"Este Espaço pode ser seu"

"Este Espaço pode ser seu"

Constantinos - Oficina de Artesanato

cpbombarral@gmail.com

Seja Muito Bem Vindo!!!

  Sexy Chess

 

173 Episódios Publicados

Ás Sextas-Feiras 69 Episódios Publicados

Mensalmente

 

 

12 Entrevistas Publicadas Próxima: 2015 173 Episódios Publicados Às Sextas-Feiras

 

I Torneio Internacional de Caldas da Rainha

Resultado de imagem para caldas da rainha natal

Dia 2 (20.30), Dia 3 (10.30 e 16.00), Dia 4 (10.00 e 15.30)

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10

Resultado de imagem para antonio pereira dos santos xadrez   Resultado de imagem para ana baptista xadrez   Resultado de imagem para vitor morais xadrez

Assim ia o Top 25 de entre 40 inscritos no final do dia de 3ª Feira, depois de algumas saídas e entradas das quais se destacam António Pereira dos Santos (Mestre Fide), Ana Baptista (W Mestre Fide) e Vítor Morais (Mestre Nacional), ambos os três na foto.

feature1 Resultado de imagem para arneirense caldas da rainha Resultado de imagem para caldas da rainha

Local de Jogo: Bairro dos Arneiros

Associação Cultural Desportiva e Recreativa Arneirense

Rua Casal dos Barreiros nº 2

2500-290 Caldas da Rainha

Resultado de imagem para caldas da rainha   

 

3ª Divisão – Série C

Incrível e pouco provável … mas aconteceu! A série ficou partida exactamente nas equipas das Caldas da Rainha, com a Associação Tabuleiro de Cores a ficar na Série C e a APC Arneirense a ficar na série D. é uma pena não podermos assistir a este novo derby.
Para a Associação tabuleiro de Cores em termos desportivos foi bom já que tem uma série muito mais acessível, já em termos monetários as deslocações podem vir a doer um pouco mais, sobretudo no concentrado.

Quatro equipas do Distrito em prova: Sport Operário Marinhense, CCD Corvos do Lis “B”, CD Ginásio Louriçal e Associação tabuleiro de Cores.

O favorito parece ser a equipa “B” do Clube dos Galitos, mas o facto de provavelmente não poder subir abre portas a um regresso ao segundo escalão nacional por parte do Sport Operário Marinhense ou outro numa série muito acessível … quem quiser subir é aproveitar este brinde!

Esta subida de série, normalmente as equipas do distrito jogavam na série D, reflecte uma maior quantidade de equipas do Sul do pais a entrarem nos nacionais.

 

3ª Divisão – Série D

Com esta maior entrada de clubes a sul, a série D quase que tinha na CPB a equipa mais a Norte. Apesar da Série E ser a “Série Lisboa” vieram parar a esta série equipas como Amadora, Sintra, Odivelas, e São Marcos / Cacém.

Apenas duas equipas do Distrito: CPB e APC / Arneirense, os amigos da ATV e a desconhecida Academia Musical / Vicentix compõem a série.

A Série D é como sempre mais complicada do que a Série C em termos desportivos, mas preferível em termos de deslocações, A8 e sempre em frente J .

A CPB inicia o campeonato logo “a doer”, teoricamente estas serão duas das mais fortes candidatas á vitória na série já que ambas vieram da 2ª Divisão.

Segue-se já em 2017, a estreia em casa frente a um imprevisível Grupo de Odivelas que conta com Ana Baptista no seu plantel.

Nova saída para visitar a equipa “B” do nosso amigo Amadeu Solha Santos, na Amadora.

E por fim, novo e último jogo a disputar casa para o campeonato nacional 2016/2017, para defrontar a sempre candidata equipa de Sintra de Pedro Marques.

E terminará aqui a “1ª Fase” da prova onde todas as equipas teram realizado dois jogos em casa e dois jogos fora. Por esta altura já se saberá a que objectivos concorrem cada uma.

Para o Concentrado Final, em local ainda a definir, a CPB defrontará: Academia Musical, APC Arneirense e AT Vedras.

 

Magnus Carlsen renova o título!
3-1 nas semi rápidas

Depois das clássicas com (1-10-1) Magnus venceu nas semi rápidas com (2-2-0) com vitórias na 3ª e 4ª ronda.

 

 

Resultado de imagem para bandeira de portugal  Resultado de imagem para bandeira de angola Resultado de imagem para bandeira da suiça 

I Torneio Internacional de Caldas da Rainha

Resultado de imagem para natal em caldas da rainha

Dia 2 (20.30), Dia 3 (10.30 e 16.00), Dia 4 (10.00 e 15.30)

 

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10

Local de Jogo: Bairro dos Arneiros

Associação Cultural Desportiva e Recreativa Arneirense

Rua Casal dos Barreiros nº 2

2500-290 Caldas da Rainha

 

Desempate Semi Rápido?

Carlsen (1-9-1) Karjakin

Carlsen Maguns vai jogar (hoje, 2ª Feira) de brancas o ultimo jogo em ritmo clássico deste Match que consagrará o “novo” campeão do mundo … não deixaria de ser uma derrota para o atual campeão do mundo não conseguir consagrar-se como campeão no ritmo considerado como aquele que mais prestigio tem o xadrez. Depois de 9 jogos sem conseguir vencer parece que o atual campeão do mundo preparou de modo leviano este match.

 

 

Luís Galego vence no Porto

 

http://www.chess-results.com/tnr237002.aspx?lan=10&art=1&wi=821

O Grande Mestre Luís Galego venceu a 1ª Prova do circuito Nacional de Semi Rápidas, numa organização do Grupo de Xadrez do Porto em igualdade pontual com o sub 18 MF André Sousa com 6-1-0 arrecadando 250€. Ainda no pódio o MN Carlos Dantas com 6-0-1.

O Sub 14 José Veiga continua em alta com um 6º lugar em igualdade com o 4º, entre 94 participantes!

A 01-12-2016 teremos a segunda prova integrada neste circuito, o já tradicional open de Benfica, o décimo nono! 350 € é quanto arrecadará o primeiro classificado.

 

Deverá estar a ser divulgada a todo o momento a constituição das séries das 2ªs e 3ªs divisões nacionais cujo prazo de inscrição terminou a 25 de Novembro.

CPB; APC Arneirense; ATC Caldas da Rainha e AT Vedras parecem certos na mesma série.

Outros Prováveis:
AX Portugal “B”; GXS marcos; CX Sintra

Com alguma Probabilidade:
SO Marinhense, CCD Corvos do Lis “B”

Com menor probabilidade:
CX Montemor o velho “B” e AA Coimbra “C”

 

 

Magnus em fortes dificuldades, salvo no jogo 10

 

 

Carlsen (1-8-1) Karjakin

Jogo 8 e finalmente uma vitória, talvez para o lado menos esperado ou não, a verdade é que o Russo Karjakin esteve perto de somar a sua segunda vitória no jogo 9 … e ao jogo 10 Carlsen empata a contenda. Estamos a apenas dois jogos do final.

 

 

 

Acaba hoje o prazo de inscrições para a 2ª e 3ªs Divisões, … estamos perto de saber qual a nossa série e quais os nossos opositores.

 

Alargado o prazo até ao final do mês …

 

 

 

 

Carlsen (0-6-0) Karjakin

Nada de novo em New York após conclusão de 50% dos jogos previstos…vai ser difícil de recuperar qualquer desvantagem que surja.

Quadro retirado de: http://www.spraggettonchess.com/lets-get-started/

 

 

 Resultado de imagem para TAÇA DE PORTUGAL XADREZ 

39ª Taça de Portugal – CPB único representante distrital

 http://www.chess-results.com/tnr246300.aspx?lan=10

Proposta para evitar mais uma morte lenta  

A 39ª Taça de Portugal conta com a presença de 53 equipas inscritas (nos últimos anos: 58 58 54 45 52 e agora 53) mas continua a ser uma prova com muito para fazer, com muitos clubes para atrair. Não fosse o facto de vários clubes apresentarem equipas “b” “c” etc, o cenário ainda seria bem pior, já o ano passado este facto foi “camuflado” com um alargamento de prazo.

Assim teremos a primeira eliminatória apenas a 11 de Março de 2017 (1/32) e não é para todos. Assim teremos 21 jogos a eliminar, opondo 42 clubes que se juntaram aos 1/16 ás 11 equipas isentas.

“Off Record” a CPB já tinha apresentado uma proposta de alteração que visava inverter esta situação, poderia vir a ser uma boa proposta ou não, o que interessava realmente era debater esta situação e não manter esta passividade constante que desprestigia ano após ano a segunda competição mais importante de clubes (a terceira morreu recentemente).

Uma das causas para a não inscrição dos clubes, isto pelo que fomos ouvindo por onde vamos passando, é o facto desta competição poder sair caríssima, já que apesar de estar dividida por normalmente 4 zonas poderá sair algo no sapatinho com 300 km. Já para não irmos a extremos de falar em associações como os Açores ou o Algarve.

A proposta visava grupos distritais, (os distritos poderiam aproveitar ou não a Taça Distrital para este apuramento, para isso teria de se realizar cedo em termos de calendário).

Os grupos distritais tinham enormes vantagens:

  • Deslocações de baixo custo para os clubes
  • Mais inscrições e consequente receita para a FPX
  • Os clubes apurados seriam provavelmente os que tem maior capacidade financeira e por isso as próximas eliminatórias seriam um custo bem mais suportável do que para a generalidade dos clubes

Clubes apurados para a fase seguinte: 16 (Oitavos de Final)

Cada distrito apurava o vencedor, nos distritos com mais associados, clubes etc seriam apurados 2 ou 3 clubes de modo a perfazer os 16

Aqui fica novamente a sugestão, desta vez de forma pública.

 

Ps: Proposta inicial contemplava: 1º com Direito a participar na TNA e na TP(1/8) 2º. com direito a participar na TP (1/8) 

A Casa do Povo do Bombarral continua a ser o único clube que se inscreve na prova … perante os riscos inerentes já não sabemos se é um marco que caracteriza o clube e que contribui para o prestigio da mais afamada equipa do distrito, ou se já é apenas teimosia e estupidez…

 

Torneio de Caldas da Rainha continua a encher!!!

Resultado de imagem para caldas internacional hotel

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10

Resultado de imagem para caldas da rainha

Resultado de imagem para daniel cavaleiro xadrez Resultado de imagem para jorge cruz xadrez Resultado de imagem para gonçalo silva xadrez

Assim vai o Top 15 no que concerne ás inscrições, com destaque para as entradas de Paulo Barbosa (1971) um Português federado pela Suíça, Gonçalo Silva (1993) o jovem sub 18 está em grande progressão estando neste momento a cotar em máximos históricos.

A dupla de Circulo de Xadrez de Montemor o Velho, Jorge Cruz e Daniel Cavaleiro é bem conhecida por quem frequentou a 2ª Divisão Centro, Cavaleiro está apenas e só a cotar em máximos históricos, e Jorge Cruz foi o vencedor do Troféu João Santos inserido na II Taça Nacional das Associações, sob o tema “A melhor partida”.

Resultado de imagem para obidos vila natal Resultado de imagem para obidos vila natal

 

 

19 Novembro – Dia Mundial do Xadrez!

Enquanto a FPX revela mais uma vez a sua falta de visão para mostrar o xadrez ao país, tal como ele merece ser mostrado, ou seja, como um espectáculo grandioso, algumas iniciativas locais não deixarão passar o dia no esquecimento.

Mais um ano que passa, mais um ano em que o xadrez não brilha em Portugal em consonância com a sua grandiosidade.

A FPX junta-se à Escola Profissional de Gaia, para uma simultânea com o MI António Frois e o GM Luís Galego.

Por cá teremos um torneio gratuito em Caldas da Rainha, no dia que recorde-se, nasceu José Raul Capablanca, o Campeão Mundial Cubano

http://www.chess-results.com/tnr245098.aspx?lan=10

 

Carlsen (0-5-0) Karjakin

https://worldchess.com/nyc2016/

No mais jovem confronto de sempre para o titulo mundial, tudo na mesma, cinco jogos, cinco empates, mas já existe algum domínio do atual Campeão do Mundo, o Jogo 3 e jogo 4 estiveram para cair para o lado do Campeão Mundial.

Os comentários que se seguem foram retirados de www.fide.com

Mais tarde, na conferência de imprensa, Carlsen estava visivelmente irritado consigo mesmo. Ele disse que ele não tinha calculado cuidadosamente as possibilidades quando fez sua decisão de criar um peão passado protegido. Por outro lado, Karjakin estava claramente aliviado e feliz. Quando lhe foi perguntado o que ele pensava sobre o jogo, ele respondeu: "Fantástico." Peter Doggers de Chess.com leu um tweet que alguém tinha postado dizendo que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, tinha anunciado que ia fazer Karjakin Rússia novo Secretário de Defesa.

 

 

Carlsen (0-2-0) Karjakin

… Ainda ninguém alcançou vantagem!

 

 

 

Caldas da Rainha 2,3 e 4 de Dezembro

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10

Resultado de imagem para higo lima santos  Resultado de imagem para rainha d leonor Resultado de imagem para daniel bray xadrez 

 

 

  Resultado de imagem para karjakin

Match para atribuição do Titulo de Campeão do Mundo começa hoje!

Disputa-se em Nova York de 10 a 30 do corrente mês o mais apetecido troféu individual, aquele que dá o titulo de Rei do Xadrez Mundial.

Magnus Carlsen (2853 Campeão do Mundo e líder do ranking mundial) defronta Sergey Karjakin (2772 Vencedor do Torneio de Candidatos e nº 9 do ranking mundial).

O Match é composto por 12 jogos, ou seja, o primeiro a fazer 6,5 pontos vence. Em caso de empate haverá um Match de semi rápidas e se continuar empatado de rápidas.

1 Milhão de USD (+-900.000€) de prémio, 60% para o vencedor 40% para o vencido (55/45 se for a semi ou rápidas).

Nas redes sociais, os internautas amantes da modalidade e muitos deles especialistas, atribuem quase em uníssono a favoritismo e a vitória final para o atual campeão do mundo … mas tal como em bolsa, ou nas sondagens para a presidência dos Estados Unidos … a unanimidade costuma sair furada, a ver vamos.

Hoje quando começar o primeiro jogo do Match, será a 22ª vez que ambos se defrontam, para já vence o Rei da Noruega com (4-16-1). A Própria Bwin para por cada 1€ apostado, 1,2€ se Carlsen vencer e 4,4€ se vencer Karjakin … se acha que vai ser assim tão fácil tem aqui 20% “grátis” … alguma aplicação com rendimento semelhante?

 

 

 

 

2015/2016 foi uma época sofrível para a CPB, do lado negativo destaca-se a perca do nosso companheiro António Severino e a descida à terceira divisão nacional, do lado positivo a conquista de mais uma Taça da Associação de Xadrez de Leiria (a sexta consecutiva) e a conquista do segundo troféu nacional para a equipa Bombarralense com a obtenção do terceiro lugar na III Taça Nacional das Associações.

 

Artur Bernardes é o Jogador do Ano CPB

Documento Excel

 

A razia foi de tal ordem que esta época apenas dois jogadores realizaram época positiva, é caso para dizer que quem ficava de fora era o que fazia menos asneira. Assim com apenas dois jogos disputados, Artur Bernardes vence pela primeira vez esta distinção, esperemos que possa ter mais disponibilidade na época que se avizinha, parabéns!

  

Guilherme Gaboleiro foi o jogador mais vezes utilizado, este ano ultrapassando André Pinto, foram 12 jogos em 12 possíveis. Está de parabéns este nosso companheiro que apesar da época não ter corrido de feição, insistiu, nunca desistiu e foi aquele que mais pontuou pela equipa.

 

Vladimir Petkov triunfa na Figueira da Foz

 

http://www.chess-results.com/tnr235667.aspx?lan=10

Com 5-4-0 e mais 15 pontos para a sua conta pessoal, o Grande Mestre Búlgaro que era o nº6 do ranking inicial, terminou isolado com 7 pontos. 2573 foi o máximo que este GM de 45 anos atingiu em 2013. Seguiram-se no pódio os dois GM´s Polacos que somaram euros e ranking, ambos perderam face a Petkov.

   

Em 6º lugar ficou o Português mais cotado em prova, Luís Galego (2468) com (3-6-0) somou mais 12 pontos. Destaque ainda para Francisco Veiga (lembram-se dele?) que aos 13 anos bate o seu recorde pessoal, suplantando a barreira dos 2000 pontos, acresceu aos seus 1990 mais 36 pontos.

