronda mas perdeu frente a jogador de cotação inferior, André Sousa voltou a empatar frente a um GM e André Fidalgo (MN sub 20 2205) derrotou o GM Campora.

 

  

 

Luís Galego perdeu 4 pontos muito dentro do que costuma fazer.

António Fernandes perdeu 20 pontos num torneio que correu muito mal, acontece, força!

Rui Dâmaso foi o melhor Português na tabela classificativa e somou 3 pontos

André Sousa somou 12 pontos com 4 empates frente a 4 GM´s, foi quanto a nós o Português em maior destaque

Sérgio Rocha fez um bom torneio com 2 em 4 frente a GM´s e subiu 8 pontos

Pedro Rego valeu o título de MF atingido aos 2300 depois … perdeu 30 pontos.

José Veiga, o novo MF sub 16 cedeu 6 pontos, ainda a ganhar experiencia.

André Fidalgo dois pontos em 3 possíveis frente a GM´s e a subir 34 pontos, temos jogador!

 

Miguel Simões (1794), jogou as primeiras 4 rondas com 1-1-2 a subir 8,4 pontos.

Jorge Barrento (1700) ganhou 8 pontos

Fernando Oliveira (1604) perdeu 16 pontos

José Cavadas (1535) subiu 24 pontos!

Paulo Costa (2175) perdeu 6 pontos, está difícil esta luta pelo título de MN, Jorge Cruz (2113) subiu 14 pontos, Miguel Fernandes (2036) subiu 44 pontos!!! Daniel Cavaleiro (2010) perdeu 25 pontos.

 

Torneio de Xadrez às 6ª Feiras

Associação Peão Cavalgante/Arneirense

09 de fevereiro 2018 – Rápidas

Ao ritmo de 3+2 no sistema de todos contra todos a duas voltas a CPB participou com 3 elementos em mais um convívio no Arneirense. Desta vez a vitória foi para Ricardo Pais que com uma segunda volta 100% vitoriosa conseguiu ultrapassar Fernando Oliveira. Rui Batalha mais uma vez atingiu o pódio.

 

 

Cubano Roberto Gomez triunfa nas Semi rápidas

Resultado de imagem para Gomez Ledo Roberto Carlos Resultado de imagem para Perez Ponsa Federico 

MI Roberto Ledo (Cuba) GM Federico Perez (Argentina)

O MI Cubano Roberto Carlos Ledo Gomez foi o grande vencedor nas semi rápidas, em igualdade pontual com o GM Argentino Federico Ponsa Perez, a completar o pódio o grande vencedor do Open de Portugal em Clássicas Aleksander Indjic GM da Sérvia que junta assim aos 2.200€ ganhos mais 300€ saindo de Portugal com a bonita quantia de 2.500€. O melhor Português foi o inevitável MI André Sousa em 16º num torneio que não contou com os mais cotados Portugueses nem com Jobava. O Sub 12 Rodrigo Basílio (1605) foi o melhor do distrito e arrecadou 40 pontos.

 

 

 Sexy Chess 192

 

 

 Ronda 5: Ninguém Atingiu os 5-0-0

Foto de Federação Portuguesa de Xadrez. Resultado de imagem para Mahal Anurag chess player

Ao fim de 5 rondas já não existem jogadores só com vitórias depois do empate na mesa 1, seguem 7 jogadores na liderança com 4-1-0, cinco do quais Mestres Internacionais que seguem bem encaminhados na tentativa de obtenção da norma de GM

O destaque da jornada vai para o GM Indiano Mhamal Anurag (2476) que impôs uma derrota ao nº 1 do torneio, Jobava (2685), o nº 2 Anton Demchenko (Rússia 2671) aproveitou para ganhar um ponto inteiro de vantagem face a Jobava. André Sousa e Sérgio Rocha perderam, o melhor Português é agora Luís Galego com 3-2-0 incluindo um bye. Várias surpresas por diferença de cotação foram acontecendo, destacamos 2 empates lusos. Pedro Rego (2292) face a um MF Turco (2415) e José Veiga (2320) frente a um GM Polaco (2517). Rui Dâmaso continua a marcar passo e a norma de GM só aparecerá por milagre.

Vídeos de José Cavadas

Ronda 6: Trio na Liderança – Pedro Rego atinge os 2300

  

Três vitórias nas três primeiras mesas a isolarem um trio no topo da classificação com 5,5 em seis possíveis, são eles: Anton Demchenko (GM - Rússia 2671), Mhamal Anurag (GM - Índia 2476) e o Mestre Internacional Christopher Repka, sub 20 da Eslováquia (2513) que vai batendo recordes pessoais. O jogador já tem as 3 normas para GM, aguarda aprovação da FIDE, mas a obtenção do feito em território Português terá certamente outro valor já que as normas foram todas adquiridas no seu país de origem.

Pedro Rego (2292) conseguiu um excelente empate de pretas frente ao MI Bielorrusso de 2448 e atinge assim os 2300 pontos para o título de Mestre FIDE

Ronda 7:Quem pára Demchenko?

 

Com o impressionante score de 6-1-0 o jogador Russo Demchenko (2671) lidera o Portugal Open isolado e vai batendo recordes pessoais de cotação, mas somente na ronda 8 deste torneio irá defrontar o seu primeiro adversário com o título de GM. Para já vai subindo 9 pontos rumo ao objetivo de vencer o torneio e de se aproximar da barreira da elite situada nos 2700.

Na perseguição ao líder a 0,5 pontos temos apenas dois jogadores Indjic (2612) e Nikita (2573) já aqui referenciado que tem paulatinamente subido na tabela.

Na mesa 9 André Sousa empatou frente ao GM Argentino Frederico Perez (2553)
Na mesa 15 jogou-se entre tugas titulados Sério Rocha MI empatou face ao GM Luís Galego

A duas rondas do fim, não é a 100% mas é com elevado grau de certeza de que não teremos qualquer norma atribuída a jogadores Portugueses.

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 192

Resultado de imagem para A ARTE DOS TABULEIROS DE XADREZ

Peças Madeira 7

Resultado de imagem para A ARTE DOS TABULEIROS DE XADREZ

Tabuleiro Guerreiros de Luxo

Resultado de imagem para A ARTE DOS TABULEIROS DE XADREZ

Tabuleiro o Reino do Leão

Resultado de imagem para A ARTE DOS TABULEIROS DE XADREZ

Peças The Legend of Zelda

 

 

Nikita Petrov … um gráfico que impressiona!

cartaz portugal open2018  cartaz portugal open2018

http://www.chess-results.com/tnr312793.aspx?lan=10

 

 Resultado de imagem para antonio fernandes xadrez Imagem relacionada 

Os jogadores do Top 10 do contingente Tuga não dão esperanças de grandes feitos na tabela classificativa, mas são sempre possíveis boas performances individuais. Luís Galego tarda em regressar aos 2500, Rui Dâmaso continua a sonhar com o titulo de GM, António Fernandes representa a garra lusitana, André Sousa tentará amealhar alguns pontos, Sérgio Rocha já não brilha à muito e tentará o regresso aos 2400, Pedro Rego é de inspirações e acreditamos no titulo de MF, Pedro Neves tem andado afastado, António Pereira dos Santos poderá sempre conseguir um bom resultado parcial, já globalmente não depositamos grande esperanças. José Veiga é a figura do momento, acabou de conquistar um norma de MI, vamos a outra? E por fim André Fidalgo que tentará ganhar cotação para se aproximar de MF.

Jorge Ferreira (2489) e perto do titulo de GM, Ruben Pereira (2418), David Martins (2392), Luís Silva (2355), Hugo Santos (2326) e Paulo Dias (2320) são alguns dos nomes mais sonantes que não marcarão presença no Torneio.

2017

http://chess-results.com/tnr253612.aspx?lan=10

 

Resultado de imagem para 2017 versus 2018

Participantes                                          154                      255

Top 20 Inicial                                          2536                    2554

Jogadores acima de 2699                    0                          0

Jogadores acima de 2599                    5                          5

Jogadores acima de 2499                    12                        17

Nº 1 do Torneio                                      2684                    2685

A média do Top 20 indicia uma maior curiosidade estrangeira pelo nosso torneio, assim como o aumento do número de jogadores com 2500. O nº1 do Torneio é similar em cotação mas em prestigio o deste ano é melhor, e a maior e significativa subida deu-se ao nível da participação … só podemos concluir que a evolução é positiva, venha 2019!

open-pt-18-2

Ronda 1: Adivinhem quem brilhou?

Resultado de imagem para miguel simoes xadrez

O Sub 14 Miguel Simões (1794) o mais jovem campeão distrital da AX Leiria foi o maior destaque da ronda 1 e aquele que causou a surpresa em mesas mais altas, ao impor um empate face ao Mestre Fide How Ding (2306) na mesa 53.

Ronda 2: André Fidalgo (MN 2205) em destaque

Korneev (2554 – nº 7), Nevednichy (2551 – nº9) e Arizmendi (2508 – nº16) são os primeiros GM´s a cederam, neste caso empates. Para além de alguns MI´s surpreendidos, o nosso destaque vai para a mesa 16, onde o Tuga e Mestre Nacional sub 20 André Fidalgo (2205) impôs um empate face ao GM Julen Arizmendi (2508 – nº16 – Espanha).
O jogador do Santoantoniense FC da AX Setúbal já atingiu um pico de 2266 em Agosto de 2016.

Ronda 3: Tugas a brilharem

 
 

Desta vez foi Frederico Perez (GM 2553 – Argentina – nº 8), Kevin Spraggett (GM 2535 – Canadá – nº 12), Mhamal Anurag (GM 2476 Índia), Daniel Campora (GM – Argentina – 2426), António Fernandes (GM 2443) a cederem o empate.
Mas os grandes destaques da ronda são para as cores verde e vermelha.
Samuel Sevian (2617 – USA – nº4) na mesa 4 de brancas cedeu empate frente ao promissor André Sousa (MI 2405) e na mesa 11 Sergio Rocha (MI 2371) venceu o polaco nº 13 do torneio, o GM Tomasz Warakomski (2517).
Luís Galego colocou bye e Rui Dâmaso cedeu frente a 2295. Seguem 17 jogadores com 3-0-0

Ronda 4: Dois jogadores com 4-0-0 seguem na liderança

Resultado de imagem para To Nhat Minh chess Resultado de imagem para MI Cubano Roberto Gomes

Jobava, o nº 1 do torneio decide-se por um empate rápido de 21 lances e passa a fase de dois jogos por dia com 3-1-0 não parecendo importar-se de entrar na 5ª ronda fora da liderança.

As 5 primeiras mesas terminaram empatadas e na 6ª Mesa o MI Cubano Roberto Gomes (2442) aproveitou para assumir a liderança ao bater o nº 10 do Torneio o GM Turco de apenas 20 anos Vahap Sanal (2551). Também na 8ª mesa o MI Húngaro Minh To (2338) surpreendeu o GM Russo Artur Gabrielian (2502) e colou-se à liderança.

MI Sérgio Rocha parece estar em forma ao empatar de pretas o GM Marcel Kanarek (2512).

Terminou esta 1ª fase de dois jogos por dia, e teoricamente a fase mais fácil para os jogadores que ambicionam aos lugares cimeiros. Segue-se uma nova fase de apenas um jogo por dia, menos propicia a surpresas motivadas pelo desgaste.

Do Top 5 inicial, acima dos 2600

Jobava (Geórgia) cedeu empate e segue com 3-1-0
Demchenko (Rússia) não desarma e segue com 4-0-0
Tigran (França) cedeu o seu primeiro empate e segue com 3-1-0
Samuel Sevian (USA) voltou a ceder e segue com 2-2-0
Indjik (Sérvia) também não desarma e segue com 3-1-0

Luís Galego, António Fernandes e Rui Dâmaso seguem com performance negativa
Pedro Rego segue neutro
António Pereira dos Santos, José Veiga e Pedro Neves sobem ligeiramente
André Fidalgo sobe 20 pontos
André Sousa e Sérgio Rocha seguem em destaque com 3-1-0

 

 

Open de Portugal começa este Sábado com 4 sessões em 2 dias

Baadur Jobava (Geórgia 2690) … um jogador de Elite

Inscrição de ultima hora, Jobava é provavelmente o mais cotado jogador a atuar em ritmo clássico em Portugal. Atingiu os 2734 em Setembro de 2012, 2733 em Dezembro de 2014 e nas Doze listas de 2017 só por duas vezes esteve abaixo dos 2700 pontos.

Entra diretamente para nº1 do torneio e vem dar ao Open de Portugal um prestígio que tardava em chegar. Jobava já participou em alguns dos maiores torneios mundiais e defrontou toda a elite internacional tendo algumas vitórias notáveis. Entre alguns feitos destacamos a medalha de ouro individual em 2004 ao serviço da Geórgia com 8,5 em 10, e repetiu o feito a primeiro tabuleiro em 2016.

http://chess-results.com/tnr232875.aspx?lan=10&art=75&flag=30&wi=821

 

 

Imagem relacionada  Resultado de imagem para baadur jobava wife

 

Imagem relacionada Resultado de imagem para Gharamian, Tigran (FRA)

Demchenko Anton (Rússia 2671)       Ghamarian Tigran (França 2622)

 Resultado de imagem para Samuel Sevian

Indjic Aleksandar (Sérvia 2614)              Sevian Samuel (USA 2614)

 

 

https://www.gibchess.com/

   

Playoffs Meias-finais

Nakamura 0,5-0,5 Lagrave 0,5-0,5 Nakamura
Rapport 0-1 Aronian 1-0 Rapport

Desempate

Lagrave 1-0 Nakamura 0,5-0,5 Lagrave

Playoffs Final

Aronian 0,5-0,5 Lagrave 0,5-0,5 Aronian
Lagrave 0,5-0,5 Aronian 1-0 Lagrave

Levon Aronian leva para casa 25.000 Libras e menos 3 pontos
Maxime Lagrave leva para casa 20.000 Libras e menos 3 pontos

Nakamura subiu 6 pontos e Rapport 9. De la Fuente (Espanha - 2429) foi o melhor classificado não titulado com 7 pontos, uma subida de 30 pontos no ranking, com performance de 2635 e a respetiva norma de Grande Mestre.