Ainda nas fotos Kevin Spraggett (2539) (3-6-0 = Rating) e André Sousa (2380) (6-0-3 + 4 pontos)

 

O Fenómeno do momento na Net

 

 

 

Arneirense estreia-se nas Caldas da Rainha
no Dia Mundial do Xadrez com Torneio Gratuito!

http://www.chess-results.com/tnr245098.aspx?lan=10

Aulas: 3ªs e 4ªs 18.30 – 20.30

Tertúlia: 5ª Feira 20.00 – 22.00

 

Sérgio Rocha vence Circuito Nacional de Lentas

http://www.chess-results.com/tnr242842.aspx?lan=10

 CirnLentas-final-sergio

 

 Luís Silva vence Circuito Nacional de Semi Rápidas

http://www.chess-results.com/tnr242845.aspx?lan=10

 cirnsr1516-vencluissilva

 

X Festival Internacional de Xadrez da Figueira da Foz

http://www.chess-results.com/tnr235667.aspx?lan=10

Este é o ranking inicial de um dos Torneios mais fortes que se realizam no pais e que está a decorrer.

 

 

Resultado de imagem para hugo lima santos xadrez Resultado de imagem para associacao peao cavalgante Resultado de imagem para arneirense caldas da rainha 

Inscrições seguem em bom ritmo

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10

Casa do Povo do Bombarral, Associação Peão Cavalgante e Clube Cultural e Desportivo Corvos do Lis parecem ter elegido o Torneio de Caldas da Rainha para a preparação das suas equipas para a entrada em cena nos campeonatos nacionais a 10 de Dezembro.

O nº 1 para já é Hugo Santos (AX Gaia – MF 2310), figura que já jogou no distrito.

 

 

 

Zé Bomba – Episódio 71

A última TNA

Bem vindos caros amigos, aqui estamos nós reunidos para a ceia pós férias.

O nosso título de hoje dar-vos-á a conhecer mais um pouquinho da história da TNA, esse dia histórico para os meus pupilos, e abordaremos mais alguns assuntos em jeito de início da época desportiva e também da minha 7ª Época!

Dia Mundial do Xadrez – CPB Amiga!

 

A CPB tem o prazer de anunciar que tomou a iniciativa de comemorar o dia do xadrez oferecendo bilhetes para visitar a sua galeria de troféus, excepcionalmente no dia 19-11-2016 ao preço de 60€ cada entrada, com desconto de 50% para os clubes do distrito que poderão ver entre outros o troféu de campeão nacional da 3ª Divisão … é aproveitar!

Os cinco primeiros emails terão direito a 5 packs familiares gratuitos!

 

RP salvo da forca in extremis

Resultado de imagem para SORTEIO 

https://www.facebook.com/fpxadrez/videos/1110280925735500/

Vamos situar-nos no tempo, é dia de sorteio para a III TNA e o jogador da CPB desloca-se à FPX para assistir ao mesmo. Começa a transmissão e verificámos que era o RP que ia tirar os papelinhos da sorte. Ficámos logo mais confiantes, afinal iam ser retirados 3 clubes em 5, a CPB seria certamente um deles.

Começam a sair as novidades: 1º Isento, Academia de Xadrez de Portugal

… Diminuíram um bocadinho as chances da CPB, agora existem 4 clubes por sortear e dois vão ficar isentos.

Next: Associação Académica de Coimbra … nada de novo, já sabíamos que seria assim, aliás devia existir no regulamento um artigo em que isentava automaticamente a equipa do presidente, também foi assim nas duas primeiras edições. Colocando no regulamento este facto escusamos de andar com falsas esperanças.

Agora piorou de vez, de entre 3 clubes apenas um ficará isento, a CPB deverá defrontar um dos favoritos à vitória final, que final ou começo, como queiram chamar, de época tão mau, um jogo e o ultimo lugar para recordação.

Os comentários na plateia já se fazem ouvir … a culpa é do Ricardo, não sabe tirar papeis, se fosse meter a mão em …nem para a CPB consegue ser amigo … se fosse outro a tirar os papelinhos já estávamos isentos … há-de ir jogar sozinho para aprender …

Anuncia-se o terceiro isento: Casa do Povo do Bombarral …

Ouve-se de novo a plateia Bombarralense … ehehehe já sabia! O RP é sádico, gosta de estar a perder por 0-9 e ganhar 10-9 … andou para aqui a dar esperanças aos adversários só para se divertir, nós já o conhecemos! Gozão do caraças…

E o pormenorzinho de colocar as duas equipas mais forte, logo na primeira ronda uma contra a outra, eheeheh isto é só rir!

 

A mais prestigiada prova individual nacional (!?)

  

Ainda a propósito do ultimo campeonato nacional individual, um dos grandes jogos do dia era ou foi o de Luís Galego x Rui Dâmaso. Por motivos técnicos, a partida não pode ser transmitida via tabuleiro, foi um azar do caraças, nas outras 4 tudo corria lindamente e nesta nem o primeiro lance, foi cá um azar.

Os meus caros leitores também não conseguiram ver as imagens dessa mesa porque outro problema técnico assolou a prova, foi o chamado “Manto da Invisibilidade” apoderou-se da mesa em questão, de tal maneira que nem o árbitro conseguiu ver o resultado.

Mas conforme fica provado o árbitro tinha miopia grave, não é que colocou no chess results falta de comparência para ambos!? … Finalmente umas horas mais tarde foi reposta a justiça e colocado um empate entre ambos, até porque houve uma testemunha de que o jogo se realizou, sabem quem não sabem?

Até para o mês que vem caros leitores!

 

Perguntas do mês?

Não havia para aí um clube que só ia fazer um interregno de um ano?

Será que dos 184 Inscritos na época 2015/2016 da Associação Tabuleiro de Cores ainda se arranja um “Quatro” para jogar a 3ª Divisão? Ouvi dizer que esta difícil…

 

 

Movimentações na AXL 2016/2017

Resultado de imagem para xadrez fernando oliveira    

  • Fernando Oliveira vai reforçar a equipa do Peão Cavalgante / Arneirense
  • Jorge Barrento vai reforçar a equipa do Louriçal
  • Cyril Carvalho também abandonou a Associação Tabuleiro de Cores para reforçar o novo clube Caldense, a APC / Arneirense

 

Riazantsev volta a apresentar-se ao mundo!

http://ruchess.ru/en/

Resultado de imagem para Alexander Riazantsev 

Riazantsev de 31 anos (2651), campeão mundial sub 12 em 1997,sagrou-se Campeão Russo á frente de Grischuk (2751), Svidler (2742) e Tmashevsky Jakovenko (2722) Inarkiev (2714) e Vitiugov (2718), só para citar o grupo que integras o lote acima de 2700, a super elite que no momento em que escrevemos este artigo, conta com 40 jogadores.

Alexandra Kosteniuk (2537) venceu o torneio feminino, sagrando-se campeã Russa pela segunda vez.
7-3-1 foi o score, totalizando 8,5 pontos, bem á frente de Pogonina (2484) que obteve 7, a única a conseguir derrotar a campeã.

 

 

 Sexy Chess 174

 

 Resultado de imagem para CHESS AND SEX  

 

 

 

3ª Divisão – Série D - Previsão

  

 

Calendário 2016/2017

 

Encontro que abre a época desportiva 2016/2017 entre o campeão nacional (AX Gaia) e o vencedor da Taça de Portugal (GGDD Ferreira) e também vencedor da Taça Nacional das Associações.

A Equipa do Porto apresentou-se muito desfalcada para este encontro e assim saiu vencedora a equipa de Gaia que apresentou Lima Santos como novo reforço.

 

 

 

A Arte dos Tabuleiros de Xadrez 174

Xadrez Robótica

Xadrez Esculturas Bronze 5

Xadrez Pedra “Cícero Dantas”

 

 

  

As Divergências entre António Fernandes e Francisco Castro

Pode falar-nos um pouco sobre a divergência AF/FPX sobre a sua não convocatória para as olimpíadas de 2014?

É uma longa história, essa que infelizmente tive de conviver obrigatoriamente com a Direcção da FPX anterior. Uma Direcção que, contrariamente à opinião de alguns elementos que usufruíram benefícios ou contrapartidas, de tudo fez para acabar com a nossa modalidade, chegando mesmo a utilizar meios ilícitos para algumas das decisões que entendiam tomar, utilizando a hipocrisia, total irresponsabilidade e pura demagogia ao longo de todo o seu mandato, prejudicando deliberadamente os direitos desportivos de alguns dos seus atletas. Convites em cima da mesa, sem qualquer custo associado, que recebiam para participação em provas internacionais de muito bom nível que ficaram por responder, vetando a participação em provas internacionais de vários dos melhores xadrezistas nacionais, tentativa de boicotar a participação em provas internacionais, elaboração de regulamentos com efeitos retroactivos, o não cumprimento dos próprios regulamentos por si elaborados, não cumprimento dos deveres de representatividade nacional que é exigido às federações desportivas, abdicando da participação nas provas mais importantes da FIDE, não cumprimento do plano e orçamento aprovado, desrespeito pela ética e a verdade desportiva, violação do Decreto Lei 248-B…

Aquando do meu afastamento de modo ilegal e sem qualquer justificação, por parte da Direcção da FPX, da selecção que participou nas olimpíadas de 2014, instaurei na altura uma providência cautelar e uma acção administrativa contra a Direcção da FPX. Mas, esse foi apenas um dos muitos episódios em que me vi envolvido com esses incompetentes.
Posso referir que nos últimos contactos que estabeleci com os elementos da Direcção da FPX, dando simultaneamente conhecimento a algumas individualidades, a várias entidades, entre elas a que tutela as federações desportivas, bem como alguns meios de comunicação social, tendo colocado 17 perguntas à respectiva Direcção, as quais nunca durante o seu mandato foram respondidas tal como é o dever e a obrigação de uma federação desportiva, passo a descrever:

1- Porque é que em 2012 tomaram medidas totalmente opostas em termos desportivos em um caso de doping detectado, quando comparativamente a uma outra situação idêntica ocorrida 4 anos antes?

2- No Plano de Atividades e Orçamento para 2013, proveniente da Assembleia Geral de 10/11/2012, resolveram colocar no ponto 4.2 Participação portuguesa, em Provas oficiais internacionais um novo "mandamento", "Os jogadores que se sagraram Campeões Nacionais (CN) não obtêm assim obrigatoriamente lugar na delegação"
Deste modo, além de se verificar o efeito de retroactividade, pela primeira vez em 87 anos de existência da FPX, a sua Direcção considerou, que o Campeão Nacional deixou de ter significado e o garante de representar Portugal no campeonato mundial. Porquê? A que propósito? Com que finalidade? Caso não saiba, o campeonato nacional é a primeira prova de apuramento do campeonato mundial, sempre assim foi, isso sim era um hábito, era uma opção, mas a sua Direcção quis alterar essa norma, não foi?

3- Porque é que em 2013, contrariamente à vossa justificação (de anos pares... ano de olimpíada e Europeu...), não havendo realização de qualquer olimpíada, porque não se quiseram fazer representar nesse ano ímpar, no Europeu Individual?

4- Porque é que tornaram público oficialmente através do vosso site de que eu dei faltas de comparência nos jogos de um suposto match a 3 jogadores para atribuição do título nacional de 2012, quando eu fui peremptório ao me recusar publicamente a participar nessa prova "fantoche" em virtude de não ter as mesmas condições de participação que os outros supostos adversários, de não ter mais dias de férias disponíveis entre Outubro e Dezembro de 2013 e porque tal como o afirmei então, nunca aceitaria participar numa prova cujos critérios de desempate estavam adulterados e viciados à partida?
Inclusivamente, como sabe e apesar de ter afirmado por diversas vezes que nunca iria participar nessa prova, a sua Direcção estabeleceu um prazo limite de inscrição na prova, pelo que que nunca poderia ter sido emparceirado na mesma, e muito menos podiam ter efectuado uma publicação a meu respeito, prestando falsas declarações. Porquê essa atitude?

5- Porque fui preterido de representar a selecção nacional que esteve presente nas olimpíadas disputadas em Troms0, na Noruega em Agosto de 2014?

6- Porque é que organizaram o Nacional de Veteranos em 2015, levando a que os xadrezistas que nele participaram e que pagaram as suas despesas directamente à FPX, tivessem tido uma despesa superior, do que se pagassem directamente à entidade hoteleira?

7- Porque fui preterido de representar o país no Europeu Individual disputado em Haifa, Israel, em Fevereiro de 2015, depois de ter sido escolhido como 1ª opção pelo seleccionador nacional?

8- Porque é que nesse mesmo Europeu a FPX não se mostrou disponível para efectuar a minha inscrição nessa prova, estando eu disponível a custear todas as despesas inerentes à minha participação?

9- Porque é que tentaram impedir a minha participação no Europeu S50, realizado em Eretria, na Grécia, em Abril de 2015, recusando-se a efectuar a minha inscrição, a qual veio a ser, posteriormente, solicitada pela organização da prova à vossa Direcção? Um pouco humilhante para a FPX, não acha?

10- Porque é que não transmitiram nenhuma informação relativamente à prova mencionada anteriormente em nenhum dos meios de comunicação que têm ao vosso dispor, nem sequer relativamente à classificação final obtida ao terminar, como sabem, ex-aequeo em 3º lugar? 

11- Porque é que por diversas vezes impediram a participação em provas de grande relevância e de importante interesse nacional a alguns xadrezistas?

12- Porque é que tendo em vosso poder convites de participação, como o caso do Iberoamericano, uma prova de elevado nível técnico e importantíssima para a evolução de qualquer xadrezista a sua Direcção preferiu não se fazer representar?

13- Porque impedem um atleta de representar o país no campeonato mundial da modalidade?

14- Porque calendarizaram a fase final do campeonato nacional a ser disputada logo a seguir à participação da selecção nacional nas olimpíadas? Têm consciência do que é praticar xadrez de alta competição?

15- Sendo este um ano de realização das olimpíadas, o porquê de ainda não terem efectuado a convocatória para a selecção nacional, contrariamente aos anos anteriores, estando nós a pouco mais de 4 meses da prova? Será que não querem assumir a minha escolha na selecção ou antes pelo contrário têm receio de me afastar, uma vez mais, da selecção nacional?

16- Gostaria que explicasse, à nossa comunidade, em que consistiram os acordos com o GM Garry Kasparov (candidato à presidência da FIDE), nas reuniões tidas com o Presidente da FPX e/ou Direcção, no que diz respeito ao seu apoio eleitoral nas anteriores eleições da Federação Internacional de Xadrez (FIDE)?

17- Porque é que, de entre os diversos escalões existentes na Federação Portuguesa de Xadrez a nível competitivo e com organização do seu próprio campeonato nacional, com periodicidade anual, os veteranos é o único escalão, relevo, que deixou de ter qualquer comparticipação que seja em termos da sua representação nacional? Nem sequer a despesa de inscrição no Europeu ou no Mundial de Veteranos é suportada pela FPX, será que este escalão definido pela própria Federação Internacional e reconhecido pela FPX merecem o desprezo e a marginalização a que estão a ser submetidos por parte da Direcção da FPX?

 

A última mensagem que enviei para a FPX, foi a seguinte:
“Passa assim para 17 as perguntas que continuam a aguardar uma resposta esclarecedora e justificada da vossa parte, tal como por vós prometido e, conforme o Decreto-Lei nº 248-B, no qual a Direcção da FPX é obrigada a respeitar, a cumprir e fazer cumprir o mesmo.

Muito sinceramente, espero que não seja vossa intenção deixar para a nova Direcção, que tomará posse a partir de amanhã, as respostas a estas perguntas!”

 

 

 

Mais Fotos da Histórica III TNA

    

 

 

 

 

    

“O meu recorde vai perdurar durante largos anos”

António Fernandes – Grande Mestre

============================================================

De regresso, a rubrica 10P na sua Décima Terceira entrevista foi visitar o homem do momento que acaba de ter uma prestação fantástica ao serviço da Selecção Nacional, foi a sua 16ª presença em Olimpíadas!

António Fernandes sagrou-se MI em 1985 e GM em 2002, algo raro para Portugal que dispõe apenas de 3 jogadores com este título. Sagrou-se campeão nacional pela primeira vez de quinze aos 17 anos. Licenciado em Matemática Aplicada e com percurso profissional ligado à banca, nunca se dedicou a 100% ao xadrez já que cedo se apercebeu de que não conseguiria sobreviver em Portugal á custa da modalidade que tão bem pratica.