Portugal teve apenas um representante, mas o torneio não correu de feição ao repetente Paulo Pinho apesar da sua boa ponta final.

 

 

Circuito Nacional de Clássicas chegará finalmente ao Distrito

http://www.chess-results.com/tnr329688.aspx?lan=10

Será a contar para o Circuito Nacional de Clássicas de 2018/2019. A manterem-se iguais datas em 2018, esta deverá ser a segunda prova do circuito. A Taxa de Inscrição de 50€ apenas foi igualada no Torneio da Figueira da Foz (que tinha 1.200€ para o 1º classificado), sendo a média nos torneios do circuito de 20€. Parece caro já que no Torneio da Figueira da Foz os jogadores participam num torneio já com historial, estatuto e garantia, mas não será por isso que deixaremos de apoiar fortemente este torneio.

A beleza do local e as temperaturas que serão esperadas nessa altura farão certamente as delicias dos visitantes.

Ainda é muito pouca a informação que nos chegou, sabemos que a iniciativa não partiu da Associação de Xadrez de Leiria.

O impulsionador desta medida terá sido Jurgen Wempe da Associação tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha e terá a inevitável colaboração de José Cavadas.

http://chessorg.com/portugal.php

Organizador(es) ChessOrg ; Associação Peão Cavalgante

 

  

Regulamento:

http://chessorg.com/ausschreibungen/Portugal_pt.pdf

 

 

 

Samuel Sevian Sub 18 Americano será a estrela do Torneio

Samuel Sevian nasceu a 26/12/2000, começou a jogar aos 5 anos de idade e é considerado como um prodígio no xadrez. Participou em 2015 no Tata Steel Secundário finalizando com 7,5 em 13, no mesmo ano foi 5º no campeonato dos EUA vencendo Wesley So e empatando com Nakamura e Kamsky, esta excelente prestação abriu-lhe as portas da Taça do Mundo 2015 mas o forte adversário Radjabov venceu o desempate rápido depois de dois empates nas clássicas.

Samuel deverá partir da posição nº 4 no Open de Portugal e não terá certamente tarefa fácil frente a Demchenko que está no seu máximo histórico

  • MN aos 9 anos
  • MI 12 anos (Recorde nos EUA)
  • GM aos 13 anos (Recorde nos EUA)
  • Máximo de ranting 2633 (Julho 2017)

 

 cartaz portugal open2018

http://www.chess-results.com/tnr312793.aspx?lan=10

cartaz portugal open2018 

http://www.chess-results.com/tnr312792.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&flag=30&wi=984

 

not cn-semirapidasequipas1718 Resultado de imagem para federação portuguesa de xadrez not-cnsemirapidas-equipas-17-18

AXAT com vitória histórica

Começou bem o CNSR com o mínimo de 7 sessões a ser alterado para 8 em virtude do elevado número de equipas presentes.

Curiosidade sobre algumas estreias a titulo individual nas suas novas equipas, como no caso de Kevin Spraggett (Não presente), António Fernandes ou Rui Dâmaso. Também se confirmou a estreia de António Vítor pela equipa de Pombal.

Ronda 5

Ronda 6

Ronda 7

Ronda 8

A AXAT sagrou-se campeã nacional obtendo um score impressionante não dando quaisquer chances à concorrência. GX Porto que partia em 2º ficou em 13º, e a AX Portugal também não conseguiu atingir o pódio. Destacaram-se EX Porto e a sensacional Académica, ambas sem quaisquer reforços estrangeiros.

António Vítor (2351) e José Padeiro (2266) obtiveram uns sempre impressionantes 8-0-0

16º Casa do Xadrez
27º CCD Corvos do Lis “A”
33º CX Sintra “B”
34º SOM “A”
40º Oficina Criativa (Pombal)
45º APC Arneirense
56º SOM “B”
59º CCD Corvos do Lis “B” entre 64 equipas presentes.

http://www.chess-results.com/tnr319119.aspx?lan=10

 

https://www.tatasteelchess.com/

Mais 1 para a colecção do Rei Magnus

Carlsen Magnus foi o grande vencedor da prova após desempate frente a e Anish Giri.

Karjakin conseguiu terminar invicto, e Adhiban e Hou Yifan não conseguiram qualquer vitória. A melhor jogadora do mundo da actualidade tarda em aproximar-se dos níveis já alcançados por Judit Polgar.

 

Assim foi o desempate ao ritmo de 5 mts + 5 segundos por lance. (1-0 na primeira partida e empate na segunda já com enorme vantagem de Carlsen)

 

 

 

https://www.gibchess.com/

23 Janeiro a 1 de Fevereiro

http://www.chess-results.com/tnr301239.aspx?lan=10

 

 

 

Resultado de imagem para federação portuguesa de xadrez          not-cnsemirapidas-equipas-17-18

27 de Janeiro de 2018 - Marinha Grande

No próximo fim-de-semana teremos mais um clássico do xadrez nacional com o campeonato nacional de semi rápidas por equipas a ser disputado na Marinha Grande. Várias equipas do distrito em prova, que normalmente não têm o histórico de brilharem nesta prova (SOM “A” e “B” – APC Arneirense – CCD Corvos do Lis “A” e “B” – Oficina Criativa (Pombal)).

Curiosidade sobre algumas estreias a titulo individual nas suas novas equipas, como no caso de Kevin Spraggett, António Fernandes ou Rui Dâmaso. Também se aguarda com curiosidade sobre se António Vítor se estreará pela equipa de Pombal (parece ser mais possível que o faça em semi rápidas do que em clássicas).

http://www.chess-results.com/tnr319119.aspx?lan=10

  

Imagem relacionada  
Peter Lombaers vencedor do 4ª torneio João Duarte dos Santos (Foto exclusiva CPB) fará parte da mais antiga equipa de xadrez em Portugal,

 Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal Resultado de imagem para KEVIN SPRAGGETT

 

***Novidades***

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Depois de anunciado Kevin Spraggett surge a vez de António Fernandes … primeira época na 1ª Divisão e provavelmente será desde logo candidata ao titulo … a Academia de Xadrez de Portugal “B” a ter apenas de se preocupar em subir à 2ª Divisão, já que a equipa “A” não tem certamente planos para descer.

Vários jogadores continuam a ganhar ritmo nas provas em Lisboa, também na Marinha Grande deverão estar:
Amadora Xadrez – AX Portugal – Casa do Xadrez – CX Sintra

De Fora:
CP Bombarral – ATV – GC Odivelas e AT Cores

 

https://www.tatasteelchess.com/

Disputa-se hoje a 11ª jornada de 13 que compõem o torneio. Giri é o favorito porque nos 3 confrontos que faltam disputar são contra jogadores que ocupam os últimos lugares da tabela. Mas como se sabe não existem jogos fáceis, até porque um deles é contra Caruana, e logo atrás de si (com os mesmos pontos) vem simplesmente o nº 1 do mundo e Mamedyarov que têm de jogar entre si.

Giri. Magnus, e Karjakin estão imbatíveis. Na segunda metade da tabela o destaque vai para a má performance de Fabiano Caruana, e para a melhor jogadora do mundo na actualidade que ainda não obteve qualquer triunfo ocupando o ultimo lugar da tabela.

 

Francisco Veiga junta norma de MI ao título de mestre FIDE em Sevilha

Aos 14 anos, é o português mais jovem de sempre a conseguir tal feito.

http://www.fpx.pt/web/comunicacao/noticias/72-destaques/1537-francisco-veiga-junta-norma-de-mi-ao-titulo-de-mestre-fide-em-sevilha

http://www.chess-results.com/tnr325603.aspx?lan=2

 

 

 

Iniciamos hoje a apresentação de uma série de 5 capítulos históricos (jogos ou competições) que marcaram a CPB para o bem e para o mal.

 Resultado de imagem para um pouco de historia 

Um pouco de História – Capitulo 1

Taça AX Leiria – O Inicio da Liderança Distrital

Íamos na Época 2010/2011, a primeira a ser acompanhada aqui no site. Finalizado o campeonato com a presença de 7 equipas, subiu o GX Torres Novas, seguiu-se o Sport Operário e Marinhense, a AX Bombarral que depois de uma estreia na 3ª divisão desceu aos distritais e estava de regresso com um jogador francês a primeiro tabuleiro, Ilf Benchelhn, a CPB em 4º lugar, 5º para a equipa de São Martinho do Porto, 6º para o Sporting Clube de Abrantes e por fim em lugar de descida a Associação Tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha.

Os clubes históricos do distrito sempre foram o SOM e a CPB, existindo também outra forte equipa a já extinta equipa do Núcleo de Xadrez da Marinha Grande, uma espécie de equipa “B” do SOM. Nesta altura jogavam pela Marinha entre outros Carlos Quaresma, Vítor Cordeiro, José Bray, José Ribeiro, Carlos Dias, Daniel Bray, Jorge Simões, Daniel Silva entre outros, era a mais forte equipa do distrito. Embora sem quaisquer títulos nacionais o SOM já tinha estado na 1ª divisão e dai advinha o seu estatuto de melhor equipa do distrito, merecido diga-se de passagem.

Jogava-se a II Taça do Distrito de Leiria, para muitos a verdadeira primeira, já que a edição I para além de ter sido jogada em ritmo semi rápido (sem a presença da CPB), foi ganha por uma selecção de jovens da AX Leiria que formaram uma espécie de “Selecção de Esperanças” do distrito. Portanto nem clássicas nem nenhum clube a tinham vencido o que fazia elevar a importância desta II Taça.

Jogava-se na Marinha Grande e logo na ronda de estreia o duelo entre a Outsidder CPB e a favorita SOM parecia poder decidir desde logo o vencedor. O então “autoproclamado” diretor desportivo Carlos Dias perante a questão de Vítor Cordeiro sobre o local que se sentava ouviu-se um … “Qualquer lugar serve”, sentimos aqui alguma sobressairia e mesmo algum desrespeito pelo adversário, mas isso apenas serviu para nos enchermos de uma maior força interior.

Na altura tinha ingressado na equipa Guilherme Gaboleiro e Regressado Ricardo Evangelista, a CPB estava em fase de crescimento.

A CPB venceu o jogo no tabuleiro por 3-1 tendo a incúria da constituição da equipa do SOM (que se tinha inscrito com uma ordem diferente da que se sentou) redundado numa derrota por 0,5-3,5.

A Taça foi-nos entregue pelo jogador e presidente da AX Leiria Carlos Dias perante um incomodo indisfarçável, nada digno de qualquer jogador quanto mais de um presidente, comemos, saboreamos e calamos, a partir daqui as relações CPB x COD nunca mais viriam a ser as mesmas.

Após esta vitória a CPB assegurou 6 vitórias consecutivas na Taça de Leiria, foi o assinalar da passagem de testemunho da liderança distrital nunca mais recuperada pelo SOM.

No ano seguinte a CPB iria subir à 2ª Divisão Nacional e garantiu finalmente para o distrito um titulo nacional, o de campeã nacional da 3ª divisão, só voltando os clubes a encontrarem-se no campeonato nacional da 2ª Divisão em 2013/2014, altura em que um empate a 2-2 selou a descida dos Marinhenses para o 3ª escalão e deu a permanência à CPB.

 

http://www.chess-results.com/tnr49205.aspx?lan=10

 

 

https://www.tatasteelchess.com/

 Resultado de imagem para magnus chess

http://www.chessgames.com/perl/chessgame?gid=1908502

 

Fotos de um Mundo que tarda em chegar a Portugal

 

Evidência do Mês!

  Resultado de imagem para associação de xadrez do porto    

 

AX Lisboa prepara as suas equipas para o nacional de semi rápidas

http://www.chess-results.com/tnr327307.aspx?lan=10 – Jogaram a 20 de Janeiro

AX Porto prepara as suas equipas para o nacional de semi rápidas

http://www.chess-results.com/tnr325236.aspx?lan=10 – Jogaram a 21 de Janeiro

AX Leiria preparará as suas equipas para o nacional em Maio

Resultado de imagem para maio  Resultado de imagem para dormir

Porque será que a Associação de Xadrez do Porto e a Associação de Xadrez de Lisboa realizaram este fim-de-semana os seus campeonatos distritais de semi rápidas por equipas?

Tente o caro leitor adivinhar!

- Porque na próxima semana teremos o campeonato nacional de semi rápidas
- Porque são associações anti desportivas, preparar as suas equipas é batota!
- Porque não tem o poder de antecipação da AX Leiria, que já preparou este nacional o ano passado, em Maio preparará já o de 2019! Sempre á frente é o nosso lema!

Com tanto esforço não se percebe o motivo das equipas de Leiria não conseguirem brilhar, xiça acho que é birra mesmo!

 

Torneio dos Reis 2018 - Academia do Lumiar

Resultado de imagem para XADREZ LUMIAR 1º De Junho De 1893 

http://www.chess-results.com/tnr325165.aspx?lan=10

  

Torneio de Semi Rápidas integrado no circuito de Lisboa com a presença de Ricardo Pais da CPB (nº 1 do Torneio) a terminar em 9º numa má prestação com 4-1-2 e menos 33 pontos. Na foto com Carlos e Hugo Marques do Académico de Torres Vedras (2º e 3º classificados).

 

 

Zé Bomba – Episódio 77

…Não fomos nós!

Caros Amigos,
Bem Vindos a 2018, o episódio de hoje é dedicado ás private jokes da CPB, através das imagens tente o caro leitor elaborar a própria história.

Caldas da Rainha (II Torneio Internacional do Arneirense)

  

Caldas da Rainha (II Torneio Internacional do Arneirense)

  Resultado de imagem para fundo do poço

Coimbra (Taça de Portugal)

  Resultado de imagem para stop contra mão 

Alpiarça (Campeonato Nacional por Equipas)

 Resultado de imagem para grande borrego

Caro Leitor, temos de falar. Talvez seja melhor sentar-se, porque o abalo que vai sentir pode fazer-lhe mal.

Passa-se o seguinte: ao que parece a Casa do Xadrez não vencia a ninguém iam para lá de 17 jogos, campeonato falando. (Acho que por aqui na CPB lidamos bem com isso!).

E não é tudo amigo leitor. Descobri ainda que estes 17 jogos sem vencer são fruto de 16 derrotas e um empate, empate esse obtido frente a uma equipa do distrito de Leiria, Os Corvos do Lis. (Sinto uma ligeira aproximação, nem que seja geográfica à CPB). Tive de pesquisar muito mas lá descobri, a ultima vitória da equipa da Casa do Xadrez para um campeonato nacional foi frente a uma tal Casa do Povo do Bombarral. (Não comece o leitor a rir, porque eu cá começo a não achar graça nenhuma ao desenrolar desta história!).

Resumindo a comunidade xadrezista referia que apenas uma equipa muito aselha poderia acabar com este recorde nacional. (Ui ui a aproximação à CPB parece vertiginosa).

No passado fim-de-semana em jornada de estreia do campeonato nacional da 3ª Divisão, com tantos sorteios possíveis e imaginários, quem teria de ser o clube a calhar em sorte à Casa do Xadrez? Vá lá caro leitor, não desanime, mais dia, menos dia este recorde teria de ser sustido não era?

Apenas queríamos o mesmo do que os outros, não sermos nós!. Não nos importamos que a Casa do Xadrez defronte uma equipa fraquinha e até que mais tarde nos possa vencer, apenas não queremos ser nós a parar esse recorde tão lindo, tão bonito e tão nobre. E o que ditou o sorteio? Casa do Xadrez x CPB. (Acho que vou pedir uma transferência momentânea de clube) Era uma hipótese em 7 de acontecer, porquê nós?! Pois o caro leitor deverá ter pensado o mesmo que eu, se é preciso uma equipa de aselhas então o sorteio na verdade não tinha grande escolha!

(Artigo elabora antes do jogo)

Não fomos nós!!!

(Resposta pós jogo)

Por falar em 18 (Dezoito, sim Dez mais oito, Dezoito), e antes que me esqueça … Bom Ano!

Até breve Caros Leitores!

 

 

 

      

Rui Batalha               1733                (2-1-2)             -12,40
- Ronda 3, a jornada de todas as esperanças não correu de feição ao capitão da CPB e foram 14 pontos a voar. Passa a ter performance negativa (-2,20)
- Ronda 4 frente ao nº 1 do torneio e nova derrota (-8,6 pontos) segue com (-10,80)
- Ronda 5 e derby a vitória de MC poderá assinalar a ultrapassagem de cotação a Rui Batalha. Deu empate! (-1,60) o capitão termina com uma performance negativa mas o seu esforço em ano decisivo para a CPB não deixa de ser visível aos olhos de todos!


Marco Custódio                    1674                (2-2-1)             -2,00
- Ronda 3 decisiva para os jogadores da CPB e nova derrota, e menos 20,80 pontos, passando a ter performance negativa de (-17,20).
- Ronda 4 a cumprir com vitória frente a José Cavadas e mais 12 pontos, segue com (-5,2)
- Ronda 5, empate no derby e mais 3,20 pontos, termina com performance negativa mas certamente com ritmo para os desafios que se avizinham.

Paulo Constantino               1546                (0-0-2)             -13,00
- Gripalhada a original a falta de comparência ás 3 rondas finais, força Konsta!

Na 3ª Ronda:
Rui Batalha perdeu a liderança para Fernando Oliveira (1580) que é agora líder isolado, José Bray cede empate face ao colega de equipa Rui Feio e, Marco Custódio cede face a Miguel Simões).
Na 4ª Ronda
Miguel Simões derrota Fernando Oliveira e isola-se no comando, teremos novo campeão distrital com 14 anos?
Na 5ª ronda, empate nas primeiras 3 mesas e Miguel Simões é o novo campeão somando mais 48 pontos!

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

AX Portugal lidera, CPB vence jogo entre candidatos!

A sempre aguardada Ronda de estreia, com os candidatos AXP “B” e Amadora Xadrez “B” a triunfarem conforme esperado, em Odivelas o ATV empatou, todos os resultados eram esperados à excepção da vitória da CPB que era apenas possível e não esperada.

 

 

Casa do Xadrez de Alpiarça                  1,0 – 3,0                Casa do Povo do Bombarral

Pedro Rodrigues (2016) Rui Batalha (1733) Marco Custódio (1674) Ricardo Pais (1855)
 1  0  1   1 

Luís António (1832)

Pedro Diogo (1891)

António Vinagre (1945)

Carlos Nascimento (1861)

+5,20

-5,80

+33,20

+10,20

 

Finalmente a CPB matou este “velho borrego”!!!

“ O Filme do Jogo”

14.20 Horas
A CPB chega a Alpiarça, enfrentam-se dois clubes conhecidos, “acusados” de terem quiçá os dois dos melhores sites de clubes em Portugal, um longo historial por detrás deste clássico, quase sempre favorável aos homens de Alpiarça.

A Casa do Xadrez vai tentar por fim à série negra de 17 jogos sem ganhar (0-1-16) e para isso nada melhor do que defrontar a sua cliente habitual …

A CPB face ao histórico contenta-se certamente com um empate e não quererá ser ela a dar por terminada esta série negra para a Casa do Xadrez que começou exactamente após uma vitória sobre a CPB em jogo que decidiu quem subiria à primeira divisão nacional.

 

15.00 Horas
Já são conhecidas as constituições das equipas.

Na mesa 1 CX(30-30-40)CPB
A CPB parece ser favorita, mas as cores e a falta de ritmo de Pedro (a época passada não fez qualquer jogo) deverão equilibrar a contenda. A CPB deposita especial “fé” neste jogo.

Na mesa 2 CPB(20-30-50)CX
São mais de 150 pontos de diferença, poderá o momento de forma de El Capitan surpreender-nos a todos?

Na mesa 3 CX(50-30-20)CPB
Apesar do valor ou potencial de cada um, não deixam de ser cerca de 300 pontos de diferença, mas nós acreditamos que possa cair aqui qualquer coisita para somar…

Na mesa 4 CPB(30-30-40)
As mesmas cores, os mesmos jogadores, há 4 anos atrás RP levou uma miniatura… também temos fé de que aqui se possa pescar algo.

Sem André Pinto e Guilherme Gaboleiro reduzimos assim os 40-30-30 favoráveis à Casa do Xadrez com um resultado expectável de 2,5-1,5 contra a CPB, para 50-30-20 com 3-1 favorável à Casa do Xadrez… mau começo e ainda nem começou!

17.00 Horas
Por ordem de mesas assim vamos quanto ao número de lances:
15-16-16-11

17.30 Horas (Casa do Xadrez 1-0 CPB)
Rui Batalha abandona, começa a CPB a perder por 1-0 numa mesa onde já era expectável o “sofrimento”. Força Capitão!

17.45 Horas
Pedro Rodrigues tem peão a mais.
Marco Custódio deverá ter que entregar Dama e Cavalo por duas torres
Ricardo Pais parece ter mais espaço em partida equilibrada.
Não deixou de ser um balde de água fria para a CPB, sobretudo na Mesa de MC

18.00 Horas
Adversário de Marco Custódio deixou passar o lance, ufffffffff respira-se melhor por aqui!
Estrelinha de Campeão a manifestar-se desde já para a CPB?

18.10 Horas (Casa do Xadrez 1-1 CPB)
Ricardo Pais aceita o abandono do adversário, a CPB iguala e tem todas as esperanças de não sair derrotada. Pedro Rodrigues vai cimentando a sua vantagem e Marco Custódio luta de igual para igual.

18.30 Horas (Casa do Xadrez 1-2 CPB)
Marco Custódio vence, a CPB já não perde (olé olé) e tem todas as hipóteses de sair vencedora, falta apenas Pedro Rodrigues que no fim de contas se vai sentindo à vontade desde as 17.45 (pós jogo, verificou-se que poderia não ter corrido assim tão bem …), mas a esta altura só uma gaffe tirará a vitória a Pedro e à CPB.

18.45 Horas (Casa do Xadrez 1-3 CPB)
Pedro Rodrigues finaliza, novo recorde pessoal em termos de cotação, a CPB entra a vencer e mata um velho “borrego”, finalmente!!!

Na falta de ensopado de borrego, seguiu-se Sopa da Pedra entre outros e regresso a Caldas … Peniche … e Lisboa!

 

Dia de Xadrez nas Caldas com os clubes locais a realizarem ambos jogos em casa (Arneirense jogava para a Série C). Conforme esperado os locais foram goleados, livrando-se da “Chapa 4” mas não deixaram de entregar a liderança do campeonato à equipa Lisboeta da AX Portugal “B”.

Uma falta de comparência de tabuleiro (algo sempre de lamentar) impediu a equipa da Amadora de assumir desde já a liderança e permitiu aos locais evitar a “Chapa 4”.

Perante um GCO com uma formação de respeito o ATV teve no seu 4º tabuleiro o ponto que necessitou para empatar o encontro, num resultado positivo para ambos no que concerne à manutenção, no entanto não deixou de “esfriar” as intenções da equipa de Odivelas que por certo acalenta vir a ser novamente a Out Sidder da prova. 

 

3ª Divisão - Série D - 2017/2018

 

 

 

Pontos

Pontos

 

 

Clubes

Vitórias

Empates

Derrotas

a favor

contra

Sessões

Pontos

Academia Xadrez de Portugal "B"

1

0

0

3,5

0,5

1

3

Amadora Xadrez “B”

1

0

0

3,0

1,0

1

3

Casa do Povo do Bombarral

1

0

0

3,0

1,0

1

3

Ginásio Clube de Odivelas

0

1

0

2,0

2,0

1

2

Académico de Torres Vedras

0

1

0

2,0

2,0

1

2

Casa do Xadrez de Alpiarça

0

0

1

1,0

3,0

1

1

Clube de Xadrez de Sintra "B"

0

0

1

1,0

3,0

1

1

Associação Tabuleiro de Cores (CR)

0

0

1

0,5

3,5

1

1

 

2ª Divisão – Série B

3ª Divisão – Série C

Daremos eco do Campeonato Distrital na próxima 4ª Feira com um “Especial Zé Bomba”

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Ronda 1 (13-01-2018)

Equipas de Lisboa iniciarão Campeonatos em “Forma”

http://www.chess-results.com/tnr315487.aspx?lan=10&art=3&rd=4&wi=821

Realizou-se a ronda 3 da Taça da AX Lisboa o que coloca as equipas Lisboetas em fase muito mais adiantada de ritmo face á concorrência no que concerne ao inicio dos campeonatos nacionais das 2ªs e 3ªs divisões … é aliás para isso que servem as Associações, para beneficio dos seus associados, e uma boa programação do calendário poderá fazer toda a diferença … por cá foi preciso “chorar” para retirarem a Taça AX Leiria de Maio e passar a mesma para Março … e ainda se ouviu o argumento de que:

O treino para provas colectivas penso que não é muito diferente do treino para provas individuais, um jogador continua apenas a ter um só adversário, a única alteração é a decisão desistência, proposta de empate ou jogar até ao fim consoante os resultados dos colegas.”

É por estas e por outras que ver um clube da AXL na primeira divisão só mesmo por milagre ou carolice dos próprios dirigentes dos clubes, porque uma visão para o xadrez no distrito é algo que não existe, nem nunca existiu, continuando a apostar-se no argumento dos jovens … argumento esse válido desde que conhecemos a AXL, bonito para vender o peixe que se quer vender mas com efeitos residuais … pelo menos para a qualidade do xadrez no distrito. Continuamos a ser geridos para o “Quintal das Taças”. Pobre distrito.

Voltando aos clubes, depois ver vermos a AX Portugal “B” a continuar em frente na Taça de Portugal, podemos verificar a qualidade da equipa da Amadora, e se tudo somado parece preocupar os candidatos tradicionais à subida … pois aqui fica mais uma, Carlos Laia de regresso em Odivelas e com dois bons tabuleiros tudo poderá acontecer …à atenção para já do ATV!

      

Depois de termos acertado em 50% da equipa da AA Coimbra e de 100% na da CPB, vamos tentar fazer semelhante exercício para o próximo jogo, assim as equipas prováveis serão:

Casa do Xadrez:
António Luís (1819) – Pedro Diogo (1891) – António Vinagre (1953) – Vítor Ferreira (1972) - Carlos Nascimento (1862)

CPB
André Pinto (1965) – Rui Batalha (1732) – Marco Custódio (1681) – Ricardo Pais (1847) – Guilherme Gaboleiro (1853)

 

 

Novas Regras para Rápidas e Semi Rápidas

Antes, em ambos os ritmos, rápidos ou blitz, um "movimento ilegal" (que inclui mover com duas mãos, ou não fazer uma movimentação e pressionar o relógio) perderia instantaneamente o jogo caso o árbitro interino ou o oponente parou o relógio. Agora, em primeira instância, isso levará a uma penalidade de tempo e somente se um jogador fizer isso novamente, ele ou ela perde - assim como no xadrez clássico.

Apesar de já estarem em vigor, diversas situações tem dado polémica, inclusive com vários árbitros a não se comprometerem por escrito escudando-se com “essa situação terá de ser analisada em próxima reunião”.


Fonte: https://www.chess.com/news

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Previsão Ronda 1 (13-01-2018)

 

Associação Tabuleiro de Cores – Academia de Xadrez Portugal “B”

Os Caldenses estreiam-se na Série D e deverão desde já começar a sentir o peso da mesma frente a um dos candidatos à subida, qualquer resultado que não a vitória da equipa Lisboeta por números folgados já seria de admirar, um empate ou uma vitória local assumiria contornos de surpresa da ronda.

Para a AXP “B” trata-se de uma estreia tranquila frente a um candidato à descida, onde poderão aproveitar para rodar a equipa ganhando ritmo para confrontos maiores.

Casa do Xadrez – Casa do Povo do Bombarral

Se de um lado está uma equipa com duas descidas consecutivas do outro está uma equipa que precisa de se lembrar do tempo da pedra para recordar uma vitória frente à equipa de Alpiarça. Pelo passado, passado recente e força das equipas não poderemos deixar de atribuir um certo favoritismo aos locais, mas este será certamente um jogo de tripla.

Clube de Xadrez de Sintra “B” – Amadora Xadrez “B”

Estreia da equipa “B” de Sintra nos nacionais e logo frente a um forte candidato à subida, não parece ser possível algo mais do que tentar evitar a primeira “Chapa 4” da série.
Para os Amadorenses será certamente uma tarde muito tranquila.