Tem dois filhos que jogam xadrez, é Benfiquista e nasceu em Pampilhosa da Serra, localidade que segundo AF ofereceu as melhores condições de sempre para a realização de um campeonato nacional. Á pergunta quem seria a mais bela mulher do xadrez respondeu sem hesitar que é a sua esposa.

São algumas das curiosidades contidas na entrevista, agora publicada em dia de aniversário do GM, e por isso excedemos o limite 10P, esperamos que gostem!

============================================================

1 - Joaquim Durão foi um dos mais prestigiados jogadores nacionais de sempre, tendo sido campeão nacional por 13 vezes, o AF tem a consciência de que com a obtenção do seu 14º titulo ficará para a história como uma lenda do xadrez nacional? Sente que a FPX, clubes e outros não lhe dão o devido valor que merece por direito próprio?

Obviamente que é sem dúvida um feito histórico e para mim, que lutei por esse momento, foi a realização de uma das minhas metas.

Quanto ao valor, ao reconhecimento… temos que nos contentar com o país em que vivemos e com a nossa cultura. É certo que não podemos agradar a todos e quando conseguimos a realização, a conquista, de determinadas proezas, acabamos por provocar em algumas pessoas bons e maus sentimentos, uns de alegria outros de tristeza, de orgulho, de louvor, de apreço, de respeito ou de desprezo… Lamentavelmente, muitas vezes acontece, verificarmos que esse reconhecimento mais facilmente vem de fora, do estrangeiro!

Contrariamente à cultura a que estamos habituados, sou daqueles que defendem que as homenagens e o reconhecimento deve ser efectuado em vida e não post mortem, como tal sem dúvida que o Joaquim Durão, sendo uma referência do xadrez nacional e que ficará na história do nosso desporto, merecia ter tido essa homenagem.

Quanto a mim, o que importa é que as pessoas em quem confio e aquelas que me querem bem tenham esse reconhecimento para comigo e uma coisa é certa, disso tenho consciência, é que esse feito vai perdurar durante alguns anos.

2 - Desde 2013 data em representou o Sport Lisboa e Benfica que não se voltou a filiar por qualquer clube, nenhum projecto aliciante? Ninguém chegou aos valores que pretende? algum outro motivo? Quanto custará a uma equipa ter o GM António Fernandes para disputar uma primeira divisão?

Sim, sem dúvida que tem que haver algum projecto aliciante a nível da formação ou da competição. A nível competitivo defendo que para se representar um clube, seja ele qual for, o xadrezista tem que estar disponível para dar o seu melhor, muitas vezes penalizando-se a si próprio em prol da equipa e para isso deverá, certamente, haver alguma contrapartida.

Penso que custaria muito pouco, tendo em atenção o nível e qualidade de alguns dos participantes nessa prova. Tal como referi anteriormente, independentemente dos prejuízos individuais a que qualquer um venha a estar sujeito, os elementos da equipa têm a obrigação e o dever de dedicar todo o seu empenho, dedicação e disponibilidade em prol dos objectivos do colectivo. Infelizmente nem todos pensam assim e eu próprio já tive ocasião de testemunhar alguns elementos de bom nível e com uma boa cotação adoptarem uma postura diferente, esses sim considero que estão a custar muito caro à sua equipa.

3 - O ensino do xadrez é algo que lhe dá prazer? Prefere jovens ou adultos?

Sem dúvida que sim, prefiro apenas aqueles que têm vontade em aprender em evoluir e que têm objectivos por cumprir, independentemente da sua idade. Posso orgulhar-me de dizer que os alunos a quem dei formação, venceram ao longo de vários anos os nacionais dos seus escalões etários. Leccionei também num colégio particular com resultados muito positivos a nível competitivo.

4 - Fale-nos um pouco do que viu na Taça CUCA disputada em Angola

A Taça CUCA é já um torneio com algum prestígio internacional que tem por objectivo principal promover os jogadores angolanos. Para a realização desta prova, como é óbvio, é necessário reunirem-se determinadas condições, apoios, provenientes de patrocínios, de apoio da própria Federação Angolana de Xadrez ou mesmo de apoios estatais, uma vez que está em causa o convite de alguns xadrezistas titulados estrangeiros.

Em Angola esta é uma prova de referência para todos os xadrezistas angolanos e outras mais idênticas seriam necessárias para uma melhor e mais rápida evolução dos seus filiados. Este é, sem dúvida, um exemplo a seguir por qualquer federação desportiva que pretende promover e permitir a evolução dos seus atletas. Um exemplo que gostaria de ver também reflectido no nosso país.

5 - Por que ordem colocaria estes feitos:

  • Titulo de GM
  • Medalha de Bronze individual nas Olimpíadas de 1992 a segundo tabuleiro
  • o 14º titulo nacional que o colocou como o mais campeão de sempre

Existe algum outro feito ou momento que entraria diretamente no top 3?

Bem, é um pouco complicado ordenar tais feitos mas tendo por princípio a importância dos mesmos a nível mundial, colocaria os mesmos pela ordem seguinte:

- Medalha de Bronze individual nas Olimpíadas de 1992 a segundo tabuleiro
- Título de GM
- o 14º título nacional que o colocou como o mais campeão de sempre

Não sei se entraria no top 3, mas claro que não deixa de ser importante o facto de ter sido reconhecido pela FIDE, no congresso realizado em 1985 em Graz na Áustria, como uma das esperanças do xadrez mundial.

6 - Comenta-se que é um jogador de feitio muito difícil…

Aceito que haja alguém que assim pense, mas como é perfeitamente natural qualquer indivíduo, independentemente da sua actividade profissional ou desportiva, que faça sombra aos outros sempre será motivo de crítica para alguns.

Ao longo da minha carreira de xadrezista sempre pautei a minha actividade desportiva com honestidade, rectidão, isenção e lutando sempre pela verdade dos acontecimentos, muitas vezes defendendo outros pelo facto de ter testemunhado determinadas situações.

Também reconheço que numa ou noutra situação, por esses mesmos motivos, não tenha agido da forma mais correcta, chegando mesmo a exaltar-me ao ponto de levantar a voz. Mas ao longo de mais de 46 anos de prática desta modalidade, tenho observado a atitude de algumas pessoas que de tudo fazem, fora do contexto da ética desportiva, para tentar conquistar o ponto de forma ilícita, uma vez que de outra forma o não conseguiriam e isso quando acontece comigo sem dúvida que me tira do sério.

 

7 - Quais seriam os seus critérios para uma convocatória olímpica?

Nunca em caso algum estipular um limite de partidas sem qualquer significado, pois um xadrezista pode jogar 100 partidas ao longo de um ano e dessas apenas 4 têm algum nível ou um grau de dificuldade superior e outro jogar apenas 20 partidas e todas se enquadrem dentro desses parâmetros.

Do meu ponto de vista a convocatória deve ser efectuada com isenção, imparcialidade e a utilização de critérios unicamente desportivos bem definidos, tais como: campeão nacional, rating internacional e resultados obtidos.

8 - Vamos falar de um “Mandato Imaginário” em que AF era o presidente, quais as três medidas mais emblemáticas de que não prescindiria?

Além da isenção e honestidade, o dever de cumprir e fazer cumprir a ética e a verdade desportiva.

Valorizava a formação de base com conceitos fundamentados, criando uma estrutura piramidal que permitisse a evolução natural de qualquer elemento.

Valorizava condignamente a representatividade nacional nas provas mais importantes da FIDE.

Criava o conceito de provas válidas, as quais obrigatoriamente eram reconhecidas por reunirem as condições mínimas necessárias.

  

 

9 - Já vários jogadores da CPB defrontaram o seu pai, o Mestre Nacional Júlio Santos, e unanimemente consideram-no como provavelmente o jogador mais simpático do xadrez nacional, como é a vossa relação fora dos tabuleiros?

É óptima, como não seria de esperar outra coisa entre pai e filho.

A prática desta modalidade como já referi por diversas vezes em alguns colóquios é bastante benéfica ao ser humano e o meu pai é efectivamente um exemplo desses benefícios, por isso mesmo a ele lhe devo tudo o que sou hoje em dia, como ser humano e como desportista e praticante de uma modalidade de excepção

10 - Existe um “vírus” que afecta os MI nacionais que a certa altura da carreira descem aos 2350 (mais coisa menos coisa), foi assim com Dâmaso, foi assim consigo, esta a ser com Paulo Dias. António Frois por exemplo não mais regressou aos 2400. Consegue perceber o porquê desta situação?

Existem efectivamente duas situações que explicam essa situação:

- Acontece por vezes que um atleta durante a sua fase evolutiva ter esses períodos menos bons, os quais são sem dúvida um retrocesso temporário relacionados com uma melhoria significativa em termos de conhecimento, de adaptação e de compreensão do próprio jogo.

- Por outro lado, esse retrocesso poderá ter que ver com interferências externas como seja, problemas de saúde, familiares, profissionais ou mesmo desmotivação ou falta de confiança.

No meu caso particular a referida situação deveu-se à segunda hipótese, em relação aos demais elementos, cada um deles saberá certamente justificar o sucedido.

  

11 - Vê os 2545 de António Antunes serem batidos nos próximos 3 anos por algum jogador Português? Quem?

Considero que 2545 de rating é um elo algo modesto para a qualidade de vários dos melhores xadrezistas nacionais, sem mencionar qualquer nome, os quais estão subaproveitados e podem com alguma facilidade ultrapassar esses valores. A questão está mais uma vez nas condições e dedicação que qualquer um em determinado momento, independentemente de serem 2, 3 anos ou mais, possa assumir.

12 - Qual foi aquela que considerou a sua melhor partida de sempre?

Existem várias partidas que considero muito boas. Devo confessar que ainda não me dispus a seleccionar efectivamente a melhor de todas, no entanto posso facilmente referir que o lance que me deu mais prazer jogar em todas as partidas que já joguei ao longo da minha carreira foi contra o Viktor Korchnoi, numa partida disputada em 1989 em Haifa, Israel, durante o europeu de selecções. Foi o lance 26.  …  Bd3, sem dúvida o lance mais bonito que alguma vez realizei e com menos de 3 minutos no relógio, ficando na altura com pouquíssimos segundos, enquanto Korchnoi que tinha sensivelmente um pouco mais de 5 minutos após este lance, consumiu precisamente 5 minutos ficando com mais alguns segundos que eu, no entanto Korchnoi não encontrou a solução correcta e acabei por ficar com vantagem decisiva, mas infelizmente ao 31º lance a jogar “ao toque” por forma a evitar a queda da bandeira, não tive o discernimento suficiente para jogar o lance mais fácil e mais óbvio 31. … Td8 que ganhava facilmente a partida. Enfim acabei por empatar essa partida, mas a beleza desse lance e tendo em atenção o adversário que enfrentava ficou para mim gravado na minha memória.

 

13 - Que questão gostaria que lhe colocassem, e qual a resposta?

Penso que uma boa pergunta, mais dirigida à tutela, poderia ser a seguinte:

Como é que é possível que a selecção da Grécia que era à mais de 30 anos inferior à nossa, hoje em dia o nível da mesma é bastante superior, com vários valores individuais aos mais altos níveis do xadrez mundial?

Que condições as entidades oficiais da Grécia, ou de outros países como a Islândia… ofereceram aos xadrezistas desses países para eles se dedicarem a esta modalidade?

Sobre as extensas críticas à anterior direcção da FPX, da sua exclusão das Olimpíadas de 2014 e sobre 17 questões que o GM António Fernandes colocou à direcção e que não obteve resposta, publicaremos na próxima 6ª Feira.

Parabéns de toda a equipa CPB e muitas felicidades!

 

 

Hoje é dia de Bandeira!!!!

A Casa do Povo do Bombarral conquistou o 3º lugar na III Taça Nacional das Associações, uma prova onde participaram 5 distritos, numa competição com 45 clubes dos quais se apuraram 5 para esta fase final.

 

2º Troféu Nacional para a galeria da CPB!!!

    

 

G. D. Dias Ferreira (AX Porto) vence sem contestação!

  

A equipa do Grupo Desportivo Dias Ferreira venceu incontestavelmente a III TNA, igualando até ao momento as vitórias de Sporting CP (AX Lisboa) e de CX Montemor-o-Velho (AX Coimbra). Na foto à esquerda a nova “coqueluche” do Xadrez Nacional, o sub 16 da selecção Nacional André Sousa (2380), à direita o Grande Mestre Duany Martinez (2524) que passa a deter o recorde de jogador mais cotado em prova … foi prestigiante receber na Foz do Arelho tão ilustres figuras, obrigado!

 Resultado de imagem para academia xadrez portugal facebook   

 

Momento 1
André Pinto cede peça na abertura (0-1)
Pedro Rodrigues ganha peça (1-0)
Gaboleiro tem proposta de empate (1/2)
Ricardo Pais ainda a sair da abertura

Momento 2
André Pinto dá a volta e empata, é o 0,5-0,5, alivio nas hostes da CPB!

Momento 3
Pedro Rodrigues finaliza é o 1,5-0,5
Gaboleiro logo de seguida perde, é o 1,5-1,5
Ricardo Pais decidirá, o empate chega!

Momento 4
Ricardo Pais vence, é o 2,5-1,5 num momento histórico para a CPB frente a uma desfalcada Académica

 

CPB jogou de luto

  

Esta foi a ultima TNA ou talvez não, já que a voz representante da FPX no torneio referiu que apesar de não estar calendarizada ainda não se tinha tomado uma decisão final … verdade ou apenas o sentimento da pressão exercida pelos clubes do pódio não se sabe, mas queremos acreditar no que nos foi transmitido … ficou a saber-se que a AX Setúbal afinal até tinha um clube para enviar para a prova e que o Colégio Português queria participar em nome da AX Aveiro … salganhadas que se reflectiram na pior presença de sempre ao nível do numero de clubes participantes.

O Luto está feito, se a TNA ressuscitar e com melhorias, aqui estaremos nós para as saudar!

Carlos Marques (Académico de Torres Vedras) veio visitar-nos!

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Caldas da Rainha / Lagoa de Óbidos

Resultado de imagem para inatel foz do arelho

 Resultado de imagem para foz do arelho inatel

Resultado de imagem para foz do arelho lagoa de obidos Resultado de imagem para inatel foz do arelho

 

Resultado de imagem para SORTEIO   Resultado de imagem para SORTEIO   Resultado de imagem para AZAR

 

Se existe Campeonato / Torneio etc. cujas equipas estejam bem dependentes do sorteio, é este!

As duas mais fortes equipas do torneio, que em condições normais seriam as favoritas á final, por força do sorteio uma delas será a última classificada da III Taça Nacional das Associações … os restantes três clubes agradecem!

Academia de Xadrez de Portugal … Associação Académica de Coimbra … e a CPB passava dos iniciais 60% de probabilidades de ficar isenta para 33% … faltava sair apenas mais um isento e … saiu CPB!!!

A CPB garante desde já dois jogos para disputar e igualará no mínimo o seu melhor resultado de sempre, ou seja o quarto lugar, que diga-se de passagem é o lugar previsto após o sorteio.

Das duas mais fortes equipas e também aquelas que mais longe estão da Foz do Arelho, uma delas só disputará um jogo e irá para casa sem qualquer troféu, ao passo que a equipa que vencer será a única a disputar três jogos e será também a favorita á vitória final.

Boas Sorte a todos, que comece a festa!!!

 

Sábado 15/10/2016 ás 15 horas (Pré Eliminatória)

 X

 

Domingo 16/10/2016 ás 10 horas (Meias Finais)

 

 X Resultado de imagem para academia xadrez portugal facebook

 

  X

 

Domingo 16/10/2016 ás 15 horas (Final e jogo do 3º lugar)

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

Resultado de imagem para inatel foz do arelho

Resultado de imagem para foz do arelho lagoa de obidos

Resultado de imagem para foz do arelho lagoa de obidos

Enquanto se aguarda por informações relativas ao sorteio, aqui estamos nós para dar conta das últimas novidades relacionadas com a III Taça Nacional das Associações.

- Noticia que nos chegou “Off Record”, o Clube Galitos tinha a informação de que a TNA seria descontinuada e pensou que já não se realizaria a prova este ano.

Á primeira vista parece que existiram três entidades que cometeram “argolada”, desde logo o Clube Galitos, porque o “diz que disse” versus site informativo da FPX … vence o ultimo. É dever dos clubes, dirigentes e afins irem espreitando as noticias.