Ginásio Clube de Odivelas – Académico de Torres Vedras

Não fosse existir um confronto direto entre candidatos à subida e este jogo poderia ser considerado facilmente como o jogo da jornada.

Jogo entre o 5º e 6º classificado da época passada, jogo entre o 5º e 6º clube da grelha de partida … por aqui se pode ver a importância deste jogo. A equipa que sair derrotada será observada de perto por AT Cores e Sintra “B” como a grande esperança destes clubes não virem a descer, já que entrará por agora no lote de candidatos à descida. O Empate parece servir os objectivos de ambos na questão da permanência, quanto a objetivos maiores … só para o vencedor.

Que Grande Borrego que anda por aqui …!

 Resultado de imagem para grande borrego

Não é só a CPB que tem má sina neste confronto, também André Pinto acumula (0-0-3), estará na hora? Veremos que é desta que teremos ensopado de Borrego.

Também no 4º tabuleiro a CPB já testou vários jogadores com igual sorte.

 

2ª Divisão 2013/2014

Taça de Portugal 2013/2014

2ª Divisão 2014/2015

 

 

 

Catorze jogadores presentes em mais um campeonato distrital individual, desta feita sem a presença de qualquer jogador do Top 10 distrital, o nº 1 da grelha de partida é José Bray (Nº 12).

José Bray parte como favorito, Rui Batalha terá uma árdua tarefa para se conseguir manter no pódio mas parece este ano fortemente motivado, Marco Custódio é um forte candidato ao título e Paulo Constantino tentará amealhar pontos e ritmo. Curiosidade é também a palavra sobre as prestações dos jovens dos Corvos do Lis, nomeadamente de Miguel Simões que tão boa conta deu de si na véspera para a Taça de Portugal, não deixa também de ser um candidato ao título.

Mais uma vez nenhuma presença de outro clube da cidade, a Associação Tabuleiro de Cores.

O início de prova foi caricato, as temperaturas eram demasiado baixas acabando-se por jogar em … Leiria!
Das 3 rondas previstas jogaram-se apenas 2, no próximo domingo serão mais 3, ficando o distrital com 5 em vez das 6 sessões programadas.

   

José Bray             Miguel Simões                Rui Feio              Fernando Oliveira

Ronda 1
Sem surpresas, os favoritos venceram as respectivas partidas.

Ronda 2
José Bray (1785) cede meio ponto face a Miguel Simões (1661)
Marco Custódio (1674) cede meio ponto face a Rui Feio (1586)

      

Rui Batalha                  1733                 (2-0-0)              +11,80

-A iniciar de pretas frente a José Cavadas (1527), não deixa de ser um jogo difícil e com muito mais a perder do que a ganhar, mas o Capitão passou no teste. 1-0-0 e mais 4,8 pontos

- Seguiu-se Marcelo Carreira (1622) e El capitan parece motivado 2-0-0 e mais 7 pontos.

Marco Custódio                       1674                 (1-1-0)               +3,60

-Inicio frente a João Peixoto (1441), não deixa de ser um jogador incomodo que o ano passado ofereceu a Taça AXL aos Corvos do Lis após vitória sobre André Pinto, todos os cuidados são poucos, e mais um jogador da CPB a passar incumbe na 1ª Ronda 1-0-0 e mais 8,4 pontos (ainda a gozar do seu K=40)

- Rui Feio (1586) um jogador sempre difícil de defrontar, o jogador da CPB cede meio ponto na luta pelo título e perde 4,8 pontos

Paulo Constantino                   1546                 (0-0-2)               -13,00
- Pior inicio não era possível, de pretas a defrontar o número 1 do torneio e Konsta não consegue surpreender. 0-0-1 e menos 4 pontos

- Seguiu-se Fernando Oliveira (1580), cotações semelhantes, mas mais tabuleiro para o jogador da casa parece ter ditado a diferença 0-0-2 e menos 9 pontos

As rondas 3 (10.00), 4 (14.00) e 5 (17.00) disputam-se domingo dia 14 de Janeiro, no dia imediatamente a seguir á estreia das diversas equipas nos campeonatos nacionais das 2ªs e 3ªs divisões.

Na 3ª Ronda:

Rui Batalha defronta Fernando Oliveira (1580), ambos isolados com 2 pontos, RB tem aqui excelente oportunidade de se destacar e para já fica livre de defrontar os maiores candidatos á vitória no torneio (José Bray, Marco Custódio e Miguel Simões).

Marco Custódio defronta Miguel Simões (1661), depois da cedência na ronda dois o empate parece não vir a ser uma boa opção para este jogo.

Paulo Constantino (1546) defrontará Duarte Basílio sem cotação num “jogo a feijões”, excepto para a classificação final.

 

40ª Taça de Portugal 2017/2018

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10&art=3&rd=2&turdet=YES&flag=30&wi=984

Derby a norte com o EX Porto de José Veiga (2156 u16) e de Henrique Paiva (2110 u18 ex galitos) a eliminar o Grupo de Xadrez 113, e com o jogo grande da jornada, a sorrir à equipa de Famalicão. Os detentores da Taça continuam em prova perante um GDD Ferreira que se apresentou com 3 tabuleiros!

O único representante do distrito caiu de pé e parece ter estado muito perto de causar sensação com Miguel Simões e Rodrigo Basílio a continuarem a sua caminhada meteórica.

Mais a Sul a Equipa da Amadora Xadrez de Alberto Eggert e recentemente promovida à 1ª Divisão nacional não conseguiu passar, apesar do 2-2 frente á forte equipa da Académica.

Na zona da CPB a AX Portugal “B” causou sensação e continua em prova, confirmado a nossa previsão de candidata à subida.

Ainda em Zona de interesse “CPB” a Amadora Xadrez “B” caiu aos pés da forte equipa do GD Cavadas.
A Taça de Portugal, neste caso os Oitavos de Final regressam apenas em Maio!

 

Queremos transmissão televisiva do Caldas x Farense

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT87916

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 191

Resultado de imagem para tabuleiros de xadrez 

Tabuleiro Tridimensional Star Trek

 

Tabuleiro Lego e Skyline Londres

 

Mesas de Xadrez

 

 

   

Estima-se que estejam presentes 4 jogadores da CPB neste campeonato, cada um com os seus objectivos pessoais, um já ganhou … neste caso uma! A CPB será a grande vencedora certamente com estas participações e espera-se que possa vir a recolher esses furtos em breve. O vencedor terá acesso direto ao Open de Portugal.

Realiza-se nos próximos dias 7 e 14 de Janeiro o Campeonato Distrital Absoluto de Xadrez de Clássicas, na sala intitulada "Céu de Vidro" localizada no parque D. Carlos I nas Caldas da Rainha. Esta prova que se disputará na modalidade de partidas lentas (60 min + 30 Seg / lance por  jogador), será realizada em 6 sessões e o vencedor terá acesso directo ao Open de Portugal, que se realizará de 4 a 10 de Fevereiro no Altis Park Hotel. As inscrições para esta prova distrital deverá ser realizada para o email - peaocavalgante@gmail.com - até ao final do dia 5 de Janeiro.

http://www.chess-results.com/tnr319186.aspx?lan=10


(Previsão Ronda 1 na próxima 2ª Feira)

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

 

Lista Elo Janeiro 2018

Iniciamos assim o ano de 2018 com algumas entradas “importadas” de outros Distritos.
Como sempre excluímos os jogadores que não joguem pelo menos um jogo nas duas ultimas épocas e não incluímos os jogadores que apesar de inscritos na AXL ainda não jogaram qualquer partida.

No Top 10 destaque para:

- Daniel Bray cada vez mais próximo do titulo de Mestre Nacional
- Entrada de Jorge Damasceno, que se estreou pela Oficina Criativa na Taça de Portugal, a sua cotação de 2035 esteve parada “séculos” retomando agora em forte queda.
- Também Filipe Saraiva (1794) se estreou na Taça de Portugal pela Oficina Criativa
- Saída está Francisco Correia (1835 - AT Cores) por falta de inscrição.

Fora do TOP 10 André Nunes (1778) da Oficina Criativa é outro nome a ter em atenção, também se estreou na Taça de Portugal e está perto do Top 10, Miguel Simões entra na faixa dos 1700 e a sua chegada ao Top 10 será uma questão de tempo.

 

Carlsen Campeão Mundial de Rápidas

http://riyadh2017.fide.com/

 

 

 Sexy Chess 191

 

 

 

 

not-taca-portugal-17-18 

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10&art=2&rd=2&turdet=YES&flag=30&wi=984

Na Taça de Portugal o sorteio ditou um confronto entre favoritos CX A2D (detentor da Taça) x GD Dias Ferreira (Vice Campeão), a equipa da AA Coimbra que eliminou a CPB desloca-se ao primo divisionário Amadora Xadrez de Alberto Eggert (2136) que disputou o Torneio João Duarte dos Santos e cuja cotação não para de subir, a sua equipa “B” de Vadin Maslov (outro jogador que participou no Torneio João Duarte dos Santos) que calhou em série à CPB continua em prova e desloca-se ao difícil campo do GD Cavadas. Ainda da III Divisão Série D a AX Portugal “B” desloca-se a Loulé e por fim a equipa Leiriense dos Corvos do Lis, a única representante do distrito ainda em prova, terá uma penosa deslocação a Gaia.

Torneios a ponderar …

 cartaz portugal open2018 Resultado de imagem para torneio dos reis

Campeonato Nacional de Semi Rápidas por equipas
Local: Marinha Grande
Custo: 20€ por equipa (se inscritas até 12-01-2018)+almoço+despesas deslocação
Data: 27-01-2018 (das 10.30 ás 18.30)
Comentário: Interessante para ganhar ritmo, prova de maior prestígio realizada no distrito

Circuito Nacional de Semi Rápidas – Open de Portugal
Local: Lisboa
Custo: 10€ por jogador (se inscrito até 06-02-2018)+almoço+despesas deslocação
Data: 10-02-2018 (das 10.00 ás 19.30)
Comentário: Possibilidade de defrontar vários GM´s que estarão presentes
http://www.chess-results.com/tnr312792.aspx?lan=10

Torneio dos Reis – Academia do Lumiar (Circuito Semi Rápidas AX Lisboa)
Local: Lisboa (à saída da A8)
Custo: 4€ por jogador (se inscrito até 20-01-2018)+despesas deslocação
Data: 21-01-2018 (das 14.30 ás 18.30)
Comentário: Troféu para a melhor Equipa, Torneio “caseiro”
http://www.fpx.pt/web/nacional/torneios-e-eventos/torneios-homologados/1500-sr-18-01-21-torneio-dos-reis-2018-em-semi-rapidas-academia-do-lumiar
http://www.chess-results.com/tnr316968.aspx?lan=10

 

Peter Svidler pela 8ª vez Campeão da Rússia

 

Ganhando cerca de 14.500€ e um Renault Captur

 

https://www.tatasteelchess.com/

Curioso será acompanhar o desempenho de Hou Yifan e verificar se consegue bater o seu recorde pessoal nos 2686 e quiçá entrar na elite privada dos 2700. Recorde-se que o máximo de Judit Polgar são 2735, tendo parado de jogar aos 2675. São vários os jogadores que tentarão também os 2800. Joga-se de 12 a 28 de Janeiro.

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Dia: 08-01-2018 Previsão 1ª Jornada

ATV Aquece os “motores” em Mafra
http://www.chess-results.com/tnr319971.aspx?lan=10&art=1&wi=821

Sintra “B” com interno de 30 jogadores
http://www.chess-results.com/tnr311141.aspx?lan=10

 

 

http://riyadh2017.fide.com/

Anand e Ju Wenjun campeões mundiais de Semi Rápidas, seguem-se as rápidas

 

 

 

Feliz Natal e um 2018 em grande!

São os desejos da CPB para todos os nossos leitores e amigos

 

Regressaremos destas Mini Férias a 02-01-2018

 

Resultado de imagem para xadrez coimbra academicanot-taca-portugal-17-18      

A. Académica de Coimbra                4,0 – 0,0                     Casa do Povo do Bombarral

Ricardo Pais (1847)… Rui Batalha (1732) Marco Custódio (1681) 

Paulo Constantino (1572) 


MF Vasco Diogo (2232)

Perez Negro (2104)

Miguel Fernandes (2007)

André Dionizio (1995)

-1,35

-1,50

-1,95

-1,20

“ O Filme do Jogo”

14.45 Horas

A CPB chega a Coimbra, cidade de muito boas recordações para muito dos elementos da equipa, com o jogo a disputar-se desta vez não na sede do clube mas no Hotel D. Luís com uma bela vista sob a cidade.

Conforme prevíamos a CPB não deverá poder almejar a mais do que tentar evitar a “Chapa 4”, os “Estudantes” são favoritos em todas as mesas, são praticamente menos 400 pontos de cotação em todas as mesas!!!

Estreia de Marco Custódio com as cores da CPB, num jogo que servirá sobretudo para aprender e ganhar ritmo competitivo com vista ao campeonato nacional da 3ª Divisão, onde a equipa a apresentar não fugirá muito daquela que esta hoje aqui presente.

16.00 Horas

Ricardo Pais (Lance 7) – Rui Batalha (Lance 8) – Marco Custódio (Lance 13) e Paulo Constantino (Lance 11) assim vão as partidas, parecem ainda muito equilibradas, com Marco Custódio já a sair claramente da abertura para entrar no meio jogo.

17.00 Horas

Ricardo Pais recusa a oferta de peça, parece que o adversário ficaria com ataque muito prometedor e cede peão para entrar noutra variante, Rui Batalha entra agora no meio jogo e conseguiu igualar a abertura, Marco Custódio joga posição idêntica com Dama, Torre e Bispos da mesma cor, está aberto e pode cair para qualquer um dos lados, Paulo Constantino segue em jogo onde parece ter mais espaço.

18.00 Horas

Ricardo Pais mantêm-se com peão a menos e ainda com muitas peças em jogo, Rui Batalha parece estar sem ideias e a deteriorar ligeiramente a sua posição, na mesa de Marco Custódio tudo parece poder acontecer, Paulo Constantino está a fazer em excelente jogo e parece começar a ganhar vantagem.
Resiste a CPB!

18.30 Horas

210 Minutos, ou sejam 3,5 horas e a CPB mantém o 0-0.
RP para alem do peão a menos parece estar claramente a perder a posição num final de 2 torres para cada lado, RB vê o adversário passar um peão, MC em apuros não quer trocar Damas (parece-nos que trocar Damas daria um final mais fácil de calcular), PC entra nos tradicionais apuros de tempo… degrada-se a muralha CPB!

18.35 Horas (AAC 1-0 CPB)

Marco Custódio cede, acabando por trocar Damas mas numa troca nada benéfica na posição, com muitas variantes em aberto jogou-se uma perdedora, esteve perto pelo menos o empate e mais tarde verificou-se estar aqui a melhor chance da CPB em livrar a “Chapa 4”.

18.40 Horas (AAC 2-0 CPB)

Ouve-se o apito do relógio, quem mais poderia ser … Paulo Constantino já em posição deteriorada perde por tempo, realizou um excelente jogo, faltou a resistência final.

18.45 Horas (AAC 3-0 CPB)

Ricardo Pais agravou a posição, com 2 peões a menos ainda tentou inventar mas isso custou-lhe ainda mais caro, decide que é suficiente e abandona.

19.05 Horas (AAC 4-0 CPB)

“El Capitan” teve de dar peça para evitar a promoção do peão, e com 2 Bispos contra 1 Cavalo, entende com bom critério que é hora de ir para casa, não deixou de efectuar um jogo decente onde a força de ratings decidiu no meio jogo.

Inicia a época a CPB com uma esperada mas não menos indigesta “Chapa 4” e segue para outro tabuleiro onde costuma jogar francamente melhor, segue-se jantarada … Leitão!

 

No distrito as restantes 3 equipas em prova, tiveram os resultados esperados após a realização do sorteio, com a equipa Leiriense a ser a única a seguir em frente.


.

.


A equipa do EX Porto “C” foi um dos grandes tomba gigantes da ronda ao eliminar a equipa do Amanhã da Criança por 2-2. Também a equipa do CX Colégio Português eliminou por 2,5-1,5 o Clube Galitos.

Referencia ainda para duas equipa da nossa série, com a Casa do Xadrez a ser eliminada e a AXP “B” a seguir em frente.

 


http://www.londonchessclassic.com/

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

Calendário

- A CPB iniciará o campeonato com uma tarefa de Hércules
- CPB defronta 2 dos 3 candidatos no Concentrado Final
- Derby do Oeste em casa à 4ª Ronda
- Derby Distrital na 6ª Ronda do Concentrado

 

Na 2ª Divisão – Zona Centro

A equipa dos Corvos do Lis iniciará o campeonato com uma difícil deslocação ao Clube Galitos.

Na 3ª Divisão – Série C

Numa série de 8 onde 5 são do distrito de Leiria
-APC / Arneirense começa em casa frente à difícil equipa do Clube Galitos “B”
- O SOM inicia o campeonato a receber a grande candidata AA Coimbra “B”
- A Oficia Criativa de Pombal recebe em ano de estreia, outro estreante e também do distrito, o ACR Rio Seco.
- A equipa “B” dos Corvos do Lis desloca-se ao Centro Norton de Matos.

1ª Divisão

 

 

   Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal    Resultado de imagem para clube de xadrez de sintra

As equipas estão apresentadas por ordem de Elo médio e não por ordem de favoritismo, como se sabe a CPB por exemplo está inflacionada por Ricardo Evangelista ou Pedro Rodrigues que pouco ou nada jogarão na presente edição da prova.

 

Casa do Povo do Bombarral

 

A mais antiga equipa da Associação de Xadrez de Leiria vai partir para esta prova com o estatuto de uma das quatro candidatas à subida de divisão, o que quer que isso queira dizer, já o ano passado também assim partia e com uma tarefa bem mais fácil do que a deste ano e não conseguiu, não indo além de um 4º lugar. Novo ano, ambições redobradas, que comece a festa!

 

Amadora Xadrez “B”

 

A equipa do nosso amigo Solha Santos é para nós a mais forte candidata à subida de divisão, com um plantel equilibradíssimo e sedento de mostrar que alguns destes jogadores poderão em breve ascender à equipa “A” e disputar a 1ª divisão nacional, vê-se reforçada em relação à época anterior onde alcançou o pódio com o 3º lugar.

 

Casa do Xadrez

 

A equipa de Alpiarça depois de uma inesperada subida à 1ª divisão nacional (algo de má memória para a CPB), tem acumulado desaires. Tal facto tem originado uma desmotivação de que não há memória, indo ao ponto do site do clube de publicação diária ter parado desde 06-06-2017 (esperemos que voltem em breve a dar continuidade a um trabalho impar no xadrez nacional). A equipa perdeu em 2015/2016 o ultimo jogo do campeonato facilitando a vida ao seu vizinho CC Torres Novas para alcançar a manutenção, seguindo-se 0-0-9 na 1ª Divisão e 0-1-6 na 2ª divisão da época passada, ou seja, são 17 jogos sem vencer, com 16 derrotas incluídas, o que é bem provável que constitua um novo recorde nacional. Mas desenganem-se aqueles que acham que a equipa poderá ainda não ter batido no fundo … a propósito não nos lembramos de uma vitória da CPB frente a este clube, devendo ser o “borrego” mais gordo que a CPB tem para “matar”. São em nossa opinião fruto da experiencia, qualidade de jogo e vontade de virar a página, um sério candidato à subida de divisão, e éramos capazes de apostar de que nunca terminarão fora do pódio. Este ano mudaram de táctica, colocando os mais novos e menos cotados nos tabuleiros superiores.

 

Academia de Xadrez de Portugal “B”

Resultado de imagem para academia de xadrez de portugal 

A equipa “B” da AXP conquistou um 3º lugar na época passada na Série E com 2-4-1. Para esta época os reforços chegados para a equipa “A” que subiu à primeira divisão nacional, acabou por trazer reforços para a equipa “B”, numa equipa com um 1º tabuleiro forte e com os restantes a poderem baterem-se de igual para igual com qualquer tabuleiro secundário dão a esta equipa o estatuto de candidata à subida de divisão. Não será difícil de verificar que a CPB não deverá conseguir sequer atingir uma média real de jogadores disponíveis deste quilate, portanto se nós somos candidatos, imaginem a AXP “B”!

 

Ginásio Clube de Odivelas

 

A clássica equipa de Odivelas por onde já passaram grandes nomes do xadrez nacional, vai resistindo por obra de Carlos Sirgado. Apesar do 6º lugar alcançado na época anterior, a verdade é que esteve muito mais perto e dependente de si própria para subir de divisão do que a CPB, foi a grande animadora da prova e só o descalabro nas rondas finais onde se incluíram toques por telemóvel fizeram a equipa cair na tabela classificativa. Este ano sem Ana Baptista e com Carlos Laia que raramente joga parece-nos difícil poder almejar a mais altos voos do que a manutenção, no entanto Hugo Alves que fez 4-0-0 poderá fazer sonhar a equipa.

 

Académico de Torres Vedras

 

Os nossos amigos de Torres Vedras mantiveram a táctica que lhes deu bons frutos na época transacta, “Queimando” o primeiro tabuleiro e colocando a restante equipa perante jogos equilibrados, uma táctica arriscada mas que nos parece poder vir a revelar-se correta com vista à manutenção. 3-2-2 e um 5º lugar na época passada aliado à composição da equipa do GCO e ao facto de terem surgido no grupo duas equipas claramente candidatas à descida, leva-nos a crer que terão novamente uma época tranquila quiçá com a mesma posição da época anterior, Boa Sorte!

 

Associação Tabuleiro de Cores

 

Finalmente teremos esta equipa Caldense na nossa série, será a estreia de mais um derby. A equipa de Samuel Rebelo ficou o ano passado em 5º lugar com 2-3-2 na 3ª Divisão Nacional – Série C e quase que se arriscou a subir tais eram as impossibilidades legais das outras equipas poderem subir. Apesar deste ano reforçada com Jurgen Wempe (2156), verificará a diferença de força entre a Série C e a Série D … quanto a nós e perdoem-nos o pessimismo, a manutenção com o alcançar do 6º lugar já nos surpreenderia, Boa Sorte!

 

Clube de Xadrez de Sintra “B”

  

Uma equipa na 2ª Divisão Nacional e outra na 3ª mostram bem o trabalho ao nível de formação que se esta a realizar em Sintra. Partem como claros candidatos à descida de divisão, mas isso não será o mais importante certamente para este clube, onde o rodar jovens talentos, o adquirir de experiência para mais tarde aproveitar jogadores para a equipa “A” parece ser o mais importante … e as surpresas acontecem!

 

 

Série mais forte em 2017/2018

Entra Casa do Xadrez sai CX Sintra
A Série fica mais forte, a equipa de Alpiarça é superior

Entra Tabuleiro de Cores sai APC Arneirense
A Série fica mais fraca, a equipa do Arneirense é superior

Entra AX Portugal “B” sai Academia Musical
A Série fica muito mais forte, a equipa da AXP é muito superior

Entra Sintra “B” sai GX São Marcos
A Série fica igual, as equipas são equivalentes, será difícil fazer pior do que (0-1-6)

Assim concluímos facilmente de que a série deste ano é mais forte, será mais difícil para quem quiser subir de divisão com um maior número de candidatos, será equivalente para quem se quiser manter já que existem dois claros candidatos aos dois últimos lugares.

 

http://www.fpx.pt/web/files/distrital/Taca-de-Leiria-1718.pdf

 

 

CPB solicitou adiamento – Aguarda resposta

Resultado de imagem para xadrez coimbra academicanot-taca-portugal-17-18  

Taça de Portugal – “Missão Evitar Chapa 4”

Sábado dia 16 começa a época a nível coletivo para a maioria dos clubes, para além da importância psicológica de começar a vencer e agregar as tropas, vai ser possível verificar o comportamento das equipas do Distrito e sobretudo da nossa série.

Para a CPB será um jogo treino com vista à preparação da equipa para o campeonato nacional da 3ª Divisão, este foi, é, e será quase por certo, sempre o objectivo da CPB nesta prova. Pena que não tenhamos direito a mais uma eliminatória que ainda se disputará antes da 1ª ronda dos nacionais, mas o sorteio foi madrastro.

Para os “Estudantes” com fortes ambições a fazerem subir de divisão as suas duas equipas principais, este não será certamente um teste, mas nada como começar a ganhar.

Equipa Previsível:
Vasco Diogo – Miguel Fernandes – João Fernandes – Dominic Cross – Bruno Moreira

Equipa Previsível:
Ricardo Pais – Rui Batalha – Marco Custódio – Paulo Constantino – André Balsinha

Entrevista à Seccionista da A. A. Coimbra

http://www.fpx.pt/web/comunicacao/entrevistas-com/1501-entrevista-com-madalena-oliveira

 

Rui Dâmaso não jogará a 1ª Divisão por Equipas

 

A menos que Rui Dâmaso não seja utilizado pela sua nova equipa e que se transfira, o Mestre Internacional deverá disputar a 2ª Divisão Nacional. Rui Dâmaso jogou nas últimas épocas no FC Barreirense que este ano desceu à 2ª Divisão nacional. Curiosamente ambas as equipas disputam a mesma série e com esta transferência a AXAT é a grande favorita à subida de divisão … aguarda-se um escaldante Rui Dâmaso x Sérgio Rocha a primeiro tabuleiro?

 

José Veiga a caminho de ser tornar no
Mestre Nacional mais novo da história Portuguesa

https://www.youtube.com/watch?v=GCJOEMin52M

Resultado de imagem para jose veiga xadrez 400 

https://ratings.fide.com/card.phtml?event=1930087

 

IV Azores International Chess Open 2017

O Torneio iniciou-se com algumas curiosidades, desde já José Veiga presente, também Paulo Costa o vencedor do II Torneio Internacional do Arneirense, ambos na perseguição do titulo de Mestre Nacional, na luta pelo titulo Strikovic e Campora, dois GM´s e ainda três Mestres Nacionais e uma MF Feminina entre 40 participantes.

 

 

Casa do Xadrez favorita – CPB integra grupo de 4 candidatos

Aqui fica uma primeira análise ainda sem se saber a composição das equipas

 

Casa do Xadrez
A grande candidata à subida de divisão, à duas épocas atrás militavam na 1ª divisão nacional.

Amadora Xadrez “B”
Mais uma candidata à subida, o ano passado ficou em 3º lugar do pódio e só não foi mais longe porque jogou desfalcadíssima nas três primeiras rondas. Poderá não poder subir de divisão caso a sua equipa “A” não se consiga manter na 1ª Divisão nacional.

AX Portugal “B”
Nova candidata a mesma descrição quase que na integra do que a equipa anterior, a composição que tem apresentado na Taça AX Lisboa mostra uma equipa forte e equilibrada, … a mesma relação em relação à subida.

Casa do Povo do Bombarral
Enquadra-se juntamente com as três equipas anteriores no grupo que lutará pela primeira metade da tabela classificativa, pelo pódio e pela subida de divisão.

Académico de Torres Vedras
O usual, começam cheios de receio de uma eventual descida, mas costumam acabar num lugar tranquilo da tabela.

GC Odivelas
A tradicional equipa Lisboeta tem sido capaz do melhor e do pior, normalmente não conseguem lutar para subir, mas o ano passado não esteve longe, foi a grande animadora do evento, este ano sem Ana Baptista parece-nos mais difícil.

Associação Tabuleiro de Cores
Se na Série C conseguiu brilhar com pouco, parece-nos que nesta zona serão fortíssimos candidatos à descida de divisão, salvo inscrições inesperadas de jogadores.

CX Sintra “B”
Ainda sem saber a constituição da equipa, e sabendo quem joga normalmente na equipa “A” parece-nos não existir ainda muita evolução nestes jovens com vista a assegurar a permanência, mas nunca se sabe.

 

3ª Divisão – Série C                                                    2ª Divisão

Ainda sem conhecer as constituições das equipas, na 2ª Divisão a AA Coimbra será a grande candidata à subida, Sporting CP e Galitos tentarão aproveitar alguma escorregadela dos favoritos, CR Estarreja deverá fechar a primeira parte da tabela.

CC Torres Novas (com ou sem Diogo Alho eis a diferença), Sintra e Corvos deverão lutar pela permanência na fuga a um lugar de descida, já que tudo indica Montemor “B” seja claramente candidata ao último posto da tabela, a menos que Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro não disputem a primeira divisão nacional. Uma tarefa para a equipa Leiriense mais facilitada do que a do ano passado (7º) segundo estamos em crer.