Outra entidade que não fica bem na fotografia é a Federação Portuguesa de Xadrez … “no tempo do outro senhor” a preocupação era a participação de todos, e existiria certamente um email, um telefonema de véspera a averiguar do porquê da não inscrição.

Também via facebook a FPX anuncia a chegada de vários torneios, a aproximação aos mesmos que alertam só por si para as datas de inscrição … neste caso nada, foi mais do mesmo, bem demonstrativo de como a FPX esta a tratar esta prova.

Mais grave, parece-nos a nós foi a argolada da Associação de Xadrez de Aveiro, já que é esta que tem o dever de indicar um clube para a prova, deveria estar atenta á inscrição do seu filiado e ter de sobreaviso atempadamente o 2º e 3º classificados da Taça da AX Aveiro … ao que consta esta atenção não existiu … mas voltamos a referir que “Estamos a vender o peixe que nos venderam”, ou seja, não são informações CPB, mas são de fonte credível.

Três entidades que não cumpriram com as suas funções com resultados negativos para a prova, para os seus participantes e muito provavelmente para o Colégio Português (2º Classificado da Taça AXA)

- A CPB solicitou informação sobre data, hora e local do sorteio … a aguardar.

 

  

Sorteio a realizar dia xx-10-2016

15º para António Fernandes!

 

Ronda 3

André Sousa 1-0 Rui Dâmaso

O Sub 16 derrota o companheiro da Selecção Nacional e isola-se na liderança com 3-0-0

Ronda 7
Vasco Diogo 1-0 Rui Dâmaso

Ao mesmo tempo Dâmaso abandona a luta pelo título, o sub 16 continua a brilhar e alcança norma de Mestre Internacional, a sua segunda.

André Sousa 5-2-0, António Fernandes 4-3-0 e Luís Galego 3-4-0 estão na luta pelo título

Ronda 8

André Sousa perde oportunidade de se sagrar praticamente campeão e perde para Hugo Santos, também António Fernandes perde oportunidade de passar para a liderança ao perder para António Vasques, que ronda cheia de surpresas! Quem aproveitou foi Luís Galego!

Luís Galego é agora o único invicto com 4-4-0 (6 pontos), André Sousa 5-2-1 (6 pontos) e António Fernandes 4-3-1 (5,5 pontos) tudo em aberto para a ronda final com dois duelos escaldantes … António Fernandes x André Sousa e Rui Dâmaso x Luís Galego. 

Ronda 9

Apesar da importância do encontro Galego e Dâmaso empataram para não variar (Segundo site da FPX … o resultado chegou a aparecer 0k para ambos), … André Sousa fica com o titulo á sua mercê, mas António Fernandes vence e alcança o 1º lugar em igualdade com Luís Galego … melhor desempate e é o 15º titulo … vai perdurar por muito anos este recorde que não para de crescer!

André Sousa deixa escapar o título na reta da meta mas justifica desde já se é que existiam duvidas, a chamada à selecção nacional. Aos 16 anos temos aqui a grande esperança lusa do momento!

 

 

http://www.globalchessfestival.com/

 

 

Vitória para Nepomniachtchi garante entrada no Top 10 Mundial

Resultado de imagem para Nepomniachtchi chess  Resultado de imagem para Nepomniachtchi chess

 Resultado de imagem para top 10

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

Resultado de imagem para fotos foz do arelho

Resultado de imagem para fotos foz do arelho 

Resultado de imagem para fotos foz do arelho

 

Resultado de imagem para jorge ferreira xadrez

O Mestre Internacional Jorge Ferreira (na foto) é a grande “Estrela” do momento em Portugal por ser o jogador português mais cotado, por ser o tabuleiro nº1 da seleção nacional e por poder a curto prazo tornar-se no quarto português a atingir o titulo de Grande Mestre.

Os Vice campeões Nacionais a apresentarem um “Quatro” composto por jogadores dentro dos primeiros 6 que apresentam deveram dizimar qualquer adversário que lhes caiba em sorte.

São assim os grandes favoritos á vitória final e a equipa que todos querem evitar “rezando” para que só lhes calhe na final para não prejudicarem uma hipótese de pódio.

 Jorge Ferreira a jogar baterá o recorde de jogador mais cotado em prova que neste momento é pertença do Mestre Internacional Paulo Dias (Sporting 2414).

 

Luís Silva (na foto) é o jogador mais cotado da equipa de Famalicão e será certamente capaz de lutar de igual para igual contra qualquer adversário. A TNA ficará certamente na memória deste jogador para todo o sempre, já que foi nesta competição que obteve os 2300 e o respetivo título de Mestre FIDE.

Bruno Gomes não disputou o campeonato nacional da 1ª Divisão, não saberemos se estará em prova, a equipa ressentiu-se e não conseguiu evitar a despromoção.

Ivo Dias está em forte progressão será um fortíssimo tabuleiro na equipa Didaxis que apresenta inúmeras soluções para 4º tabuleiro, até será previsível que as jogadoras da selecção nacional venham alinhar no 4 da equipa.

Salvo um sorteio GDDF x Didáxis são grandes candidatos à final.

 

Resultado de imagem para carlos carneiro xadrez

Carlos Carneiro (na foto) é o grande mentor deste projeto da Academia de Xadrez de Portugal que vai somando êxitos atrás de êxitos, um dos grandes impulsionadores do xadrez nacional vai tentar mais um feito e mais um troféu para a galeria do seu clube.

A equipa costuma alinhar com um 4 composto por mestres nacionais, foi assim que subiu este ano à 1ª divisão nacional, será um forte candidato ao pódio salvo algum “azar” ditado pelo sorteio que neste torneio tem uma percentagem muito importante para o êxito ou para a falta dele das equipas.

 

Resultado de imagem para vasco diogo xadrez

A equipa dos estudantes terá no Mestre Fide Vasco Diogo e em João Vicente os reforços que jogaram na equipa “A” da Académica, todo o restante plantel (salvo o 1º tabuleiro) disputou a 2ª Divisão nesta época onde estranhamente teve de lutar pela permanência até à ultima ronda, naquele que era considerado como o plantel mais equilibrado e com maior número de soluções.

Domic Cross é o atual presidente da Federação Portuguesa de Xadrez, provavelmente também jogará, por sinal será provavelmente a sua primeira e ultima participação já que decidiu acabar com a prova … esperamos que desfrute para mais tarde ter saudades da mesma.

Face á concorrência não parece credível que possa vir a vencer a prova, mas o pódio será sempre possível.

 

 

A Casa do Povo do Bombarral já alcançou o seu principal objetivo para esta prova, que era a de conquistar a sua terceira presença em três edições da prova que ajudou a criar.

Depois deste objetivo conquistado o próximo será o de melhorar a sua melhor classificação de sempre que foi um 4º lugar, tarefa essa que se afigura praticamente como uma “Missão Impossível”.

Face à concorrência e sem a “ajuda” do sorteio a CPB é a grande candidata ao último lugar da tabela classificativa, com larga distância de cotação face aos restantes candidatos.

 

 

  

Este mês estará de regresso a rubrica “10 perguntas”, o convidado é o Grande Mestre António Fernandes. Por poder ficar desactualizada fica aqui desde já publicada a questão e a resposta sobre os objetivos para o Campeonato Nacional que agora decorre.

Vai iniciar-se mais um Campeonato Nacional individual, que espetativas tem e gostaríamos de saber se o dia de jornadas dupla é aquele que os jogadores mais cotados temem e onde podem surgir as maiores surpresas?

Por princípio devo dizer que em todas as provas que participo tenho a ambição de as poder vencer, pelo menos luto por esse objectivo.

A nível da competição e em qualquer prova que participamos é perfeitamente compreensível o dispêndio de energia de qualquer participante ao longo da mesma. Cada partida tem o seu esforço e como é óbvio numa prova em que sejam disputadas duas partidas no mesmo dia esse desgaste é muito superior e torna-se evidente na produção das respectivas partidas. Nessa situação o que está em causa e que pode fazer a diferença, independentemente dos adversários, é a resistência do jogador em termos físicos e psicológicos.

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

 

 

5 Equipas Inscritas para a disputa da III Taça Nacional das Associações, num máximo previsível de 7 equipas com possibilidade teórica de inscrição.

  

Já aqui referimos que esta prova estaria a ser muito mal tratada por parte da FPX, foi um deserto de ideias a que se assistiu, ingenuamente ou não, não foram tomadas medidas nem incentivos para que a prova viesse a ter 8 clubes, e tão fácil que seria.

Nenhuma chamada de atenção para os fins de prazo tal como se tem feito via facebook para outras provas, nada, estamos em época de outros torneios e de formação … acho que alguém sonhou com a participação de apenas 2 clubes para assim anunciar o cancelamento da prova e a sua morte por antecipação … esteve quase!

Setúbal fica mais uma vez de fora, um dos distritos clássicos do xadrez nacional não participou em qualquer edição da prova … espera-se que tenham informado os clubes que na falta de inscrição do 1º classificado poderia vir o 2º e assim sucessivamente.

Nas duas primeiras edições da prova participaram 6 clubes, desta vez ficou de fora a Associação de Xadrez de Aveiro, mais propriamente o Clube Galitos … não deixa de ser um acontecimento improvável, num distrito com inúmeras equipas não tenha existido uma que quisesse participar, acreditamos sinceramente de que a informação não passou a outros clubes.

Foi um dia triste para o Clube Galitos, mas mais triste ainda para a Associação de Xadrez de Aveiro que assim não se vê representada na III e quiçá ultima TNA.

http://www.chess-results.com/tnr239598.aspx?lan=10

Não existindo inscrições de ultima hora por dificuldades técnicas ou outras teremos á partida duas equipas “Azaradas” no sorteio e três “Sortudas”.

Três equipas ficarão desde já isentas, ou seja, garantem desde logo dois jogos, as meias-finais e a final ou jogo de atribuição do 3º lugar.

Das duas equipas sem sorte no sorteio, a que vencer será a única a disputar 3 jogos, a que perder vai directamente para “casa” com apenas um jogo disputado e com o ultimo lugar da tabela … efeitos da tal falta de medidas que a prova nitidamente carecia.

Com 4 equipas com valor de primeira divisão, ou sejam, equipas que disputaram recentemente a 1ª divisão nacional ou que a vão disputar para o ano (AX Portugal), a CPB que recentemente foi despromovida ao III Escalão Nacional é claramente a grande candidata ao ultimo lugar na tabela … a menos que o sorteio ajude!

 

  Resultado de imagem para Mikhail Tal Memorial 2016

Memorial Tal 2016 - Moscovo

http://ruchess.ru/championship/detail/2016/memorial_mikhaila_talya/

 Resultado de imagem para Mikhail Tal Memorial 2016 

Resultado de imagem para Mikhail Tal Memorial 2016

 

10 Jogadores, todos x todos a uma volta, o torneio conta com média de 2760 e com prémios monetários de 200.000 usd … assim vai a classificação ao fim de 5 rondas.


1. Vladimir Kramnik                  (Rússia,            2808) 
2. Levon Aronyan                     (Arménia,          2795) 
3. Viswanathan Anand              (Índia,               2776) 
4. Shahriyar Mamedyarov         (Azerbaijão,      2761) 
5. Anish Giri                             (Holanda,         2755) 
6. Li Chao                                (China,             2746) 
7. Peter Svidler                        (Rússia,            2745) 
8. Boris Gelfand                       (Israel,              2743) 
9. Ian Nepomniachtchi              (Rússia,            2740) 
10. Eugene Tomaszewski          (Rússia,            2731). 

 

 

 

Começou ontem a Fase Final do Campeonato Individual Absoluto, os jogos são transmitidos “em direto” no site da FPX. Luís Galego, Rui Dâmaso e António Fernandes serão os favoritos por esta ordem, isto é, em termos de cotação elo, já que em termos de títulos AF já demonstrou por diversas vezes que não precisa de ser favorito para vencer, procurará conquistar um novo recorde pessoal e nacional de títulos elevando assim a fasquia para um próximo candidato o que não se afigura nada fácil.

Outros fatores de interesse serão observar o desempenho de André Sousa que esta perto dos 2400 e de Luís Ferreira que se estreia na competição.

De fora ficaram: O numero 1 do ranking nacional Jorge Ferreira (2513), Ruben Pereira (2418 – nº4), David Martins (2383 – nº6) e Sérgio Rocha (2370 – nº8).

Também em Barcelos na véspera do campeonato nacional disputou-se um torneio de semi rápidas integrante do circuito nacional que teve como vencedor o MF Luís Silva (Didáxis), Seguido de Luís Galego (A Figueirense) e a fechar o pódio Ivo Dias (Didáxis) entre 83 participantes.

 

I Torneio Internacional Xadrez Caldas da Rainha

Caldas Internacional Hotel - (2 - 3 - 4 Dezembro 2016)

Resultado de imagem para JOSE CAVADAS Resultado de imagem para CALDAS DA RAINHA

http://www.chess-results.com/tnr240987.aspx?lan=10

As inscrições se efetuadas até ao dia 28 de Novembro terão um custo de 20€

Horário

Ronda Data Hora
1 2016/12/02 20:30
2 2016/12/03 10:30
3 2016/12/03 16:00
4 2016/12/04 10:00
5 2016/12/04 15:30

 

Resultado de imagem para associação peao cavalgante   Resultado de imagem para arneirense caldas da rainha

Associação Peão Cavalgante / Arneirense

Pelo regulamento do open está assim descoberto o novo clube Caldense que presumimos venha a ter acesso direto à 3ª Divisão nacional, será mais um derby nacional o encontro entre Associação Tabuleiros de Cores / APC Arneirense, presumimos que desta feita a equipa da Benedita deixe de ter acesso ou se venha a extinguir para dar lugar a este novo clube.

Bem Vindo!

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

 

      

Santoantoniense FC (AX Setúbal)

Logo a seguir ao FC Barreirense é o clube mais prestigiado do distrito na modalidade e acaba de alcançar o tricampeonato consecutivo na Taça AXS.

Nunca participou na TNA, bem como qualquer clube do distrito, não sabemos se por mero desinteresse na prova (julgamos que existiriam outros clubes interessados) ou apenas por mera “oposição concertada” à anterior direcção da FPX. Com o distrito de regresso ao “poder” mais ou menos visível, veremos se é desta que participam.

Na época que agora esta prestes a findar obteve um 2º lugar na dificílima Zona Sul da Segunda Divisão com 4-3-0 e não fosse a super equipa da AXP estariam de regresso ao escalão máximo do xadrez nacional.

O Sub André Fidalgo (2226) foi o comandante da equipa nesta taça, onde apresentaram um bom 4, mas que nos parece insuficiente para alcançar o pódio na TNA face à forte concorrência. Se apresentarem a equipa tipo que jogou a 2ª Divisão terão mais chances mas não entrarão certamente no lote de favoritos.

 

(AX Santarém) (AX Faro) e Outros  

Resultado de imagem para ? Resultado de imagem para Associação de Xadrez de Santarém Resultado de imagem para Associação de Xadrez dos açores 

No distrito de Santarém tem sido mais do mesmo, ou seja, ninguém se disponibiliza para representar a Associação em nome do bem comum e quem sofre com isso são os atletas e os clubes. Históricos como a Casa do Xadrez, Cine Clube de Torres Novas e Sporting Clube de Abrantes vêem-se assim impedidos de participarem nesta prova fruto da inexistência da Taça Distrital.

Na RA dos Açores não consta que se tenha disputado a Taça Distrital, mas mesmo sendo disputada seria penoso para o orçamento que qualquer clube a participação nesta competição … talvez um dia esta Taça tenha o prestigio e os apoios necessários para que tal aconteça.

Pelos lados Algarvios o xadrez tenta renascer novamente depois de uma crise profunda nos últimos anos … aplica-se praticamente tudo o que dissemos sobre a RA Açores em termos de custos de participação.

Distritos como Beja, Bragança, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo (2) e Viseu têm apenas um clube inscrito pelo que a sua admissão na prova deveria ser automática e encorajada pela FPX. Serão raras as oportunidades destes jogadores defrontarem jogadores de primeira divisão, esta seria uma delas.

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

  

  

 

  Resultado de imagem para henrique paiva xadrez  

Clube dos Galitos (AX Aveiro)

A equipa do Clube Galitos que tão perto esteve de ascender à primeira divisão nacional, venceu a Taça de Aveiro ao bater na final o Colégio Português por 2,5-1,5.