Na 3ª Divisão – Série C, para além da novidade da troca entre clubes Caldenses, a Associação de Coimbra “B” é a destacadíssima candidata à subida, recorde-se que apenas desceu de divisão por imposição legal, já que a sua equipa principal desceu ao segundo escalão nacional, obrigando a sua segunda equipa a descer à 3ª Divisão nacional. Mas se a sua equipa principal não conseguir a subida, também a equipa secundária ficará impedida de subir.

Galitos B, APC Arneirense, SOM deverão discutir os restantes dois lugares no pódio, com vantagem para a equipa de Aveiro.
As restantes 4 equipas salvo resultados surpresa (que acontecem quase sempre) não deverão ter grandes chances de lutar por algo mais do que a permanência … a menos que a equipa de Pombal jogue realmente com o melhor quatro inscrito.

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 Vídeos:

https://www.youtube.com/results?search_query=II+Caldas+Xadrez

 

Opiniões com vista a melhorar

Aqui vamos deixar alguns apontamentos do que vimos e ouvimos

Positivos

- Esta época com refeições no local, preparadas para o efeito e com bons preços. Foi uma subida qualitativa importante para o torneio.

- Transmissão dos primeiros 5 jogos em direto no site da FPX. Uma publicidade extra para o torneio muito bem aproveitada.

- Torneio em 2 dias em vez de 3 dias.

A melhorar:

- A inexistência de espaço quer para os jogadores quer para os visitantes poderem acompanhar as primeiras 5 mesas. Terá de existir espaço suficiente para circulação e acompanhamento da partida, quer à volta das mesas quer entre as mesas. Percebemos que a transmissão possa dificultar esta situação, a colocação dos fios etc, mas é essencial se queremos promover a modalidade. Não existindo condições, façam-se apenas em 3 mesas.

- Continuamos crentes de que a campanha “Carro Cheio” com vista a trazer equipas para a participação na prova coletiva é um teste essencial para se fazer. Por cada 4 Inscritos oferecendo uma 1 inscrição (se a de maior ou menor valor … depende da vontade do querer ou não que venham mais equipas. Poríamos certamente a de maior valor, já que um condutor que traga 3 crianças deverá obviamente ser ele o premiado).

   

   

 

- Transformaríamos os Prémios da seguinte maneira

1º Veterano +65, veterano +50, Sub 20, sub 18, sub 16, sub 14, sub 12, sub 10, feminino.
Uma medalha ou outra recordação, sem grandes custos muito menos prémios monetários.

1º Escalão 1999-1800; 1799-1600, 1599 – 0000
Direito a participar na próxima edição da prova (com a ressalva, se a houver) e a trazer outro jogador do mesmo clube. (Inscrições Gratuitas)
Aqui não só se pouparia no imediato os 45€, como se poderia ajudar a garantir jogadores que estiveram em bom plano no torneio e que poderão voltar já que será gratuito, e ainda podem chamar mais um amigo do mesmo clube … quiçá já que 2 jogarão de borla se lembrem de virem 4.

1º - 2º - 3º Equipas = Troféu

Prémios Individuais

1º 2º e 3º Troféus e Prémios Monetários
Isto depende do orçamento da organização, não estamos por dentro das contas, mas o esquema 10x 5x 3x parece correto, ou seja com inscrições a 10€ (100 – 50 – 30).
Restará saber se os jogadores preferem mesmo o dinheiro, se isso é essencial para a sua participação, ou se prefeririam algo típico da cidade … a sondagem á elite dos 2000 é aqui essencial.

Inscrições:
Sub´s (não inclui veteranos nem femininos), não percebemos essa descriminação positiva, os reformados hoje em dia ganham mais do que os trabalhadores no ativo, sub 50 nem deveria de existir execpto nas competições da FIDE tais como campeonatos do mundo, femininos batem-se por igualdade e não descriminação …….. 5€

Regime Normal / Sénior 10€ / 12.5€
Pagar 2 euros por jogo para registo fide e arbitragem parece suficiente, já se tem custos elevados com deslocações e refeições.

 

Resultado de imagem para natal 2017 caldas da rainha

Datas e Turismo:

As datas constantes nestes últimos dois anos permitem aos jogadores o planeamento necessário e são uma marca inerente a qualquer torneio.

Veríamos como uma notícia francamente má a alteração das datas, muito menos a antecipação das mesmas. No caso concreto da CPB a participação neste torneio cumula a localização, o facto de se aproximar o campeonato da 3ª divisão e deste torneio servir de preparação, com o facto de ser sempre um prazer disputar um torneio organizado pelo nosso amigo José Cavadas. Acreditamos também por conhecermos os jogadores da CPB que uma alteração de datas poderia ter a consequência óbvia de desinteresse pela participação na prova de alguns elementos.

Retirar o torneio de datas que impeçam a cidade de mostrar o que mais de bonito tem nesta época, com iluminações soberbas, parece quase criminoso. Um Feriado que permite aos jogadores terem ainda um dia de fim-de-semana para descansarem ou fazerem o que bem entenderem sem terem de jogar xadrez, é uma clara vantagem competitiva desta data.

O Torneio do Arneirense ter-se transformado num Torneio de Natal e o Torneio das Caldas ser na época da Feira dos Frutos faz todo o sentido … mas são obviamente apenas opiniões e os bitates de quem procura ajudar.

Guilherme Gaboleiro e Artur Bernardes vieram visitar os seus parceiros de equipa

 

Open de Portugal – O melhor Torneio Tuga de sempre?

http://www.openportugal.fpx.pt/

A lista de inscritos não pára de aumentar (Lista de 3ª Feira), já são mais de 10 os GM´s inscritos, três deles acima dos 2600, é caso para perguntar cadê os tugas?

2.200€ é quanto arrecadará o primeiro classificado – 35€ de Inscrição – 9 Rondas

cartaz portugal open2018 

http://www.chess-results.com/tnr312793.aspx?lan=10

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

CPB e Paulo Costa triunfam nas Caldas

 

 

Ronda 1

André Pinto (1), Ricardo Pais (1) Rui Batalha (1) Marco Custódio (1) P. Constantino (0)

Começou a desenhar-se cedo quais seriam os quatro jogadores a pontuar para a classificação coletiva, excelente começo da CPB.

CPB 4. APC Arneirense 2, Corvos Lis 1,5

A titulo individual João Coimbra (1413) sub 65 CPVN de Anços impõe-se frente a Óscar Corbacho (1831)

Ronda 2

André Pinto (1), Ricardo Pais (1) Rui Batalha (0) Marco Custódio (0) P. Constantino (0)

Mau emparceiramento, dois derbys internos dariam 2 pontos à CPB mas impediriam a mesma de alcançar mais do que esses dois pontos, e como se sabe a média de 2 pontos não chega para ganhar o torneio, seria normal a CPB começar já a “gastar” a vantagem adquirida na primeira ronda, mas a concorrência não aproveita.

CPB 6. APC Arneirense 4, Corvos Lis 3

A titulo individual Miguel Simões (1715) sub 14 dos Corvos do Lis impõe empate a Daniel Cavaleiro (2005), André Pinto vence derby a Rui Batalha e Ricardo Pais vence derby a Marco Custódio.

Ronda 3

André Pinto (0), Ricardo Pais (0,5) Rui Batalha (0,5) Marco Custódio (1) P. Constantino (0,5)

Terceira ronda do mesmo dia, a ronda mais propicia a surpresas, o cansaço costuma ditar alguns dissabores para os jogadores da frente. RP, RB e PC colocam o bye a que tinham direito, soma assim a CPB 1 ponto em 2, André e Marco Custódio jogam, e mais uma vez a CPB não vai além dos dois pontos. Arneirense faz 3 e encurta desvantagem.

CPB 8. APC Arneirense 7, Corvos Lis 5

A título individual Paulo Costa com 3-0-0 já é líder isolado, Óscar Corbacho (1831) volta a distribuir pontos, desta vez perde frente a José Dias (1643).

Ronda 4

André Pinto (1), Ricardo Pais (0) Rui Batalha (1) Marco Custódio (1) P. Constantino (1)

Penúltima ronda, a equipa do Arneirense é afastada da luta pelo 1º lugar ao obter 4 derrotas, ao invés a equipa dos Corvos obteve 4 vitórias e reentra na luta, não deixou de ser uma boa jornada para a CPB a somar 3 pontos.

CPB 11. Corvos Lis 9, APC Arneirense 7

A título individual Paulo Costa cede empate (3-1-0) e os jogadores de Montemor Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro igualam no topo da classificação, são agora 3 jogadores com (3-1-0).

Rui Batalha salva o torneio a título individual com excelente vitória frente a André Belo (1751).

José Dias (1643) parece estar em forma, volta a surpreender e desta feita saca empate frente a Attila Kofalvi (1923). Também Rodrigo Basílio (sub 12 1553) se impôs a Jorge Bastos (1758).

Ronda 5

André Pinto (0,5), Ricardo Pais (1) Rui Batalha (0) Marco Custódio (0,5) P. Constantino (0)

CPB leva dois pontos de vantagem, é favorita, mas os seus jogadores andarão nas sempre difíceis mesas superiores e tem no jogo Marco Custódio x Miguel Simões um confronto direto que poderá ditar o vencedor coletivo.

A CPB consegue igualar o confronto direto e soma 2 pontos suficientes para vencer pela segunda vez em dois anos o troféu por equipas. Corvos somaram 2,5 e Arneirense 3

CPB 13. Corvos Lis 11,5 APC Arneirense 10

Paulo Costa vence e termina isolado com 4-1-0, segue-se Hugo Ferreira com 3-2-0 e Jorge Cruz termina o pódio também com 3-2-0, seguem-se 6 jogadores com 3,5 pontos entre 31 participantes.

Paulo Costa arrecadou 120€ mais 13 pontos de cotação
Hugo Ferreira levou 70€ mais 7 pontos de cotação
Jorge Cruz somou 40€ e 6 pontos de cotação.

Na CPB

5º         Ricardo Pais                 3-1-1     somou 9 pontos e 15€ de prémio de escalão.
6º         André Pinto                  3-1-0     somou 2 pontos
9º         Marco Custódio            3-1-0     cedeu 2 pontos
16º       Rui Batalha                   2-1-2     arrecadou 3 pontos
26º       P. Constantino              1-1-3     perdeu 25 pontos

Outros destaques:

Rodrigo Basílio (1553) somou 58 pontos!
Fernando Oliveira (1546) somou 34 pontos
João Cruz (1283) somou 25 pontos.

Do lado contrário quem esteve pior foi José Barreto (1402) a perder 46 pontos, acontece, para a próxima correrá melhor.

A CPB ainda participou no torneio jovem de 5 sessões onde André Pata Balsinha se estreou no ritmo lento, com 1-0-4 e ficará certamente com uma partida para recordar como a primeira a ser vencida num ritmo mais lento, parabéns!

 

  

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

 Resultado de imagem para natal 2017 caldas da rainha

Lista Inscritos: http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

Qual a melhor Taça Distrital? AXP ou AXL?

 

http://www.chess-results.com/tnr313026.aspx?lan=10

A Taça da Associação de Xadrez do Porto tem vindo a aumentar o número de participantes e este ano apresenta 20 equipas inscritas. O Sistema é o mesmo da Taça de Portugal, ou seja, eliminatório. Teremos uma eliminatória de acerto seguindo-se os 1/8 de final.

Os vencedores tem sido diversos, mas nos dois últimos anos a equipa do GD Dias Ferreira tem vencido e por conseguinte tem-se apurado para a TNA que venceu nas duas ultimas épocas.

Face á concorrência, quase que nos atrevemos a dizer que esta Taça é o maior obstáculo á vitória na TNA, difícil! (Ps: MI André Silva jogará este ano pela AX Gaia)

 

http://www.chess-results.com/tnr315487.aspx?lan=10&art=32&wi=821

A Taça da Associação de Xadrez de Lisboa vai para a sua edição nº 29!!! É disputada no Sistema Suíço de 7 sessões e tal como na AXP o vencedor dos últimos dois anos é o mesmo, neste caso, a Academia de Xadrez de Portugal.

Este é um autentico campeonato, 7 sessões são tantas como a disputa de um campeonato nacional da 2ª ou 3ª divisão, permitindo assim a preparação das equipas, permitindo aos “não titulares” demonstrarem a sua evolução e permite ainda entre outros a descoberta e revelação de novos valores nacionais … um mundo à parte.

 

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

 

 

Lista Inscritos: http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

     

 

Ainda esta a tempo de se inscrever e de visitar Caldas da Rainha!

 

 

O Jovem Prodígio Indiano Praggnanandhaa

O Mais novo Mestre Internacional da História do Xadrez consegui a sua primeira norma de GM aos 12 anos e 3 meses, ainda vai a tempo de bater o recorde de Sergey karjakin que se tornou no mais jovem GM de sempre aos 12 anos e 7 meses.

https://ratings.fide.com/card.phtml?event=25059530




https://cdn.chess24.com/5kecm2XiQBW10vdtrxlRbw/original/pragg-awonder-lo.jpg

 

Campeonato Distrital Absoluto - 7 e 14 de Janeiro - Caldas da Rainha

(esta prova foi alterada devido ao recente apoio anunciado pela FPX: participação gratuita do campeão distrital no Open de Portugal que se realiza no inicio de Fevereiro)

 

Entrevista de António Fernandes ao Jornal de Pombal

http://www.pombaljornal.pt/grande-mestre-do-xadrez-realiza-estagio-pombal/

 

 

Resultado de imagem para xadrez coimbra academicanot-taca-portugal-17-18  

Taça de Portugal – 3 “Missões Impossíveis” para o Distrito

Distrito defronta 3 Equipas da 1ª Divisão – CPB única a jogar fora

Depois de ter calhado ao Caldas Sport Clube em sorte a Associação Académica de Coimbra para os 1/8 final da Taça de Portugal, surgirá na mesma semana a vez da Casa do Povo do Bombarral ir disputar ao campo da Primo divisionária AAC, desta feita em xadrez, a primeira eliminatória da Taça de Portugal.

O Distrito não foi bafejado pela sorte neste sorteio:

A estreante ACD Rio Seco recebe a recem promovida à 1ª Divisão Nacional, a equipa da Academia de Xadrez de Portugal do Mestre Nacional Carlos Carneiro, entre outros Mestres.

A equipa de Jorge Barrento (Pombal), também estreante, recebe a não menos primo divisionária equipa do Circulo de Xadrez de Montemor-o-Velho de Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro

Os Leirienses, são a única equipa com hipóteses credíveis de passagem à eliminatória seguinte, ao terem em sorte a C Norton de Matos (Coimbra) de Eurico Fonseca e Raquel Vinagre que este ano deixaram a APC / Arneirense. A equipa foi 4ª Classificada entre 10, no Campeonato Distrital de Coimbra.

E por fim a CPB, única a ter de se deslocar, jogará frente à prestigiada AA Coimbra.

De Fora ficaram APC/ Arneirense, Associação Tabuleiros de Cores, Ginásio Louriçal e Sport Operário Marinhense

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha Resultado de imagem para caldas da rainha no natal

2 e 3 de Dezembro de 2017

   

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

    • Defesa francesa = 44 jogos, 7 vitórias brancas, 28 empates, 9 vitórias pretas
    • Queens Pawn / Gambit = 30 jogos, 14 vitórias em branco, 11 empates, 5 vitórias em preto
    • Queen's Indian Defense = 11 jogos, 3 vitórias brancas, 6 empates, 2 vitórias pretas
    • Ruy Lopez = 6 jogos, 2 vitórias brancas, 4 empates, 0 vitórias pretas
    • Caro-Kann Defense = 5 jogos, 0 vitórias em branco, 4 empates, 1 vitória negra
    • Siciliano = 4 jogos, 0 vitórias em branco, 3 empates, 1 vitória negra

Fonte: Chess News

https://www.chess.com/news/view/stockfish-wins-chess-com-computer-championship

 

Taça de Portugal - Taça de Portugal - Taça de Portugal l

4 Clubes da AXL presentes na Taça de Portugal, que luxo!!!

 Resultado de imagem para kevin spraggett Resultado de imagem para antonio vitor xadrez 

    • Kevin Spraggett abandona a Assembleia Figueirense rumo à AX Portugal.
    • António Vítor inscreveu-se pela oficina Criativa, o novo clube da AXL
    • ACD Rio Seco surpreende com inscrição na Taça, terá a AXL batido algum recorde?

 

 

Mais um clube formado pelo incansável Jorge Barrento que inscreveu entre outros o “desaparecido” Mestre FIDE António Vítor. Para já começa bem com a participação na Taça de Portugal, bem vindos e boa sorte!

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10

 

 Resultado de imagem para carlos dias xadrez

Entretanto parte da equipa do CDG Louriçal parece ter-se mudado de armas e bagagens para a ACD do Rio Seco, com o AI Carlos Dias a protagonizar mais uma mudança de clube.

A ACD Rio Seco inicia assim uma nova etapa da sua vida desportiva, esperamos também que se inscreva na 3ª Divisão nacional, sejam bem vindos à alta roda no xadrez e desejamos boa Sorte.

Em sentido contrário a equipa do Louriçal não deverá ter elementos suficientes para se inscrever em qualquer competição de relevo.

 

Futebol - Caldas Sport Clube bate recorde ao atingir os 1/8

O Centenário Caldas Sport Clube bateu o seu próprio recorde ao atingir pela primeira vez os oitavos de final da Taça de Portugal após eliminar o Arouca (Divisão de Honra) após a marcação de grandes penalidades, será desta que veremos outro grande nas Caldas? Outro porque … grande grande a roçar o enorme é o Caldas!

/

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 Stoneage Technology

2 e 3 de Dezembro de 2017

Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha Resultado de imagem para natal nas caldas da rainha 

Campeão Nacional sub 20 diz presente!

  

Hugo Ferreira (2136) entra para nº2 do Torneio

Hugo Ferreira vai fazer a sua 10ª época consecutiva ao serviço do Grupo Desportivo Ferroviários do Barreiro, é o actual campeão nacional sub 20 em ritmo semi rápido e está a apenas 2 pontos do seu máximo de sempre em termos de cotação.

Estamos perto do Top 10 ser constituído apenas por jogadores de primeira categoria, isto é, com cotação igual ou superior a 1800. (O ano passado foram 12 com cotação superior)

 

Paulo Costa (2161) entra para nº1 do Torneio

Resultado de imagem para cine clube de torres novas 

Paulo Costa continua na perseguição ao título de Mestre Nacional, já chegou aos 2215, na lista seguinte teve 2204 mas não mais lá voltou. Esta neste momento novamente em ascensão e com a sua melhor cotação desde Maio de 2011. A recente presença na final do campeonato nacional absoluto serve de motivação para esta nova fase.

CPB – Vencedora Coletiva do I Torneio Internacional de Caldas da Rainha (2016)

 

Regulamento:

http://www.fpx.pt/web/files/torneios/II-Torneio-Xadrez-FIDE-Caldas-Rainha_02e03_Dez_2017_Regulamento.pdf

 

Stoneage Technology 

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Paulo Constantino – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Os meus objetivos pessoais no xadrez terão de ser, este ano, os mesmos dos outros anos; i.e. continuar ligado ao xadrez e ás pessoas que conheci através dele. E se houver condições, quem sabe até parar a descida de performance no meu nível ‘xadrezistico’.

2- Pergunta Livre – Será que algum dia o teu elo vai voltar a subir antes que chega a zero?

Essa é uma pergunta demasiado difícil para eu responder. Por isso terei de passar.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Tem havido comentários nesse sentido, o que pode indicar algum desânimo. Talvez por causa essencialmente da nossa descida da 2ª divisão e falhanço em voltar a subir pouco depois. Desanimo esse que provavelmente tem alguma influência noutros resultados. Mas se na verdade batemos no fundo, então posso estar satisfeito. A partir daqui é só para cima.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Esperemos que não, mas se fosse o caso não me estou a ver a jogar por mais nenhum clube. Como explicado na 1ª pergunta, neste momento jogar xadrez é mais uma atividade social do que puramente competitiva. O tempo é um luxo neste momento e prefiro preencher o pouco que me sobra com seres humanos mais do que com competição. Se houver outro clube que me oferecesse as mesmas condições, quem sabe, mas não estou preocupado minimamente com isso neste momento.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Os momentos são muitos, felizmente, mas se tivesse de escolher seriam os tempos onde eu era mais novo e a chama do xadrez estava muito mais forte. Nessa altura a competição e aprendizagem entre o pessoal do clube tinha um gostinho especial. A gente podia não saber tanto, mas tudo estava acompanhado da energia da juventude. Daqui se pode ver que não desgosto da competição, pelo contrário.

   

 

 

MI André Sousa abandona GDD Ferreira

 

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

 Resultado de imagem para circulo de xadrez de montemor o velho 

      Daniel Cavaleiro (2005)                                                                Jorge Cruz (2079)

A Dupla que conquistou entre outros a Taça Nacional das Associações no Bombarral e que ajudou a levar a equipa de Montemor à 1ª Divisão nacional está de regresso ao Torneio Internacional de Caldas da Rainha. Jorge Cruz (1º na I Edição) e Daniel Cavaleiro (4º na I Edição) serão fortes candidatos ao pódio e á vitória no torneio. É certamente uma honra para o torneio ter esta dupla inscrita, pena é que não inscrevam 4 jogadores de modo a poderem competir em igualdade de circunstâncias também pela a vitória coletiva.

Nesta aspecto temos a acrescentar mais do mesmo, as organizações dos torneios parecem ter vista curta ao não incluírem a “Campanha Carro Cheio” oferecendo a 4ª inscrição individual aos clubes. Estariam certamente a fomentar uma maior participação pelo ridículo custo da taxa fide … neste caso, se Montemor que tenciona aparecer com 2 jogadores viesse com 4, a organização já estaria a ganhar.

 

Inscrições: 2ª Feira terminou o prazo para a Taça de Portugal

Inscrições: 6ª Feira termina o prazo para o Campeonato Nacional

 

40ª Taça de Portugal 2017/2018

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10

57 Equipas Inscritas (46 jogarão a 1ª Eliminatória, 9 ficarão isentas)

 Resultado de imagem para taça de portugal xadrez 

A Taça de Portugal vai ter na sua edição numero quarenta a quantia de 57 equipas inscritas, a iniciar-se já a 16 de Dezembro os 1/32 de final.

A Primeira Eliminatória deverá ser composta por 23 jogos, 46 equipas presentes, e 9 isentas.

2016/2017 Foram 56 equipas … após prolongamento do prazo e forte empenho presidencial para superar o número do ano anterior e não ter a Taça em três anos consecutivos a perder participantes.

2015/2016 Foram 45 equipas
2014/2015 Foram 54 equipas
2013/2014 Foram 58 equipas
2012/2013 Foram 58 equipas

Outras Curiosidades:

- Casa do Xadrez e Amadora “B” que deverão calhar em sorte na mesma série da III Divisão estão inscritas.

- CX Colégio Português, EX Porto e GX Porto são os clubes que mais equipas inscreveram, 4!

- Corvos do Lis inscrevem-se pela primeira vez, já há muitos anos que o distrito Leiriense não tinha duas equipas inscritas, a ultima vez remonta ao tempo dos dinossauros com a Academia de Xadrez do Bombarral e a Casa do Povo do Bombarral a participarem em simultâneo.

Fonte Federativa informou sobre o sorteio a 14-11-2017:

“O prazo para inscrever jogadores na taça só termina dia 24, pelo que antes disso não deverá ser efetuado. Não sei também se a FPX irá aceitar até essa data mais equipas.”

54 eram as equipas inscritas segundo o Chess results no final do prazo, provavelmente existiu a tentativa de aumentar o numero de participantes em relação à edição anterior. Tudo Bem, venham mais!

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Ricardo Evangelista – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Nos últimos anos por razões pessoais não tenho tido objectivos pessoais dado ter estado muito afastado do xadrez no tabuleiro. O objectivo será mesmo não esquecer de como se mexem as peças e tentar largar o menor número possível de "calhaus".

2- Pergunta Livre – Qual o melhor clube do Mundo?

Quanto à resposta acredito que já adivinharam...
CPB CPB CPB!

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Os resultados desportivos são o resultados de muitas situações e não sendo nenhum dos jogadores profissionais a vida pessoal tem muita influência no nosso desempenho e dedicação ao jogo. Infelizmente vimos um amigo de sempre e para sempre deixar-nos e com ele levar muita da nossa alegria mas resistimos e continuamos...

O espírito de grupo e de amizade servirá certamente para nos reerguermos e voltar a alcançar bons resultados para continuar a dar alegrias à alma da CPB, o Sr. João Santos :-)

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Certamente não jogaria por outro clube pois o que mais me motiva é o convívio entre amigos e não encontro isso neste momento noutro lado como na CPB.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará(m) para sempre na tua memória?

Muitos e bons momentos perdurarão para sempre na minha memória desde o triunfo desportivo na 3ª Divisão que nos permitiu ascender à 2ª Divisão Nacional ás muitas viagens realizadas com o nosso condutor dos atalhos Hélder Barros (saudades do seu humor corrosivo e da sua boa disposição constante aliada à "picardia" com o nosso capitão Rui Batalha J. Memórias que nunca esquecerei também com a pessoa com o coração mais puro que já conheci: o amigo e quase irmão António Severino Santos que sempre nos deixava com um sorriso no rosto. Outro amigo que nunca esquecerei pela sua rectidão e amizade e que também já nos deixou fisicamente mas que para sempre fica nas nossas memórias: António Mamede Diogo.

Foram muitos e bons anos que me deram o privilégio de conhecer pessoas fantásticas e que me ensinaram a ser quem sou. Obrigado!

  

 

 

 

 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

 

2 e 3 de Dezembro de 2017

 

Top 10 Ranking Inicial (Comparação entre I e II Torneio) até á data

 

Apesar da menor cotação do Top 10 até à data, parece-nos que vem aí um excelente torneio para os intervenientes. Nas individualidades temos um Italiano de 1900 vindo da Académica que já anda nas mesas nacionais à muito tempo, o Espanhol do Arneirense Corbacho que participou na 1ª edição e dai para cá já acrescentou cerca de 80 pontos á sua cotação (foi 10º na I Edição), José Bray uma figura carismática do distrito e um frequentador habitual do Top 10 distrital, Jorge Bastos e André Belo já por diversas vezes foram o 1º tabuleiro do Arneirense e são este ano fortíssimos candidatos ao prémio colectivo e por fim Miguel Simões simplesmente a maior esperança do xadrez distrital já com jogo superior á sua cotação, não seria propriamente muito estranho ver este jovem terminar no pódio.

Por fim quatro jogadores da CPB, Guilherme Gaboleiro (21º na I Edição), Ricardo Pais (15º) e Rui Batalha (16º) são jogadores que apesar de estarem perto do pódio no ranking inicial vem com o objectivo de ganharem ritmo para o campeonato nacional por equipas e raramente ou nunca conseguem obter resultados de destaque neste tipo de torneios, já André Pinto (7º na I Edição) costuma lutar pelo pódio.

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

André Balsinha – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Gostei de participar nos torneios do parque na Feira dos Frutos e espero poder jogar outra vez em 2018.

2- Pergunta Livre – O que achas do jogo de xadrez?

Penso que o xadrez é um jogo divertido, mas ao mesmo tempo envolve concentração, o que o torna ainda mais interessante.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Este ano vamos ganhar tudo!

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Num clube que a minha escola organizasse.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Acho piada ao Batalha a fazer de tarzan quando ganha um jogo.

   

 

TPC – Jogam as Brancas e ganham

 

 

ESTAVA TUDO A CORRER TÃO BEM ... MAS CHEGA A POLICIA !!!

 

 

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Marco Custódio – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

O objetivo principal passará sempre pelo coletivo, na tentativa de subir de divisão.

2- Pergunta Livre – Porquê a mudança de clube e porquê a Casa do Povo do Bombarral?