Com a presença de 6 equipas em sistema pré eliminatórios, meias e final, o Colégio Português afastou nas meias finais o favorito à vitória por 2-2, a equipa da AEJ de São João da Madeira viu assim frustrada a sua terceira presença na prova.

A equipa de Aveiro classificou-se em 3º lugar na 2ª Divisão – Zona Centro e teve no sub 16 Henrique Paiva o melhor jogador de todo campeonato … refira-se que jogou com a cotação de 1986 e tem agora 2216!!!

Não será dos mais fortes candidatos ao pódio mas poderá lá chegar…

 

Resultado de imagem para academia xadrez portugal facebook                 Resultado de imagem para Associação de Xadrez de Lisboa

Academia de Xadrez de Portugal (AX Lisboa)

 

A mais afamada Taça Distrital do País teve a participação de 18 Equipas em sistema suíço de 7 sessões e terminou com a vitória da AXP com 5-2-0, isolada em 1º lugar á frente de prestigiados clubes tais como o Sporting CP, Amadora Xadrez, GX Alekhine, Clube EDP, Mata Benfica entre tantos outros.

Depois da presença do SCP (1º) e da Mata de Benfica (ultimo) cabe à AXP tentar desempatar quem é o distrito vencedor da Taça das Taças que neste momento se encontra empatado: Lisboa 1-1 Coimbra.

No ano de surgimento deste recente clube, sagrou-se campeão nacional da 3ª Divisão e este ano esteve perto do título na 2ª divisão, tendo alcançado a subida à 1ª divisão nacional que disputará na época 2016/2017

A equipa de Carlos Carneiro costuma apresentar um 4 totalmente composto por mestres nacionais e assim sendo é um dos grandes favoritos ao pódio.

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

 

   

 

      Resultado de imagem para associação de xadrez do distrito de coimbra

Associação Académica de Coimbra (AX Coimbra)

A Taça da Associação de Xadrez de Coimbra foi disputada por 5 equipas no sistema pré eliminatório, meias finais e final, venceu inesperadamente a AAC destronando a equipa de Montemor que falha assim o pleno de participações, de troféus, e não consegue ir assim defender o titulo conquistado na época passada no Bombarral.

Fora desta Taça ficou uma vez mais a Assembleia Figueirense.

O “jogo Mágico” entre ambas as equipas aconteceu nas Meias-finais, com uma desfalcadíssima Académica a conseguir seguir em frente com um 2-2.

Na final os estudantes bateram a equipa “B” de Montemor

A AAC nunca disputou esta prova nem as anteriores com uma formação que se pudesse dizer que estava interessada em vencer a competição, mas desta vez conseguiu. Miguel Fernandes liderou a equipa com mais 3 jogadores abaixo dos 1500.

3ª Classificada no Campeonato Nacional da primeira divisão, a equipa dos “Estudantes” deverá apresentar-se bem mais reforçada e será obviamente um forte candidato ao pódio, e quem é candidato ao pódio arrisca-se a vencer a competição!

 

   Resultado de imagem para didaxis xadrez   Resultado de imagem para a xadrez de braga

Associação Académica Didáxis (AX Braga)


A equipa do Didáxis estará presente a par da Casa do Povo do Bombarral na III Taça Nacional das Associações pelo terceiro ano consecutivo, fruto de mais uma vitória entre cinco clubes, sem grande oposição, apesar de ter vencido a competição com apenas dois empates (0-2-0)… a equipa B ainda alcançou o 2º lugar da competição. Serão os únicos clubes a estarem presentes nas três edições da prova.

A Equipa de Famalicão é o exemplo mais visível e de maior sucesso no que concerne á formação nacional, chegou a especular-se que o seu mentor poderia vir a ser o próximo presidente da FPX.

A equipa este ano obteve um 7º lugar na 1ª divisão, tendo por isso descido à 2ª Divisão nacional, numa prova onde não conseguiu anular a ausência do seu capitão Bruno Gomes. A sua equipa “B” venceu a sua série na 3ª Divisão, mas viu-se impedida de ascender ao segundo escalão nacional pelo facto da equipa “A” ter descido a esse mesmo escalão.

A equipa tem no seu expoente máximo o Mestre Fide Luís Silva (2305) que já representou a selecção nacional, e recentemente o clube “emprestou” duas jogadoras á Selecção Nacional Olímpica Feminina.

Acreditamos que a equipa será forte candidata ao pódio.

 

 

INATEL – Foz do Arelho – Lagoa de Óbidos

 

  

 

 

  

Casa do Povo do Bombarral (AX Leiria)

A par do Didáxis será uma das duas únicas equipas a participar pela terceira vez em três edições da prova.

Venceu a Taça AXL participada por quatro clubes no sistema eliminatório de meias-finais e final. É o único clube que venceu a Taça da Associação do Distrito de Leiria indo já na sua sexta vitória consecutiva.

Este ano obteve o 7º lugar na 2ª divisão Zona Centro com a consequente despromoção, disputará a 3ª Divisão Nacional na época 2016/2017 salvo alguma repescagem de ultima hora.

Será o ou um dos menos cotados clubes em prova e não deverá ter qualquer chance de alcançar o pódio.

 

  Picture

Grupo Desportivo Dias Ferreira (AX Porto)

Estreia na prova de um dos “Colossos” do xadrez nacional, finalmente o Grupo Desportivo Dias Ferreira poderá almejar a ter este troféu na sua vitrina.

A Décima Taça da AX Porto foi disputada por 13 Equipas, divididas em três grupos com os vencedores e um segundo classificado repescado, a seguirem para as meias-finais. Na final o GDD Ferreira venceu a histórica equipa do Grupo de Xadrez do Porto que tinha representado este distrito na TNA anterior.

Na foto Jorge Ferreira o mais cotado jogador Português que capitaneou recentemente a selecção nacional nas Olimpíadas com sucesso.

Este ano sagraram-se vice campeões nacionais em ritmo clássico e são os Campeões nacionais em título no ritmo semi rápido, onde obtiveram uns esclarecedores 7-0-0

Estamos na presença da mais cotada equipa em prova e a grande favorita à vitória final.

 

Ainda as Olimpíadas

USA – A ausência de orgulho nacional…

 

Retirado do excelente site: https://kevinspraggettonchess.wordpress.com/

 

Campeonatos Nacionais Individuais Amadores

Estão de regresso os campeonatos nacionais amadores, que incluem vários torneios por escalões de “Elo”, uma iniciativa mais interessante do que os comparáveis Torneios de Honra por grupos que nunca tiveram grande adesão. Desta vez a prova será disputada em Barcelos, se o critério for e bem como o da anterior direcção, espera-se que para a próxima época a prova se desloque para Sul dando assim a oportunidade aos jogadores que residem longe desta localidade e que não pretendem ter custos elevados para participar numa prova de apenas 5 sessões. A prova divide-se em dois grupos: (0 a 1600) e (1601 a 1999)

http://www.fpx.pt/web/files/provas/CNAmador-Individual2015-2016.pdf

 

  

André Pinto obtém titulo nas Semi Rápidas

    

http://chess-results.com/tnr237703.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&wi=984

André Pinto venceu com 4-1-0 e subiu 2 pontos, os outros dois jogadores da CPB não conseguiram atingir o pódio; Rui Batalha com 2-1-2 perdeu 16 pontos e Paulo Constantino com 2-0-3 perdeu 35 pontos.

Tivemos direito a um derby: Rui Batalha 0,5-0,5 André Pinto no único meio ponto cedido pelo campeão.

Miguel Simões dos Corvos do Lis foi o destaque com a obtenção do pódio, já por diversas vezes tem estado em destaque aqui no nosso site, já se sabe que ira longe…

 

Guilherme Gaboleiro obtém titulo nas Rápidas

 

    

http://chess-results.com/tnr237704.aspx?lan=10&art=0&fed=POR&turdet=YES&wi=984

CPB conquista todo o pódio!!!

Guilherme Gaboleiro venceu com 4-0-1 e manteve a cotação, André Pinto também com 4-0-1 obteve o segundo lugar e cedeu 5 pontos, também no pódio Rui Batalha com 3-1-1 conquistou 6 pontos e obteve a terceira posição numa prova onde a CPB não deu hipóteses à concorrência.

Rui Batalha foi mais uma vez o único a sacar pontos ao vencedor, também tinha acontecido nas semi rápidas.

Paulo Constantino em dia de aniversário distribuiu 27 pontos com 2-0-3

Nos Derbys as “pretas” dominaram:

Paulo Constantino 0-1 André Pinto
André Pinto 0-1 Guilherme Gaboleiro
Guilherme Gaboleiro 0-1 Rui Batalha

Um bonito pódio dedicado ao GM João Santos em dia de aniversário, parabéns!!!

 

 

 

A última TNA será realizada numa das mais belas vistas de Portugal

Aproximamo-nos a passos largos do final da época 2015/2016, ultima chance das equipas terem no seu palmarés um dos três troféus em disputa, já que a prova não se realizará em 2016/2017. A par da Taça de Portugal este é o único troféu de partidas clássicas por equipas que todos os clubes, refira-se clubes recem criados, clubes dos distritais, da primeira divisão etc etc tem acesso ou simplesmente tem a possibilidade de vencerem … uma prova muito democrática que finda o trabalho de uma direcção e inicia o trabalho de outra, sinal nítido dos tempos que aí vem.

2013/2014

1º         Sporting Clube de Portugal
2º         Circulo de Xadrez de Montemor-o-Velho
3º         A E J São João da Madeira

2014/2015

1º         Circulo de Xadrez de Montemor-o-Velho
2º         Clube de Xadrez A2 Didáxis
3º         A E J São João da Madeira

2015/2016

Veremos quem desta vez alcança o pódio, mas aqui ficam desde já algumas curiosidades:

- Sporting CP e CX Montemor-o-Velho não se qualificaram, pelo que teremos um novo vencedor.

- A equipa de São João da Madeira que obteve dois excelentes pódios também não se qualificou este ano.

- Clube de Xadrez A2 Didáxis e a Casa do Povo do Bombarral serão (salvo algo anómalo) as únicas equipas que estarão presentes nas 3 edições da prova, demonstração de claro domínio nos seus distritos, mais concretamente em Braga e em Leiria.

Resultado de imagem para fotos antigas foz do arelho

A TNA estará em destaque todas as semanas aqui no nosso site

 

 

USA vence 42ª Olimpíada de Xadrez

 Resultado de imagem para bandeira usa

http://www1.bakuchessolympiad.com/

Comandados por Fabiano Caruana os EUA venceram merecidamente a sua primeira olimpíada  ao serem a única equipa que não sofreu qualquer derrota coletiva.

Aqui fica os resultados do embate que decidiu o título.

Medalha de Prata para a Ucrânia em igualdade pontual com o primeiro classificado, foram 10 vitórias e apenas uma derrota tangencial para os EUA, o suficiente para não terem atingido o Ouro nesta excelente campanha, e em 3º lugar a grande favorita, a Rússia com um isoladíssimo terceiro lugar na tabela.

China e Azerbaijão foram as grandes desilusões da prova, destaque ainda para o 5º lugar da Noruega comandada por Magnus e para o 4º lugar da Índia sem Anand.

Curiosamente também ninguém conseguiu bater a Grécia!!!

O Canadá sem Kevin Spraggett apresentou um Russo a 1º tabuleiro e um Ucraniano em 2º … 

 

 

Tabuleiro 1
Baadur Jobava (2665 - Georgia) com uma performance de 2926

Tabuleiro 2
Vladimir Kramnik (2808 - Russia) com uma performance de 2903

Tabuleiro 3
So Wesley (2782 - EUA) com uma performance de 2896

Tabuleiro 4
Laurent Fressinet (2664 - França) com uma performance de 2809
António Fernandes foi 11º

Tabuleiro 5
Andrei Volokitin (2647 - Ucrânia) com uma performance de 2992

 

Eugénio Torre (GM 2447 – Filipinas) com 10 pontos em 11 jogos foi quem mais pontuou

Andrei Volokitin (2647 - Ucrânia) foi o Rei da performance com 2992

Sami Khader (2373 – Jordânia) fez 100% com 8 em 8 

Depois do empate a 2 frente ao Brasil. Portugal ia no 31º lugar com 5-3-2 em igualdade pontual com o 19º, Portugal era 60º à partida e acima de si o mais baixo em termos de cotação era o 48º, um brilharete sem dúvida. Infelizmente uma provável norma de Jorge Ferreira praticamente caía por terra, seguia-se um encontro histórico frente a Shirov!

Portugal terminou num honroso 41º lugar com 5-3-3 e conseguiu prender juntos aos ecrãs os amantes da modalidade que torciam pela equipa das quinas, estão assim de parabéns!

    

Com excepção de Rui Dâmaso (correrá melhor para a próxima) todos os jogadores lusos tiveram uma prestação positiva. António Fernandes invencível foi sem duvida o melhor na equipa das quinas que viu goradas as normas de Jorge Ferreira e de André Sousa, com destaque para a vitória de Jorge Ferreira frente a Ivan Salgado (GM Espanha 2662).

Relembre-se que André Sousa tem 16 anos!

Jorge Ferreira defrontou Shirov

  

 

China de Hou Yifan campeã Feminina

 1472924445

A uma ronda do fim a competição estava ao rubro com a Rússia a ter hipótese de se sagrar campeã mas para isso teria de vencer a China de Hou Yifan, e ainda um ou dois lugares em aberto no pódio (caso a Rússia perca)

E a China vencia relegando a Rússia para fora do pódio!

Com 9-2-0 (empates com o Vietname e com a Roménia) a China venceu destacadíssima apesar de ter ido “à negra” na ultima ronda.

Polónia obtém um excelente 2º lugar e a Ucrânia das irmãs Muzy obtêm o 3º lugar do pódio.

Hou Yifan venceu a medalha de prata no 1º tabuleiro logo a seguir a Anna Muzychuk (Ucrânia 2550).

   

Portugal com 5-1-5 ficou em 61º lugar, ligeiramente acima do ranking inicial (68º).

Mariana Silva obteve o titulo de (Candidata a Mestre) e Rita Jorge o de (Mestre Fide Feminino)

Mariya Muzychuk foi considerada “ A Jogadora do ano “

 

“O Direito Desportivo e a CPB”

Série A 2015/2016

8

Terão direito a participar na 2ª Divisão:

a) as equipas classificadas em 8º, 9º e 10º lugares da 1ª Divisão da época anterior; 
b) as equipas classificadas em 2º, 3º, 4º, 5º e 6º lugares em cada uma das séries da 2ª Divisão da época anterior. 
c) as equipas classificadas em 1º lugar em cada uma das séries da 3ª Divisão da época anterior, salvo no caso previsto no nº 2 tendo assim o direito a subir a equipa melhor classificada dessa série que reúna condições para subir.

2.
O número total de equipas por clube é limitado ao máximo de 3, sendo que nunca podem coexistir na mesma divisão. Quando, por subida ou descida das equipas, um clube fique com duas equipas na mesma divisão ou haja troca de divisão entre duas equipas, a equipa na divisão inferior será forçada a manter-se sempre em divisão inferior, sendo impedida de subir ou forçada a descer, consoante o caso.

Supomos que perante os regulamentos seja a equipa do AC Alfenense a ter o direito desportivo de disputar a 2ª Divisão… se assim não for lamentamos a interpretação e agradeceremos a explicação!

Assim sendo a CPB só poderia “sonhar” com uma repescagem caso um clube com direito desportivo para disputar a 2ª Divisão não venha a exercer o mesmo.

Supomos que independentemente de qual for o clube, a série, se vem da 1ª, se permaneceu na 2ª ou se vem da 3ª, o primeiro a entrar será o Clube de Xadrez de Braga e em seguida estará a CPB em lista de espera. Pelo que será quase certo que jogaremos a 3ª Divisão, ao contrário de notícia anterior errónea da nossa parte que dava a CX Braga como já repescado.

 

 

 

TNA vai ter a sua última edição na Foz do Arelho

Nova Direcção da FPX vai acabar com a prova

Resultado de imagem para foz do arelho

 

A Prova realiza-se a 15 e 16 de Outubro

A 3ª Edição da Taça Nacional das Associações vai ser a derradeira oportunidade para as equipas participantes poderem obter um troféu histórico, já que a mesma irá acabar (acreditamos que será apenas uma pausa). Assim sendo apenas 3 vencedores e 9 troféus no total (prémios para os 3 primeiros) irão existir nas vitrinas dos clubes Portugueses, será assim o chamado “Cromo Raro”.

Regulamento em: http://www.fpx.pt/web/files/provas/RegTacaNacionalAssociacoes2016.pdf

Para ajudar a matar a competição, este ano pela primeira vez as inscrições serão pagas, as inscrições até ao dia 30 de Setembro custam 20€ e não existirá qualquer subsídio para as equipas participantes venham elas de onde vierem.

 

Calendário Nacional 2016/2017

Vamos destacar algumas das alterações que nos envolvem diretamente:

Campeonatos Nacionais da 2ª e 3ªs Divisões

Jornada 1 === 10 de Dezembro de 2016
Jornada 2 === 7 de Janeiro de 2017
Jornada 3 === 18 de Fevereiro de 2017
Jornada 4 === 4 de Março de 2017
Jornada 5 === 1 de Abril de 2017
Jornada 6 === 1 de Abril de 2017
Jornada 7 === 2 de Abril de 2017

Destaca-se o começo da prova no presente ano civil de 2016
As primeiras 4 rondas jogam-se no sistema casa fora e no “sistema” uma ronda por mês.

Dos 2 concentrados em locais diferentes que incluíam 4 rondas, passamos para:
1 Concentrado de dois dias com 3 rondas.

Á primeira vista parece positivo em termos monetários, existindo uma poupança para os clubes de 2 ou 4 deslocações (conforme pernoitassem ou não nos locais dos concentrados) para metade. Irá perder-se na emoção e no acompanhamento das séries já que as 3 rondas finais não permitirão grandes análises nos sites que acompanham os resultados das suas equipas.

Como tudo na vida, precisa de ser testado e os clubes dirão em devido tempo de sua justiça.

 

Taça de Portugal

– Os concentrados regressam apenas nas meias-finais

Parece como era esperado um calendário mais favorável ás individualidades do que aos clubes, destacando-se a extinção da Taça nacional das Associações e parece que se apontam holofotes para o Portugal Open a disputar de 4 a 10 de Fevereiro … parece a nova direcção querer apostar num dos pontos fracos da anterior direcção, veremos com que resultados.

Campeonato Nacional de Semi Rápidas por equipas (28 de Janeiro)

Campeonato Nacional de Rápidas por equipas (10 de Junho)

 

… o melhor é mesmo aguardar, detetam-se algumas “gralhas” ou não a merecerem explicação, entre as quais o desaparecimento da equipa “B” do Didáxis que deveria constar na 3ª Divisão pelo facto da equipa “A” ter descido à 2ª Divisão nacional. Promoveram a 2ª Classificada da 3ª Divisão Serie C, onde esteve a equipa dos Corvos do Lis para ocupar a vaga da equipa do Didáxis.

 

http://www1.bakuchessolympiad.com/

9 rondas já disputadas num total de 11

António Fernandes Sensacional!!!

    

António Fernandes o campeão nacional com mais títulos de sempre parece estar a atravessar um estrondoso momento de forma que o poderá levar a obter uma medalha individual nas olimpíadas. Para além do incrível score de 6-2-0 com performance perto dos 2700, sobe 25 pontos e é pelo “Critério Bomba” quem mais tem contribuído para a equipa das quinas.

Depois de uma descida aos 2361, tal como Rui Dâmaso na época passada, parece estar a ganhar uma segunda vida no xadrez.

Jorge Ferreira é a grande esperança lusa e o jogador Português com mais cotação, segue na busca da norma de GM para se sagrar o 4º Grande Mestre da História Nacional … está perto da performance dos 2600 e a pontuar de forma convincente para que a equipa esteja a conseguir esta brilhante prestação.

Luís Galego já não se aproxima dos 2500 desde 2011, segue em bom plano a subir 8 pontos e a contribuir e bem para o resultado coletivo.

Rui Dâmaso será provavelmente a grande desilusão da equipa nacional, os seus 3 jogos fora da equipa das quinas serão certamente devidos ao seu momento de forma atual … sem qualquer chance de norma de GM.

André Sousa, o benjamim da equipa não conseguirá norma de MI nesta sua primeira participação numas olimpíadas com as cores da seleção nacional … vai ter de lutar para voltar já que existe gente de muita qualidade em lista de espera.

Aqui vamos nós num excelente 28º lugar a duas rondas do fim da competição.
Na luta pelo título a grande decepção é a equipa da China com o seu 21º lugar que a afasta do pódio.

A Seleção Nacional Feminina segue com 4-1-4 na posição 64, ligeiramente acima do ranking inicial 68ª com duas jogadoras nacionais em forte subida de cotação mas sem conseguirem para já grandes feitos na classificação coletiva.

 

Distritais em Ritmo Rápido nas Caldas da Rainha

Resultado de imagem para fotos parque caldas da rainha Resultado de imagem para fotos parque caldas da rainha 

http://chess-results.com/tnr237703.aspx?lan=10&art=0&turdet=YES&wi=984

http://chess-results.com/Tnr237704.aspx?lan=10

 

 

3ª TNA é na Foz do Arelho

http://www.fpx.pt/web/nacional/campeonatos-nacionais/taca-nacional-associacoes

15 a 16 de Outubro de 2016 - Inatel Foz do Arelho

Resultado de imagem para inatel foz do arelho

Resultado de imagem para inatel foz do arelho

Voltaremos ao tema em breve!

 

 

 

 

Começaram as Olimpíadas!!!

http://www1.bakuchessolympiad.com/

 

 

As 35 Selecções mais Cotadas

 

Portugal inicia as Olimpíadas em 60º entre 160 selecções inscritas

No setor Feminino Portugal parte na posição 78 entre 140 inscritas
Na estreia as Portuguesas tiveram o privilégio de defrontarem algumas das melhores jogadoras do mundo.

 

 

A CPB auxiliou a Cruz Vermelha na Feira dos Frutos em Caldas da Rainha

 

A Torre e a Rainha…

O Tabuleiro de Xadrez no Adro da Igreja de Nossa Senhora do Pópulo

 

O Bispo … e o Ricardo no comando da apresentação da partida

A CPB foi chamada a colaborar com a Secção do Oeste da Cruz Vermelha Portuguesa o que acedeu com a presença de três elementos: Ricardo Pais (nos comentários), Guilherme Gaboleiro (a auxiliar as peças Brancas) e Rui Batalha (a auxiliar as peças Pretas).

Foi reproduzida no tabuleiro a seguinte partida:

Os Reis!!!

O Desenrolar da partida…

E o Rei Preto que se fartou de andar já ia em f3!

A seguir à partida seguiu-se uma posição para os espectadores tentarem solucionar…

… Parecia fácil mas afinal … eram as pretas a jogar!

Rui Batalha, Ricardo Pais e Guilherme Gaboleiro

E a foto de Grupo, obrigado a todos!!!

 

 

Academia de Xadrez de Gaia – Campeã Nacional

Descem à 2ª Divisão Nacional: 8º, 9º e 10º Classificado.

 

 

Na 2ª Divisão a reforçada equipa de Montemor arrecadou mais um título contra o favoritismo inicial da equipa da Academia de Xadrez de Portugal

Na 3ª Divisão a equipa da AXAT triunfou conforme se esperava. A equipa do distrito de Leiria – Corvos do Lis, apresentou-se muito desfalcada e acabou por não conseguir igualar o feito da Casa do Povo do Bombarral.

   

 

Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios

I Torneio Óbidos Medieval (17-07-2016)
10 Participantes – Vitória para João Vicente (2043 – AA Coimbra)

I Torneio Óbidos Medieval Noturno (17-07-2016)
6 Participantes – Vitória para Francisco Correia (1835 – AT Cores)

Veteranos Semi Rápidas (+65)
Vitória para Jorge Antão

Veteranos Rápidas (+65)
Vitória para o MN Júlio Santos

Veteranos Semi Rápidas (+50)
Vitória para o MN Carlos Carneiro que superou António Fernandes

Veteranos Rápidas (+50)
Vitória para o GM António Fernandes

Portugal Chess Summer 2016 Caparica
42 Participantes com vitória para Kevin Spraggett (2534) 7-0-0 e + 6

Campeonato Nacional de Jovens
Rodrigo Basílio (Corvos do Lis – 1467) era favorito e venceu nos sub 10
Miguel Simões (Corvos do Lis – 1541) partia em 4º e sagrou-se vice campeão nos sub 12

Veteranos (+65)
1º Jorge Antão (1823 AX Gaia), 2º José Bray (1843 Corvos Lis), 3º Júlio Santos (1876 EDP)

Veteranos (+50)
1º António Fernandes (2402), 2º José Monteiro (1868 GDRA Urgeses), 3 Carlos Carneiro (2209 AXP), 14º José Cavadas (1544 APC), 17º Jorge Barrento (1718 APC) entre 17 participantes.

 Torneios Aljubarrota Medieval

4 Torneios com os seguintes vencedores:

Daniel Silva (1828 - S O Marinhense)
Dinis Lameira (1995 - C X Sintra)
Turta Stelian (1925 - G D Cavadas)
Ricardo Santos (1816 - Clube Galitos)

 

IV Torneio Internacional Cidade de Famalicão

http://www.chess-results.com/tnr219945.aspx?lan=10&art=14&wi=821

Duany + 3 pontos, Rui Dâmaso -1, Luís Galego -2.

 

Casa

http://grandchesstour.org/live-2016-sinquefield-cup-grand-chess-tour

 

 

 

 

 

 

Didáxis desce á 2ª Divisão – C X Braga repescado para a 2ª Divisão

A surpreendente descida da equipa do CX A2D impede a sua equipa “B” de subir à 2ª Divisão Nacional e cria assim desde já uma repescagem, o Clube de Xadrez de Braga garante assim a manutenção na 2ª Divisão, fica agora a Casa do Povo do Bombarral na Pole Position para a próxima vaga.

Ronda 1
FC Barreirense vence GX Porto, novidade no 1º tabuleiro dos Barreirenses, Diego Del Rey (MI - 2377), fica assim o FCB muito forte nos tabuleiros secundários.
Mata de Benfica surpreende GD Dias Ferreira e impõe empate, com o MI Jorge Ferreira (2503) a perder frente a Berg (2579) e com José Andrade (2154) a vencer o GM Starostits (2444).

Ronda 2
GX Porto apenas com um Português vence a causadora da surpresa da ronda um, a equipa da Mata de Benfica.
Académica usa para vencer CX A2D com Luis Silva (2276) a vencer o MI Luch (2448) e com Ivo Dias a brilhar novamente, segue com 0-2-0 frente a 2541 e 2446.

Ronda 3
AX Gaia, AA Coimbra seguem com 3-0-0 seguidas de perto pelo GDD Ferreira com 2-1-0.
Na cauda da tabela com 0-0-3 seguem CX A2D, GX 111 e Casa do Xadrez que soma os três jogos com “Chapa 4”

Ronda 4
Sporting “saca” bom empate frente ao GX Porto com António Vasques (2295) a brilhar.
Luís Silva vence Berg (2579) e volta a brilhar mas é insuficiente para a sua equipa cuja ausência do seu capitão Bruno Gomes se faz sentir.
FC Barreirense já não contou com a presença dos MI´s Rui Dâmaso e Sérgio Rocha que acompanham os jovens tugas além-fronteiras. Os 2-0-2 e o calendário devem permitir à equipa da Margem Sul um final tranquilo.

Ronda 5
Peter Lombaers (MF 2289) que recentemente triunfou nas rápidas do Bombarrla no Torneio João Duarte dos Santos venceu Strikovic (GM – 2506)
Casa do Xadrez perde por 0,5-3,5 e faz meio ponto de tabuleiro pela primeira vez nesta 1ª Divisão Nacional, obra de Pedro Diogo (1931) frente a Nuno Guerreiro (2169).
AX Gaia e AA Coimbra seguem com 5-0-0 e GDD Ferreira segue com 4-1-0, os conforntos entre ambos seguem dentro de momentos.
Na cauda da tabela GX 113 e Casa do Xadrez seguem com 0-0-5, CX A2D segue com 1-0-4 e Sporting CP com 1-1-3.

Ronda 6
GX 113 vence Casa do Xadrez que obtêm 0-0-6 e pode assim dizer adeus ao primeiro escalão nacional.
AX Gaia e AA Coimbra empatam, junta-se assim ao trio da liderança o GDD Ferreira todos com 5-1-0.

Ronda 7
AA Coimbra cede empate frente ao GX Porto, GD Dias Ferreira e AX Gaia empatam em todos os tabuleiros, permanece o trio na liderança com 5-2-0, mas com clara vantagem de calendário para a Academia de Xadrez de Gaia.
Mata de Benfica que seguia com 4-1-1 perde frente ao aflitíssimo Sporting.
Barreirense vence GX 113 e praticamente assegura a manutenção.

Ronda 8
GDD Ferreira vence AA Coimbra e reentra na luta pelo titulo afastando os estudantes da luta pelo mesmo.
Sporting vence GX 113 e assegura a manutenção sem ter de ir “à negra” na ultima ronda, CXA2D perde e acompanha a Casa do Xadrez e o GX 113 na descida à 3ª Divisão.

Antevisão Ronda 9
GDD Ferreira e AX Gaia seguem com 6-2-0 e ambos com 25,5 pontos de tabuleiro, tudo para decidir na última ronda com favoritismo para a equipa de Gaia.
GDDias Ferreira x GX Porto
GX 113 x AX Gaia

AA Coimbra ficará em 3º lugar salvo qualquer hecatombe

 

 

      

Novo Clube de Xadrez nas Caldas da Rainha já em 2016! Novo Derby a caminho…

 

http://www.sparkassen-chess-meeting.de/2016/

 IMG 2545 

Francês Lagrave vence em Dortmund e ascende a nº 2 do mundo!

 

Carlsen Magnus triunfa em Bilbao

http://bilbaochess2016.com/

 

Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios *** Torneios

I Torneio Óbidos Medieval (17-07-2016)
10 Participantes – Vitória para João Vicente (2043 – AA Coimbra)

I Torneio Óbidos Medieval Noturno (17-07-2016)
6 Participantes – Vitória para Francisco Correia (1835 – AT Cores)

Veteranos Semi Rápidas (+65)
Vitória para Jorge Antão

Veteranos Rápidas (+65)
Vitória para o MN Júlio Santos

Veteranos Semi Rápidas (+50)
Vitória para o MN Carlos Carneiro que superou António Fernandes

Veteranos Rápidas (+50)
Vitória para o GM António Fernandes

Portugal Chess Summer 2016 Caparica
42 Participantes com vitória para Kevin Spraggett (2534) 7-0-0 e + 6

Campeonato Nacional de Jovens
Rodrigo Basílio (Corvos do Lis – 1467) era favorito e venceu nos sub 10
Miguel Simões (Corvos do Lis – 1541) partia em 4º e sagrou-se vice campeão nos sub 12

Veteranos (+65)
1º Jorge Antão (1823 AX Gaia), 2º José Bray (1843 Corvos Lis), 3º Júlio Santos (1876 EDP)

Veteranos (+50)
1º António Fernandes (2402), 2º José Monteiro (1868 GDRA Urgeses), 3 Carlos Carneiro (2209 AXP), 14º José Cavadas (1544 APC), 17º Jorge Barrento (1718 APC) entre 17 participantes.

 

http://www.sala7.pt/cenas/portugal-1-0-franca-filme

Os Franceses não se conformaram com a vitória da Invencível selecção Portuguesa, correu um abaixo-assinado para que a UEFA repetisse a final … a RTP fez-lhes a vontade, repetiu o jogo … mas o resultado foi o mesmo!

 

 

IV Torneio Internacional Cidade de Famalicão

De 30/07 a 05/08

http://www.chess-results.com/tnr219945.aspx?lan=10&art=14&wi=821

 

 

 

 

Carta Aberta a Dominic Cross – Presidente da Federação Portuguesa de Xadrez

Taça Nacional das Associações – A “Taça das Taças”

 

Caro Dominic Cross,

O teor desta missiva tem como objectivo tentar sensibilizar o nosso caro presidente para uma prova que quer pelo passado quer por conversas recentes verificamos de que não é propriamente o seu fã nº 1.

Vamos começar por mostrar o que representa para o xadrez nacional a TNA, mais propriamente para o xadrez colectivo, ou seja para os clubes, no fundo o suporte do xadrez em Portugal.