Mudei de clube para entrar numa equipa mais competitiva e com objetivos superiores. A Casa do Povo do Bombarral é um namoro antigo, recordo que há uns anos atrás o Artur já me tinha falado no assunto mas na época não se proporcionou. Desta vez, após alguma insistência do André, acabei por aceitar.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Os títulos são importantes, mas mais importante ainda é a estabilidade da equipa e penso que este ano vamos ganhar títulos.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

É complicado responder a essa pergunta tendo em conta que acabei de mudar de clube. Não tenho nenhum clube em mente, essencialmente gosto de estar onde querem que eu esteja.

5- Qual a tua opinião sobre o site da CPB e o que melhorarias?

Pouco posso opinar sobre esse assunto pois não sou nenhum entendido em informática, mas aos olhos de um leigo, parece estar tudo bem estruturado.

  

 

Imagem relacionada Resultado de imagem para caldas da rainha natal 

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense

2 e 3 de Dezembro de 2017

Jorge Cruz foi o vencedor do I Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense. O jogador de Montemor tem sido feliz na zona Oeste, venceu em 2016/2017 a III TNA no Bombarral e aproveitou para vencer o prémio João Duarte dos Santos para a melhor partida.

Como somos literalmente a favor de voltar sempre ao local onde se foi feliz, cá aguardamos na 2ª edição da prova o vencedor da 1ª Edição!

38 Foi o número de participantes na primeira edição da prova, será batido novo recorde?

 

http://www.xadrez64.com/resultados/1983/C

 

XIII Torneio de Xadrez às 4ª Feiras

Associação Peão Cavalgante/Arneirense

08 de Novembro 2017 - 20:30 horas - Semi-Rápidas

Mais um torneio da APC, desta feita com a presença habitual de 4 jogadores da CPB, teve ainda a visita de André Pinto e de Carlos Marques (ATV). Rui Batalha continua a patentear grande forma nos ritmos mais rápidos.

 

 

 Resultado de imagem para entrevistas 

Pedro Rodrigues – Jogador da CBP

  

1- Quais os objetivos pessoais relacionados com o xadrez para esta época?

Pessoais só divertir-me. O importante é o colectivo, e aí é ganhar 4-0 todos os jogos.

2- Pergunta Livre – O que é que representa o xadrez para ti?

Actualmente em teoria representa muito pouco. Mas depois de tanta partida jogada claro que influencia como eu sou. É claro que existe a componente da concentração, do raciocínio, etc. Mas o que mais me salta à vista é que é um jogo que nos dá porrada muitas vezes e com muita força. E quem cá continua é por que tem capacidade de a aguentar.

3- Primeiro ano sem a participação da CPB na TNA, Triplete Distrital para a equipa de Leiria, um troféu distrital em seis possíveis nas últimas duas épocas, batemos no fundo, ou a "procissão ainda vai no adro"?

Agora é sempre a subir, não tenho dúvidas.

4- Se esta fosse a ultima época da CPB por que clube te verias a jogar na época 2018/2019?

Sporting! Pelo menos experimentava a verde e branca.

5- Qual o(s) momento(s) da CPB que perdurará para sempre na tua memória?

Os momentos valem pelo todo - os melhores e os piores são todos bons. Ainda assim, vou destacar a vitória na Taça de Leiria de 2016, que coroou a sequência impressionante que a CPB conseguiu.

   

 

Resultado de imagem para book of hansen 

 

 

  Resultado de imagem para caldas da rainha simbolo  Resultado de imagem para caldas da rainha simbolo

20 e 21 Janeiro – Campeonato Individual. Absoluto - Caldas da Rainha

Data proposta pela AXL ainda não confirmada

 

 

Resultado de imagem para caldas da rainha  Resultado de imagem para caldas da rainha arneirense  Resultado de imagem para caldas da rainha  

II Torneio Internacional de Caldas da Rainha / Arneirense – Continua a encher!

http://www.chess-results.com/tnr306052.aspx?lan=10

 

 

 

Zé Bomba – Episódio 76

Eu, Zé Mourinho Bomba!

Caros Amigos,

Hoje o magnifico Zé Mourinho Bomba (eu!), para além de aproveitar a ocasião para apresentar o plantel para a época 2017/2018, vou fazer uma demonstração tática de como ganhar o campeonato, bastará à CPB não apresentar lesionados. Encomendem as faixas de campeão se faz favor!

 

PL

   

EE                        MC                       MAC                       ED

MD

    

DE                       DC                     DC                         DD

GR

 

PL - João Santos
Acabadinho de colocar um novo pacemaker, o nosso secionista está agora em condições de se bater de igual para igual com Usain Bolt … pelo que não precisa de companhia no ataque…

EE - Pedro Rodrigues
A sua principal característica é o puder de fuga, especialmente no que concerne ás convocatórias…

MC - Ricardo Evangelista
È o Craque da equipa, depois de gorada a transferência para o Manchester que motivou a sua ausência para não se lesionar, cheira-me a que reaparecerá a jogar mais breve do que se julga…

MAC - Guilherme Gaboleiro
O Criativo da equipa, ora brilha ao vencer em poucos lances, ora não dá uma para a caixa, ora espeta um brilhante barrete ora faz épocas em branco …

ED - André Pinto
É o Quaresma cá do sítio, parte os rins aos adversários, senta-os no chão, e festeja a vitória muitas vezes antes do tempo … falta melhorar a finalização.

MD – Ricardo Pais
O trinco da equipa fez uma época soberba, já se fala no Real de Madrid!

DE - Paulo Constantino
É um jogador com uma visão muito á frente para o seu tempo, mal inicia o jogo já prespectiva a jogada ao minuto 80, o problema e que raramente lá chega, os adversários costumam entrar a matar …. Por isso a necessidade de contratar um Guarda-redes!

DC - Rui Batalha
Ao estilo Jorge Costa, ou passa a bola ou o jogador! O Capitão neste caso não gosta de deixar passar nada, nem o que é grátis, nem que sejam os peões envenenados, marcha tudo e luta nem que seja rei contra 8 damas. Digno representante da raça CPB!

DC - Artur Bernardes
Muito certinho raramente falha, acaba por picar quase sempre o ponto, o problema é que foge das convocatórias como o Diabo foge da Cruz

DD - André Balsinha
Apareceu a jogar este verão, ainda está muito verde, útil para o Gambito Bomba.

GR – Marco Custódio
Reforço acabado de chegar, era o que faltava á equipa, com tanta gente a meter água impunha-se um elemento para levar com as culpas pelas derrotas, estamos fartos de sermos sempre os mesmos!

Como podem verificar a Tática 4x5x1 não permitirá aos adversários sequer respirarem. É muito versátil, não apresenta pontos fracos e com a desculpa de que não sabíamos que vínhamos jogar xadrez, apresentaremos sempre 11 contra 4 para o caso de existirem duvidas sobre a nossa superioridade.

 

A propósito, anda por aí um burlão que tenta brilhar à conta do meu nome, mas os respectivos leitores saberão diferenciar o trigo do joio, o Real One sou eu!

Até para o mês que vem!

 

 

Esta 4ª Feira – Mourinho em exclusivo no site da CPB!!!

Se já era um grande “furo” ter Mourinho aqui no nosso modesto site da CPB, ter Mourinho a falar também de xadrez seria um mimo! É aguardar!!! (01-11-2017)

Resultado de imagem para taticas Resultado de imagem para taticas

 

40ª Taça de Portugal 2017/2018

Adivinhem quem vai estar presente?

http://www.chess-results.com/tnr308340.aspx?lan=10

Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez  Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez  Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez

Inscrição da Equipa: - Até às 24:00 do dia 13 de Novembro de 2017: 15,00€ por equipa

Duas Eliminatórias antes do Nacional da 3ª Divisão!!!

Quarenta edições da Taça de Portugal e aqui está mais uma vez a equipa da Casa do Povo do Bombarral presente. Uma competição que sai cara, em que normalmente disputa apenas um ou dois jogos, dependendo do sorteio, do facto das equipas adversárias comparecerem ou não etc, já por tês vezes a CPB não jogou por falta de comparência dos adversários, o que é muito mau para os objectivos que a CPB tem na prova que são o de preparar a equipa e dar-lhe o ritmo competitivo necessário para a disputa do campeonato nacional da 3ª Divisão.

Se o sorteio for simpático, desta vez poderemos ir jogar fora os 1/32 já que não deverá ser particularmente longe em termos de deslocação e no caso de passagem à eliminatória seguinte já com as equipas divididas em zonas geograficamente maiores jogaríamos em casa.

Os 1/64 não se realizam, a data precavê apenas um anormal número de inscrições.

Depois de uma divergência inicial entre as datas do regulamento e as da página da FPX, verificam-se duas eliminatórias antes de se iniciar o campeonato, o que para a CPB são óptimas noticias!

Enquanto não remodela a prova a FPX está de parabéns por colocar a primeira eliminatória ainda em 2017, o que vem de encontro aos objectivos da CPB com vista á preparação da equipa, e não deixa de ser bonito o inicio de competição para a maior parte dos clubes na época 2017/2018 ser feito através da participação na Taça de Portugal e em 2017, o que é mais um chamariz para a participação na prova.

Veremos se mais uma vez seremos os únicos representantes distritais, venham daí!!!

 Resultado de imagem para taça de portugal em xadrez

 

   

 

 

CPB na Grande Regata da Frutos 2017

 

 

 

Carta Aberta a Dominic Cross – Presidente da Federação Portuguesa de Xadrez

Taça Nacional das Associações – A “Taça das Taças”

 

Caro Dominic Cross,

O teor desta missiva tem como objectivo tentar sensibilizar o nosso caro presidente para uma prova que quer pelo passado quer por conversas recentes verificamos de que não é propriamente o seu fã nº 1.

Vamos começar por mostrar o que representa para o xadrez nacional a TNA, mais propriamente para o xadrez colectivo, ou seja para os clubes, no fundo o suporte do xadrez em Portugal.

Ranking por ordem de importância das provas nacionais colectivas:

  1. Campeão Nacional da 1ª Divisão (Titulo: Campeão)
  2. Taça de Portugal (Titulo: Campeão)
  3. Super Taça (Titulo: Campeão)
  4. Taça Nacional das Associações (Titulo: Campeão e para o pódio)
  5. Campeão da 2ª Divisão (Titulo: Campeão)
  6. Campeão da 3ª Divisão (Titulo: Campeão)
  7. Campeão Distrital (Titulo: Campeão)

A TNA surge nesta ordem de grandeza logo a seguir á Taça de Portugal como uma competição onde qualquer clube, e em qualquer época, mesmo um recem criado pode vencer, para ser campeão é preciso estar na 1ª divisão … e assim sucessivamente, tanto na Taça de Portugal como na Taça Nacional das Associações para se “poder brilhar” basta existir!

A TNA já contou indirectamente com mais clubes participantes do que a Taça de Portugal, prova que presumo não passe pela cabeça de ninguém extinguir

Mas esta competição até se pode dar ao luxo de se querer comparar com a Taça de Portugal, vejamos: 3 troféus em disputa bem ao “estilo dos jogos Olímpicos” em vez de apenas um troféu, e com algo que certamente fará corar de inveja a própria Taça de Portugal, sabe o nosso caro presidente quantos clubes disputaram a TNA 2014/2015?

Porto (21), Lisboa (19), Braga (8), Aveiro (6), Coimbra (4) e Leiria (4) foram 62 equipas contra as 55 que participaram na Taça de Portugal … e já não falamos nas Taças Distritais dos distritos que não marcaram presença, caso contrário o número seria bem maior.

Por isso nada de reduzir a TNA à competição final de 6 a 8 clubes, a TNA é muito mais do que isso conforme demonstram os números.

Acabar com a TNA seria dar uma forte machadada no xadrez distrital colectivo e quiçá dar o pretexto e a força necessária para a extinção de algumas taças distritais.

Acabar com uma prova que tenderá a ganhar cada vez mais prestigio, acabar com uma prova que é o cartaz de fecho de época e que sinaliza o inicio da nova época (Outubro), acabar com uma prova democrática e aberta a todos, acabar com uma prova que interrompe o marasmo que a competição por equipas em provas clássicas está, circunscrita de Janeiro a Maio, ficando com 7, pasme-se 7!!!! Meses de paragem …. Decididamente não parece boa ideia!

O argumento de que existem poucas datas não colhe … até porque se existiu contestação aos concentrados e tenciona dar ouvidos a essa contestação, a mesma não veio a publico para já no que concerne ás jornadas duplas, pelo que o calendário por aqui se manteria (um jogo em casa e um fora é muito diferente de 2 deslocações, quer em termos de cansaço físico quer em termos de despesas, mas essa é uma discussão para outros tempos, cada situação a seu tempo).

Estaremos certamente de acordo que o vencedor do campeonato nacional individual tenha de ter presença assegurada no europeu, é um prémio justo e dá visibilidade à modalidade, mas nunca esquecendo de que o que faz mexer o xadrez nacional são os clubes e não as individualidades.

Quererá o nosso caro presidente certamente ficar na história do xadrez como o presidente que criou, que melhorou e não como o presidente que extinguiu provas.

Em vez de extinguir uma prova, poderá melhorar a mesma e tem já todas as hipóteses para que tal aconteça, poderá organizar a prova no seu distrito, este ano que contará curiosamente com a participação da Associação Académica de Coimbra, tem todos os ingredientes ao seu dispor para brilhar em casa, já para não falar na maravilhosa cidade que é Coimbra com tudo o que tem de bom para dar aos seus visitantes, e poderá também aqui sobressair e fazer melhor do que o anterior presidente da FPX, basta para isso fazer o que o seu antecessor não conseguiu … conseguir que a Associação de Xadrez de Setúbal participe na prova … tem tudo para brilhar!

Depois de passada esta fase, em que certamente viverá por dentro o espírito da TNA, e que qualquer ideia de extinção cairá por terra, poderá debruçar-se em alternativas para melhorar a prova, e para isso parece essencial a participação de 8 clubes … subsidiar pequenos distritos? Permitir ao Campeão a sua participação podendo por essa via o distrito respetivo ter duas equipas em prova? … Muita coisa haverá certamente para melhorar.

Até à 3ª TNA, estaremos certamente a aplaudir o que constrói e o que melhora!

 

 

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2017/2018

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas
     

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2016/2017

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas
logo logo logo

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2015/2016

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas
logo logo

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2014/2015

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2013/2014

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2012/2013

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2011/2012

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2010/2011

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

Quantcast
- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome

www.000webhost.com