Ranking por ordem de importância das provas nacionais colectivas:

  1. Campeão Nacional da 1ª Divisão (Titulo: Campeão)
  2. Taça de Portugal (Titulo: Campeão)
  3. Super Taça (Titulo: Campeão)
  4. Taça Nacional das Associações (Titulo: Campeão e para o pódio)
  5. Campeão da 2ª Divisão (Titulo: Campeão)
  6. Campeão da 3ª Divisão (Titulo: Campeão)
  7. Campeão Distrital (Titulo: Campeão)

A TNA surge nesta ordem de grandeza logo a seguir á Taça de Portugal como uma competição onde qualquer clube, e em qualquer época, mesmo um recem criado pode vencer, para ser campeão é preciso estar na 1ª divisão … e assim sucessivamente, tanto na Taça de Portugal como na Taça Nacional das Associações para se “poder brilhar” basta existir!

A TNA já contou indirectamente com mais clubes participantes do que a Taça de Portugal, prova que presumo não passe pela cabeça de ninguém extinguir

Mas esta competição até se pode dar ao luxo de se querer comparar com a Taça de Portugal, vejamos: 3 troféus em disputa bem ao “estilo dos jogos Olímpicos” em vez de apenas um troféu, e com algo que certamente fará corar de inveja a própria Taça de Portugal, sabe o nosso caro presidente quantos clubes disputaram a TNA 2014/2015?

Porto (21), Lisboa (19), Braga (8), Aveiro (6), Coimbra (4) e Leiria (4) foram 62 equipas contra as 55 que participaram na Taça de Portugal … e já não falamos nas Taças Distritais dos distritos que não marcaram presença, caso contrário o número seria bem maior.

Por isso nada de reduzir a TNA à competição final de 6 a 8 clubes, a TNA é muito mais do que isso conforme demonstram os números.

Acabar com a TNA seria dar uma forte machadada no xadrez distrital colectivo e quiçá dar o pretexto e a força necessária para a extinção de algumas taças distritais.

Acabar com uma prova que tenderá a ganhar cada vez mais prestigio, acabar com uma prova que é o cartaz de fecho de época e que sinaliza o inicio da nova época (Outubro), acabar com uma prova democrática e aberta a todos, acabar com uma prova que interrompe o marasmo que a competição por equipas em provas clássicas está, circunscrita de Janeiro a Maio, ficando com 7, pasme-se 7!!!! Meses de paragem …. Decididamente não parece boa ideia!

O argumento de que existem poucas datas não colhe … até porque se existiu contestação aos concentrados e tenciona dar ouvidos a essa contestação, a mesma não veio a publico para já no que concerne ás jornadas duplas, pelo que o calendário por aqui se manteria (um jogo em casa e um fora é muito diferente de 2 deslocações, quer em termos de cansaço físico quer em termos de despesas, mas essa é uma discussão para outros tempos, cada situação a seu tempo).

Estaremos certamente de acordo que o vencedor do campeonato nacional individual tenha de ter presença assegurada no europeu, é um prémio justo e dá visibilidade à modalidade, mas nunca esquecendo de que o que faz mexer o xadrez nacional são os clubes e não as individualidades.

Quererá o nosso caro presidente certamente ficar na história do xadrez como o presidente que criou, que melhorou e não como o presidente que extinguiu provas.

Em vez de extinguir uma prova, poderá melhorar a mesma e tem já todas as hipóteses para que tal aconteça, poderá organizar a prova no seu distrito, este ano que contará curiosamente com a participação da Associação Académica de Coimbra, tem todos os ingredientes ao seu dispor para brilhar em casa, já para não falar na maravilhosa cidade que é Coimbra com tudo o que tem de bom para dar aos seus visitantes, e poderá também aqui sobressair e fazer melhor do que o anterior presidente da FPX, basta para isso fazer o que o seu antecessor não conseguiu … conseguir que a Associação de Xadrez de Setúbal participe na prova … tem tudo para brilhar!

Depois de passada esta fase, em que certamente viverá por dentro o espírito da TNA, e que qualquer ideia de extinção cairá por terra, poderá debruçar-se em alternativas para melhorar a prova, e para isso parece essencial a participação de 8 clubes … subsidiar pequenos distritos? Permitir ao Campeão a sua participação podendo por essa via o distrito respetivo ter duas equipas em prova? … Muita coisa haverá certamente para melhorar.

Até à 3ª TNA, estaremos certamente a aplaudir o que constrói e o que melhora!

 

 

Voltamos assim que se justifique!!! Até lá parceiros, Boas Férias!!!

 

Corvos do Lis “B” vai disputar a 3ª Divisão

http://www.chess-results.com/tnr228949.aspx?lan=10&art=3&rd=1&wi=821

 

Convocatória para as Olimpíadas

https://www.youtube.com/watch?v=t-EBFiwdpJU

Jorge Viterbo, Luís Galego, Rui Dâmaso, António Fernandes e Luís Silva serão os 5 jogadores que representarão a selecção nacional nas olimpíadas de Baku a decorrer em Setembro de 2016.

 

Campeonato Nacional – Fase de Apuramento

http://www.chess-results.com/tnr227955.aspx?lan=10

Este é o Top 15 do campeonato de 8 sessões que visa apurar 3 jogadores que ainda este ano poderão disputar o título de campeão nacional.

 

Índia – Semáforos essa inutilidade gastadora de energia!

 

 

   x  

O Campeonato Distrital de Equipas será disputado no Rio Seco, entre a equipa B dos Corvos do Lis e a equipa da casa, está prova dará acesso á disputa da 3 divisão na próxima época.

 

 

2ª Divisão – Zona Centro, assim foi a época…

  

Era a favorita à partida mas com a perspectiva de jogarem com Pedro Neves e com o Espanhol Toro, sem estes não seria certamente a favorita, … Brilhante!

Jogaram sempre com o mesmo 4:

Destaque para Daniel Cavaleiro (1915) com 4-2-1 a somar 35 pontos e a afastar a Assembleia Figueirense da luta pelo título com a vitória frente ao MF Fernando Ribeiro.

 

    

A equipa de Estarreja era apontada por nós como outsider, e forte candidata ao pódio. Depois de um 2º lugar na época transacta na Zona Norte, repetir o mesmo resultado na Zona Centro é deveras frustrante, ainda mais sabendo que esteve a um pequeníssimo passo de se sagrar campeã … bastaria ter empatado com a Académica e foi cilindrada.

Achamos que o 2º lugar esta sobrevalorizado para o valor da equipa, mas o que achamos nada interessa, interessa sim os resultados e eles provam que tem uma forte equipa.

Será neste momento a euqipa mais frustrada de todo o campeonato, apesar da excelente época.

Destaque para José Rodrigues (2040) com + 10 pontos e 5-1-1

Ao Clube dos Galitos demos-lhes o cognome de “A Ambiciosa” e ali este ela pertíssimo do sonho … é para nós a equipa com mais futuro nesta série, um grande clube uma grande formação sem dúvida. Será uma questão de tempo chegarem à 1ª Divisão Nacional.
Se o 3º lugar parecia bom à partida, acabou por ser mau à chegada já que poderia ter carimbado a subida na ronda 6.

Destaque para Henrique Paiva (1986) com 5-1-0 e mais 84 pontos para o sub 16, temos “craque”!

 

   

A Assembleia Figueirense foi sem duvida a maior decepção da prova, apostou tudo na subida frente a Montemor com a chamada de Grande Mestre Kevin Spraggett, mas falhou rotundamente, e viria apenas a conquistar a manutenção à passagem da ronda 6 … uma desilusão.

Destaque para Miguel Babo (1799) com + 26 pontos.

A Associação de Coimbra “B” também esteve abaixo das expetativas, o resultado final até é expectável, agora ter de lutar pela permanência até à ultima ronda é que parece muito curto para uma equipa com tantas soluções e que já se sagrou campeã nesta série.

Destaque para João Sousa (1974) com + 22 pontos e a aproximar-se dos 2000.

O Cine Clube de Torres Novas foi um dos grandes vencedores deste campeonato, por muito que ambicionassem mais, não poderiam ambicionar a mais do que a permanência, e neste capitulo cumpriram … suadinho mas conseguiram.

Destaque para António Reis (1827) a subir 17 pontos mas apenas disputou 3 jogos.

 

   

Á Casa do Povo do Bombarral tudo aconteceu este ano, mas o que fica para a história não são as peripécias nem as infelicidades ocorridas durante a época, todos tiveram certamente as suas, a despromoção é justa face aos resultados e exibições alcançadas.

Destaque para Rui Batalha (1762) com + 10 em 4 jogos disputados.

O Grupo de Xadrez de São Marcos era a grande incógnita da época, apresentou uma equipa muito jovem e portanto muito inexperiente, saiu sem honra nem glória com 0-0-7 e com uma falta de comparência num tabuleiro na ronda 6 … classificação indiscutível.

Destaque para Tiago Rodrigues (1638) 2-4-1 valeram-lhe 55 pontos.

 

 

     

Concentrado Final – As jornadas de todas as decisões

Casa do Povo do Bombarral
O mais alto representante do distrito está em árdua luta pela manutenção.

Corvos do Lis
Com fortes probabilidades de “oferecer” ao distrito mais um clube na 2ª Divisão Nacional ou manter um clube na 2ª Divisão caso a CPB venha a descer.

APC – Benedita
Em luta pelo melhor lugar possível na tabela, ou seja, pelo pódio.

S. O. Marinhense
Sem hipóteses de descida e quanto a nós sem hipóteses de alcançarem o pódio … uma época tranquila onde poderão vir a ser decisivos na “escolha” entre Corvos do Lis e Colégio Português no que concerne à subida.

ATC – Caldas da Rainha
Ainda com algumas hipóteses de descida e de pódio também, mas esta é muito remota.

Ginásio do Louriçal
Desce aos distritais fruto do seu provável 7º lugar na classificação, aguardam por uma repescagem.

E ainda uma palavra para o

Académico de Torres Vedras
Ainda com algumas hipóteses remotas de descida, e com hipóteses de atingirem o pódio.

 

 

http://www.chess-results.com/tnr220445.aspx?lan=10

  

Daniel Silva (SOM) sagrou-se Campeão Distrital, apesar da vitória desce 6 pontos, Jorge Barrento (APC Benedita) sobe 4, e Marcelo Carreira (Corvos do Lis) sobe 20 pontos.

Destaque ainda para Miguel Simões (Corvos do Lis) a subir 47 pontos, Rodrigo Basílio (Corvos do Lis) somou 26, do lado dos “contribuintes” tivemos Gonçalo Abreu (Corvos do Lis) a ceder -27 e Mário Canaverde (SOM) a ceder -38 pontos e a afastar-se do Top 10 e da barreira dos 1800 pontos.

 

  http://xadrez64.com/imagens/Paulo.Cruz.jpg

E ao fim de 4 rondas do Top 10, apenas o nº 1 do torneio segue com 100%.
Acabaram de ceder o nº 2 João Lopes (2042) por falta de comparência e o nº 10 Henrique Pinela (1883) que perdeu face a João Stoffel (1611).

Com 4 em 4 seguem: Paulo Cruz (2083 - nº1), Ricardo Pais (1848 - nº 13) e João Stoffel (1611 - nº 29), o sub 16 está a subir 101 pontos!!!

Ainda em destaque Inês Mendes (SCP) que já calhou em sorte ao jogador da CPB, segue a subir 29 pontos.

Na próxima 2ª Feira disputa-se a ronda 5, com o jogador da CPB Ricardo Pais a subir à mesa 1 para defrontar o nº 1 do torneio Paulo Cruz (na foto) do Clube Desportivo Operário (15,80 / 5,80 / -4,20).

 

Agradecimento

  

A Casa do Povo do Bombarral vem por este meio agradecer à atual direção, em particular às suas duas figuras mais “visíveis” Francisco Castro e André Couto, pela disponibilidade demonstrada ao longo destes anos para comandar esta modalidade acarinhada por todos nós. Calculamos o quando terá sido difícil este trajeto, quantas vezes terão sido criticados justa ou injustamente, é um lugar difícil perante uma comunidade difícil. Da nossa parte e sem termos ou querermos ter acesso a números, apenas pelo que vimos na modalidade, valeu a pena, diria mesmo que passam com distinção e deixam a vossa marca. Esperemos que agora tudo vos corra bem nas vossas profissões porque merecem! Obrigado.

Obrigado!

 

Associação Académica Didáxis - A2D vence Taça de Braga

http://www.chess-results.com/tnr220709.aspx?lan=10&art=3&wi=821

 

A equipa do Didáxis estará presente a par da Casa do Povo do Bombarral na III Taça Nacional das Associações pelo terceiro ano consecutivo, fruto de mais uma vitória sem grande oposição apesar de ter vencido a competição com apenas dois empates (0-2-0)… a equipa B ainda alcançou o 2º lugar da competição. Serão os únicos clubes a estarem presentes nas três edições da prova.

 

 

ATV vence edição de 2015/2016

Mais uma jornada de convívio entre estes dois clubes da região oeste do país, desta vez com o intuito de melhorar a forma das equipas com vista ao concentrado final onde lutam ambas pela manutenção nas respetivas divisões. O jogo inicia-se com a ATV à frente fruto do resultado da primeira mão por 7-5.

Primeira vitória na Taça Amizade do Oeste para a ATV nas clássicas (2-1-1 favorável à CPB no total) e a ATV amplia a sua margem para 9,5-6,5.

A CPB vence pela margem mínima e cloca a 2ª mão em 5-5 e num total de 10-12 favorával á ATV na globalidade das duas mãos. Para efeitos meramente históricos, nas semi rápidas vence a CPB por 3-0-1

A CPB vai ter de vencer por 3-1 para que a II Taça Amizade do Oeste fique empatada, e logo num ritmo onde a CPB nunca venceu.

Vencem os Torrienses por 3-1 voltando a vencer tal como na 1ª mão por 7-5 num total de 10-14.
Nas Rápidas a CPB continua sem vencer com (0-2-2).

Os irmãos “Marques” com 5,5 em 6 desequilibraram o marcador a favor da ATV que venceu assim incontestavelmente a 2ª edição da prova, esperemos que os efeitos deste treino sejam visíveis no próximo fim-de-semana, com ambos os clubes a alcançarem os seus objetivos.

 

Mais duas equipais a “fugirem” da Benedita!

 

 

 

http://www.chess-results.com/tnr220445.aspx?lan=10

Assim vai o campeonato distrital absoluto da AXL a ser disputado na sede do Sport Operário Marinhense, com apenas um jogador do Top 10 presente.

Na Ronda 1 Mário Canaverde foi surpreendido pelo provavelmente melhor jogador do distrito a médio prazo, o sub 10 Miguel Simões.

Na Ronda 3 Jorge Barrento aguentou-se frente a Daniel Silva, seguem ambos com 2,5 em 3

 

 

 2ª Mão é já amanhã no Bombarral!!!

A CPB vai tentar recuperar de uma desvantagem de (5-7) alcançada em Torres Vedras.

Curiosidades:

A CPB está imbatível nas clássicas e a ATV nas rápidas

 

 

Equipa “B” do Didaxis segue para as Meias-finais

A Equipa “B” do Didáxis conseguiu fazer aquilo que a equipa “A” não conseguiu, eliminar o Grupo de Xadrez do Porto alcançando as meias-finais da prova e sendo o claro destaque desta eliminatória.

 

Academia de Xadrez de Portugal Soma & Segue!

 

A equipa do Mestre Nacional Carlos Carneiro depois de se sagrar campeã nacional da 3ª Divisão, qualificou-se agora para as Meias-finais da Taça de Portugal. Também na fortíssima Zona Sul da 2ª Divisão segue com fortes probabilidades de subir de divisão e por consequência ficará bem perto do título de campeão nacional da 2ª divisão a disputar entre os 3 vencedores da segunda divisão. Também na Taça da Associação de Xadrez de Lisboa a equipa segue a bom ritmo, podendo vencer pela primeira vez a prova e qualificar-se assim também pela primeira vez para a Taça Nacional das Associações, onde seria certamente uma das candidatas … Segue em alta a equipa de Carlos Carneiro!

http://www.chess-results.com/tnr210394.aspx?lan=10

 

 

 11

A CPB nas Meias-finais da Taça de Portugal 

       

Apresentamos aqui uns recortes do extinto Jornal “A Capital” que publicava todas as Terças Feiras (da parte da tarde) uma página dedicada ao xadrez, de autoria do Mestre Internacional e Grande Mestre (Xadrez por correspondência) Luís Santos, sobre a ida da Casa do Povo do Bombarral ás Meias Finais da Taça de Portugal. Supomos que é este o recorde da CPB (temos a certeza!) e do distrito Leiriense.

 

O Cartaz, retirado dos arquivos da CPB, … dia de Festa para o Xadrez no Distrito!

 

 

05-04-1994


 
   

      10-05-1994

19-07-1994

 

Outros Recortes:

 

16-04-1991                                   21-01-1992

 

 

11-07-1995

 

 

 

Concentrado Final – As duas Últimas Rondas

 s

       

 

Clube dos Galitos
O Clube Galitos é a grande sensação deste campeonato, depois dos 7-0-0 obtidos na 3ª Divisão, vão para já com 5-0-0 e apenas uma vitória tangencial, … frente à CPB.
Tem tudo em aberto, depende apenas e só dela própria, apesar do dificílimo fim de época.

Falta jogar: Montemor e Estarreja

Centro Recreativo de Estarreja
Apontámos a equipa como candidata ao pódio e lá está ela, segundo lugar e a depender exclusivamente de si própria para vencer a série, neste caso um novo 2º lugar seria desanimador depois de terem obtido igual resultado na época anterior na Zona Norte.

Falta Jogar: AA Coimbra e Clube Galitos

Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho
Tantas vezes foi o cântaro à fonte com vitórias tangenciais, que um dia tinha de partir … e partiu frente a Estarreja, colocando agora a equipa a não depender de si própria … aquilo que parecia vir a poder ser um passeio depois de vencerem os Figueirenses pode vir a transformar-se num pesadelo.

Falta Jogar: Clube dos Galitos e CPB

Assembleia Figueirense
A grande desilusão da prova, de candidato à subida a candidato à luta pela manutenção.
Face aos jogos em falta, e bastando uma vitória para assegurar a manutenção, tem a vida facilitada, até porque São Marcos ainda não pontuou.

Falta Jogar: CPB e São Marcos

Casa do Povo do Bombarral
Estão fora dos lugares de despromoção, mas o final de época é dificílimo e poderá vir a empurrar a equipa para o 7º lugar e consequente despromoção.

Falta Jogar: Assembleia Figueirense e Montemor

Associação Académica de Coimbra “B”
Aqui esta outra das grandes deceções da prova, esperava-se uma época tranquila e estão em acesa luta pela manutenção que deverão decidir na última ronda, isto se não conseguirem antes…

Falta Jogar: Estarreja e Torres Novas

Cine Clube de Torres Novas
No lugar de despromoção mas ainda lhe falta jogar contra São Marcos, clube só com derrotas, pelo que decidirá a manutenção frente aos Estudantes.

Falta Jogar: São Marcos e AA Coimbra

Grupo de Xadrez de São Marcos
Eram uma incógnita no início da época, são agora praticamente uma certeza no que toca à despromoção, será preciso vencer os dois jogos finais e esperar por algo mais, porque não tentar?

Falta Jogar: Torres Novas e Assembleia Figueirense

 

 

Todas as competições a serem disputas em casa!

Competição Sistema Data Prioridade Local Adversário
C N Equipas da 2ª Divisão 1ª Ronda 16/01/2016 5 Bombarral CPB C R Estarreja
C N Equipas da 2ª Divisão 2ª Ronda 06/02/2016 5 Aveiro Clube Galitos
II Taça "Amizade do Oeste" 1ª Mão 30/01/2016 3 Torres Vedras Académico T V
C N Equipas da 2ª Divisão 3ª Ronda 26/02/2016 5 Bombarral CPB A A Coimbra "B"
C N Equipas da 2ª Divisão 4ª Ronda 12/03/2016 5 Bombarral CPB G X São Marcos
C N Equipas da 2ª Divisão 5ª Ronda 13/03/2016 5 Montemor C C Torres Novas
Taça de Portugal 1 // 16 03/04/2016 3 Bombarral CPB A D C Faro
7ª Taça A. X. Leiria todos x todos 16/04/2016 4 Bombarral CPB vários
7ª Taça A. X. Leiria todos x todos 17/04/2016 4 Bombarral CPB vários
II Taça "Amizade do Oeste" 2ª Mão 30/04/2016 3 Bombarral CPB Académico T V
Interno Rápidas e Semi Rápidas todos x todos 08/05/2016 3 Bombarral CPB  
C N Equipas da 2ª Divisão 6ª Ronda 14/05/2016 5 Benedita A Figueirense
C N Equipas da 2ª Divisão 7ª Ronda 15/05/2016 5 Benedita C X Montemor 

 

 

 

 

CN Equipas 2015-2016 3 Divisão Serie F

Apesar dos clubes jogarem em divisões diferentes, face aos últimos resultados de ambas as equipas, face à importância que a CPB tem dado á Taça de Portugal, face ao que se prevê serem as constituições das equipas, atribuímos o favoritismo à equipa Algarvia (10-30-60)

A equipa vencedora terá o custo extra de mais uma deslocação que tanto tem decapitado as finanças dos clubes, e por onde temos passado as criticas aos concentrados tem-se avolumado!

A ADC Faro solicitou o adiamento da eliminatória por 1 dia, passando o jogo de Sábado para Domingo em virtude de ter dificuldade em arranjar jogadores para sábado por motivos de trabalho, a CPB anuiu.

 

 

2ª Divisão - Zona Centro

Os comentários continuam todas as semanas até à decisão final!

A Prestação da CPB este ano está muito abaixo do que costuma ser normal.

António Severino era um segundo tabuleiro que pontuava em 50% dos jogos e fazia descer normalmente uma posição os seus dois colegas, este ano e daqui para a frente infelizmente não poderemos contar com ele.

Pedro Rodrigues jogou 3 jogos na época passada com 2-0-1, é muito provável que não possa jogar este ano.

Se estes dois fatores se tornam muito importantes, mais se tornam o mau momento de forma de dois jogadores que costumam ser “máquinas” de fazer pontos, terminando quase sempre nos “medalhados” por tabuleiro.

Guilherme Gaboleiro que costumava jogar a 3º tabuleiro teve este ano de jogar a 2º e até a 1º, para quem está num mau momento de forma torna-se trágico.

Ricardo Pais que já há várias épocas não tinha mais do que uma derrota por época, este ano com a subida de tabuleiro também se tem mostrado desastrado e em muito má forma.

Estas são algumas das constatações de uma época que já se esperava sofrível, mas que a CPB quer fechar com nota positiva.

Os Destaques até ao momento são:

Clube Galitos                                       Henrique Paiva (1986)               4-0-0                 +53
Centro Recreativo de Estarreja              José Rodrigues (2040)              4-1-0                 +18
Montemor-o-Velho                               Daniel Cavaleiro (1915)             3-1-1                 +25
Assembleia Figueirense                        Miguel Babo (1841)                  2-1-1                 +14
Casa do Povo do Bombarral                Rui Batalha (1762)                    2-1-1                 +10
Associação Académica de Coimbra      Bruno Moreira (1881)                3-0-1                 +10
Cine Clube de Torres Novas                 António Reis (1821)                  1-2-0                 +17
Grupo de Xadrez de São Marcos          Tiago Rodrigues (1638)             1-3-1                 +34

 

 

          

3ª Divisão – Série C

Corvos do Lis com pé e meio na 2ª Divisão

O Concentrado em Montemor correu de feição para a equipa dos Corvos do Lis que com duas “Chapas 4” alcançaram o comando da classificação. Depois do empate face à equipa do Colégio Português qualquer ponto de tabuleiro poderá fazer a diferença. É neste momento a única equipa que depende exclusivamente de si própria, já que se vencer os dois jogos finais por 4-0 sagra-se campeã.

A Equipa do Colégio Português cedeu um ponto de tabuleiro e perdeu a vantagem que tinha de meio ponto para ficar agora a meio ponto dos Leirienses.

Tem um calendário final bem mais complicado, será muito difícil apanharem a equipa de Leiria.

O SOM na luta pelo pódio saiu vergado a uma “Chapa 4”, Montemor com duas derrotas também mostrou que não poderá alcançar o pódio, Académica segue tranquila, e contra todas as expetativas a equipa do Louriçal ainda vai ter uma chance extra de fugir à descida frente a Montemor … não parece possível, mas a chance está lá para quem a conseguir apanhar.

Uma palavra ainda para a equipa dos Galitos que já sem chances de atingir o primeiro lugar (apenas as tem matematicamente), ainda poderá cometer a proeza de chegar ao 2º lugar ou apenas de “estragar” o campeonato à equipa do colégio.

 

          

3ª Divisão – Série D

Dramático já vê a 2ª Divisão - Tabuleiro de Cores “aflito”

O Concentrado em Lisboa consagrou a equipa do Grupo Dramático como a equipa que representará a Série na 2ª Divisão Nacional 2016/2017, 5-0-0 e uma expressiva “Chapa 4” frente aos seus mais diretos perseguidores.

 

Do Distrito / Oeste

Associação Peão Cavalgante da Benedita

Carimbou a manutenção ao vencer a equipa de Odivelas, jogará agora tranquilamente em casa pela melhor posição possível (Parabéns Cavadas!)

 

Académico de Torres Vedras

Deu uma no cravo e outra na ferradura, ainda não está a salvo, mas estamos em crer que estará tudo muito perto de acontecer.

No sábado jogam contra a Benedita, onde a vitória ou o empate parecem suficientes … caso corra mal um empate na última ronda frente à equipa de Odivelas deverá ser mais do que suficiente para ficarem à sua frente.

 

Associação Tabuleiro de Cores de Caldas da Rainha

Podia ter carimbado a permanência este fim-de-semana e não o fez, … agora vai ter muito que suar. Com um calendário muito difícil (1º e 2º classificados) poderá ainda ver a chorar o facto de ter sido a única equipa a ceder frente ao último classificado.

 

http://casadoxadrez.blogspot.pt/

A Casa do Xadrez de Alpiarça e todos os seus jogadores e amigos de Santarém, Almeirim, Rio Maior, etc..., de mais de 25 anos de convívio e torneios de Xadrez em comum,  deixa aqui os sentimos pêsames à família, amigos e à Casa do Povo do Bombarral  pela sentida perda.  

Até sempre Severino !
R.I.P.

A CPB agradece a todos os que de uma forma ou de outra, presencialmente ou por email se juntaram à nossa equipa neste momento de dor.

Em particular a Caros Marques (ATV), José Cavadas (APC) e Mário Canaverde (AXL).

 

 

O Mestre partiu…

http://cpbombarral.comuv.com/historial/HistoriaSeccaoXadrez.htm

 

António Severino (1965-2016)

 

A História da CPB e a história de António Severino confundem-se, a CPB não seria o que é sem António Severino e António Severino não teria sido o que foi sem a CPB.

 

Partiu assim esta 5ª feira um pedaço da história da CPB, um elemento insubstituível, pelas suas qualidades humanas, pelo gosto que tinha pelo xadrez, por ser o jogador que representou durante mais anos consecutivos a CPB, por ser no momento o único jogador ativo da CPB a residir no Bombarral, por ser a alma imprevisível da equipa, a esperança nos maus momentos, com ele sabíamos que poderíamos sair sempre vencedores.

 

 

Vamos deixar-vos aqui um conselho, não que o Mestre tenha pedido, mas retirado das muitas conversas que tivemos … e para que a sua morte não tenha sido em vão aqui fica:

Fumar Mata! … Mesmo!!!

  

… Nunca te esqueceremos, obrigado!

 

 

       

Previsão Ronda 5 (13-03-2016)

Grupo de Xadrez de São Marcos x Associação Académica de Coimbra “B”

Mais um importante jogo para a segunda metade da tabela classificativa, favoritismo claro para os estudantes. Ambos os clubes sabem da importância deste jogo, é crível que no final deste concentrado ainda não existam equipas matematicamente despromovidas, o que seria mau para o concentrado final.

Cine Clube de Torres Novas x Casa do Povo do Bombarral

“Idem idem aspas aspas” em relação ao jogo anterior, esperamos como sempre contra nós uns “Cineastas” na máxima força, no ano passado o resultado cifrou-se num 2-2.

Se ambas as equipas tiverem perdido na véspera este jogo assume contornos decisivos.

Assembleia Figueirense x Clube dos Galitos

Favoritismo muito dependente do “Quatro” que a equipa da Figueira da Foz vai apresentar.

Os Figueirenses se ambicionam à difícil subida terão de vencer, os Galitos se vencerem poderão vir a entrar no concentrado final isolados na tabela classificativa onde tudo poderá acontecer!

Círculo de Xadrez de Montemor-o-Velho x Centro Recreativo de Estarreja

Mais um duro teste para ambos, quiçá não sejam estas equipas o duo de liderantes no final da 4ª ronda.

Para Montemor todos os perigos estão ao virar da esquina, para a equipa de Estarreja é o dia do sonho, para esta época é agora ou nunca!

3ª Divisão – Série C

Jogo 1
Dependente dos resultados da véspera, este poderá ser um jogo com implicações no pódio.
Jogo 2
Espera-se uma tarde tranquila para os Marinhenses.
Jogo 3
Jogo com algum risco mas que o Colégio não deverá querer desperdiçar, neste momento todos os pontos de tabuleiro contam!
Jogo 4
Esperada “Chapa 4” a favor da equipa Leiriense.

3ª Divisão – Série D

Jogo 1
Prevê-se uma tarde tranquila para a equipa de Sintra
Jogo 2
“Jogo de risco” para a equipa do Dramático que ambiciona a uma subida.
Jogo 3
Derby do Oeste com desfecho imprevisível.
Jogo 4
Dependendo dos resultados de véspera, este jogo pode vir a revelar-se importante na questão da permanência.

 

 

2ª Taça “Amizade do Oeste”

 

  7    5 

Segunda edição desta Taça que proporciona agradáveis momentos de convívio e permite ás equipas adquirirem algum ritmo para a segunda jornada das 2ª e 3ªs divisões.

Saúda-se o regresso de António Severino à competição!

A CPB iniciou-se muito bem com mais uma vitória nas clássicas, cujo total nesta competição está em (2-1-0) para este ritmo. Imbatível a CPB!

Seguiram-se as semi rápidas com a primeira derrota da CPB neste ritmo (2-0-1) e o encontro ficava empatado 4-4, tudo para se decidir nas rápidas!

Nas rápidas a vitória coube aos Torrienses que estiveram perto da goleada, vencendo assim de forma justa a 1ª mão da 2ª Taça Amizade do Oeste por 7-5 … árdua tarefa para a CPB recuperar na 2ª mão desta competição.

Curiosamente este ritmo estava com o score de 0-2-0, passa agora para (0-2-1), portanto um ritmo onde a CPB nunca venceu. Imbatível a ATV!

  

 

 

jan/16

Daniel Bray

C. D. C. Corvos Lis

2130

Pedro Rodrigues

C. P. Bombarral

2020

André Pinto

C. P. Bombarral

2018

Guilherme Gaboleiro

C. P. Bombarral

1967

Alberto Negrão

C. D. C. Corvos Lis

1932

António Severino

C. P. Bombarral

1888

Ricardo Pais

C. P. Bombarral

1874

Daniel Silva

S. O. Marinhense

1873

José Bray

C. D. C. Corvos Lis

1855
10º

Carlos Dias

C D Ginásio Louriçal

1843

 

 

11

José Monteiro

S. O. Marinhense

1805
12

Mário Canaverde

S. O. Marinhense

1793
13

Jorge Bastos

A. X. Benedita

1772
14

Rui Batalha

C. P. Bombarral

1762
15

Pedro do Mar

S. O. Marinhense

1754
16

Carlos Nobre

S. O. Marinhense

1747
17

Francisco Cavadas

A. X. Benedita

1735
18

André Belo

A. X. Benedita

1720
19

Jorge Barrento

A. X. Benedita

1714
20

José Lopes

A. T. C. Caldas da Rainha

1710
21

Eurico Fonseca

A. X. Benedita

1707
Vários jogadores retirados momentaneamente da Lista
por não terem realizados jogos nas 2ªs e 3 ªs divisões
ou por não terem jogado durante 1 época consecutiva
Apresentados os jogadores com minimo de 1700

 

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2014/2015

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2013/2014

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2012/2013

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2011/2012

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

Quadro de Honra da A. X. Leiria 2010/2011

Clássicas Semi  – Rápidas Rápidas

 



Home page
 | Calendário de Provas | Organismos e Informativos | Associações e Clubes de Xadrez | Galeria de fotografias | Jogadores | Jogar online |
Ver partidas |

Quantcast
- Website optimizado para o navegador (web browser) Google Chrome